Jump to content

Comissão aprova acesso de passageiros a horas de voo do piloto do avião


aerobronco

Recommended Posts

02/10/2013 - 18h39
Comissão aprova acesso de passageiros a horas de voo do piloto do avião
A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou nesta quarta-feira (2) o Projeto de Lei 4495/12, do deputado Ademir Camilo (Pros-MG), que garante o acesso a informações profissionais dos comandantes do voo aos passageiros de transporte aéreo.

 

Pela proposta, o número de horas de voo do piloto na condição de comandante será divulgado aos passageiros antes de iniciada a partida da aeronave. As informações de habilitação e certificação médica do comandante devem ser de acesso público, segundo o projeto.

Atualmente, o Código Brasileiro de Aeronáutica (Lei 7.565/86) apenas prevê que o nome do comandante e dos demais tripulantes constem do diário de bordo.

Atualização quinzenal
O relator, deputado Severino Ninho (PSB-PE) incluiu uma emenda para atualização quinzenal do diário de bordo para incluir o número de horas de voo do comandante. “O entendimento do projeto poderia ser de que o número de horas deveria ser atualizado diariamente, o que seria de difícil implementação prática”, afirmou.

Na opinião do deputado, a medida amplia o direito do consumidor em buscar informação sobre produtos e serviços ofertados. “Toda iniciativa que tenha por objetivo aumentar a segurança no transporte aéreo merece aprovação, pois objetiva a defesa dos consumidores brasileiros”.

Tramitação
O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Viação e Transportes, e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
Reportagem – Tiago Miranda
Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
cleardot.gif

 

Link to comment
Share on other sites

Tantos projetos de Leis que tem que ser criado ou modificado, para ver ser esse país melhora um pouco, um pouquinho ao menos, e esse cidadão ae, cria um projeto deste. Falta do que fazer.

 

Esses políticos a cada dia não valem .......!

Link to comment
Share on other sites

Isso é uma medida absolutamente estúpida e não agrega em nada a segurança de voo ou ao conforto dos passageiros. Só serve pra aumentar ainda mais a burocracia e papelada que os pilotos já têm que preencher normalmente.

Link to comment
Share on other sites

ridículo, esse pessoal se supera a cada dia que passa. Daqui a pouco vão exigir que o currículo dos tripulantes seja anexado ao ticket de check-in, assim poderemos analisar se o comandante está realmente apto...

 

O pateta ainda diz que “Toda iniciativa que tenha por objetivo aumentar a segurança no transporte aéreo merece aprovação, pois objetiva a defesa dos consumidores brasileiros". Como se essa iniciativa fosse fazer alguma diferença na segurança do voo.

Link to comment
Share on other sites

Como diria um amigo meu, qd vc acha que já viu muita coisa, vc não viu nada!!

Ainda bem que eles acham que hora é tudo!!

Imagina se o passageiro passa a ter acesso as fichas de instrução ,fichas de check, foqa e etc.

Aí realmente, seria o fim do mundo!!

E não duvido, se eles soubessem disso tudo, também iriam obrigar a abertura desses dados.

Vou dar uma sugestão!!!

 

Deveriam disponibilizar para os passageiros a nossa escala de voo, bem como a hora que acordamos para assumir a programação principalmente quem mora fora da base (mais de 70%). Bem como o horário que iremos chegar no hotel após a mesma.

Também disponibilizar para os paxs quanto tempo ficamos sem ver as nossas famílias.

Não estou reclamando, apenas aproveitando o movimento de transparência que esses senhores querem dar a aviação !!

Link to comment
Share on other sites

 

02/10/2013 - 18h39
Comissão aprova acesso de passageiros a horas de voo do piloto do avião
A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou nesta quarta-feira (2) o Projeto de Lei 4495/12, do deputado Ademir Camilo (Pros-MG), que garante o acesso a informações profissionais dos comandantes do voo aos passageiros de transporte aéreo.

 

Pela proposta, o número de horas de voo do piloto na condição de comandante será divulgado aos passageiros antes de iniciada a partida da aeronave. As informações de habilitação e certificação médica do comandante devem ser de acesso público, segundo o projeto.

Atualmente, o Código Brasileiro de Aeronáutica (Lei 7.565/86) apenas prevê que o nome do comandante e dos demais tripulantes constem do diário de bordo.

Atualização quinzenal

O relator, deputado Severino Ninho (PSB-PE) incluiu uma emenda para atualização quinzenal do diário de bordo para incluir o número de horas de voo do comandante. “O entendimento do projeto poderia ser de que o número de horas deveria ser atualizado diariamente, o que seria de difícil implementação prática”, afirmou.

Na opinião do deputado, a medida amplia o direito do consumidor em buscar informação sobre produtos e serviços ofertados. “Toda iniciativa que tenha por objetivo aumentar a segurança no transporte aéreo merece aprovação, pois objetiva a defesa dos consumidores brasileiros”.

Tramitação

O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Viação e Transportes, e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
Reportagem – Tiago Miranda

Edição – Rachel Librelon

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'

cleardot.gif

 

 

Vamos lá :

 

Essa iniciativa aumenta a segurança de que forma ?

 

Como o passageiro vai avaliar se aquele piloto tem pouca ou muita experiência, qual o parâmetro para o passageiro se basear?

 

Precisaria pesquisar se o tal(is) Deputado(s) é(são) piloto(s), ou qual o envolvimento dele com aviação para ter interesse numa besteira dessas.

 

Qual a base em que ele se apoiou para essa decisão?

 

Como vemos são apenas perguntas, quem vai respondê-las ? Gostaria de saber !!!!!!

 

Enquanto isso , os estrangeiros tomando conta da aviação em nosso território e os políticos achando lindo isso tudo, francamente, vai trabalhar, pois parec e que 3 dias já tá sendo muito prá eles , pois serviço eles não acham , então ficam inventando coisas !!!

 

REVOLTANTE , sinto VERGONHA !

Link to comment
Share on other sites

Isso vai valer para ônibus, taxi, metrô? Poderia aumentar a segurança dos taxis saber as "horas de taxi" do motorista, não?

 

#sqn

Exatamente isso que eu queria saber!

Vão verificar a km dos motoristas? Vão ver tambem quantos disparos/mes/ano um policial faz?

É cada uma viu!!!!

Link to comment
Share on other sites

Vamos lá :

 

Essa iniciativa aumenta a segurança de que forma ?

 

Como o passageiro vai avaliar se aquele piloto tem pouca ou muita experiência, qual o parâmetro para o passageiro se basear?

 

Precisaria pesquisar se o tal(is) Deputado(s) é(são) piloto(s), ou qual o envolvimento dele com aviação para ter interesse numa besteira dessas.

 

Qual a base em que ele se apoiou para essa decisão?

 

Como vemos são apenas perguntas, quem vai respondê-las ? Gostaria de saber !!!!!!

 

Enquanto isso , os estrangeiros tomando conta da aviação em nosso território e os políticos achando lindo isso tudo, francamente, vai trabalhar, pois parec e que 3 dias já tá sendo muito prá eles , pois serviço eles não acham , então ficam inventando coisas !!!

 

REVOLTANTE , sinto VERGONHA !

 

 

Daqui a pouco aparece algum ilustre e execrável deputado com a idéia brilhante de cada piloto ter sua experiência classifica pelo INMETRO por código de letras

 

:Brazil:

Link to comment
Share on other sites

O mais engraçado é o seguinte:

Eu não entendo nada de barco, porém se eu fosse me atrever a legislar algo no tema, teria o mínimo de honradez e procuraria pesquisar, conversar com pessoas da área, ouvir as empresas, os funcionários, os sindicatos os órgãos reguladores os fóruns da internet.

Bem como, Assistir palestras, seminários , feiras e eventos. Depois ele algum tempo, sendo necessário, poderia propor algo que viesse agregar alguma coisa.

Com todo respeito aos nossos parlamentares, mas a impressão que eu tenho é que eles acordam em uma manhã chuvosa de domingo e começam a escrever algo sobre uma área técnica como fosse uma poesia. Ou uma música de pagode.

Algo sem base nenhuma, que na verdade reflete a ignorância do povo brasileiro ao se fazer representar por esses cidadãos.

Aí eu me pergunto. Esse deputado se interessa por Aviação?.

A minha resposta é sim. Caso contrário não abordaria um tema nessa área.

Aí eu me pergunto, o que leva um parlamentar a deixar de lado centenas de coisas mais importantes em uma área de interesse dele mesmo, e levantar uma bandeira dessas sem pé nem cabeça e que não existe em lugar nenhum do mundo.

 

Só para concluir, estava lendo o "projeto" tem um item no Art 2 parágrafo segundo

Que diz que deverão ser anunciados aos paxs o número de horas de voo em COMANDO antes da partida dos motores.

 

Imagina aquele comandante recém promovido que entrou na linha cedo sem ter voado muito em comando na geral ou Taxi aéreo

Mas tem milhares de horas de 121 e no equipamento

 

" senhoras e senhores a tripulação do Cmte xxxxx que tem 150 ou 200 horas em comando dar lhes as boas vindas"

 

Minha mãe que não entende nada de aviação desceria. Pois o leigo não tema menor noção do sistema e para ele a base são 40 horas de trabalho semanais .

 

 

Resumindo: o nobre deputado deveria rever esse projeto e aproveitar seu interesse pela área e abraçar um tema verdadeiramente importante.

 

 

P.s: já mandei um email para ele com essa minha sugestão

Link to comment
Share on other sites

E voos de cias internacionais? E nos voos das farras dos jatinhos da FAB? Tbm irao pedir? Esse babaca certamente tem medo de voar......quer segurança? que va trabalhar para melhorar a infra estrutura!

Link to comment
Share on other sites

Pronto, todo mundo que é piloto e tem facebook compartilha o link!!!

Aí ele vai pensar duas vezes antes de mexer com a classe!!

Já fiz minha parte!!!

Quem não tem face, manda o link por email para uns dez amigos!!

Quer publicidade vai ter!!!

Link to comment
Share on other sites

Imbecil.

 

A mãe devia ter jogado o filho fora, e criado a placenta, que daria mais certo.

 

SNA de olho nesse imbecil hein!

Alô SNA!!! Confio em vocês, porque vocês ME REPRESENTAM!

 

Não vamos deixar uma estultice dessa ir adiante, por força de embotamento cerebral dessas criaturas desprezíveis.

Link to comment
Share on other sites

Falta do que fazer?! Isso tá mais para preguiça de votar coisas mais importantes para a população brasileira. Além disso, horas de voo não prova experiência de ninguém, ajuda a ter, mas não quer dizer exatamente experiência.

Link to comment
Share on other sites

Eu fico imaginando o que estes caras fazem de segunda a sexta em brasília.

 

Na boa, esse negócio de políticos se intrometendo em assuntos técnicos de aviação é só aqui mesmo,

pois se a aviação aqui fosse gerida apenas por técnicos, a situação seria outra.

 

Onde já se viu?, Altos cargos na aviação que demandam no mínimo conhecimento e experiencia na área, ser gerido por pessoas indicadas do governo?

é a mesma coisa que indicarem um farmacêutico para gerir a sua fábrica de tecidos.

tipo: "Ah , põe esse aqui para ele não ficar parado", Vide o ministro da SAC.

 

O pessoal diz: "Ah mas vcs são muito puxa saco dos EUA" , Po## vai ver se FAA é gerida por Indicados políticos que não entendem Kcete nenhum de aviação.

 

Parece que o assunto da moda aqui é Aviação.

 

Ainda bem que essa P## está ainda em tramitação.

 

 

Vou ali tomar alguma coisa pois essa me deu uma azia.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade