Jump to content

Gol cresce 61,2% em 2006 e lucra R$ 684 milhões


-GustavoK-

Recommended Posts

Fonte: Reuters

 

Com Investnews

 

O lucro da Gol, segunda maior companhia aérea do Brasil, apresentou crescimento de 61,2% em 2006 sobre 2005. Nos 12 meses de 2006, a Gol teve um lucro de R$ 684 milhões. O desempenho positivo se deu mesmo com a queda do Boeing 737-800 e o aumento de custos com o caos nos aeroportos desde o final do ano passado.

 

A Gol teve lucro líquido de R$ 193 milhões no quatro trimestre do ano passado, quando a crise no sistema de controle de vôos brasileiros atingiu seu ápice. O resultado representa um crescimento de 27,7% sobre o mesmo período de 2005.

 

A estimativa é de que a receita tenha registrado queda de R$ 150 milhões e os custos crescido R$ 41 milhões devido ao cancelamento de vôos e à perda de passageiros. A receita operacional líquida, entretanto, teve um crescimento de 23,2% no quarto trimestre e atingiu R$ 1,012 bilhão.

 

Já os custos e despesas operacionais avançaram 42,7%, para R$ 951,62 milhões. O resultado operacional da empresa registrou queda de 60,9%, para R$ 60,4 milhões, compensado pelo aumento do resultado financeiro líquido (positivo em R$ 156,2 milhões) e pelo resultado não-operacional (R$ 22,953 milhões).

 

A companhia admite que o caos nos aeroportos impactou seu balanço. Segundo a Gol, entre os motivos que contribuíram para a queda do resultado operacional está a diminuição de 30% no número de passagens vendidas em dezembro na comparação com novembro.

 

A expectativa da empresa é ter menores preços com as confusões nos aeroportos no primeiro trimestre e recuperar a taxa de ocupação das aeronaves, que deve chegar a 72%. Ainda segundo a Gol, as reclamações de passageiros aumentaram 18,3% em dezembro, mas já retornaram à normalidade este mês.

Link to comment
Share on other sites

Caros Amigos,

 

In Presstur:

 

GOL aumentou lucros em 61,2%

 

Presstur 30-01-2007 (14h20)

 

A companhia aérea low cost brasileira GOL aumentou os lucros em 61,2% no ano de 2006, para 684 milhões de reais, com um incremento em 27,7% no quarto trimestre, no qual sofreu o impacto de um acidente aéreo em que morreram 154 pessoas e os aeroportos brasileiros tiveram grandes perturbações, provocando inúmeros atrasos e cancelamentos.

A companhia não especifica o impacto do acidente aéreo, mas quanto à situação nos aeroportos estima uma perda de receitas no montante de 150 milhões de reais e um incremento de custos em 41 milhões.

A informação acrescenta que em Dezembro de 2006, um dos meses de maior actividade aérea no Brasil, pela época natalícia e revéillon bem como por ser início do Verão, a GOL registou uma queda em 30% no número de bilhetes vendidos devido à crise nos aeroportos.

Para este período a GOL indicou que as receitas ascenderam 1,102 mil milhões de reais e os custos a 951,62 milhões, mais 23,2% e mais 42,7%, respectivamente, que no período homólogo de 2005.

Os resultados operacionais no quarto trimestre ascenderam a 60,4 milhões de reais, o que representa uma queda em 60,9% face a 2005, a qual foi compensada, porém, nomeadamente pelo incremento dos resultados financeiros.

 

 

Um abraço,

 

Jopeg

Link to comment
Share on other sites

Nossa... que lucro é esse...

 

Recapitulando...

 

A empresa começou com R$ 32 milhões (mesmo que fossem US$, não faz diferença).

 

Em 1 ano, devolveu aos acionistas, a bagatela de R$ 684 milhões (só 20 vezes o INVESTIMENTO INICIAL)

 

Por isso que o mercado de capiais é fabuloso!!!!!

 

E a tendência é crescer ainda mais, não me surpreendo com lucro de 2007 na casa de R$ 1 bilhão

 

Felipe

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade