Jump to content

Fabrício163

Usuários
  • Content Count

    1,447
  • Joined

  • Last visited

About Fabrício163

  • Birthday 02/17/1994

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Dourados/Campo Grande-MS
  • Data de Nascimento
    17/02/1994

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    SP

Contact Methods

  • MSN
    fabricioszl@hotmail.com

Recent Profile Visitors

553 profile views
  1. Então... Levando em consideração que o projeto Yellowstone 1 seria para substituir o 737, 757 e 767-200, pode ser que o 797 acabe mesmo sendo o substituto do 737. Mas não sei como a Boeing vai conseguir "fundir" esses três modelos em um só. Já falaram em fuselagem híbrida, mas agora disseram que vão começar o projeto do zero... É esperar para ver. Só sei que, daqui 15 anos, quando o 797 for uma realidade, a Boeing vai ter o melhor portfólio de aeronaves, desde o futuro turboélice com a Embraer, até o 777-9.
  2. Pode ser interessante já fazer um 787 de um corredor e, assim, já ter um modelo substituto para o MAX e que já estaria preparado para receber a nova geração de motores quando ela existir. Só de matar o receio que passageiros e companhias tem com o MAX e virar de vez essa página, já valeria a pena. Mas, eu li que a Boeing vai levar mais em consideração a capacidade de carga exigida por companhia asiáticas na concepção do 797, o dobro da capacidade que as americanas pedem. Então, acredito que o 797 será mesmo um widebody. O substituto do MAX deverá ser outro projeto.
  3. Difícil competir com as gigantes Boeing e Airbus. Além da maior capacidade de negociação, ainda tem que lidar com essas narrativas duvidosas por debaixo dos panos.
  4. Essa questão da distância nã parece ser impeditivo para a Azul. Sinop e Sorriso possuem voos da empresa e as duas são mais próximas que Lucas e Nova Mutum. A Azul também opera em Toledo e Cascavel (49km por rodovia duplicada). Essas cidades do MT são pequenas, mas circula muito dinheiro naquela região, e cada cidade dessa tem várias outras menores em volta, também em franca expansão.
  5. Vão ampliar os banheiros? Pra mim, a pior coisa do T2 de GRU são os banheiros minúsculos e imundos. As novas pontes amontoadas na ponta do terminal até que não ficaram ruins.
  6. Mas se o MAX 9 tem o mesmo problema que o MAX 8, e já é umas 3 fileiras mais longo, por que aumentar uma fileira no MAX 8 resolveria alguma coisa?
  7. Será que agora veremos A220 no Brasil?
  8. Ele comporta mais pax que o A319 e que o B73G. Leva 150 passageiros em classe única com pitch de 30". Se reduzir a galley dianteira, dá para aumentar o pitch em 1" ou fazer das primeiras fileiras uma Y+, como a configuração da Azul nos A320neo. O A319 leva 144pax nessa configuração e o B73G 138pax.
  9. O comprimento das variantes está errado. o 100 tem 35m e o 300, 38,7m. Um eventual 500 teria mais de 42m. O 300 leva 140pax full Y com pitch de 32", entao o 500 levaria 165pax nessa configuração. Daria para a Jetblue substituir os A320 (só não sei como ficaria o range desse 500).
  10. Segunda empresa que pede um A220 maior, a Korean também anunciou interesse. Mais 3-4m na fuselagem daria mais 5 fileiras/25 assentos aproximadamente. A diferença do A220-300 para o -100 é de 3,7m e ele possui 5 fileiras a mais. Li uma reportagem em que a Korean dizia que estava usando os A220 em rotas que antes eram dos 738NG e estavam obtendo sucesso. Os A220-300 devem ser bem economicos para compensar a menor capacidade em relacao ao 738NG.
  11. Eu achava ele bem estranho logo quando foram divulgadas as primeiras fotos, mas hoje é justamente esse design nada obvio que me faz achar ele bonito. Parece algo bem futurista, ao contrario do 787, que é bonito também, mas é como se tivessem pegado o 767 e arredondado as pontas.
×
×
  • Create New...