Jump to content

Voo SP-Mendoza: “Não vamos medir esforços“


luciano_katia

Recommended Posts

Mendoza negocia com CVC voo charter direto
mendoza071013.jpg
A cidade argentina de Mendoza, que recebeu no ano passado 80 mil brasileiros, espera 10% a mais em 2013, mesmo com um primeiro semestre difícil para a Argentina. “Houve uma queda no primeiro semestre neste ano, mas o nosso objetivo está mantido em crescer cerca de 10%”, disse o ministro de Turismo do destino, Jaiver Spina (foto), em visita há pouco à sede da PANROTAS, na capital paulista. “Nosso principal atrativo é a neve, mas o turismo de vinho é constante o ano todo, em especial parabrasileiros nos meses de fevereiro, março e abril, e setembro e outubro”, completa o ministro.

Mendoza pretende receber, em 2013, três milhões de turistas. No ano passado, foram 2,7 milhões, sendo 600 mil estrangeiros. O Chile é o principal emissor internacional, responsável por 50% do total.

Com 176 operações aéreas semanais, via Aerolíneas Argentinas e Lan, desde Buenos Aires e Santiago, Mendoza trabalha, negocia em especial com a CVC, para ter um voo direto com a companhia aérea argentina, durante seis meses em formato de charter e que venha a se tornar regular posteriormente. Hoje o ministro se reúne com a Braztoa, para tratar desse assunto também, além da parceria com 12 operadoras da entidade que formam um pool para Mendoza.

“Com a Aerolíneas Argentinas já temos capacidade técnica para voo, incluindo aeronave e autorização, mas são muitos atores. Ainda é um sonho. Mas o ideal seria um voo regular duas vezes por semana a bordo de um Boeing 737, com capacidade para 120 passageiros. É um projeto para o ano que vem que precisa amadurecer”, explica Spina.

AGENDA
Spina está no Brasil por conta da Semana de Mendoza, que apresentará sua gastronomia em seis restaurantes de São Paulo: Terraço Itália, Che Barbaro, La Caballeriza, Estacion Sur – em dois endereços, Familia Yannelli e Di Beco, a cargo do chef Martins Dolls, e com participação do governador da província, Francisco Perez.

Outro motivo da visita do ministro ao País, é o lançamento do Campeonato Mundial de Kitesurf, que teve início em março em Marrrocos e está passando por dez países. O encerramento será em Mendoza, na primeira semana de dezembro.
Voo SP-Mendoza: “Não vamos medir esforços“
dsc_braztoamen.jpg
O coordenador de pool das operadoras Braztoa, Eduardo Barbosa, o ministro de Mendoza, Javier Spina, o presidente da Braztoa, Marco Ferraz, o governador da província, Francisco Perez, o coordernador do Mercado Brasil para o Inprotur, Jaime Rios, e o cônsul geral da Argentina em São Paulo, Agustin Molina
Se depender da Braztoa, o voo charter direto São Paulo–Mendoza vai sair. Esse foi o principal tema da reunião que aconteceu há pouco na sede da entidade, em São Paulo, e teve a participação do coordenador de pool das operadoras Braztoa, Eduardo Barbosa, o ministro de Mendoza, Javier Spina, o presidente da Braztoa, Marco Ferraz, o governador da província, Francisco Perez, o coordenador do Mercado Brasil para o Inprotur, Jaime Rios, e o cônsul geral da Argentina em São Paulo, Agustin Molina.

Mendoza e a Argetina têm uma relação muito próxima com a Braztoa. Em todas as nossas feiras, os destinos estão presentes. A Argentina participou da Turismo Week e foi o destino mais procurado”, disse Ferraz. “Vamos trabalhar para esse voo sair e não vamos medir esforços. Quase conseguimos voar em junho, mas entraves, como o dólar alto, não nos permitiram e decidimos prorrogar. A operação será com o Boeing 737 da Aerolíneas Argentinas”, completa o presidente da Braztoa.

Outra ação discutida na reunião foi uma promoção da Aerolíneas Argentinas para viagens de Buenos Aires para Mendoza por US$ 50. As agências e operadoras poderão comprar até o dia 31 de dezembro e os passageiros poderão voar até 31 de março de 2014. A promoção será lançada durante a Semana de Mendoza, que terá início esta noite, no Terraço Itália, no centro da capital paulista. O evento se estenderá para outros seis restaurantes de São Paulo.

A Braztoa e o Turismo de Mendoza também trabalham mais uma ação, mas ainda está sem regras totalmente definidas. “Vamos fazer uma promoção de incentivo. A Braztoa vai selecionar mil agências de viagens e enviar os nomes para o Turismo de Mendoza. As 20 primeiras agências que mais venderem ganharão uma viagem para o destino. Os três primeiros colocados receberão ainda prêmios em dinheiro – US$ 3 mil para o primeiro colocado, US$ 1,5 mil para o segundo lugar, e US$ 1 mil para o terceiro”, conclui Ferraz.
Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade