Jump to content

Azul Linhas Aéreas realiza inspeção técnica no Aeroporto de Paulo Afonso


teiacontabil

Recommended Posts

24/09/2013

Azul Linhas Aéreas realiza inspeção técnica no Aeroporto de Paulo Afonso

ASCOM/ PMPA

Imagem Ilustrativa
1359ae127b3d680e37484b60e54a_img1.jpg
Arquivo ASCOM
1359ae127b3d680e37484b60e54a_img2.jpg
Prefeito Anilton Bastos com o superintendente da Infraero Regional Centro Leste em uma das ações para trazer de volta os voos comerciais para o município.

A luta do prefeito Anilton Bastos e lideranças políticas em trazer de volta os voos comerciais para Paulo Afonso estão dando os primeiros resultados. Nesta segunda (23) e terça-feira (24), a equipe da Azul Linhas Aéreas esteve visitando o Aeroporto de Paulo Afonso para inspeção técnica e verificação in loco dos requisitos para implantação de rota comercial. Os auditores Jefferson Barbosa e Karine Dias realizaram um check list, onde todos os pontos exigidos foram prontamente atendidos pelo Aeroporto de Paulo Afonso. A Superintendente Regional, Diceane, recebeu a Azul juntamente com a equipe local.

A inspeção técnica é uma das fases para implantação da rota aérea comercial e importante passo para a celeridade do processo. Após a visita, a companhia Azul irá dar prosseguimento aos trâmites legais para solicitação de rota, contratação de equipe para serviços terceirizados e outras providências necessárias para o novo prefixo.
No final da inspeção, o secretário de Turismo, Jacques Fernandes, se reuniu com a equipe da Azul e do Aeroporto de Paulo Afonso. "Sabemos que esta é apenas uma das etapas, mas estamos felizes por perceber que todo o esforço empregado pelo prefeito Anilton Bastos em trazer de volta os voos para Paulo Afonso está tendo respostas. Estamos acompanhando cada etapa, cada passo dado," afirma o secretário.

A equipe técnica não pode fornecer maiores detalhes sobre a rota e a data prevista da implantação por motivos de segurança, uma vez que todo este processo é acompanhado pela Infraero e ANAC.
Desde o ano de 2012, o prefeito Anilton Bastos, a equipe da Infraero e lideranças políticas lutam pela retomada dos voos comerciais em Paulo Afonso, o que gerou, por parte do Governo do Estado, isenção de parte dos impostos do combustível para a companhia aérea Azul, como subsídio para suporte e incentivo à implantação da linha em Paulo Afonso.

"Estou muito feliz por mais essa conquista que vai beneficiar a comunidade do município. A tão sonhada volta dos voos comerciais trará melhorias no turismo e no comércio para Paulo Afonso e toda Região. Esse é mais um sonho nosso que vai ser concretizado. Depois de tantas lutas, idas e vindas, essa conquista é nossa e é merecida", enfatizou o prefeito.

 

Fonte: http://www.pauloafonso.ba.gov.br/internas/informativos/read.php?id=3369

 

Link to comment
Share on other sites

Tá aí um lugar que não entendo ficar sem voos regionais. A hidrelétrica sempre garantiu em outros tempos importante tráfego corporativo. Tomara que essa importante cidade volte a ter voos regulares.

Link to comment
Share on other sites

Parece que a retomada dos planos da Azul em operar o VCP-SSA-PAV voltaram com força!

 

Falam do voo 5x/semana de E195 a partir do nosso próximo verão!

 

PAV merece há muito tempo essa operação, a Chesf agradece!

Link to comment
Share on other sites

Não seria melhor esse voo com o ATR72? Sei que já foi pedido antes com E195, mas naquela ocasião ainda não tinha acontecido a fusão e a companhia não tinha ATR em Salvador. Talvez fosse possível oferecer mais voos com o turbohelice.

Link to comment
Share on other sites

Não seria melhor esse voo com o ATR72? Sei que já foi pedido antes com E195, mas naquela ocasião ainda não tinha acontecido a fusão e a companhia não tinha ATR em Salvador. Talvez fosse possível oferecer mais voos com o turbohelice.

 

Parece que eles desejam ligar PAV a SP devido à Chesf e operando PAV-SSA-VCP é uma boa alternativa. A Azul tem um E195 que pernoita por 11h25min em SSA vindo de VCP (AZU 4298/9), eles podem esticar essa aeronave pra PAV como planejaram antes. PAV tem mercado para um único voo com 118 assentos ao dia, a BRA fazia a festa lá com B734. E as conexões de/para PAV ficariam fantásticas pernoitando o E195 lá. Ainda liberam um em SSA para um outro voo de pernoite.

Link to comment
Share on other sites

 

Parece que eles desejam ligar PAV a SP devido à Chesf e operando PAV-SSA-VCP é uma boa alternativa. A Azul tem um E195 que pernoita por 11h25min em SSA vindo de VCP (AZU 4298/9), eles podem esticar essa aeronave pra PAV como planejaram antes. PAV tem mercado para um único voo com 118 assentos ao dia, a BRA fazia a festa lá com B734. E as conexões de/para PAV ficariam fantásticas pernoitando o E195 lá. Ainda liberam um em SSA para um outro voo de pernoite.

 

Excelente raciocínio. Quando do code-share da OceanAir com a BRA, trocaram o pernoite lá por FOKKER 50, o avião vinha literalmente com 50 conexões para GRU... o mercado PAV-SSA é quase nulo, o lance é a conectividade imediata para SAMPA. Esse pernoite longo seria a melhor opção mesmo realizar VCP-SSA-PAV e retorno.

 

E gera uma cobiçada vaga de pernoite em SSA.

Link to comment
Share on other sites

Não seria melhor esse voo com o ATR72? Sei que já foi pedido antes com E195, mas naquela ocasião ainda não tinha acontecido a fusão e a companhia não tinha ATR em Salvador. Talvez fosse possível oferecer mais voos com o turbohelice.

 

Como a AZUL tem vários voos REC também, poderia sair um "SSA-PAV-REC-PAV-SSA", com ATR72.

Link to comment
Share on other sites

Curioso que PAV sem voos foi um efeito colateral da compra da TRIP pela Azul: A TRIP fechou o acordo com o governo da Bahia da redução da cobrança do ICMS quando atingisse 5 destinos no estado, mas iria além disso com a entrada de BRA e PAV.

Quando a Azul assumiu a TRIP, essa já estava operando com o desconto do ICMS, então a Azul botou PAV na gaveta, por opção dela, pois ela tem aeronave e crew sobrando em SSA para fazer o voo e o aeroporto de PAV pode operar 24hs.

Link to comment
Share on other sites

Curioso que PAV sem voos foi um efeito colateral da compra da TRIP pela Azul: A TRIP fechou o acordo com o governo da Bahia da redução da cobrança do ICMS quando atingisse 5 destinos no estado, mas iria além disso com a entrada de BRA e PAV.

Quando a Azul assumiu a TRIP, essa já estava operando com o desconto do ICMS, então a Azul botou PAV na gaveta, por opção dela, pois ela tem aeronave e crew sobrando em SSA para fazer o voo e o aeroporto de PAV pode operar 24hs.

 

Não sabia que você trabalhava no planejamento da cia para afirmar que tem aeronave e crew sobrando!

Link to comment
Share on other sites

 

Não sabia que você trabalhava no planejamento da cia para afirmar que tem aeronave e crew sobrando!

É só vc ir no pátio 3 a noite e ver 5, 6 aeronaves da Azul/Trip pernoitando em SSA e ocupando as vagas no aeroporto que poderiam e deveriam estar sendo usadas para voos comerciais.

muitos dos voos com ATR tem trilhos mais curtos e muito abaixo da escala máxima permitida pela legislação brasileira, é só a empresa julgar que é viável operar para PAV que os voos vão sair.

A Passaredo com muito menos estrutura, menos aviões, menos crew, iniciou voos para Valença, num aeroporto cuja estrutura é muito inferior à PAV... ou seja, é só querer...

Link to comment
Share on other sites

Parece que eles desejam ligar PAV a SP devido à Chesf e operando PAV-SSA-VCP é uma boa alternativa. A Azul tem um E195 que pernoita por 11h25min em SSA vindo de VCP (AZU 4298/9), eles podem esticar essa aeronave pra PAV como planejaram antes. PAV tem mercado para um único voo com 118 assentos ao dia, a BRA fazia a festa lá com B734. E as conexões de/para PAV ficariam fantásticas pernoitando o E195 lá. Ainda liberam um em SSA para um outro voo de pernoite.

 

Fora a Rio-Sul (que sempre visou mercado corporativo/premium) que operou lá regular por bastante tempo.

Link to comment
Share on other sites

É só vc ir no pátio 3 a noite e ver 5, 6 aeronaves da Azul/Trip pernoitando em SSA e ocupando as vagas no aeroporto que poderiam e deveriam estar sendo usadas para voos comerciais.

muitos dos voos com ATR tem trilhos mais curtos e muito abaixo da escala máxima permitida pela legislação brasileira, é só a empresa julgar que é viável operar para PAV que os voos vão sair.

A Passaredo com muito menos estrutura, menos aviões, menos crew, iniciou voos para Valença, num aeroporto cuja estrutura é muito inferior à PAV... ou seja, é só querer...

 

Você já ouviu falar em MANUTENÇÃO? Avião não pode ficar 24 horas girando não.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Azul Linhas Aéreas vai implantar rota comercial no Aeroporto de Paulo Afonso


 

 

Desde o ano de 2012, o prefeito Anilton Bastos, a equipe da Infraero, os deputados Paulo Rangel e Josias Gomes lutam pela retomada dos voos comerciais em Paulo Afonso, o que gerou, por parte do Governo do Estado, isenção de parte dos impostos do combustível para a companhia aérea Azul, como subsídio para suporte e incentivo à implantação da linha em Paulo Afonso.

 

paulo-e-anilton.jpg

A luta do prefeito Anilton Bastos, os deputados Paulo Rangel e Josias Gomes, em trazer de volta os voos comerciais para Paulo Afonso está dando os primeiros resultados. Segundo informações, em primeira mão, do deputado estadual Paulo Rangel (PT) na tarde dessa segunda-feira (10), na próxima segunda-feira (14), às 14h, o governador Jaques Wagner finalmente vai assinar a autorização para que a empresa Azul Linhas Aéreas comece a operar voos comerciais para Paulo Afonso. O deputado informou também que na quarta-feira (9), acompanhou o prefeito de Paulo Afonso Anilton Bastos Pereira, quando aconteceu uma reunião com o secretário Estadual de Indústria e Comércio.

 

O deputado Paulo Rangel faz questão de frisar que o empenho do prefeito Anilton Bastos e do deputado federal Josias Gomes (PT) foi fundamental para o sucesso do retorno dos voos para Paulo Afonso; “Eu, o Josias e Anilton, há muito tempo lutamos para que os voos comercias retornassem para o Aeroporto de Paulo Afonso. Com a chegada da empresa Azul Linhas Aéreas, ganha não só a população de Paulo Afonso, mais todos moradores das cidades próximas a Paulo Afonso dos estados de Alagoas, Sergipe e Pernambuco, além da própria Bahia”.

O prefeito Anilton Bastos após retornar de uma das suas viagens à capital baiana, já confirmava a volta dos voos comercias regulares para Paulo Afonso. Anilton destacou que esteve reunido com a diretoria da Azul Linhas Aéreas e explicou:” a expectativa era que dentro de dias os voos já estariam em atividade. “Estou muito satisfeito e feliz por mais essa conquista que vai beneficiar a comunidade do município. A tão sonhada volta dos voos comerciais trará melhorias no turismo e no comércio para Paulo Afonso e toda região. Esse é mais um sonho nosso que vai ser concretizado. Depois de tantas lutas, idas e vindas, essa conquista é nossa e é merecida”, enfatizou o prefeito. O gestor esteve em Salvador juntamente com o deputado Estadual Paulo Rangel e se reuniu com o secretário Estadual da Fazenda, Luiz Alberto Pititinga e a diretoria da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

aeroporto-de-pa11.jpg

 

Azul Linhas Aéreas realiza inspeção técnica no Aeroporto de Paulo Afonso

Nos dias 23 e 24 de setembro, uma equipe da Azul Linhas Aéreas esteve visitando o Aeroporto de Paulo Afonso para inspeção técnica e verificação in loco dos requisitos para implantação de rota comercial. Os auditores Jefferson Barbosa e Karine Dias realizaram um check list, onde todos os pontos exigidos foram prontamente atendidos pelo Aeroporto de Paulo Afonso. A Superintendente Regional, Diceane, recebeu a Azul juntamente com a equipe local.

A inspeção técnica é uma das fases para implantação da rota aérea comercial e importante passo para a celeridade do processo. Após a visita, a companhia Azul irá dar prosseguimento aos trâmites legais para solicitação de rota, contratação de equipe para serviços terceirizados e outras providências necessárias para o novo prefixo.

No final da inspeção, o secretário de Turismo, Jacques Fernandes, se reuniu com a equipe da Azul e do Aeroporto de Paulo Afonso. “Sabemos que esta é apenas uma das etapas, mas estamos felizes por perceber que todo o esforço empregado pelo prefeito Anilton Bastos em trazer de volta os voos para Paulo Afonso está tendo respostas. Estamos acompanhando cada etapa, cada passo dado,” afirmou o secretário.

Ainda não é oficial, mais se comenta nos meios políticos da cidade, que o voo da Azul Linhas Aéreas [rota comercial], vai utilizar a rota já existente que sai de Campinas(SP)para Recife(PE), acrescentando o pouso no Aeroporto de Paulo Afonso. E, a Passaredo, seria a segunda empresa Aérea a operar no Aeroporto de Paulo Afonso, fazendo a rota: Valença (BA)/Salvador/Paulo Afonso(BA).

Fonte: http://www.panoticias.com.br/2013/10/azul-linhas-aereas-vai-implantar-rota-comercial-no-aeroporto-de-paulo-afonso/

Link to comment
Share on other sites

Município de Paulo Afonso ganha voo da empresa Azul

 

Um termo de acordo entre o Governo da Bahia e a Azul Linhas Aéreas será assinado nesta segunda-feira (14), às 14h30, no gabinete do governador Jaques Wagner, na Governadoria, com vistas à implantação de um novo voo regional para Paulo Afonso.

Além de representantes da companhia aérea, a cerimônia terá a presença dos secretários estaduais de Turismo, Domingos Leonelli, e da Fazenda, Manoel Vitório.

Fonte: http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2013/10/11/municipio-de-paulo-afonso-ganha-voo-da-empresa-azul

Link to comment
Share on other sites

Bahia fortalece aviação regional com voos para Paulo Afonso

O Governo do Estado, por meio das secretarias da Fazenda (Sefaz) e do Turismo (Setur), anunciou nesta segunda-feira (14) o início das operações do novo voo da companhia aérea Azul para Paulo Afonso, no norte baiano. Serão três voos por semana - segunda, quarta e sexta-feira -, com início de operações previsto para o dia 15 de dezembro deste ano. Esse era um antigo pleito de empresários da região.

Os voos foram viabilizados em decorrência de um decreto assinado pelo governador Jaques Wagner, que prevê redução da alíquota do ICMS no querosene de aviação para a malha aérea regional. “O governo baiano, por meio das duas secretarias, teve um papel fundamental neste processo e eu acredito no sucesso desta operação”, afirmou o diretor de Relações Institucionais da Azul, Victor Celestino.

Com os novos voos, a capital baiana ficará integrada com os principais destinos turísticos do estado. Desde 2009, somente a Azul/Trip passou a operar em seis destinos baianos - Vitória da Conquista, Ilhéus, Porto Seguro, Barreiras, Lençóis e agora Paulo Afonso. Já a Passaredo, inseriu novos voos para Barreiras e Valença.

Juntos, os destinos beneficiados pelo Programa de Fortalecimento da Aviação Regional recebem 1,5 milhão de turistas por ano. O secretário do Turismo, Domingos Leonelli, afirma que diversos aeroportos baianos ficaram muitos anos sem voos e destaca o esforço empreendido pelo Governo da Bahia para fortalecer a malha aérea regional.

“Temos 5,2 milhões de baianos fazendo turismo pelo próprio estado e uma grande necessidade de voos regionais, uma vez que a dimensão territorial da Bahia é muito grande. Esses voos ajudam o turismo, na medida que aumentam a permanência dos viajantes nos destinos, ampliando a geração de renda nessas localidades”, explica Leonelli.

Incentivos

De acordo com a legislação tributária vigente na Bahia, a alíquota para querosene de aviação, que é de 17%, pode ser reduzida na medida em que a companhia aérea amplia o número de voos e de municípios atendidos no estado. A Azul, com a operação regular em seis municípios, já passa a fazer jus a uma alíquota de 14%, que será reduzida para 12% após a entrada em operação do voo que atende a Paulo Afonso, acrescentando a sua malha o sétimo município baiano.

No acordo, a empresa também se compromete a aumentar as aquisições de querosene de aviação no estado, de forma a compensar a redução na alíquota. “O acordo, além de estimular o investimento da companhia aérea na malha regional, é vantajoso, sobretudo para a população, que passa a ter mais opções de transporte aéreo”, diz o secretário da Fazenda, Manoel Vitório.

 

 

http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2013/10/14/bahia-fortalece-aviacao-regional-com-voos-para-paulo-afonso

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
Operação de voos para Paulo Afonso começa dia 16




Publicado por Decom 2 em 13 de dezembro de 2013 | Agenda do Turismo, Destaque, Notícias


A implantação da nova rota Salvador-Paulo Afonso fortalece o turismo regional Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa



Começa no dia 16/12 a operação de voos da companhia aérea Azul com destino a Paulo Afonso, em ação que visa fortalecer a aviação regional para integrar a capital aos principais destinos turísticos do Estado. Os voos acontecerão às segundas, quartas e sextas-feiras e vão impulsionar a economia na região.


A viabilidade dessa operação se deu após negociação entre o Governo do Estado e a Azul Linhas Aéreas, sendo prevista a redução da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) no querosene de aviação para a malha aérea regional. Com a aprovação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a nova rota Salvador-Paulo Afonso vai operar com três voos por semana.


O secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, destaca a importância da operação. “Temos 5,2 milhões de baianos fazendo turismo pelo próprio Estado, e uma grande necessidade de voos regionais, uma vez que a dimensão territorial da Bahia é muito grande.”


Leonelli ainda assegura que essa operação vai contribuir para estimular o turismo e a economia “na medida em que aumentam a permanência dos viajantes nos destinos, ampliando a geração de renda nessas localidades”, sublinha.


O destino Paulo Afonso será o sétimo da companhia aérea Azul na Bahia, que já disponibiliza voos para Salvador, Ilhéus, Porto Seguro, Lençóis, Vitória da Conquista e Barreiras.


DESTINO – Paulo Afonso, a 480 km de Salvador, é um destino turístico para quem gosta de esportes de aventura e náuticos. Possui belezas raras, como o Raso da Catarina, maior reserva de caatinga do mundo, também espaço de proteção de animais ameaçados em extinção. Chegou a ser abrigo para o cangaceiro Lampião. Outro grande atrativo é a CHESF (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco), considerada um dos maiores parques energético da América Latina.


HORÁRIOS APROVADOS – Os voos vão ocorrer às segundas, quartas e sextas-feiras, com saída de Salvador às 12h22, chegando a Paulo Afonso às 13h40. A volta ocorre às 14h10 e chega à capital baiana às 15h35.


Após o horário de verão, a rota acontece partindo de Salvador às 13h22 e chega ao destino às 14h40. No retorno, a saída de Paulo Afonso passa a ocorrer às 15h10, chegando às 16h35. Sem alteração nos dias estabelecidos.


Fonte: http://www.bahiatursa.ba.gov.br/noticias/operacao-de-voos-para-paulo-afonso-comeca-dia-16/


Link to comment
Share on other sites

A Secretaria de Comunicação do Governo da Bahia publicou algumas fotos do voo inaugural SSA/PAV, que ocorreu hoje à tarde. Infelizmente estou sem conseguir fazer upload...

 

http://www.comunicacao.ba.gov.br/fotos/2013/12/16/voo-inaugural-salvador-paulo-afonso

Link to comment
Share on other sites

INCENTIVO FISCAL AMPLIA OFERTA DE VOOS REGIONAIS COM NOVA ROTA PARA PAULO AFONSO

Mais uma linha aérea, agora entre Salvador e Paulo Afonso, no norte do estado, atende baianos e turistas com três voos semanais. A nova rota da Azul Linhas Aéreas começou a funcionar nesta segunda-feira (16), com lotação de 62 lugares completa e com a presença do governador Jaques Wagner.

As operações aprovadas pela Agencia Nacional de Aviação civil (Anac) serão realizadas às segundas, quartas e sextas-feiras, saindo da capital às 12h22 e chegando a Paulo Afonso às 13h40. No retorno, saem às 14h10 e chegam a Salvador às 15h35.

A nova rota foi viabilizada por um decreto assinado pelo governador, autorizando a redução da alíquota do ICMS no querosene de aviação para operações na malha aérea regional. De acordo com a legislação tributária vigente na Bahia, a alíquota para querosene de aviação, que é de 17%, pode ser reduzida na medida em que a companhia aérea amplia o número de voos e de municípios atendidos no estado.

Desenvolvimento regional

Segundo o governador, a nova rota é o resultado de mais de um ano de negociação com a empresa e também é mais uma ação para o desenvolvimento da região. “Aqui a gente dinamiza muito a economia da cidade. Espero poder trazer cada vez mais ações e continuar trabalhando para que outras regiões importantes recebam este mesmo benefício”.

A professora Quitéria Maria Ferreira disse que a nova rota vai facilitar a vida da população. “Hoje todo mundo pode pagar uma passagem de avião. Vai melhorar a vida da gente, quem precisava ir para São Paulo ou Brasília tinha que pegar um ônibus até Salvador, ficava caro e demorava muito. Agora temos um voo direto”.

Consumo de querosene compensa redução de alíquota

A Azul, devido à operação regular em seis municípios baianos, já tinha direito a uma alíquota reduzida para 14% que, com a inauguração do voo para Paulo Afonso, passa a ser de 12%. No acordo, a empresa também se compromete a aumentar as aquisições de querosene de aviação no estado, de forma a compensar a redução na alíquota.

Para o gerente de relações institucionais da Azul, Ronaldo Veras, a parceria com o Estado foi fundamental para se implantar a rota. “Nós tivemos uma facilidade muito grande dos órgãos do Estado para podermos realizar este sonho antigo. O mercado é interessante, Paulo Afonso é uma cidade que nós já estamos estudando há algum tempo. Os primeiros voos estão com uma ocupação muito boa, estamos à disposição para viabilizar novas rotas”.

Fortalecimento do turismo

Com família em Paulo Afonso, Renato Teixeira, que mora em São Paulo e aproveitou o voo inaugural, visita o município regularmente. Ele afirma que, de ônibus, a viagem chega a demorar três dias. “Avião é mais confortável, seguro e rápido. De São Paulo a Paulo Afonso são de 36 a 40 horas de ônibus. Se viesse de avião para Salvador, teria ainda que pegar o ônibus para Paulo Afonso, que são mais oito a dez horas de viagem. Era um transtorno e muito cansativo. Agora está excelente, só tenho a agradecer”.

O secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, destaca a importância da operação. “Temos 5,2 milhões de baianos fazendo turismo pelo próprio estado, e uma grande necessidade de voos regionais, uma vez que a dimensão territorial da Bahia é muito grande.”

Outros destinos

Com os novos voos, a capital baiana fica integrada com os principais destinos turísticos do estado. Desde 2009, somente a Azul/Trip passou a operar em seis destinos baianos: Vitória da Conquista, Ilhéus, Porto Seguro, Barreiras, Lençóis e agora Paulo Afonso. Já a Passaredo, inseriu novos vôos para Barreiras e Valença. Juntos, os destinos beneficiados pelo Programa de Fortalecimento da Aviação Regional recebem 1,5 milhão turistas por ano.

Leonelli afirmou que “a nova rota significa integrar a interiorizar o turismo, um compromisso assumido e cumprido pelo Governo do Estado”. Segundo ele, houve um trabalho em conjunto envolvendo as secretarias do Turismo, da Infraestrutura, da Fazenda, também da Infraero. “Com isso, nós fortalecemos o potencial turístico e empresarial de Paulo Afonso”.

Publicada às 12h30
Atualizada às 17h

Fonte: http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2013/12/16/incentivo-fiscal-amplia-oferta-de-voos-regionais-com-nova-rota-para-paulo-afonso

Link to comment
Share on other sites

Outros destinos

Com os novos voos, a capital baiana fica integrada com os principais destinos turísticos do estado. Desde 2009, somente a Azul/Trip passou a operar em seis destinos baianos: Vitória da Conquista, Ilhéus, Porto Seguro, Barreiras, Lençóis e agora Paulo Afonso. Já a Passaredo, inseriu novos vôos para Barreiras e Valença. Juntos, os destinos beneficiados pelo Programa de Fortalecimento da Aviação Regional recebem 1,5 milhão turistas por ano.

 

Ehh... SSA, BPS, IOS, VDC, BRA, LEC, VAL, PAV...

 

Seja muito bem-vinda, Paulo Afonso, oitavo destino baiano, sem dúvida, será um sucesso a nova operação!

 

Agora, é torcer por cidades como Guanambi e Bom Jesus da Lapa, que ficaram às moscas depois do fim da Abaeté! Guanambi foi sondada este ano por TRIP e Passaredo.

 

 

http://www.aprochego.com/?pag=noticias-ver&id=10

 

 

Teixeira de Freitas, uma cidade com maior população que Paulo Afonso e que tem a TRIP e a Passaredo como interessadas. O governador vistoriou as obras do aeroporto em outubro passado e prometeu inauguração ainda em dezembro. Acredito que não demore para a cidade voltar a ser servida de forma regular.

 

 

http://www.sulbahianews.com.br/noticias/politica/20475/governador-jaques-wagner-vistoria-obras-do-aeroporto-de-teixeira-21-10-2013/#

 

 

Por que não UNA - Ilha de Comandatuba, que foi servida recentemente pela TAM e vira e mexe tem um charter pra lá?

 

Enfim, ainda existem muitas possibilidades para o interior baiano!

Link to comment
Share on other sites

A própria Azul tem voado com uma regularidade nos feriados e alta temporada com fretamentos para UNA e até uma vez para o condomínio Terra Vista. BA tem um potencial interessante em seu interior, falta a infraestrutura adequada para receber aviões maiores!

Link to comment
Share on other sites

A própria Azul tem voado com uma regularidade nos feriados e alta temporada com fretamentos para UNA e até uma vez para o condomínio Terra Vista. BA tem um potencial interessante em seu interior, falta a infraestrutura adequada para receber aviões maiores!

 

 

Eu tenho observado, ZAP... AZUL e TAM estão sempre operando charters para UNA.

 

Acho que o aeroporto merece o retorno de operações regulares. A AZUL poderia lançar um VCP-UNA-SSA aos finais de semana, devagar como a TRIP fez em LEC, que começou 1x/semana e hoje já opera 3x.

 

 

 

com-aero.jpg

 

 

Um forista de PAV comentou hoje no SSC que já estão especulando tornar o voo diário a partir de fevereiro, pois a demanda está sendo satisfatória.

 

 

Isso não é surpresa alguma! Pra quem lotava B734 da BRA há anos, não ia, hoje, se contentar com três voos semanais de ATR.

 

Sempre achei que PAV era voo para E190/5, mas, a AZUL preferiu começar tímida. Então, que corram atrás da demanda e não deixem de atendê-la...

Link to comment
Share on other sites

Toda e qualquer companhia que entrar em PAV tem de contar com a população.

A Chesf tem seus próprios aviões e utiliza pouco da aviação comercial, nenhuma

empresa pode colocar voos em PAV para atender apenas chesf pq ela quer

voos nos horario dela o que se torna inviável.

 

Foi assim com Rio-Sul/Nordeste e BRA, mas a população agradece.

Link to comment
Share on other sites

A própria Azul tem voado com uma regularidade nos feriados e alta temporada com fretamentos para UNA e até uma vez para o condomínio Terra Vista. BA tem um potencial interessante em seu interior, falta a infraestrutura adequada para receber aviões maiores!

 

A Tam sempre teve voos para UNA, a estrutura lá não é boa????

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade