Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'Hanjin'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Principal
    • Aviação Civil
    • Aviação Militar
    • Direto da Redação
  • Classificados Patrocinados
    • Anuncie Aqui
  • Profissional
    • Tripulantes e Mercado de Trabalho
    • Técnica e Operações
  • Spotting & Outros Hobbies
    • Fotografia
    • Videos
    • Movimento de Aeronaves
    • Modelismo
    • Rádio Escuta/ACARS/Logs
    • Técnica e Equipamentos
  • Guia CR
    • Check-in (Flight Reports)
    • Frequent Flyer
  • Memorabilia & Off Topic
    • Papo de Hangar
    • Imagens e Documentos
    • Recordar é Viver
    • Classificados
  • Central Ponte Aérea by Contato Radar
    • Central de Relacionamento do CR
  • Serviços
    • Contato Radar Publicidade
  • Memorabilia

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Skype


Website URL


MSN


Yahoo


Jabber


Location


Interests


Cidade/UF/País


Data de Nascimento

Found 2 results

  1. Delta Air Lines acquires 4.3% equity stake in Hanjin KAL June 21, 2019 Delta Air Lines acquired (20-Jun-2019) a 4.3% equity stake in Hanjin KAL, a Korean Air shareholder. Delta Air Lines CEO Ed Bastian stated Delta’s partnership with Korean Air is “already one of our fastest-integrating and most successful partnerships”, adding the new investment is expected to “further strengthen our relationship as we continue to build on the value of the joint venture”. He noted the carrier has a “vision to deliver the world’s leading trans Pacific joint venture” with Korean Air, delivering the “strongest network, the best service and the finest experience connecting the US with Asia” https://blueswandaily.com/delta-air-lines-acquires-4-3-equity-stake-in-hanjin-kal/ _______________________ Como o mundo dá voltas, KE e DL mal tinham acordos na Skyteam, e hoje são sócias. Depois da falência da Hanjin Shipping e que afetou a Korean Air, a família do Chaebol teve que engolir a seco o orgulho e correr para salvar o restante do império.
  2. December 30, 2019 Hyundai Development Company announced (27-Dec-2019) its consortium and Kumho Industrial agreed to acquire the latter’s majority stake in Asiana Airlines for KRW2.5 trillion (USD2.2 billion). Hyundai Development Company will have approximately 61.5% stake in Asiana by investing KRW2 trillion (USD1.8 billion) while Mirae Asset Daewoo, which participated as a financial investor, will hold about 15%. The deal incudes Asiana’s affiliates Air Seoul and Air Busan. https://blueswandaily.com/hyundai-development-company-consortium-acquires-asiana-airlines/ ______________________________________ A crise na Asiana começou quando seu acionista, o chaebol Kumho Asiana começou a enfrentar problemas financeiros devido a compra de empresas. A Asiana também foi atingida por ter escondido um erro contábil e pela tensão comercial entre Japão e Coréia do Sul, que diminuiu consideravelmente o tráfego entre os dois países. A Hyundai Development Company (HDC) não tem ligação com a Hyundai Motors, apesar de ambas terem origem no Hyundai Group. Enquanto o desfecho na Asiana vai chegando ao fim, a Korean Air está enfrentando briga de acionistas. Depois do falecimento do CEO da companhia e do Hanjin Group, seus herdeiros brigam sobre os rumos da empresa, a maior do outrora gigante Hanjin Group. Walter Cho assumiu a direção do Hanjin-KAL e pretende fazer que a Korean Air concentre nos ativos relacionados à aviação, colocando a rede KAL Hotels a venda, devido ao endividamento excessivo em relação ao investimento de um hotel em Los Angeles. Heather Cho, irmã de Walter e conhecida pelo episódio das macadâmias, é contra a venda da divisão de hotéis, por ter sido a CEO da rede. Walter trocou os executivos e colocou pessoas ligadas a ele, na qual Heather viu como manobra de reduzir sua influência na Hanjin-KAL. Heather ganhou apoio da irmã mais nova, Emily, e de sua mãe. Parecendo filme de drama coreano, Walter chegou a brigar com a mãe e jogar um vaso na janela próximo de sua mãe. Os herdeiros têm aproximadamente 6,5% cada das ações da KAL-Hanjin, a viúva aproximadamente 5,5%. Juntos formam os maiores acionistas da holding, depois vem o fundo ativista KCGI com 17%, a Delta Airlines com 10% e o Fundo de Pensão da Coréia com 4%. A Delta, comenta-se, investiu na Hanjin-KAL para impedir que a KCGI avance na empresa. Diante da crise entre os herdeiros, o fundo ativista pode atrair Heather Cho (possivelmente sua mãe e irmã também) e inverter o bloco de controle. Diante disto tudo está a mudança do mercado coreano, com a chegada de novas LCCs, da operadora long-haul Air Premia, a concorrência com LCCs estrangeiras e a diminuição da importância de Seoul como hub para a China devido aos voos CN-US lançados nos últimos 5 anos.
×
×
  • Create New...

Important Information