Jump to content

Avião movido a energia solar inicia travessia dos EUA


marsig

Recommended Posts

Aeronave vai cruzar o país sem levar nenhum combustível.

Equipe de voo espera concluir a travessia dos EUA em dois meses.

 

Um avião movido a energia solar, com o qual os projetistas planejam um dia atravessar o planeta, decolou na manhã desta sexta-feira (3) da baía de San Francisco para cruzar os Estados Unidos, sem levar nenhum combustível, a não ser a energia do sol.

 

O aparelho, chamado de Impulso Solar, partiu pouco depois das 6 horas (horário local) de Moffett Field, um aeroporto civil e militar perto do extremo sul de San Francisco, e seguiu em velocidade baixa em direção a Phoenix, no vizinho Estado do Arizona, de modo que o voo deve durar de 15 a 20 horas.

 

O avião de formato espigado fez pouco ruído ao levantar voo. Depois de efetuar paradas nas cidades de Dallas, St. Louis e Washington, a capital, com pausas em cada lugar para aguardar tempo favorável, a equipe de voo espera concluir a travessia dos EUA dentro de dois meses no aeroporto internacional John F. Kennedy, em Nova York.

 

Os pilotos suíços Bertrand Piccard e Andre Borschberg, cofundadores do projeto, vão revezar-se no comando do aparelho, que possui apenas um assento na cabine. Piccard assumiu o controle na primeira etapa, rumo ao Arizona. A previsão é a de aterrissar em Phoenix à 1 hora da madrugada, no sábado.

 

O projeto teve início em 2003, com orçamento de 90 milhões de euros (112 milhões de dólares) para um período de dez anos e envolveu engenheiros da Schindler, a fábrica suíça de elevadores, e ajuda para pesquisa do grupo químico belga Solvay -- patrocinadores que querem testar novos materiais e tecnologias e ao mesmo tempo obter reconhecimento para sua marca.

 

Os organizadores do projeto dizem que a viagem também tem como meta ampliar o apoio mundial à adoção de tecnologias limpas na produção de energia.

 

http://g1.globo.com/...-dos-eua-1.html

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados:

Avião movido a energia solar chega a Phoenix após 18 horas de voo

 

Solar Impulse finalizou a primeira etapa de sua longa travessia dos EUA. Ainda restam quatro etapas para concluir trajeto.

 

O avião Solar Impulse, movido a energia solar, aterrissou na madrugada de sábado (4) no aeroporto internacional de Phoenix, Arizona, depois de 18 horas de voo partindo de San Francisco.

 

A aterrisagem pôde ser acompanhada por imagens ao vivo divulgadas na internet pelos organizadores da iniciativa.

 

O avião, pilotado pelo suíço Bertrand Piccard, aterrisou em segurança às 7h30 (4h30 em Brasília) e assim terminou a primeira etapa de sua viagem planejada nos Estados Unidos.

 

Ainda restam outras quatro etapas para concluir o projeto.

 

A viagem com destino final a Nova York será realizada em cinco fases por razões de segurança.

 

2013-05-03t140914z_53180961.jpg

 

 

 

fonnte: G1 via CECOMSAER 4 maio 2013

Link to comment
Share on other sites

  • 5 weeks later...

Meus prezados:

Avião solar começa terceira etapa de sua travessia americana

 

 

20130604000623670837o.jpgO avião Solar Impulse, primeira e única aeronave movida por energia solar, decolou do Texas (sul dos EUA) para pousar no Missouri (centro), onde usará um "revolucionário" hangar inflável que substituirá um dos que foram danificados pelos tornados que castigaram esta região do país.

"Para proteger a aeronave na aterrissagem, o Solar Impulse decolará uma revolucionária estrutura inflável pela primeira vez", explicaram os dois criadores do projeto, os pilotos Bertrand Piccard e André Borschberg.

O aparelho experimental, comandado por Piccard, saiu de Dallas às 04h06 locais (06h06 de Brasília) e aterrissará em Saint Louis na primeira hora da quinta-feira.

A terceira etapa, das cinco previstas por seus criadores para atravessar todo o território de Estados Unidos, começou na semana passada na Califórnia.

O objetivo é promover a tecnologia deste avião que depende de 12.000 células fotovoltaicas para produzir eletricidade suficiente como para carregar sua bateria de lítio de 400 quilos, necessária para alimentar os motores elétricos a hélice de 10 cavalos de força, tanto de dia quanto de noite.

Depois de deixar Missouri, a aeronave se dirigirá ao aeroporto Dulles, perto da capital Washington, em meados de junho, e finalmente, chegará no aeroporto Kennedy de Nova York em julho.A parada em St. Louis "é muito importante e simbólica" para os organizadores da travessia, pois é uma forma de prestar homenagem ao pioneiro da aviação Charles Lindbergh e seu "Spirit of St. Louis", o primeiro avião que voou de Nova York a Paris sem escalas. Espera-se que o trecho entre Texas e Missouri seja o mais longo feito por Piccard até agora com a aeronave.

A unidade permanecerá entre uma semana e dez dias em cada parada, onde o público poderá ver o avião e fazer perguntas aos pilotos e outros participantes do projeto.mO Solar Impulse, projeto iniciado há dez anos, fez seu primeiro voo em junho de 2009. Em 2010, o avião solar voou 26 horas ininterruptas para demonstrar sua capacidade de acumular energia suficiente durante o dia para continuar voando à noite. Um ano depois, a aeronave fez o primeiro voo internacional entre Bélgica e França e em junho de 2012, a primeira viagem transcontinental de 2.500 km entre Madri (Espanha) e Rabat (Marrocos) em 20 horas.

O aeroplano é particularmente sensível a turbulências e não tem espaço para passageiros, mas Piccard insistiu em que estas questões não são contratempos, mas desafios para o futuro. Piccard e Borschberg preveem dar a volta ao mundo em 2015 com uma versão melhorada deste dispositivo.

 

fonte: diario de pernambuco.com.br via CECOMSAER 4 jun 2013

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Meus prezados:

Avião Solar Impulse termina no sábado travessia pelos EUA

 

 

 

1-eua-phoenix-dallas-ceu-saindo-2205-solar-impulse-hb-sia-aviao-aeronave-across-america-ap.jpg

Impulse é o primeiro avião movido a energia solar

O Solar Impulse, o primeiro avião propulsado por energia solar, está programado para realizar neste sábado a última etapa de sua travessia pelos Estados Unidos, partindo da capital, Washington D.C., até o destino final da viagem, em Nova York.

 

O suíço André Borschberg, que reveza na pilotagem com seu compatriota Bertrand Piccard, estará no comando da aeronave nesse último trecho.

 

O avião deve decolar do aeroporto internacional de Washington-Dulles às 4h45 (5h45 de Brasília) de sábado, com aterrissagem prevista para as 2h da madrugada de domingo (3h de Brasília), em Nova York.

 

A viagem do Solar Impulse pelos Estados Unidos começou em 3 de maio, perto de San Francisco, na Califórnia (oeste). Depois, o avião seguiu para Phoenix (Arizona, sudoeste), Dallas/Fort Worth (Texas, sul), St. Louis (Missouri, centro), Cincinnati (Ohio, norte) e Washington, D.C. (leste).A travessia foi "mais difícil do que o previsto, devido ao mau tempo: houve muitos tornados, tormentas, motivo pelo qual vários dos nossos voos foram atrasados, ou adiados", comentou o piloto Bertrand Piccard, acrescentando que "apesar de tudo, continua sendo um grande sucesso".

 

O objetivo do périplo é a promoção de tecnologias que utilizam energias renováveis.

 

O aparelho de fibra de carbono pesa 1,6 tonelada e tem 63,4 metros de envergadura, equivalente à de um Boeing 747. A aeronave funciona com 12 mil células fotovoltaicas, capazes de produzir eletricidade suficiente para recarregar sua bateria de lítio de 400 quilos.

 

O Solar Impulse, um projeto lançado há dez anos por Piccard e Borschberg, fez seu voo inicial em junho de 2009. No ano seguinte, o avião solar realizou um voo sem escala de 26 horas, mostrando sua capacidade para acumular energia suficiente de dia para poder voar à noite.

 

Em 2011, completou seu primeiro trajeto internacional entre Bélgica e França e, em junho de 2012, seu primeiro périplo transcontinental de 2.500 km entre Madri e Rabat, Marrocos, em 20 horas.

 

Os dois pilotos planejam uma volta ao mundo em 2015 com uma versão melhorada do equipamento.

 

Piccard, psiquiatra de formação, é neto do físico Auguste Piccard, inventor do globo estratosférico. Seu pai é o oceanógrafo Jacques Piccard, um dos inventores do submarino Trieste que bateu recorde de navegação em profundidade.

fonte: site Terra via CECOMSAER 6 jul 2013

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade