Jump to content

capelini

Usuários
  • Content Count

    1,465
  • Joined

  • Last visited

About capelini

  • Birthday 09/06/1956

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Marília/SP/Brasil
  • Data de Nascimento
    06/09/1956

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Recife

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  1. https://www.aeroin.net/escada-de-passageiros-arregaca-a-cauda-de-airbus-da-lufthansa/
  2. Concordo plenamente! Acabei de ver o vídeo e não vi nada além de uma explicação sensata!
  3. Estamos no Brasil... é provável que você esteja certo no ano sim...a promessa é pra 21, mas deve ter atrasos "normais"
  4. As empresas vão botar pressão sim. Inclusive a Aeromexico pensa em pedir compensação financeira por lucros cessantes! https://simpleflying.com/aeromexico-boeing-737-max-compensation/ Ta feia a coisa...
  5. O "tópigan" da apresentação também achei meio fora...essa aeronave não é uma arma, é um veículo de transporte! Quanto ao nome, quando você tem um produto que agradou ao mercado, tenta manter a associação dele com o nome. É uma regra simples. Pode até florear um pouco com "super", "novo", *-X...mas a identidade se preserva, para passar a ideia de que o produto continua bom, agora melhor ainda! Não tenho dados das vendas desses modelos nem se esses dados os posicionam bem no mercado. Outra coisa, como funciona, então, a certificação? Deve ocorrer como um avião realmente novo? Aproveita-se a pl
  6. O que diz o Lito, sobre isso acima... https://youtu.be/R-0jYRz3MYU
  7. Só pra lembrar a quem compartilhou comigo dos anos 1970... Os japoneses tinham a fama (até então) de só copiarem as coisas dos ocidentais...depois, o mundo percebeu que eles não só copiavam como adicionavam profundas melhorias e aprendiam com as novas tecnologias. O resultado foi o visto da década de 1980 pra cá, com uma grande fatia do comércio mundial, e fama de bons produtos (digo de uma forma geral). Agora são os chineses e eles têm muita grana pra investir em tudo o que acharem por bem.
  8. Neologicamente falando, "inengulível" o fato de que, hoje, se perca uma aeronave daquele porte. Como Gallo mesmo colocou "Aquelas 239 pessoas sumiram sem deixar rastros. Que preço podemos atribuir a isso?" Há ainda recantos possíveis de serem vasculhados? Sinseramente, sob hipótese alguma se deveria deixar isso de lado, seja por respeito às vítimas e seus familiares, seja por interesse da investigação científica, que sempre resulta em mais segurança de voo.
  9. Potter, na verdade não invalida minha "indéia" se taparem ou não o visor. Já pensou se haveria os milhares de "olhadores" de cada aeronave full? Nem pensar. Então, com adesivo ou não, permanece uma possibilidade. Deu algo errado no radar? Aciona-se o esquema e o acesso virtual à cabine é estabelecido, inclusive com os últimos 30 minutos, sei lá. Se, ao tentar acessar as imagens perceve-se que foi violada a visão, recorre-se rapidamente ao que foi gravado e teremos o que se deu lá
  10. Sydy e cia. ilimitada o leigão aqui, lendo seus posts e dos demais sobre a possibilidade da tal câmera na cabine de comando, teve uma "indéia": Não haveria necessidade de ser visualização bigbroder. Poderia funcionar como uma gravação remota (sem a menor possibilidade de ser desativada na aeronave), isto é, os dados serem repassados full time, codificados, para uma central em terra e, tal como ocorre com celulares, por exemplo, só ter o acesso permitido por autoridades competentes para sua análise por pessoas qualificadas e SOMENTE SE houvesse o desaparecimento da aeronave, como no MH370.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade