Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'Sideral'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Principal
    • Aviação Civil
    • Aviação Militar
    • Direto da Redação
  • Classificados Patrocinados
    • Anuncie Aqui
  • Profissional
    • Tripulantes e Mercado de Trabalho
    • Técnica e Operações
  • Spotting & Outros Hobbies
    • Fotografia
    • Videos
    • Movimento de Aeronaves
    • Modelismo
    • Rádio Escuta/ACARS/Logs
    • Técnica e Equipamentos
  • Guia CR
    • Check-in (Flight Reports)
    • Frequent Flyer
  • Memorabilia & Off Topic
    • Papo de Hangar
    • Imagens e Documentos
    • Recordar é Viver
    • Classificados
  • Central Ponte Aérea by Contato Radar
    • Central de Relacionamento do CR
  • Serviços
    • Contato Radar Publicidade
  • Memorabilia

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Skype


Website URL


MSN


Yahoo


Jabber


Location


Interests


Cidade/UF/País


Data de Nascimento

Found 3 results

  1. Companhia brasileira pede à ANAC para operar na ponte aérea com avião de luxo Celso Martins jun 14, 2019 A companhia pretende usar em Congonhas o Boeing 737-500 equipado com 52 assentos executivos com poltronas de couro. A Sideral Linhas Aéreas, companhia sediada em Curitiba, entrou na disputa pelos slots (autorização de pousos e decolagens) no Aeroporto de Congonhas, localizado na cidade de São Paulo. A companhia pediu à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para operar voos de Congonhas para o Aeroporto Santos Dumont (Rio de Janeiro) e Brasília. (Veja abaixo a tabela de voos). A Sideral pretende iniciar os voos no dia 16 de novembro deste ano. A companhia vai usar nos voos para Brasília e na ponte aérea Rio/São Paulo uma aeronave que promete revolucionar o mercado de luxo da aviação. A novidade é um Boeing 737-500 equipado com 52 assentos executivos com poltronas revestidas com couro italiano. É o maior espaço entre as poltronas em relação a todos os aviões de grande porte em operação no Brasil. O pedido da Sideral tem tudo para ser aprovado pela ANAC. Se até outubro deste ano a Avianca Brasil não voltar a operar em Congonhas, a agência reguladora terá que fazer a distribuição dos 23 slots que eram usados pela Avianca no aeroporto localizado na capital paulista. Pela regra atual, as novas companhias (entrantes) em Congonhas têm direito a ficar com a metade dos slots. As demais autorizações de pousos e decolagens seriam dadas para a Gol, LATAM e Azul. Lembrando que a Azul tem 12 sltos e LATAM e Gol 130 cada. Nesta sexta-feira (14/06) a Passaredo Linhas aéreas oficializou um requerimento junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) para que seja considerada como nova empresa apta a operar no Aeroporto de Congonhas. A Sideral e Passaredo têm mais chances de ficar com os slots já que possuem certificação da ANAC para operar no Brasil. Cada companhia poderá receber de 5 a seis autorizações de pousos e decolagens. A Sideral opera atualmente no setor de cargas e realiza fretamentos, principalmente para clubes de futebol. Para que a Sideral comece a oferecer voos regulares ela vai precisar, por exemplo, montar bases de tripulantes, o que pode ser realizado em no máximo 60 dias. Além do Boieng 737-500, a companhia tem em sua fota os Boeings 737-300, mesmo modelo que era usado pela extinta Webejet. A Passaredo e a Sideral têm vantagens em Congonhas em relação as companhias estrangeiras que demonstraram interesse pelos slots. A MAP Linhas Aéreas, com sede em Manaus, e que usa em seus voos o modelo ATR, o mesmo da Passaredo, também vai entrar com pedido para operar em Congonhas. MAP também tem tudo para ser autorizado na capital paulista. A Air Europa, por exemplo, que entrou processo de certificação na ANAC, não conseguirá cumprir todas as etapas para começar a operar voos domésticos no Brasil. Todo processo dura 220 dias. A Air Europa está interessada nos slots de Congonhas. www.tudodeviagem.com
  2. Após muitos anos sem postagens aqui, principalmente spotting, resolvi compartilhar algo diferente em nosso aeroporto de São José do Rio Preto-SP. Fretamento da Sideral para o Corinthians Pousou no dia 08/02/2019 aproximadamente as 15:40h, e decolou hoje (10/02/2019), por volta de 22:30h Foto de hoje, antes do embarque:
  3. Meus prezados Em sequencia a: http://forum.contatoradar.com.br/index.php/topic/125554-sideral-faz-primeiro-fretamento-com-passageiros-em-porto-alegre/ Aérea de carga lança voos charter e investirá em turismo de luxo Companhia conta com 18 aeronaves B737, sendo três disponíveis para fretamento De transporte de carga para voos fretados de luxo, a companhia brasileira Sideral, baseada na cidade de Curitiba, voltou-se de vez para o mercado de Turismo na aviação. A migração do estilo de negócio começou em dezembro do ano passado, quando solicitou para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovação para realizar o transporte de passageiros. A sinalização positiva veio em janeiro, mas a estreia da aérea no segmento viria apenas em maio, quando transportou a equipe do time de futebol Atlético Paranaense, localizado em sua cidade natal, para Rosário, na Argentina. Nesse momento, quase que "sem querer", seu principal nicho de mercado foi descoberto. Corinthians, Cruzeiro, Vasco e Grêmio já confiaram na Sideral para transportar suas equipes e comissões desde então, com Santos e outros clubes com negócio fechado para os próximos meses. "Não esperávamos, na verdade. Criamos esse novo segmento de mercado na empresa, e a demanda que surgiu mais forte foi a de futebol", explicou o diretor de Comunicação da empresa, Samuel Pezzini. "E faz sentido, os benefícios de nossos voos fretados se adequam muito ao que as equipes profissionais precisam: decolagem a qualquer horário, já que temos uma aeronave 100% dedicada a isso; alimentação personalizada de acordo com o que manda o nutricionista dos clubes, e ainda um sistema de entretenimento semelhante ao das grandes companhias, que estará ligado ao wi-fi dos aviões com filmes, músicas e outros atrativos e deve ser instalado em breve". Hoje, das 18 aeronaves da companhia, todas Boeing 737, três podem ser fretadas para voos de passageiros, comportando de 142 a 144 passageiros e com voos domésticos girando entre US$ 100 mil e US$ 130 mil. Uma delas é utilizada exclusivamente para o novo segmento, enquanto as duas demais mantém-se no transporte de carga, mas pode ser convertido para uma aeronave de passageiros com a colocação dos assentos, processo chamado Quick Change e que leva em torno de 50 minutos. RESORTS, OPERADORAS E TURISMO DE LUXO Com aquisição de aeronave da Fórmula 1, aérea quer entrar no segmento de transporte de luxo Com o transporte de equipes de futebol sustentando o novo negócio, o objetivo agora é amplificar sua atuação para outros segmentos de Turismo. A começar pelos resorts brasileiros: acordos estariam sendo costurados com alguns deles (nomes não foram revelados por questões contratuais) para oferecer voos fretados no transporte de grupos grandes para o destino, produto que seria fechado em um pacote conjunto com o empreendimento. Operadoras também estão na mira, com negócio fechado para voos ao Uruguai e Argentina marcados para junho e julho do ano que vem - passagens ainda devem ser comercializadas pelas agências ligadas à operadora, também não revelada. Mas o grande investimento recente da Sideral é voltado para um nicho específico: o mercado de luxo. A companhia adquiriu recentemente um Boeing 737-500 Vip, aeronave com valor que gira em torno dos US$ 11 milhões. O modelo era anteriormente utilizado pela Fórmula 1, e é totalmente equipado com comodidades de categoria executiva - o que faz com que ela tenha apenas 52 assentos, mesmo tendo um tamanho próximo das demais aeronaves. Com mesmo tamanho das demais B737, nova aeronave conta com apenas 52 assentos de categoria executiva "Claro que ela será usada também para equipes esportivas, elas dificilmente transportam mais de 50 pessoas entre jogadores e comissão técnica, e podem se valer do maior conforto em voos mais longos, já que os assentos alcançam quase 120 graus de inclinação", explica Samuel Pezzini. "Mas com a chegada da nova aeronave queremos buscar parceiros voltados para o mercado de luxo, seja hotéis ou operadoras especializadas, para começar a investir no transporte de alto padrão", finaliza o diretor de Comunicação da empresa. Aeronave de luxo adquirida junto a Fórmula 1 conta com assentos reclináveis e mesas Todos os 52 assentos contam com apoio para as pernas Interior da aeronave B737 para 144 passageiros Sistema de entretenimento deve ser instalado em breve, não precisando de aplicativo e estará disponível através do wi-fi dos aviões. Três aeronaves B737 podem ser utilizadas para fretamentos Fonte: Leonardo Ramos para site PANROTAS 9 AGO 2018
×
×
  • Create New...