Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'POA'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Principal
    • Aviação Civil
    • Aviação Militar
    • Direto da Redação
  • Classificados Patrocinados
    • Hilton Miniaturas
    • Anuncie Aqui
  • Profissional
    • Tripulantes e Mercado de Trabalho
    • Técnica e Operações
  • Spotting & Outros Hobbies
    • Fotografia
    • Videos
    • Movimento de Aeronaves
    • Modelismo
    • Rádio Escuta/ACARS/Logs
    • Técnica e Equipamentos
  • Guia CR
    • Check-in (Flight Reports)
  • Memorabilia & Off Topic
    • Papo de Hangar
    • Imagens e Documentos
    • Recordar é Viver
    • Classificados
  • Central Ponte Aérea by Contato Radar
    • Central de Relacionamento do CR
  • Contato Radar nas Redes Sociais
    • Facebook
  • Links úteis
    • Sites e blogs de aviação
  • Serviços
    • Contato Radar Publicidade
  • Memorabilia
  • Outros Hobbies
    • Simulação de Empresas Aéreas

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Skype


Website URL


MSN


Yahoo


Jabber


Location


Interests


Cidade/UF/País


Data de Nascimento

Found 3 results

  1. 25/07/2019 A Cabo Verde Airlines confirmou nesta quinta-feira, dia 25 de julho, que vai iniciar um voo direto entre o Aeroporto da Ilha do Sal e a cidade brasileira de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul, no sul do Brasil, a partir de 11 de dezembro deste ano. A notícia já tinha sido dada pela imprensa brasileira, que citava fontes da ANAC/Brasil aquando da apresentação do peido de licenciamento da nova rota (LINK notícia relacionada) Depois de Recife, Fortaleza e Salvador, cidades do Nordeste Brasileiro, a Cabo Verde Airlines aposta novamente no mercado brasileiro abrindo mais uma rota entre os dois países. A rota irá operar duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras entre o Sal e Porto Alegre e às quartas e sextas-feiras entre Porto Alegre e o Sal. A partida do avião do hub da Cabo Verde Airlines na ilha do Sal está programada para 21h50 e a chegada a Porto Alegre às 04h00 da manhã do dia seguinte, hora local em Porto Alegre. Todos os voos farão ligação com outros destinos europeus atualmente servidos por voos próprios da Cabo Verde Airlines, nomeadamente Lisboa, Paris, Milão e Roma. A empresa aérea refere em comunicado que “esta nova rota entre a ilha do Sal e o Estado do Rio Grande do Sul, procura reforçar a ligação entre Brasil e Cabo Verde, como parte da presença da companhia no mercado sul-americano e parte integrante da estratégia da empresa em fazer da Ilha do Sal o hub do Atlântico. https://newsavia.com/cabo-verde-airlines-confirma-nova-rota-entre-sal-e-porto-alegre/ Xiii, no inverno vai alternar ou vão ter que alterar o horário
  2. March 27, 2018 CAPA – Centre for Aviation stated (27-Mar-2018) American Airlines reportedly plans to announce the launch of Los Angeles-Buenos Aires service and resumption of Miami–Porto Alegre and Miami-Recife services in the near future. https://blueswandaily.com/american-airlines-may-announce-new-service-to-argentina-brazil-in-near-future-report/
  3. Regiões metropolitanas tiveram alta de destinos domésticos e internacionais em 2018 6.abr.2019 às 16h36 Daniel Mariani Marina Gama Cubas SÃO PAULO O número de destinos aéreos nacionais e internacionais oferecidos a partir das principais regiões metropolitanas do país aumentou em 2018 em quase todo o país, apontam dados oficiais tabulados pela Folha. Considerando apenas os destinos nacionais saindo de Congonhas e Guarulhos, o número de 2018 igualou o ápice da série histórica, que havia sido em 2011. Em ambos os anos, foram 46 destinos que saíram ao menos 26 semanas consecutivas —padrão adotado pela reportagem para definir um trecho como frequente. As informações primárias são da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Imperatriz (MA) é um dos novos destinos de 2018 para quem sai de São Paulo. Jijoca (CE) passou a ter voos frequentes —em 2017 foi oferecido apenas no período de temporada. No geral, a malha aeroviária no país atingiu o ápice em 2011, começou então a cair acompanhando o desaquecimento da economia e chegou ao patamar mais baixo em 2013. Voltou a crescer, mas houve uma queda entre 2016 e 2017. Considerando o ano passado, houve aumento de rotas nacionais saindo também de Belo Horizonte, Recife e Salvador. Rio e Brasília ficaram estáveis. Campinas caiu. Essas são as regiões que mais têm voos frequentes. O aeroporto de Guararapes, no Recife, é um exemplo de crescimento constante. Em 2012, ele oferecia 14 opções de rotas domésticas e passou para 25 em 2018. Nos trajetos internacionais, houve aumento de rotas saindo de todas essas áreas, com exceção de Brasília. Se somados todos os destinos de todos os aeroportos do Brasil, houve aumento de 5% no número de rotas em 2018 em relação a 2017, ante uma leve queda de 1% no período 2016-2017. Em termos de destinos, a capital mineira foi a que teve o maior crescimento em 2018, com ampliação de 20% das opções de destinos desde 2017 —saltando de 35 para 42 em 2018. Esse movimento de crescimento de rotas também apareceu em simulações considerando período inferior às 26 semanas adotadas pela reportagem. O crescimento no número de destinos em 2018 no país coincide com levantamentos do setor aéreo que apontam também aumento no volume de passageiros, movimento que segue nos primeiros meses de 2019. “A escolha das rotas é resultado [de estudo] econômico. As empresas têm seus departamentos de planejamento que estudam dados demográficos e entradas de fatos novos, como o início de uma usina ou empresa em determinada região”, afirma Gianfranco Beting, especialista em aviação, que foi executivo da Azul. Ainda que a demanda seja o gatilho, outras variáveis são fundamentais para a decisão de ampliar ou fechar destinos e quais serão as cidades escolhidas. A existência de uma infraestrutura mínima dos aeroportos nas cidades em que se constata uma alta procura é uma delas. Benefício fiscal é outro ponto levado em conta. Em março, por exemplo, a Gol apresentou novas opções de destinos saindo do aeroporto de Guarulhos para cidades do interior de São Paulo. A medida responde a um pedido do governo estadual, que anunciou desoneração fiscal do combustível da aviação. Houve redução da alíquota do ICMS do querosene usado no abastecimento de aeronaves, de 25% para 12%. A expectativa tanto da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) quanto de especialistas no setor é que o crescimento do mercado se mantenha em 2019. Entre os fatores que podem contribuir para isso estão justamente benefícios fiscais, as concessões para a iniciativa privada de 12 aeroportos e a liberação de 100% de capital estrangeiro em companhia aéreas —a proposta passou na Câmara e foi para o Senado. “Teremos a possibilidade da entrada de novos participantes que podem levar ao aumento de passageiros transportados. Mais aeroportos são objetos de concessão, e a tendência é que haja aumento do mercado como um todo”, afirma Fábio Falkenburguer, especialista de aviação do Machado Mayer Advogados. Beting, porém, está um pouco mais cético em relação ao crescimento do mercado aéreo. “O Brasil parou de piorar, mas não engatou a marcha de aceleração. É uma recuperação muito tímida e aquém do que o Brasil poderia alcançar.” ________________________________________ O site da Folha está bugando com os infográficos, que podem ser acessados em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/04/oferta-de-destinos-aereos-a-partir-de-sp-cresce-e-volta-ao-pico-de-2011.shtml
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade