Jump to content

Boeing reduz ritmo de produção do modelo 747-8


leelatim

Recommended Posts

Boeing reduz ritmo de produção do modelo 747-8

 

O ritmo de produção do modelo está sendo reduzido em 14%, para 1,5 aeronaves por mês até 2015

 

 

 

Boeing 747-8F: segundo a Boeing, a redução no ritmo de produção do 747-8 não deve ter um impacto financeiro significativo

Nova York - A fabricante de aviões Boeing informou nesta sexta-feira, 18, que está reduzindo o ritmo de produção do seu modelo 747-8 em 14%, para 1,5 aeronaves por mês até 2015, "em função da demanda menor no mercado por grandes aviões de passageiro e carga".

 

 

Em abril deste ano o ritmo de produção já tinha sido cortado em 13%. Na ocasião, a companhia já tinha recebido encomendas para 110 unidades do modelo e entregue 46. Desde então, três encomendas foram canceladas e mais 10 aviões foram entregues.

 

A companhia acredita que a demanda por grandes aviões de carga deve começar a se recuperar em 2014 e prevê uma demanda global de 760 unidades nos próximos 20 anos. Segundo a Boeing, a redução no ritmo de produção do 747-8 não deve ter um impacto financeiro significativo.

 

Apesar de reduzir a produção desse modelo, a companhia tem elevado o ritmo de fabricação de outras aeronaves, como o Dreamliner e a família 737. Com isso, as ações da Boeing acumulam alta de 62% este ano. Dow Jones Newswires.

Fonte: Exame

Link to comment
Share on other sites

O 787-8 não cumpriu o prometido em termos de melhorias de eficiência, principalmente consumo.

 

O modelo de passageiro não tem vendido bem, fora a Lufthansa. Muitas encomendas foram revertidas para 777-300.

Link to comment
Share on other sites

O 787-8 não cumpriu o prometido em termos de melhorias de eficiência, principalmente consumo.

 

O modelo de passageiro não tem vendido bem, fora a Lufthansa. Muitas encomendas foram revertidas para 777-300.

E ate mesmo a Lufthansa reclamou da eficiência no começo da operacao por ter ficado aquém do prometido
Link to comment
Share on other sites

O 787-8 não cumpriu o prometido em termos de melhorias de eficiência, principalmente consumo.

 

O modelo de passageiro não tem vendido bem, fora a Lufthansa. Muitas encomendas foram revertidas para 777-300.

Desculpa aí, falo do 747-8

Link to comment
Share on other sites

No que diz respeito à versão de passageiros, há alguma outra empresa além da Lufthansa que opere o modelo ou tenha encomendas dele?

 

Operando o modelo ainda não, mas existem encomendas sim:

 

- Air China: 5 (cinco) unidades;

- Arik Air, da Nigéria: 2 (duas) unidades;

- Korean Air: 5 (cinco) unidades, e também sete cargueiros. Além disso anunciaram em Le Bourget (18/06/13) que a Korean Air vai comprar mais cinco unidades da versão de passageiros, mas a compra ainda não foi "finalizada". A Korean Air será a segunda companhia (após a LH) a receber o 747-8i, em fins de 2014 se não me engano (ou início de 2015, no mais tardar);

- VIP / governamental: 9 (nove) unidades;

 

Além disso a russa Transaero deve fechar uma encomenda para 4 (quatro) unidades - a companhia atualmente é uma grande operadora do Jumbo, com 22 unidades na frota (inclusive alguns 747-200 e -300!)

 

Também existem rumores de que a Cathay Pacific poderia encomendar alguns, visando cobrir uma "lacuna" entre a aposentadoria de alguns 747-400 (que a Boeing aceitaria no negócio) e a entrada em serviço / recebimento dos 777-9X...ou seja, ficariam em serviço na Cathay por pelo menos 5-7 anos...

 

Um tópico excelente sobre o 747 no Airliners.net é este aqui: http://www.airliners.net/aviation-forums/general_aviation/read.main/5805039/

Link to comment
Share on other sites

E alguém sabe se existe algum estudo para um futuro 747-900 ou algo do gênero?

A Lufthansa opera o 748 em quais rotas?!

 

Depois do fracasso que o 747-8 foi, a Boeing deve abandonar os quadrijatos de passageiros por um tempo...

 

Quanto às rotas: Por enquanto a LH voa com o "dash 8" de Frankfurt para Washington, Bangalore, Miami, Los Angeles, Nova Déli, Hong Kong, Cidade do México, e Chicago (começando dia 27/10). A Empresa também disse a um tempo atrás que vai colocar o 747-8 na rota de GRU enquanto o aeroporto não está apto a receber o A380.

Link to comment
Share on other sites

 

Depois do fracasso que o 747-8 foi, a Boeing deve abandonar os quadrijatos de passageiros por um tempo...

 

Quanto às rotas: Por enquanto a LH voa com o "dash 8" de Frankfurt para Washington, Bangalore, Miami, Los Angeles, Nova Déli, Hong Kong, Cidade do México, e Chicago (começando dia 27/10). A Empresa também disse a um tempo atrás que vai colocar o 747-8 na rota de GRU enquanto o aeroporto não está apto a receber o A380.

 

Show de bola. Esperarei ansioso pelo pouso em GRU ! :)

 

Valeu !

Link to comment
Share on other sites

eu não sou engenheiro aeronáutico...to falando por leiguice mesmo..rs, mas será que se a boeing não aumentasse bastante o comprimento do 747, a largura e o deck superior, articulados com o uso de materiais compostos e a evolução nos motores, esse projeto ainda não teria muita vida pela frente? quais os elementos que o A380 ganha do 748 além de número de passageiros?

Link to comment
Share on other sites

eu não sou engenheiro aeronáutico...to falando por leiguice mesmo..rs, mas será que se a boeing não aumentasse bastante o comprimento do 747, a largura e o deck superior, articulados com o uso de materiais compostos e a evolução nos motores, esse projeto ainda não teria muita vida pela frente? quais os elementos que o A380 ganha do 748 além de número de passageiros?

 

O uso de materiais compostos em larga escala implicaria em custos mais elevados para o projeto, eles preferiram um projeto bem mais conservador e acharam que os motores Genx fariam um grande milagre sozinhos. Não sou engenheiro, mas acho que apenas 12% a menos de combustível em relação ao B744 seria pouco mesmo, parece que as cias ao redor do mundo também acharam isso, além do mais, como a tendencia é de por as confortáveis fileiras de 10 assentos na econômica do 777, então ele tem um concorrente dentro da própria casa

Alem do mais, o mercado dos VLA (como os 748i e A380) tem se mostrado mais nincho do que nunca. Acho que o 748i será o A346 da Boeing...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade