Jump to content

United tem prejuízo de U$11 mi com proibição de voo de 787


marsig

Recommended Posts

A United, a única companhia aérea norte-americana que possui aeronaves 787, revelou um prejuízo de U$11 milhões, ligados aos custos de pessoal e depreciação

 

 

A United Airlines disse nesta quinta-feira que espera voltar a operar suas aeronaves Boeing 787 em maio, depois de ter um prejuízo de U$ 11 milhões.

A United, a única companhia aérea norte-americana que possui aeronaves 787, revelou um prejuízo de U$11 milhões, ligados aos custos de pessoal e depreciação, como parte dos resultados trimestrais da empresa.

O chefe executivo Jeff Smisek disse em uma conferência telefônica que os voos domésticos com o 787 serão retomados no próximo mês.

"Esperamos começar a voar novamente em maio, para voos domésticos, com nosso primeiro voo internacional com um 787, sem escalas, entre Denver e Narita no dia 10 de junho", disse Smisek.

"Os 787 em terra impactaram nosso balanço e estamos ansiosos para que essa notável aeronave volte a voar".

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade