Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'tp'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Principal
    • Aviação Civil
    • Aviação Militar
    • Direto da Redação
  • Classificados Patrocinados
    • Hilton Miniaturas
    • Anuncie Aqui
  • Profissional
    • Tripulantes e Mercado de Trabalho
    • Técnica e Operações
  • Spotting & Outros Hobbies
    • Fotografia
    • Videos
    • Movimento de Aeronaves
    • Modelismo
    • Rádio Escuta/ACARS/Logs
    • Técnica e Equipamentos
  • Guia CR
    • Check-in (Flight Reports)
  • Memorabilia & Off Topic
    • Papo de Hangar
    • Imagens e Documentos
    • Recordar é Viver
    • Classificados
  • Central Ponte Aérea by Contato Radar
    • Central de Relacionamento do CR
  • Contato Radar nas Redes Sociais
    • Facebook
  • Links úteis
    • Sites e blogs de aviação
  • Serviços
    • Contato Radar Publicidade
  • Memorabilia
  • Outros Hobbies
    • Simulação de Empresas Aéreas

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Skype


Website URL


MSN


Yahoo


Jabber


Location


Interests


Cidade/UF/País


Data de Nascimento

Found 16 results

  1. Release TP https://www.tapairportugal.com/pt/-/media/Institucional/PDFs/Investidores/Comunicados/TAP-SA-1Q20-Trading-Update_PT_29jun20.pdf?la=pt-PT&hash=978FF249160A3E79AA53E17D65076B371339E3D5 30/06/2020 A TAP registou prejuízos de 395 milhões de euros no primeiro trimestre devido à pandemia, indicou a companhia num comunicado enviado nesta segunda-feira, dia 29 de junho, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em Lisboa. De acordo com a transportadora aérea, o resultado líquido negativo do trimestre de 395 milhões foi “impactado por eventos relacionados com a pandemia de covid-19, nomeadamente pelo reconhecimento de overhedge de jet fuel de 150,3 milhões de euros, tendo o resultado líquido sido igualmente impactado por diferenças de câmbio líquidas negativas de 100,5 milhões de euros”. Excluindo estes dois efeitos, adianta a TAP, “o resultado líquido do primeiro trimestre de 2020 teria sido negativo em 169,9 milhões de euros”. No período homólogo de 2019, a TAP registou prejuízos de 106,6 milhões. No total do trimestre, a TAP transportou 2,96 milhões de passageiros (dos quais 2,37 milhões em janeiro e fevereiro), o que representa uma quebra de 12,6% face ao trimestre homólogo do ano passado. O comunicado revela ainda que a TAP registou um decréscimo de 54,7% no número de passageiros transportados em março face ao mês homólogo de 2019. “A quebra de atividade verificada em março de 2020 em resultado da pandemia Covid-19 impactou negativamente a performance da TAP no 1º trimestre, compensando a boa performance observada nos primeiros 2 meses do ano. O mês de março foi já significativamente afetado pelas medidas de contenção adotadas pelas autoridades nacionais e internacionais que se refletiram numa acentuada quebra na procura e levaram a TAP a diminuir a sua capacidade operacional, traduzindo-se numa deterioração progressiva da atividade ao longo do mês”, indica a companhia. Plano de frota está atualmente em revisão – Saem seis aviões no corrente ano A TAP também revela que – tendo em consideração o impacto da pandemia – o Conselho de Administração “iniciou um processo de análise da capacidade instalada, o qual poderá vir a resultar numa restruturação da frota”. Assim, prevê-se para o período remanescente de 2020 (após 31 de março) “uma redução líquida da frota, incluindo a saída já confirmada de seis aviões (1 A321, 1 A320, 3 A319 e 1 E190) que terminam contrato em 2020”. Além destas “estão a ser estudadas saídas adicionais de aeronaves”, por forma a alinhar com o plano de frota atualmente em revisão. Na primeiro trimestre do ano, a companhia aérea registou uma “diminuição dos rendimentos operacionais totais em 5%” face ao trimestre homólogo de 2019 e “das receitas de passagens em 3,7%” relativamente ao mesmo período do ano anterior. No mês de março, a diminuição verificada face ao mesmo mês de 2019 é de 106,3 milhões de euros (-47,7%) nos rendimentos operacionais totais e de 90,3 milhões (-46,9%) nas receitas de passagens, adianta. A TAP registou igualmente uma quebra do EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 26 milhões de euros no primeiro trimestre face ao período homólogo. Em março, a quebra do EBITDA foi de 80,4 milhões de euros relativamente ao igual mês do ano passado. “[A] quebra de atividade verificada em março de 2020 em resultado da pandemia covid-19 impactou negativamente a performance da TAP no primeiro trimestre, compensando a boa performance observada nos primeiros dois meses do ano”, sustenta a transportadora. A companhia acrescenta que “o mês de março foi já significativamente afetado pelas medidas de contenção adotadas pelas autoridades nacionais e internacionais que se refletiram numa acentuada quebra na procura e levaram a TAP a diminuir a sua capacidade operacional, traduzindo-se numa deterioração progressiva da atividade ao longo do mês”. A TAP realça também a realização em fevereiro de uma amortização “no montante de 158,6 milhões de euros referente a um financiamento com um sindicato de bancos portugueses, com extensão da maturidade do montante remanescente desse financiamento”. “A maturidade média da dívida financeira da TAP (excluindo ‘leasings’ operacionais) aumentou de 4,5 anos no final de 2019 para cinco anos no final do primeiro trimestre de 2020, continuando o reforço significativo da extensão da maturidade média da dívida efetuado durante o ano de 2019, tendo em conta que no final de 2018 era de 2,5 anos”, sublinha. A Comissão Europeia aprovou em 10 de junho um “auxílio de emergência português” à companhia aérea TAP, um apoio estatal de 1.200 milhões de euros para responder às “necessidades imediatas de liquidez” com condições predeterminadas para o seu reembolso. A semana passada, a TAP anunciou o prolongamento do lay-off até final de julho, ao qual tinha recorrido em 02 de abril, justificando a decisão com o facto de a sua operação continuar reduzida, anunciou hoje ao mercado a companhia aérea. Texto publicado pelo jornal digital ‘Observador’ https://newsavia.com/tap-regista-prejuizo-de-395-milhoes-de-euros-no-primeiro-trimestre-de-2020/
  2. A Venezuela suspendeu nesta segunda-feira, 17, por noventa dias as operações da companhia aérea portuguesa TAP no país, após acusá-la de ter permitido que um familiar do líder opositor Juan Guaidó transportasse explosivos durante uma viagem, anunciou o ministro dos Transportes, Hipólito Abreu. “Devido às graves irregularidades cometidas no voo TP173 e em conformidade com os regulamentos nacionais da aviação civil, as operações da companhia aérea TAP em nosso território estão suspensas por noventa dias”, afirmou o ministro no Twitter. Mais cedo, as autoridades aeronáuticas venezuelanas anunciaram que abriram um processo administrativo contra a TAP, que poderia resultar em multas, suspensões temporárias ou, dependendo de “como vão se desenvolver as investigações, (…) chegar a uma suspensão permanente” da operação no país. O tio de Guaidó, Juan Márquez, foi preso no última terça-feira 11 após acompanhá-lo em um viagem comercial em um voo da TAP, quando ele retornou de uma turnê internacional. Márquez foi acusado por supostamente portar materiais explosivos escondidos em vários objetos. O governo de Nicolás Maduro defende que a TAP escondeu o nome de Guaidó da sua lista de passageiros, registrando-o com uma identidade falsa. A defesa de Márquez classificou o argumento como uma “encenação ordinária”. O governo de Portugal, em comunicado do Ministério de Interiores, informou na última sexta-feira 14 que abriu uma investigação “diante das declarações das autoridades venezuelanas sobre uma falha de segurança no voo (em direção a Caracas) procedente de Lisboa”. Abreu também mencionou a TAP por um suposto descumprimento de políticas de fumigação das aeronaves. Desde 2013, a Venezuela vem sofrendo um êxodo em massa das companhias aéreas por dívidas estatais estimadas em 3,8 bilhões de dólares, segundo a Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA). A TAP é uma das poucas empresas aéreas estrangeiras que mantêm seus voos no país. Em nota enviada a VEJA, a companhia aérea portuguesa afirmou não compreender as razões desta suspensão, “uma vez que cumpre todos os requisitos legais e de segurança exigidos pelas autoridades de ambos os países”. A TAP afirmou ainda que a medida prejudica seus passageiros e disse que o governo venezuelano não deu sequer a chance da empresa se defender das acusações. https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/venezuela-anuncia-suspensão-de-operações-da-tap-por-noventa-dias/ar-BB105Ttg?ocid=primedhp
  3. É uma pena que o conteúdo é restrito. 30-Jan-2020 12:26 AM For the first time in 2019 TAP Air Portugal entered the top 15 in CAPA's ranking of European airline groups by passengers. It carried 17.1 million passengers, up 8.2% year-on-year and double the number of 10 years earlier. TAP's part-privatisation in 2015 has led to resurgent growth and investment in fleet renewal, including the acquisition of A321LR aircraft and the new route possibilities they bring. The leading airline in Portugal, an important leisure destination, TAP has natural strengths in Latin America and has also developed Africa and North America to give more balance to its long haul network. However, the airline struggles to generate consistent profitability and faces increasing capacity constraint at its Lisbon hub, and there have been signs of discontent from David Neeleman, one of TAP's investors. If he sells out, further shareholder changes could result, possibly attracting interest from a major European airline. Meanwhile, TAP must continue to develop partnerships with Azul and JetBlue, two airlines with which Mr Neeleman also has strong connections. This report considers TAP's strengths, weaknesses, opportunities and threats. https://centreforaviation.com/analysis/reports/tap-air-portugal-swot-new-ownership-potential-511267
  4. Por Rodrigo Vieira 18/11/2019 A Tap voará a Maceió a partir de junho de 2020. Os bilhetes estarão à venda nos principais canais da companhia aérea portuguesa a partir do próximo dia 25. Serão três voos regulares por semana. O acordo foi assinado hoje. O secretário de Turismo de Alagoas, Rafael Brito, fala em dia histórico para o Estado e sua capital. "Acabamos de fechar com a Tap novos voos inéditos entre Maceió e Lisboa, em Portugal", comemora, acrescentando que o serviço era uma "paquera antiga" do destino com a companhia. "Isso é resultado e de um diálogo de dois anos exclusivo do Governo de Alagoas e a companhia. A conexão com o continente mais desenvolvido do mundo representa pra nós a realização de um sonho, que com certeza vai gerar muito emprego e renda para a nossa gente!" https://www.panrotas.com.br/aviacao/novas-rotas/2019/11/tap-voara-a-maceio-a-partir-de-2020_169285.html
  5. 19-11-2019 A TAP, que ontem assinou um acordo para uma nova rota para Maceió, anunciou hoje que também vai inaugurar em 2020 ligações entre Lisboa e Montreal, no Canadá, e entre Ponta Delgada e Boston, nos Estados Unidos, todas operadas em aviões A321 Long Range. Para Montreal, os voos serão operados seis vezes por semana (todos os dias excepto quartas-feiras), com partidas de Lisboa às 14h55 para chegar ao Canadá pelas 17h40. A companhia diz em comunicado que a rota estará disponível para reservas a partir da próxima segunda-feira, dia 25 de Novembro, embora sobre o seu começo apenas indique que está previsto para o próximo ano. Sobre a nova ligação Ponta Delgada – Boston, a companhia indica apenas que “é uma das rotas estratégicas que vêm reforçar o crescimento da companhia no Atlântico Norte”, e acrescenta que “a partir de 2020, Portugal terá, a partir de Lisboa e de Ponta Delgada, duas rotas directas para Boston, cidade hub da JetBlue, parceira da TAP, o que permitirá à companhia portuguesa transportar ainda mais passageiros provenientes de vários pontos dos EUA”. Em Portugal, a TAP também anuncia que vai aumentar o número de ligações entre Lisboa e Ponta Delgada, passando de quatro para cinco diárias. Com as novas ligações, a transportadora “vai operar no próximo ano 82 frequências semanais no mercado norte-americano”. A companhia aérea sublinha que “estima transportar entre Portugal e o Atlântico Norte mais 390 000 (85 000 nas duas rotas) norte-americanos no próximo ano”. Actualmente, “a TAP transporta perto de um milhão de passageiros da América do Norte”, que é um dos seus três principais mercados. Citado no comunicado, o CEO da TAP, Antonoaldo Neves, declara que “com a inauguração destas novas rotas, a TAP passa assim de três rotas, em 2015, para 11, com destino à América do Norte, o mesmo número que o Brasil”, um investimento que classifica como “mais um passo importante no plano de diversificação e expansão da rede da companhia, que reforça a sua exposição a novos e menos voláteis mercados”. Para Maceió, os voos estarão à venda a partir de 25 de Novembro e serão operados três vezes por semana a partir de Junho, com saída de Lisboa às 17h15 e chegada ao Brasil pelas 21h15, às quartas, sextas e domingos (clique para ler: Maceió é o novo destino da TAP no Brasil). Além da nova rota para Maceió, que é a 11ª da TAP no Brasil, a companhia também vai aumentar a frequência de voos para Natal e Belém, que passa de três para cinco voos por semana para cada destino, embora passem a ser operadas por aviões de menor dimensão, os A321 LR. Com o reforço da oferta para o Brasil, a companhia aérea passa a operar no próximo ano para “um total de 92 frequências semanais” para este mercado. A transportadora sublinha no comunicado que, “apesar da crescente concorrência”, “manteve a sua quota de mercado na ordem dos 26%, sendo a companhia europeia a oferecer mais rotas e a disponibilizar mais lugares”. “Em 2018, a TAP transportou 89% dos passageiros com voos directos entre o Brasil e Portugal”, segundo a transportadora. As novas rotas para Maceió, Montreal e Boston serão operadas em aviões A321 Long Range, uma aeronave “mais eficiente ao nível do consumo de combustível”, que possibilita à TAP “operar para mercados não acessíveis a aeronaves wide body e com maior poupança nos custos de operação”. http://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/tap-acrescenta-lisboa-montreal-e-ponta-delgada-boston-as-novidades-para-2020/
  6. 18-11-2019 A TAP lançou uma nova oferta de obrigações sénior, com o valor indicativo de 300 milhões de euros e maturidade até 2024, de acordo com um comunicado publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A empresa dá conta da sua “intenção de lançar uma oferta dirigida a investidores institucionais de obrigações sénior com o valor nominal agregado indicativo de 300 milhões de euros com maturidade em 2024 e taxa de juro a ser definida após o período da oferta”, lê-se na mesma nota. “As receitas resultantes da oferta, se concluída”, serão para a “antecipação do reembolso de determinados empréstimos no âmbito do passivo existente da TAP e extensão do respectivo prazo médio de maturidade”, bem como para o “pagamento de comissões e despesas relacionadas com a oferta das obrigações”, diz a companhia. A TAP não dá mais detalhes concretos sobre a operação, salientando que o anúncio “não constitui e não constituirá, em nenhuma circunstância, uma oferta pública nem um convite ao público relativamente a qualquer oferta na acepção do regulamento dos prospectos ou do Código dos Valores Mobiliários”. A empresa revela que “a oferta e comercialização das obrigações será efectuada ao abrigo de uma excepção à obrigação de produzir um prospecto para ofertas de valores mobiliários prevista do regulamento dos prospectos”. Em 30 de Maio, a TAP revelou que iria emitir obrigações no valor de 50 milhões de euros, por iniciativa da transportadora aérea, até 14 de Junho, com uma taxa de juro fixa bruta de 4,375% ao ano. Em causa estava a emissão e admissão à negociação de 50 mil obrigações "com o valor nominal unitário de 1.000 euros e global inicial de 50 milhões de euros, que poderá ser aumentado por opção do emitente até ao dia 14 de Junho de 2019", segundo o prospecto desta oferta, publicado na CMVM. As obrigações têm maturidade em 23 de Junho de 2023, com taxa de juro fixa bruta de 4,375% ao ano. Em 19 de Junho foi anunciado que mais de seis mil investidores subscreveram estas obrigações da TAP, uma operação no valor de 200 milhões de euros, em que a procura superou a oferta em 1,55 vezes. No segmento geral a procura atingiu 162,5 milhões de euros e o montante final atribuído foi de 105 milhões de euros com o número total de investidores a atingir os 6.092, dos quais 35 profissionais. (PressTUR com Agência Lusa) http://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/tap-lanca-nova-emissao-de-obrigacoes-de-300-milhoes-de-euros/
  7. 13/08/2019 Companhia amplia foco nos EUA e Brasil. Nova Ponte Aérea para Madrid a partir do Porto e Lisboa. Verão de 2020 com mais crescimento, frequências e novos produtos. Nova Ponte Aérea passará a ligar Lisboa a Madrid. Nova Ponte Aérea passará a ligar Porto a Madrid. Aposta nos EUA continua: total de 4 voos diários para Nova Iorque (de Lisboa e do Porto), voos diários para Washington DC e Chicago e 10 voos por semana para Miami. Reforço no Nordeste e Norte do Brasil com mais dois voos por semana para Natal e também para Belém, como Airbus A321neo Long Range. Novo Airbus A321neo Long Range irá operar para Moscovo, com mais eficiência e o mesmo conforto de um avião de Longo Curso. Telavive passa a ter duas frequências diárias em A321neo Long Rang. Nos últimos dois anos, a TAP registou um crescimento assinalável do número de lugares oferecidos na sua rede. Em 2018, a Companhia disponibilizou mais 12 por cento de lugares e, em 2019, a capacidade oferecida já aumentou 9,3 por cento. Em 2020, o enfoque será consolidar e crescer nas apostas que estão a ser mais bem-sucedidas. Com uma frota mais moderna e confortável no próximo ano, com todas as aeronaves do Longo Curso com interiores novos ou renovados e com uma frota de A321LR quatro vezes maior do que em 2019, a TAP continuará a investir na sua operação e são muitas as novidades previstas já para o verão do próximo ano. Aposta nos EUA continua Em 2020, a Companhia mantém a sua grande aposta nos Estados Unidos, com quatro voos diários para Nova Iorque: duplicam as frequências diárias entre Lisboa-Nova Iorque (JFK), além do voo Lisboa-Newark (EWR) e do Porto-Newark (EWR), que passa a ser diário. Miami receberá dez voos por semana, em vez dos atuais sete. Também as novas rotas de Washington D.C. e Chicago passarão a contar com voos diários. Brasil com A321LR no Nordeste e Norte, permitindo mais frequências semanais A TAP continua também a investir no Brasil, com voos no novo A321LR e com frequências reforçadas para as cidades de Natal e de Belém, crescendo de três para cinco voos por semana para cada um dos destinos. TAP mantém espaço conquistado no Porto No Porto, entre 2017 e 2018, a TAP registou um aumento de 20 por cento (20%) em número de passageiros, ultrapassando pela primeira vez a marca dos dois milhões. As perspetivas são igualmente positivas para este ano de 2019, considerando que, entre janeiro e julho, a TAP está já a crescer 11 por cento (11%). Números de sucesso, que permitem à TAP, em 2020, implementar ajustes na rede do Porto, com o objetivo de redirecionar a capacidade para mercados onde a competitividade da Companhia seja maior. Assim, a TAP redireciona a capacidade dos voos Porto-Barcelona e Porto-Lyon, suspendendo a operação nesses mercados, que conta com ampla oferta da concorrência, para construir a novíssima Ponte Aérea entre Porto e Madrid, que contará com seis frequências diárias, mais que o dobro da oferta atual. Permite ainda aumentar as ligações entre o Porto e o Funchal com mais um voo diário, a meio do dia, operado no novo Airbus A321neo Long Range e fazer a operação diária do Porto-Newark (EWR) e a quarta frequência semanal Porto-São Paulo. Por fim, a Ponte Aérea a jato para Lisboa ganha mais uma frequência diária em relação ao verão de 2019. Com estes ajustes, a TAP aumenta ligeiramente as frequências no Porto em 2020 e assegura o espaço reconquistado nos últimos dois anos. Fortalecimento contínuo do Hub em Lisboa Em Lisboa, o número de passageiros continua também a subir: 8,8 por cento (8%), entre 2017 e 2018, e, este ano, já com um crescimento de 6 por cento (6%). À saída da capital portuguesa, a capacidade dedicada a Estugarda, Colónia e Basileia, será redirecionada para outros mercados. Será criada uma nova Ponte Aérea ligando Lisboa a Madrid. Alem disso, a TAP lançará uma nova rota para Santiago de Compostela, e reforça outras ligações a Espanha, acrescentando voos diários entre Lisboa e as cidades de Barcelona (seis para sete diários), Bilbau, Valência e Málaga, todos de dois para três diários, e Sevilha (de três para quatro voos diários). Também Casablanca, a maior cidade de Marrocos, contará com mais uma frequência diária à saída de Lisboa, melhorando assim a conectividade com a rede intercontinental da TAP. A rota de Telavive, que abriu este ano, é um sucesso comprovado, motivo pelo qual a Companhia aposta agora em dois voos diários, em vez de apenas um, e ambos com o moderno A321 Long Range, permitindo assim melhor conectividade de Israel com os Estados Unidos e Brasil. A TAP passa também a voar para Moscovo com A321LR, permitindo corresponder às exigências de conforto dos passageiros que voam para aquele destino. Suspensão da operação em London City Devido às incertezas de procura por parte dos Clientes, associada ao Brexit, e pelos resultados abaixo do esperado nesse mesmo mercado, a TAP decide suspender a operação no aeroporto de London City, compensando parcialmente os assentos perdidos com o aumento da capacidade dos aviões à partida de Lisboa e do Porto para os restantes aeroportos londrinos, nos períodos de maior procura. Aeronaves novas para Luanda e Maputo A aposta em equipamentos mais modernos, eficientes e confortáveis, permitem também que a TAP consiga, já este ano, disponibilizar os novos A330neo aos passageiros que voem para Luanda, a partir de outubro e, até final do ano, para os passageiros que voem para Maputo. O plano de rota da TAP para 2020 está naturalmente sujeito à obtenção de Slots, processo que se inicia agora em agosto. https://www.tapairportugal.com/pt/media/comunicados-de-imprensa/Press-Release-786
  8. https://blueswandaily.com/david-neeleman-xlr-is-necessary-the-a321lr-ended-up-not-having-the-promised-reach/ June 27, 2019 TAP Air Portugal major shareholder David Neeleman commented on the A321XLR, stating that TAP will place an order for the aircraft, which would come from order conversions from A321LR (Mercado e Eventos, 19-Jun-2019). Mr Neeleman qualified the A321XLR as “important, necessary and a need” adding: “The A321LR ended up not having the promised reach… to replace the Boeing 757. The XLR is more ready”.
  9. TAP Air Portugal to Add a Third New U.S. Route for 2019: San Francisco Becomes TAP’s 8th North American, and Only West Coast, Gateway SAN FRANCISCO, Dec. 13, 2018 (GLOBE NEWSWIRE) -- TAP Air Portugal will fly five weekly nonstop round-trips, year-round, between San Francisco and Lisbon from June next year. San Francisco International Airport (SFO) will become the airline’s eighth North American gateway and the only one on the west coast. Last month TAP announced new routes to Lisbon from Chicago O’Hare and Washington-Dulles, also starting in June. The SFO flights will operate Mondays, Tuesdays, Thursdays, Saturdays and Sundays, from June 10, departing SFO on at 4:10pm, and arriving in Lisbon at 11:25am the following morning. Returning flights leave Lisbon at 10am, arriving into SFO at 2:40pm. Economy fares from SFO to Lisbon start at just $380 one way, all-inclusive of taxes, or from $800 round-trip. “We’re excited to keep adding new cities from the USA to Portugal,” said David Neeleman, founder of JetBlue Airways and a major shareholder in TAP. “Despite being a 73-year old airline, this year TAP is one of the world’s top 10 fastest growing airlines. As Portugal has become a more popular destination, US travelers have not only found out about Portugal but also about flying TAP beyond Lisbon to our 70+ destinations across Europe and Africa.” "We are proud that TAP Air Portugal has selected SFO for its growth plans on the United States West Coast," said Airport Director Ivar C. Satero. "We share TAP Air Portugal's passion for making air travel an enjoyable experience, and travelers in the San Francisco Bay Area can look forward to an easy and economical new way to travel to Portugal and beyond." TAP is the launch carrier for the new A330-900neo aircraft with 21 planned for delivery in the next 18 months. The A330neo is part of a larger 71 aircraft order, with TAP also set to take delivery of 19 A320neos, 17 A321neos, and 14 A321 Long Range jets. The A330neo aircraft features state of the art personalized entertainment system and connectivity that allows for free text messaging for all passengers. TAP will be the first European airline to offer web-based messaging on long haul flights, free for all passengers. The A330neo will feature the new Airspace by Airbus cabin. The economy cabin now comprises two categories: Economy and EconomyXtra. The configuration and design provide a roomier cabin, with more legroom, deeper seat recline, and new seat covers in shades of green and gray, or green and red in EconomyXtra. The seat pitch in economy is 31 inches, while Xtra offers an additional three inches’ legroom, with 34 inches. In TAP’s Executive business class, TAP offers 34 new fully-flat reclining chairs that are more than six feet long when fully reclined. Also, TAP has powered up its new business class chairs to include USB slots and individual electrical sockets, connections for headphones, individual reading lights, and more space, including more storage room. TAP’s Executive business class fares on both routes start at $1,531 one way, or $3,102 round-trip, for travel to Lisbon. Business class one-way fares to TAP’s popular European destinations, such as Madrid, Barcelona, Paris and Rome, start from just $1,546 each way. TAP introduced the Portugal Stopover program in 2016 to further attract the ‘beyond Lisbon’ guest. Travelers to all of TAP’s European and African destinations can enjoy up to five nights in Lisbon or Porto along the way, for no extra airfare. So, from SFO, travelers will be able to see Lisbon or Porto and their pick of 70 destinations throughout Europe and Africa with fares starting as low as $279 each way, from SFO to Madrid, Barcelona, Paris or Rome via Lisbon. The Portugal Stopover comprises a network of more than 150 partners who provide exclusive offers for Stopover customers for hotels discounts and complimentary experiences such as free entry to museums, dolphin watching in the River Sado and food tastings – even a free bottle of Portuguese wine in participating restaurants. Travelers can also enjoy a stopover in Lisbon or Porto even if their final destination is in Portugal, such as: Faro (Algarve); Ponta Delgada or Terceira (the Azores); and Funchal or Porto Santo (Madeira). About TAP Air Portugal TAP is Portugal’s leading airline and a member of the global airline Star Alliance since 2005. Flying since 1945, TAP celebrated its 70th anniversary on March 14, 2015, before completing its privatization process later that year, now with the Atlantic Gateway Group as private shareholders. TAP’s network comprises 84 destinations in 34 countries worldwide. The airline currently operates around 2,500 weekly flights, with a modern fleet of 63 Airbus aircraft. TAP Express, the airline’s regional arm, operates an additional 17 aircraft. With TAP’s privatization process, it has restructured its network, launched new fare products and is renewing its medium and long-haul fleet. TAP has 53 Airbus neo aircraft on order and, by 2020, it’s long-haul fleet will either have been replaced with new aircraft or newly reconfigured aircraft. TAP Express now operates a new fleet of 8 ATR 72 and 9 Embraer 190. TAP is one of Europe’s most awarded airlines. Global Traveler (USA) named TAP as Best Airline in Europe from 2011 to 2016, and the World Travel Awards named TAP as both Europe’s Leading Airline to Africa and Europe’s Leading Airline to South America from 2014 – 2017. Previously TAP was awarded World’s Leading Airline to Africa, in 2011 and 2012, and World’s Leading Airline to South America from 2009 through 2012. TAP’s Inflight Magazine, UP, received the World Travel Award as Europe’s Leading In-flight Magazine for 2015, 2016 and 2017. Media contact: Gareth Edmondson-Jones GEJ, Ink 917 399-9355 GEJink@gmail.com http://www.globenewswire.com/news-release/2018/12/13/1666767/0/en/TAP-Air-Portugal-to-Add-a-Third-New-U-S-Route-for-2019-San-Francisco-Becomes-TAP-s-8th-North-American-and-Only-West-Coast-Gateway.html
  10. https://www.flytap.com/pt-pt/alertas-e-informacoes O que fazer? Quais as providências?
  11. 08-05-2019 Os novos destinos da TAP nos Estados Unidos “serão, previsivelmente em 2020, Los Angeles, Houston e Atlanta”, disse o presidente da Administração companhia de aviação portuguesa, Miguel Frasquilho, em entrevista à agência Lusa. É “intenção no próximo ano, nos dois próximos anos, acrescentar mais três destinos” nos Estados Unidos, indicou o chairman da TAP que explicitou que “é isso que neste momento está sobre a mesa, sem prejuízo depois de haver ainda novas actualizações, mas serão, previsivelmente, em 2020, Los Angeles, Houston e Atlanta”, afirmou Miguel Frasquilho. Os Estados Unidos estão a alcançar “uma posição de inegável importância para a evolução da actividade da TAP”, sublinhou Frasquilho, que em outra ocasião enfatizou que no ano passado a companhia sofreu “uma quebra muito grande” no Brasil, seu “principal mercado [externo] em termos de receita”, por razões que relacionadas “com a economia brasileira, até com as eleições que foram realizadas”, a qual teve a compensá-la o “dinamismo” e “força” do mercado dos Estados Unido, o qual, afirmou, “já é o terceiro em termos de receita” e para o qual a companhia tem “grandes expectativas” com a abertura de três novas rotas em Junho. Adicionalmente, também está nos objectivos da transportadora “voar para Montreal num dos próximos anos”, ficando assim “a América do Norte bastante composta em termos de cobertura pela TAP”. A companhia de aviação portuguesa vai inaugurar em Junho três novas rotas entre Lisboa e os Estados Unidos, designadamente Chicago, no dia 1, São Francisco, no dia 10, e Washington, no dia 16 de Junho. As vendas para os Estados Unidos “estão a correr bastante bem”, assim como a nova ligação para Telavive, em Israel, acrescentou Miguel Frasquilho. (PressTUR com Agência Lusa) http://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/tap-preve-voar-para-los-angeles-houston-e-atlanta-a-partir-de-2020/
  12. TAP Faz Estreia Mundial Tripulação Feminina Em Voo Do A330-900neo A TAP Air Portugal está a realizar nesta sexta-feira, dia 8 de março, em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, um voo entre Lisboa e São Paulo/Guarulhos, no Brasil, com uma tripulação totalmente feminina. Trata-se de um marco mundial, já que o Airbus A330-900neo entrou ao serviço da TAP em dezembro passado, e esta é a primeira vez que realiza um serviço comercial com tripulantes femininos, na sua totalidade. A comandante e a co-pilota e as nove assistentes de bordo são profissionais com muita experiência na companhia aérea portuguesa que neste dia especial preparou algumas iniciativas para homenagear as mulheres que trabalham na empresa. O voo, TP089, descolou de Lisboa às 10h57, com destino a São Paulo, onde deverá chegar pelas 18h00 locais (21h00 UTC). Os passageiros que seguem neste voo receberam brindes de uma tradicional e conceituada marca portuguesa de perfumaria. Neste dia a TAP Air Portugal também resolveu dar o dobro das milhas, no Programa Miles&Go, para as mulheres que viajarem nos seus aviões. As milhas acumuladas poderão ser utilizadas em descontos imediatos em viagens da companhia ou nos mais de 100 parceiros do programa. Uma campanha válida para os atuais clientes membros e para novas adesões. Fonte: Newsavia Bela iniciativa! Parabéns a TAP e quanta honra para GRU receber esta primeira tripulação feminina num 339 em todo o mundo.
  13. 17-Mar-2019 9:42 PM Programa é sucesso em Portugal e será reproduzido no Brasil. Turistas poderão estender em até 5 dias a permanência no país sem custos adicionais Conhecer pelo menos dois destinos, sem custos adicionais, e estender a permanência em até cinco dias no Brasil: este é o Programa Stopover que a companhia aérea portuguesa TAP lançou nesta quinta-feira (14), durante a Bolsa de Turismo de Lisboa, uma das principais feiras de turismo do mercado europeu. As primeiras cidades a participarem do programa são Recife (PE), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF). A companhia informou que o programa deve ter início ainda no primeiro semestre deste ano. O Programa Stopover pode funcionar como um acelerador do turismo internacional no Brasil. Como comparação, em Portugal, onde a companhia aérea já oferece o serviço, em 2018 foram pelo menos 150 mil passageiros que estenderam sua viagem, no maior hub da companhia na Europa. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, reforça que o programa Stopover "é uma medida que fomenta o turismo, movimenta a economia e gera empregos. Ganham todos: os turistas que poderão ampliar suas experiências em destinos nacionais, o empresariado do setor e, de forma ampla, o desenvolvimento do país". Para a presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Teté Bezerra, a iniciativa "aquece a economia nas cidades brasileiras. É uma receita extra, uma oportunidade para os turistas conhecerem mais destinos, e permanecerem por mais tempo no País. São inovações importantes para o turismo nacional", celebrou. A TAP, que tem voos diretos para dez cidades brasileiras, voa para o Brasil há mais de 50 anos. “Hoje é aniversário de 74 anos da TAP. Nada melhor para comemorarmos que uma parceria com cinco importantes cidades brasileiras. Acreditamos que replicar o nosso bem-sucedido programa Stopover no Brasil em diversas capitais pode contribuir imensamente para o fomento do turismo internacional para o Brasil”, afirma o presidente da TAP, Antonoaldo Neves. O secretário de turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, disse que "há anos temos investido na conectividade e na malha aérea, somos o aeroporto mais movimentado do Nordeste e esperamos que aumente em até 15% a entrada de turistas estrangeiros no estado de Pernambuco com o início do programa ". Arialdo Pinho, secretário de Turismo do Ceará, acrescenta que "esta ação retrata o amadurecimento do destino Brasil, que busca inovar para atrair mais turistas estrangeiros". O secretário cearense diz ainda que "69% do público dos voos que chegam ao Ceará são ocupados por europeus, portanto é um grande potencial para os turistas que visitam o País e que chegam ou decidem partir de Fortaleza, que é uma grande porta de entrada dos visitantes deste continente". O secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, destacou que “já são 40 anos de voos diretos para Salvador pela TAP. Essa parceria será fundamental para dar mais opções aos turistas estrangeiros chegarem ou saírem por nossa cidade, ainda podendo permanecer alguns dias usufruindo dos nossos diversos atrativos”. O Rio de Janeiro também aderiu ao programa da companhia lusitana. Para o secretário de Turismo do estado, Otávio Leite, é estratégico oferecer a milhares de passageiros a chance de conhecer novos destinos e também voltar aos preferidos. “O Rio entende que há uma grande perspectiva de ampliar o número de visitantes tanto na capital quanto no interior com este Stopover”, acredita. “Brasília é a capital do nosso país, o centro das grandes decisões. Mas nós podemos ser muito mais, porque temos arquitetura, história, natureza, redes hoteleiras e restaurantes de excelência, temos vida que vai além da política. Com essa parceria, estamos incrementando o potencial da nossa cidade para receber bem nossos visitantes”, completou o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. This press release was sourced from Brazil's Ministry of Tourism on 13-Mar-2019. https://centreforaviation.com/members/direct-news/tap-lana-stopover-em-cinco-cidades-brasileiras-464742
  14. 14-Mar-2019 10:29 PM Hainan Airlines transferred (14-Mar-2019) its 54.55% shareholding in Hainan Airlines Civil Aviation Investment Limited to Global Aviation Ventures for USD30 million and the remaining 45.45% to Azul for USD25 million. Hainan Airlines Civil Aviation's underlying assets include a 9% stake in TAP Air Portugal and a 20% stake in Atlantic Gateway. https://centreforaviation.com/news/hainan-airlines-disposes-of-stake-in-tap-air-portugal-and-atlantic-gateway-887595
  15. Deve ser com A321LR.... Por Lisia Minelli em 27/02/2019 A TAP planeja novidades para o mercado brasileiro. Voos com os novos A330neos propiciarão novas rotas, principalmente para a região nordeste, como João Pessoa (PB) e Maceió (AL). Além disso, a companhia pretende trazer para o Brasil o modelo de stopover já aplicado em Portugal, com a intenção de que os turistas possam aproveitar mais destinos no Brasil, com apenas uma passagem. É o que declarou o diretor da companhia para a América do Sul, Mário Carvalho. “O Brasil tem uma diversidade de segmentos, além do Sol e Praia, e tem essa vantagem perante outros lugares. É um potencial enorme, principalmente para gerar muitos empregos rapidamente”, declarou Carvalho. A presidente da Embratur, Teté Bezerra, reforçou o interesse de realizar ações em conjunto com a TAP, a fim de promover o Brasil no continente europeu, onde a companhia atua partindo de 54 destinos para o Brasil. “A TAP já é uma das opções consolidadas dos turistas que partem da Europa com destino ao Brasil. Precisamos unir esforços para promover as maravilhas que temos no Brasil”, completou a presidente. “Queremos estar junto da Embratur para divulgar o Brasil”, disse o diretor de Marketing da TAP, Francisco Guarisa, que ainda reforçou o case de sucesso que é Portugal em relação ao investimento em turismo. “É um exemplo clássico, o país saiu de uma recessão e recuperou-se economicamente por meio do turismo”, enfatizou. https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/tap-e-embratur-planejam-acoes-em-conjunto/ Azul ainda vende Air Pass?
  16. 18-12-2018 O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, alertou os trabalhadores que em 2019 a companhia terá de ser “incansável na busca de uma experiência melhor” para os clientes. O executivo, que falava no encontro de Natal com trabalhadores, explicou que face à abertura de novas rotas e à chegada de seis novos Airbus este ano e "alcançando 37 novas aeronaves até ao final do próximo ano e 71 até 2025", a empresa terá de ser “incansável na busca de melhoria da qualidade de vida” dos seus trabalhadores, assim como “na busca de uma experiência melhor” para os clientes. “A responsabilidade é enorme: nós não temos só mais de 11 mil famílias, de certa forma carregamos Portugal nas asas, poucas companhias têm o privilégio de dizer isso, 2% do PIB de Portugal passa pela TAP, quatro milhões de turistas vêm a Portugal pela TAP, dos 16 [milhões] que transportamos", referiu. Antonoaldo Neves reforçou ainda a importância da ligação entre a Europa, África e o Atlântico, e disse que 57% dos clientes da TAP “não ficam em Portugal, e isso é maravilhoso, porque sem esses não existiam os outros 43%”. A pontualidade em 2018 foi “vergonhosa e eu não tenho vergonha de dizer isso, é preciso olhar no espelho para saber onde a gente precisa melhorar”, admitiu o presidente executivo da transportadora que classificou este tema como “importantíssimo”. “2018 foi um ano de grandes conquistas, novas aeronaves, fizemos acordos sindicais que nunca foi possível serem feitos antes, conquistámos cinco anos de paz laboral, retribuímos aos nossos trabalhadores”, salientou ainda. (PressTUR com Agência Lusa) http://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/tap-tera-de-ser--incansavel--em-2019---antonoaldo-neves/ 25% são turistas estrangeiros, 20% são portugueses e o resto é conexão. E vivem reclamando que precisam mais de voos pra aumentar os turistas em Portugal, que os hotéis estão em queda, etc. É só a TP focar em O&D e não em roubar conexões dos outros, se bem que todas as outras européias fazem o mesmo.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade