Jump to content

Aeroportos do Nordeste devem entrar na privatização


FlyerOne

Recommended Posts

Aeroportos do Nordeste devem entrar na privatização
Por: Luiz Marcos Fernandes
Publicado em: 23/11 - 10:32
Os próximos aeroportos na mira do Governo para privatização são os do Nordeste. Pela ordem Recife, Fortaleza e Salvador devem ter leilões mas apenas em 2015, uma vez que em função das eleições todo modelo só deve ser elaborado pelos futuros governantes. O terminal de Recife recebeu no ano passado um volume de 6,4 milhões de passageiros e é o mais cobiçado em função da distância para a Europa (cerca de 7 horas de voo).

 

Fonte: Mercado e Eventos

Link to comment
Share on other sites

Especulação mode on!!! Sinceramente,o aeroporto de Recife deveria ser o último da lista, pois dos três é de longe o que necessita de menos investimentos. O terminal é grande e não existem problemas significativos de capacidade.

 

Na frente de REC, SSA e FOR, deveriam estar POA e CWB. Esses dois precisam de intervenção urgente nas pistas de pouso/decolagem, especialmente CWB, onde um pista de 3,000 metros é o ideal.

Link to comment
Share on other sites

Especulação mode on!!! Sinceramente,o aeroporto de Recife deveria ser o último da lista, pois dos três é de longe o que necessita de menos investimentos. O terminal é grande e não existem problemas significativos de capacidade.

 

Na frente de REC, SSA e FOR, deveriam estar POA e CWB. Esses dois precisam de intervenção urgente nas pistas de pouso/decolagem, especialmente CWB, onde um pista de 3,000 metros é o ideal.

 

Seria esse o critério do governo até então, conceder aqueles aeroportos em situação mais crítica e que necessitam de maiores investimentos para ampliação.

Link to comment
Share on other sites

Vocês falam para privatizar mas não pensam nas milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas com essas medidas. Gente tendo que deixar o local aonde vivem há anos com esposa/marido com emprego estável, filhos em colégio para ir para outro estado desbravar uma nova vida para não perder o emprego. Gente deslocada para outras empresas públicas mas ainda vinculadas a Infraero.

Vocês esquecem que os terminais são privatizados mas os funcionários ficaram. A conta não esta fechando e a cada leilão piora mais a situação.

Os aeroportos que ficaram nas maos da empresa estão sofrendo com essa situação, cortes e mais cortes de custo e sem dinheiro algum para investir como o governo falou que a infraero iria ser a desenvolvedora dos aeroportos de cidades pequenas. O que essa tralha do pt esta fazendo e quebrando a Infraero.

As vezes falta dinheiro ate para comprar po de café, acreditem...

E nada sabemos do que ira acontecer a navegação aérea civil, do jeito que vai, volta tudo para as maos dos milicos, graças ao pt!!!!

 

Enviado de meu Xoom usando Tapatalk

 

 

Link to comment
Share on other sites

Vocês falam para privatizar mas não pensam nas milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas com essas medidas. Gente tendo que deixar o local aonde vivem há anos com esposa/marido com emprego estável, filhos em colégio para ir para outro estado desbravar uma nova vida para não perder o emprego. Gente deslocada para outras empresas públicas mas ainda vinculadas a Infraero.

Vocês esquecem que os terminais são privatizados mas os funcionários ficaram. A conta não esta fechando e a cada leilão piora mais a situação.

Os aeroportos que ficaram nas maos da empresa estão sofrendo com essa situação, cortes e mais cortes de custo e sem dinheiro algum para investir como o governo falou que a infraero iria ser a desenvolvedora dos aeroportos de cidades pequenas. O que essa tralha do pt esta fazendo e quebrando a Infraero.

As vezes falta dinheiro ate para comprar po de café, acreditem...

E nada sabemos do que ira acontecer a navegação aérea civil, do jeito que vai, volta tudo para as maos dos milicos, graças ao pt!!!!

 

Enviado de meu Xoom usando Tapatalk

E você sugere o que? Deixar na mão da Infraero?

 

 

Sent from my iPhone using Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Acho incrível que o interesse não é para o país mas como os governantes vão definir as privatizações (na real é para poder definir quem vai levar grana e quanto). E com isso perde-se mais um ano com estrutura precária...

Link to comment
Share on other sites

Olha, não sei quais deveriam ser os próximos, mas aqui em FLN a coisa tá feia. Até o pessoal da limpeza cortaram o máximo que puderam, o aeroporto está parecendo um lixão. E olha que a temporada (argentinos) nem começou... E o pior é saber que com o novo aeroporto provavelmente não irão privatizar aqui tão cedo.

Link to comment
Share on other sites

Vocês falam para privatizar mas não pensam nas milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas com essas medidas. Gente tendo que deixar o local aonde vivem há anos com esposa/marido com emprego estável, filhos em colégio para ir para outro estado desbravar uma nova vida para não perder o emprego. Gente deslocada para outras empresas públicas mas ainda vinculadas a Infraero.

Vocês esquecem que os terminais são privatizados mas os funcionários ficaram. A conta não esta fechando e a cada leilão piora mais a situação.

Os aeroportos que ficaram nas maos da empresa estão sofrendo com essa situação, cortes e mais cortes de custo e sem dinheiro algum para investir como o governo falou que a infraero iria ser a desenvolvedora dos aeroportos de cidades pequenas. O que essa tralha do pt esta fazendo e quebrando a Infraero.

As vezes falta dinheiro ate para comprar po de café, acreditem...

E nada sabemos do que ira acontecer a navegação aérea civil, do jeito que vai, volta tudo para as maos dos milicos, graças ao pt!!!!

 

Enviado de meu Xoom usando Tapatalk

 

O que é melhor? continuar o cabide de empregos?

As 100 famílias continuarem vivendo as custas dos cofres publicos? (bom isso vão continuar, afinal não se demite funcionário publico)

Fica tranquilo, empregos estão aumentando, depende de cada um se qualificar para mante-los.

Link to comment
Share on other sites

Vocês falam para privatizar mas não pensam nas milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas com essas medidas. Gente tendo que deixar o local aonde vivem há anos com esposa/marido com emprego estável, filhos em colégio para ir para outro estado desbravar uma nova vida para não perder o emprego. Gente deslocada para outras empresas públicas mas ainda vinculadas a Infraero.

Vocês esquecem que os terminais são privatizados mas os funcionários ficaram. A conta não esta fechando e a cada leilão piora mais a situação.

Os aeroportos que ficaram nas maos da empresa estão sofrendo com essa situação, cortes e mais cortes de custo e sem dinheiro algum para investir como o governo falou que a infraero iria ser a desenvolvedora dos aeroportos de cidades pequenas. O que essa tralha do pt esta fazendo e quebrando a Infraero.

As vezes falta dinheiro ate para comprar po de café, acreditem...

E nada sabemos do que ira acontecer a navegação aérea civil, do jeito que vai, volta tudo para as maos dos milicos, graças ao pt!!!!

 

Enviado de meu Xoom usando Tapatalk

 

:joinha:

 

Só quem passa por essa situação entende. E a Infraero, cada vez fica mais inchada e menos eficiente. Ninguém pode ser removido contra a própria vontade.

 

Ainda não vi nenhum anúncio sobre melhorias nos outros aeroportos... e as caixinhas de sapato continuam.

Link to comment
Share on other sites

Existe uma estatística sobre o quadro de funcionários em VCP, GRU, BSB após o leilão? Será que houve um número significativo de funcionários optando por trabalhar nas concessionárias?

 

Em BH a Infraero está finalizando um prédio enorme, bem ao lado de PLU, para novas instalações da regional leste, que hoje fica em Confins. Acho que esse efeito de transferência para outros estados deve ser menor por aqui. Desde quando foi anunciado o leilão já começaram os pedidos de mudança para Pampulha.

Link to comment
Share on other sites

não li todas as respostas, mas na minha modesta opinião todos aeroportos citados aqui já deviam ter sido leiloados na primeira rodada ou então nessa segunda rodada, Curitiba, Poa, Salvador, Recife, fortaleza, Belém, Manaus, por mim todos estes e outros caberiam concessões, mas infelizmente com a reeleição da Dilma e já que vão mudar o modelo, acho que nem em 2017 sai.

Link to comment
Share on other sites

Realmente eh uma situação complicada aos dos concursados da infraero, mas me desculpem, são alguns milhares de funcionários sendo remanejados de cidades, de carogos enfim... mas ninguém nesse momento pensa no todo, nos milhões de brasileiros que se utilizam desse equipamento pago (e que continuará sendo pago) dos bolsos brasileiros, que ao menos tenham e sejam realizados em investimentos intensos.

Link to comment
Share on other sites

Vocês falam para privatizar mas não pensam nas milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas com essas medidas.

 

...

 

As vezes falta dinheiro ate para comprar po de café, acreditem...

 

Pessoas que estudaram e passaram em concursos públicos, pagos com o dinheiro do contribuinte mensalmente, sem necessidade de apresentar resultados de produtividade?

Não sinto pena não.

Está ruim? Pede para sair.

Mas estou abismado. Você se importa com café enquanto tem pista parecendo trilha off road?!

Link to comment
Share on other sites

Omykron

 

Concordo. Sem mencionar todos os desmandos/desvios da INFRAERO. Se a empresa não tem condições de gerir nem planejar o crescimento dos principais aeroportos O que fazer?

 

Pela ordem abaixo os próximos são: SSA, POA, REC e FOR nesta ordem...

 

 

Untitled_zpsae479433.png

Link to comment
Share on other sites

Vocês falam para privatizar mas não pensam nas milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas com essas medidas. Gente tendo que deixar o local aonde vivem há anos com esposa/marido com emprego estável, filhos em colégio para ir para outro estado desbravar uma nova vida para não perder o emprego. Gente deslocada para outras empresas públicas mas ainda vinculadas a Infraero.

Vocês esquecem que os terminais são privatizados mas os funcionários ficaram. A conta não esta fechando e a cada leilão piora mais a situação.

Os aeroportos que ficaram nas maos da empresa estão sofrendo com essa situação, cortes e mais cortes de custo e sem dinheiro algum para investir como o governo falou que a infraero iria ser a desenvolvedora dos aeroportos de cidades pequenas. O que essa tralha do pt esta fazendo e quebrando a Infraero.

As vezes falta dinheiro ate para comprar po de café, acreditem...

E nada sabemos do que ira acontecer a navegação aérea civil, do jeito que vai, volta tudo para as maos dos milicos, graças ao pt!!!!

 

Enviado de meu Xoom usando Tapatalk

 

Isso acontece todos os dias com milhares de pessoas na iniciativa privada.

E eles são uma parte importante da aviação commercial doméstica e da existência e necessidade de investimentos em aeroportos.

São pessoas que voam 20, 30 vezes por ano.

 

Se as pessoas que trabalham para Infraero precisam se mover... é positivo para o pais.

Link to comment
Share on other sites

Pessoas que estudaram e passaram em concursos públicos, pagos com o dinheiro do contribuinte mensalmente, sem necessidade de apresentar resultados de produtividade?

Não sinto pena não.

Está ruim? Pede para sair.

Mas estou abismado. Você se importa com café enquanto tem pista parecendo trilha off road?!

 

Omykron..

 

com todo o máximo respeito..mas toda vez que leio ou ouço a declaração que vc defende "ta ruim, pede pra sair" eu sinto uma forte dor no estômago..e sabe pq? pq eu já ouvi isso de uma coordenadora pedagógica de uma escola estadual em nilópolis que funcionava ao lado de um lixão! Não é porque é público que tem que ser ruim, cara!! Ela era uma pessoa autoritária, falava errado pra cacete (embora tivesse diploma de nível superior), e quando eu reclamei das condições de trabalho que ela mesma estava me dificultando - junto com o secretino de educação - ouvi esse tipo de argumento. Cara, na moral...um cidadão, sobretudo se ele foi selecionado num concurso público tem o dever de reclamar, de agir e mudar o quadro dos serviços públicos e a postura dele tb, pq ele está ali sendo pago por todos nós, como eu sou (no meu caso ainda sou um educador..a responsabilidade é até maior). Eu discordo completamente de funcionários públicos ou privados que, em situação desfavorável, preferem cagar pro trabalho em vez de revolucionar o sistema...e sabe pq? pq quem luta ta ajudando o cidadão...quem faz corpo mole e retira o pingadinho certinho ta prejudicando esse cidadão...e isso não é privilégio da administração pública. Na esfera privada tb acontece..é só o cara ter boas relações políticas...o critério técnico da competência não é majoritário na hora de determinar qual funcionário trabalha melhor e é mais eficiente no meio privado. E mais uma coisa: esse tipo de declaração que o vc deu tem a seguinte carga: eu boto as condições aqui, se vc não está satisfeito muda pq eu não mudarei. Não há nada mais antidemocrático e coronelista do que isso. Se vivemos num país e num mundo cada vez mais liberalizado, cada vez mais aberto à críticas e novas formas de comportamento, esse tipo de declaração se mostra arcaica e ultrapassada e amplamente contraditório com o clima "privatiza tudo pq tudo ficará mais ágil e flexível" como pedir flexibilidade pensando assim?

 

A privatização é sim um problema. Ela pode ofertar algumas melhorias nos serviços, ofertar mais variedade produtos e serviços, mas normalmente o corpo técnico competente que estava, ali, trabalhando na estatal há décadas é substituído por funcionários sem experiência, pois são mais baratos do que os mais antigos...foi assim na OI, na Light, na Vale do Rio Doce (e nem vou entrar aqui nas denuncias comprovadas de corrupção e roubo dos políticos do PSDB envolvidos)..além do nível do profissional que, por não ser mais exigido o concurso público, pode ser indicado até por um político, como acontece com o corpo de inspetores, serventes e merendeiras nas escolas públicas de todo país.

 

O critério da privatização é de dois gumes: é contratar o trabalhador mais barato e menos qualificado e se apropriar das empresas públicas que dão ou possuem as previsões de maiores lucros..por isso os aeroportos do nordeste serão privatizados na frente de outros que possuem até mais necessidade...olha aí.. cadê a responsabilidade social dos empresários em investir nos aeroportos com menos projeção de lucro? eles não são cidadãos tb? "Precisamos dos esforços de todos", não é essa a nova falácia? Por que só o Estado tem que bancar os caidinhos? No fim das contas o que vemos com o controle estatal é que só recebem um pouco mais de investimentos e recursos, aqueles serviços ou empresas que estão na ponta da lucrativa cadeia de lucros que pode beneficiar outras empresas privadas ou estão em lugares da classe alta: nos bairros mais nobres os serviços das prefeituras, estados e da união podem não ser satisfatórios, mas são sempre melhores que nas zonas mais pobres..assim como tb, quando a iniciativa privada resolve assumir o controle ela tb só quer o filé, mas para lucrar.

 

o que deveríamos fazer é o que essas manifestações trouxeram pro país..estimular a participação política das pessoas e que as empresas e serviços públicos tivessem suas gestões submetidas à população...alguém aqui cumpre o seu dever cívico de ir numa simples reunião de condomínio? A LDB, por exemplo, prevê isso para as escolas, mas o sistema autoritário Estatal e a alienação dos professores não contribui para a construção desse cotidiano. enfim receba com cordialidade minha crítica. ah..em tempo, não sou PT, nem PSOL e nem PSTU...e apoiaria o Estado liberal frente a uma ditadura do proletariado!

Link to comment
Share on other sites

eu duvido muito dessas privatizações de aeroportos no NE, pelo menos no curto prazo.

 

como aeroportos "secundários", duvido que atraiam o interesse de operadores de peso. como mini hubs - ou hubs regionais - acho que faltam estudos pra mostrar a viabilidade do mercado brasileiro com tantos centros de distribuição.

 

mas a título de especulação:

 

- tomando-se as obras de infraestrutura necessárias, SSA tem o sítio mais favorável (mais área disponível, menor gasto com desapropriações). mas sob o ponto de vista geográfico perde a vantagem (vira back track pros principais mercados do N-NE);

 

- REC tem um mercado emissor relevante e posição geográfica favorável, mas tem o sítio mais complicado se pensando em ampliações do, por ora, suficiente Guararapes. tem ainda a proximidade de SGA.

 

- FOR tem uma ótima posição geográfica e um mercado emissor de volume minimamente interessante, mas há grandes dificuldades com o sítio. é incrível como o projeto ruim do terminal e ausência de um plano diretor praticamente inviabilizam um hub no Pinto Martins. a proximidade com SGA também é relevantíssima e parece que as pessoas estão subestimando o potencial do novo aeroporto potiguar.

 

não tenho dúvida de que se cabem três grandes hubs num raio de 500km, como é o caso de VCP-GRU-GIG, o mesmo não se pode ser dito de FOR-NAT-REC.

 

sem um plano nacional de aviação que indique um estratégia para esse mercado e o sistema aeroportuário, é difícil que haja muito interesse para essas privatizações no NE; basta ver o caso de CNF em que a "ameaça" de PLU foi uma variável considerada.

 

 

já MAO, com seu potencial cargueiro, e POA com a possibilidade de um bom hub ao Sul, me parecem apostas bem melhores - e eu apostaria as minhas no aeroporto gaúcho.

 

como cearense, resta me conformar com a hipótese de um Infraero de capital aberto e operando com um parceiro de peso.

 

btw, a Infraero com tantos sócios privados (operadoras) diferentes ao mesmo tempo, já apresenta um risco de conflito de interesses, insider trading e coisas do tipo, ou estou muito paranóico?

Link to comment
Share on other sites

SGA tem quase tudo para ser o grande hub do NE, só falta uma coisa: demanda para Natal. Os voos não são enchidos somente com conexões e hoje a cidade mal consegue manter 4 voos semanais da TAP, e possui 30 voos domésticos por dia! Para tornar SGA o que pretendem, vão ter que ralar bastante.

 

SSA tem área a sua volta, mas é bom lembrar que são áreas ambientais! As dunas e o bambuzal inviabilizam qualquer tipo de ampliação pois seria necessário ter licenças ambientais e a área a ser ocupada não seria o que seria disponibilizado, além de tudo, tem a BASV que ocupa um lado para onde o aeroporto poderia crescer (mesmo problema de REC). SSA somente poderia ser ampliado de forma imediata se fosse construído um terminal onde hoje são os TECAs e hangares da aviação geral, coisa bem difícil de acontecer, ou para cima da RWY aux, ou seja, seria necessário mexer bastante no aeroporto. Problema este que não haveria em REC, que hoje conta com o maior TPS do NE e ainda tem bastante espaço para ter um TPS anexo (previsto no projeto). REC tem capacidade para ter 2 TPS para 15 a 20mi de pax, número este que só deverá ser atingido em mais de 10 anos (tomando-se por base a situação atual)! FOR tem capacidade para ampliação lateral (como já está sendo feito), porém precisa de mais pátio, fora os detalhes que você já mencionou. O uso do TAV também poderia ser feito, mas para tal seria necessário por-lo abaixo e construindo outro TPS e isso incidiria na área da TAF, enfim... Precisaria de um projeto novo.

 

Falando em relação à infraestrutura aeroportuária, acredito que o que falei mostra o porque de REC ser o mais cobiçado (afinal, distância por distância, FOR, NAT, REC e SSA tem pouca diferença entre si), já que é o único que possui área para uma ampliação imediata que pode dobrar a capacidade do terminal.

 

Ainda assim, SSA e FOR operam no limite de sua capacidade e acredito que as operadoras aeroportuárias não atuam somente em transformar seus aeroportos em hubs, mas também em conquistar novos voos, fosse assim, somente aeroportos como CDG, MAD, LHR seriam privados, pois são grandes hubs.

Link to comment
Share on other sites

E você sugere o que? Deixar na mão da Infraero?

 

Sabemos bem que a alta cúpula da empresa e foi e sempre será cargos políticos. A gestão dela sempre foi morosa como toda empresa pública. Se o governo tivesse dado ares de empresa privada a Infraero,colocando profissionais gabaritados nos altos cargos dando total isonomia e autonomia ( que no papel existe no ato de criação mas nunca exercido de fato) para investimentos a coisa teria andado.

 

Problema ter que ser tudo o que se faz dentro da empresa ser atrelado a lei de licitação de órgãos públicos. Quando se precisa um lápis, tem que licitar. Ai as empresas fornecedoras que já conhecem o esquema não comparecem, ou quando comparecem, oferecem o serviço ou produto superfaturado e ai a empresa não compra ou não faz e quando faz estoura escândalo. Quando alguem vence um leilão a empresa prejudicada vai a justiça e trava o processo as vezes por anos a fio. Tudo por conta da burocracia. Se a Infraero não tivesse que se submeter a isso e neste caso agisse como uma empresa privada, nada disso estaria assim hoje...

 

E falo mais das privatizações pelas familias prejudicadas que não tem nada a ver como processo decisório. Aquele que presta o serviço direto ao cliente. Estes que estão sofrendo a canetada dos políticos que estão cagando e andando para aquele funcionário.

 

Aqui em Teresina recebemos 12 funcionários advindos de GRU CPN e BSB que escolheram vir para ca para não perderem os empregos para vc ter uma idéia...agora imagina só quando forem REC SSA POA entre outros? Aonde vai se colocar tanto funcionário??? Grande parte das regionais sofrerão cortes de pessoal e reenquadramento de cargos e funções. Algumas provavelmente ate deixarão de existir!!! E estes, para onde vão???

 

Se não me engano, é previsto que a infraero como sócia dos terminais só comece receber lucros após 2016. Ate lá, quem vai pagar a conta? O governo? Vindo dos petralhas só espero um "sinto muito, se vire". Porque o dinheiro dos leilões na Infraero, ninguém sabe, ninguém viu a cor e provavelmente não verão...

 

Isto se na cabeça dessa maluca a idéia não for acabar de vez com a Infraero, pois do jeito que vai...

 

 

Sent from my iPhone using Tapatalk

Enviado de meu Xoom usando Tapatalk

 

 

Link to comment
Share on other sites

SSA tem área a sua volta, mas é bom lembrar que são áreas ambientais! As dunas e o bambuzal inviabilizam qualquer tipo de ampliação pois seria necessário ter licenças ambientais e a área a ser ocupada não seria o que seria disponibilizado, além de tudo, tem a BASV que ocupa um lado para onde o aeroporto poderia crescer (mesmo problema de REC). SSA somente poderia ser ampliado de forma imediata se fosse construído um terminal onde hoje são os TECAs e hangares da aviação geral, coisa bem difícil de acontecer, ou para cima da RWY aux, ou seja, seria necessário mexer bastante no aeroporto. Problema este que não haveria em REC, que hoje conta com o maior TPS do NE e ainda tem bastante espaço para ter um TPS anexo (previsto no projeto). REC tem capacidade para ter 2 TPS para 15 a 20mi de pax, número este que só deverá ser atingido em mais de 10 anos (tomando-se por base a situação atual)! FOR tem capacidade para ampliação lateral (como já está sendo feito), porém precisa de mais pátio, fora os detalhes que você já mencionou. O uso do TAV também poderia ser feito, mas para tal seria necessário por-lo abaixo e construindo outro TPS e isso incidiria na área da TAF, enfim... Precisaria de um projeto novo.

 

Falando em relação à infraestrutura aeroportuária, acredito que o que falei mostra o porque de REC ser o mais cobiçado (afinal, distância por distância, FOR, NAT, REC e SSA tem pouca diferença entre si), já que é o único que possui área para uma ampliação imediata que pode dobrar a capacidade do terminal.

 

Ainda assim, SSA e FOR operam no limite de sua capacidade e acredito que as operadoras aeroportuárias não atuam somente em transformar seus aeroportos em hubs, mas também em conquistar novos voos, fosse assim, somente aeroportos como CDG, MAD, LHR seriam privados, pois são grandes hubs.

 

 

:baaasmiley:

 

 

Se o aeroporto com o maior movimento do Norte/Nordeste, com todo o crescimento doméstico e internacional que vai ter em 2014, completamente defasado, com obras de maquiagem na casa dos 20% concluídas, não for a primeira opção de concessão no Nordeste, vai ser o maior absurdo dessas concessões aeroportuárias do Brasil! Com boa vontade política a muito dinheiro em jogo, os empecilhos caem rapidinho!

 

SSA e POA, sem dúvida, deveriam ser as próximas opções, né Dilma...

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade