Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

GLK

Cessna 172

Recommended Posts

Prezados,

 

Um amigo está querendo comprar um Cessna 172, e precisa ter uma ideia básica do custo de manter a máquina.

 

É um Cessna 172P, coma motor 160HP, faz 35L/H de AVGAS.

 

Ele é piloto e a aeronave ficará hangarada sem custos, fora da Terminal Belo Horizonte. Basicamente, os custos dele serão o combustível, óleo, os serviços de manutenção, e as taxas que incorrem na propriedade de uma pequena aeronave.

 

Queria ter uma noção desses custos, quanto fica, numa média, uma IAM, uma 50 horas, uma 100 horas, um TBO, e uma base das taxas a serem pagas regularmente. Sei que, por exemplo, o RETA fechou em R$703,00.

 

O avião está com muita hora disponível, IAM recente (Agosto), RETA fez semana passada.

 

Queria uma ajuda ai do pessoal, para determinar quanto vai custar essa brincadeira.

 

Abraços a todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Reduzindo a mistura dentro da performance do avião da pra gastar 8 a 10 gal/hora , media de 30L/H a 35L/H

 

Avgas por hora = 4,00rs/litro media = 120 a 140 por hora

Óleo - 1L = 25,00 ( vai usar 1L a cada 2 ou 4 horas depende de como esta o motor as vezes nao queima nada de óleo... ) de 6,25 a 12,50 por hora de v

25h - media de 500 reais 20 reais por hora

50h - media de 800 reais 16 reais por hora

100h - media de 1500 reais 15 reais por hora

IAM - 1000 reais media...

Licença de se estação (FISTEL) anualmente = 50 reais (( inicial 334,08 ))

a cada 5 anos se não me engano CA, CM 56+56 = 112 reais

seguro de casco.. ai vai variar mesmo de acordo com perfil e experiencia... melhor ligar na seguradora =)

 

custo por hora de voo = de 300 a 325 reais :D + a IAM dependendo da sua media de voo...

 

(( preços de manutenção pode variar bastante de região pra região de mecânica pra mecânica, procure se informar bem as vezes vale a pena levar o aviao longe em lugar caro gastar mais pra ter o aviao bom e antes ! muito cuidado com manutenção !

 

Taxas de navegação e rádio , depende de que aeroporto você vai operar, se vc sempre operar em aerodromo não controlado não chamar controle não chamar torre não passar plano de voo vai vir uma mixaria de taxas se vier algo... se vc for operar em aerodromo controlado, pense que quanto mais auxilios tiver no aeroporto mais caro vai ser a brincadeira rsrs... no site do decea tem a tabela de preços por PMD (peso maximo de decolagem), tarifas de pouso e de auxilio navegação e radio etc...

 

http://servicos.decea.gov.br/tarifas/index.cfm?i=legislacao

 

:) Divirta-se

 

 

Se quiser os valores exatos ligue em uma oficina autorizada de manutenção... :)

Eu sei que em pará de minas tem uma que dizem ser boa... não faço ideia...

Em americana SP tem a baburich que dizem ser boa... tb não sei na prática..

Motores tem uma boa em salvador !

 

Da uma pesquisada com as oficinas que os valores ficam mais reais ... é uma média ai só ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

I caraca 50 - 800 rsrs 16 por hora nao 160... nao da pra editar :D auhauhauhauh

 

250 a 300 de custo por hora...

 

vlw rrsrsrsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Maravilha comando!

 

Só na parte de manutenção que agora fiquei na dúvida. O pessoal da TBA lá de Pará de Minas me passou os valores de mão de obra para 50, 100 e IAM:

 

50 horas - R$1750.00

100 horas - R$3080.00

IAM - R$1980.00

 

Achei caro esses valores, ainda mais que são só de mão de obra, ainda tem as peças, fluidos, etc...

 

 

 

Aproveitando o tópico, é possível fazer panorâmicos com esse avião? Como funciona esse serviço, qual a regulação para ele?

Share this post


Link to post
Share on other sites

è meus preços estão um pouco desatualizados rsrs...

 

 

Essa segunda pergunta é uma duvida minha também, pois creio que a aeronave tem que estar registrada como taxi aéreo ou instrução ou transporte aereo não regular, e deve ter uma empresa aberta especifica para tal deve ter cnpj recolher impostos e tudo...

 

Deve ser bem complicado,,,, mas a maioria das pessoas que fazem voo panoramico não são nada regularizadas para tal, sendo cobrado o custo da hora de voo as vezes até um lucro... rsrs

 

O correto sempre é mais dificil e mais custoso e nesse caso nao vale a pena nem ficar correto e nem fazer da forma incorreta pq se alguem pega ai o prejuizo é maior :D

 

Uma das formas de ganhar dinheiro com uma aeronave dessas é arrendar a um aeroclube... mas se o objetivo é fazer horas... ai negão pra ficar dentro da lei é caro, mas nada impede de uma vez ou outra você levar alguem para um passeio e a pessoa pagar, só caracteriza negocio se o fiscal quiser sabe como é né brasil hauhauhauhuahuha

 

;D vamos ver se alguem tem mais ideias rsrs

 

abraço !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois e, complicado. Acaba que legal inviabiliza, e ilegal nao e a nossa praia, nem deke como proprietario nem minha como amigo. Sem contar que eu sou cagao, toda vez que sai da regra, rodei. Vamos vendo!

 

A questao nesmo e a manutencao. Eu achei Muito caro!

Share this post


Link to post
Share on other sites

E para tudo, tem uma taxa (salgada) da ANAC. Ohh beleza!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não querendo concorrer ao prêmio mas já desenterrando...

 

igyrk2.jpg

 

Surgiu novamente o assunto de um 172 ou Tupi por aqui.

 

Alguém poderia dar uma luz aos custos de manter uma aeronave desse tipo, principalmente no que tange a manutenção e as taxas/impostos.

 

Preço de compra, consumo de combustível e hangaragem eu tenho uma boa noção, mas manutenção e taxas, não entendo nada.

 

Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cessna 172 1980 com umas 1600 horas para voar está em torno de 270.000, consome em media 35 litros, onde abasteço o preco está R$ 6,75 reais o litro. revisão de 50 horas sai uns 1100 reais, a IAM uns 2500 e a revisao de 100horas uns 3000. Sem falar que existem varios componentes que vencem por horas as famosas revisoes de 500 horas de magnetos, alternador, starter, transponder, modo C, e e outros. A revisao de magnetos sai por volta de 6000 reais os dois, de starter e alternador, modo C, e transponder sai 500 reais cada.

 

A overhall sai por volta 80.000 reais a dollar de hoje.

 

Quando voce verifica esses custos chega a conclusao do por que as escolas cobram caro na hora de voo, principalmente eixo Rio- Sao paulo. Aí um camarada fala mas onde voo é muito mais barato os valores, sim voce consegue, mas quem voa em sampa nao vai levar o aviao para para de minas ou cucui de las palomas para fazer a revisao de 50 horas, ou para abastecer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eduardo Pqd, obrigado pelas informações. Overhall que o sr. fala, é o que o pessoal chama de TBO, correto? Normalmente vence com 2000h, não é isso? Mesmo um 172 não sai barato não, mas também não é impossível...

 

Complicado são os imprevistos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

isso para o motor do 172 sao 2000 horas, sem falar dos custos que falei tem o que voce citou os imprevistos de queima de farol, pneu, magneto que queima a bobina e dreno que começa a vazar do nada , e esses gastos imprevistos tambem são dispendiosos, quando se começa a fazer as contas verifica-se que o valor da hora somando custos de manutenção previstos e imprevistos e combustível se tornam altos mesmo pra um cessninha 152 ou 172.

Para quem na é de aeroclube soma-se o pagamento do hangar, taxas aeroportuárias, esqueci de falar do seguro RETA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando se raciocina com expectativa de manutenção somente em relação ao overhall de motor e helice já se tem um custo de R$ 47,5 reais por hora, sem agregar nesse valor a expectativa de revisoes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumindo, avião e mulher loira (original) tem quem pode!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém tem ideia de hangaragem para uma aeronave de pequeno porte.

 

Em um grande centro como Sp ( Congonhas, Marte deve ser altíssimo)

E em outras cidades??

Quem tiver números e poder postar

Seria interessante

Abc

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Belo Horizonte, no Carlos Prates (SBPR), no Aeroclube de Minas Gerais (ACEMG), fica na faixa de 1400/mês. Em Pará de Minas (SNPA), 150km de BH, da até pra deixar de graça, amarra em um T no pátio e pronto, mas é um risco. Imagino que hangaragem lá não passe de 1000.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiz uma conta de padeiro

Baseado nos números desse tópico

Para um Cessna 172 voando 100 horas por ano

 

Deu quase 500 por hora

Aí Tb simulei uma mobilização de 270.000 reais

Colocando a 0,7 a.m em juros simples deixaria de render 1890 por mês ou 22.680 por ano que divido pelas possíveis 100 horas da em torno de 227,00 reais

( isso sem deixar o rendimento capitalizar o principal)

Tb coloquei uma hangaragem de 1000 por mês ou 12000 por ano

 

Resumindo, por esse rascunho que fiz

Usando esses números

A hora de um avião desse com todos os custos diretos, indiretos e provisionamentos vai para algo em torno de 725,00 reais

 

Isso sem conta os seguros obrigatórios que não lancei

E o seguro de casco que Tb não tenho ideia

Tb não computei nenhuma taxa da Anac / Aeroportuária/ telecomunicação ou outras que por ventura existam

 

Muito caro manter um avião no Brasil!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, eu acho que se encarar como investimento, comparando quanto esse valor iria gerar aplicado, etc e tal, ter um avião por ter, por hobby, nunca fará sentido, financeiramente falando. É como ter um esportivo italiano conversível. Caro para comprar, caro para manter, e sem necessidade alguma de ter. O retorno está no seu prazer, de ter seu avião, de voar o seu avião. Após bastante pesquisa, eu cheguei à conclusão ter que um 172, um Tupi, para uso pessoal (consequentemente voando pouco) não é algo de outro mundo, uma pessoa que viva confortável, consegue segurar isso. Avião se compra e se vende, voando 100h/ano, seu gasto com manutenção será irrisório, e o valor de revenda do seu avião vai cair nada. Você não precisará se preocupar com Overhaull, etc, antes disso você vende seu avião e compra outro e vai tocando, um avião com 1000h disponíveis te garante un 10 anos sem essa conta, por exemplo.

 

Uma forma excelente de viabilizar a aeronave, para um proprietário que busca apenas o lazer, é agregar o avião em uma escola de aviação, com a escola arcando com 100% da manutenção, taxas, etc. Seu lucro com a exploração da aeronave será mínimo, mas seu gasto também será perto de zero, gasta só quando usar. Eu cheguei a um acordo assim com uma escola, para agregar um Tupi, mas como o meu intuito era fazer renda e horas de voo, não foi viável. Mas seu eu fosse um cara que quer ter um avião só pra passear, teria sido uma ótima.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo com a sua análise

Ser o dono de algo, garante uma série de vantagens.

Irá ter um avião a sua disposição 100% do tempo, além de que vc saberá exatamente o que foi feito ou não na sua manutenção.

Além de toda uma satisfação que vai para o lado subjetivo.

Agora qd cheguei esse valor foi Tb por causa dos provisionamentos para as revisões mais pesadas

Se não provisionar, aí fica mais leve a gastança.

 

Outra coisa, que Tb observo como curioso, é a baixa liquidez na hora de vender.

Vejo anúncios de vários anos nos sites especializados.

Dependendo do uso dos sócios, uma propriedade compartilhada seria algo interessante Tb

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo com a sua análise

Ser o dono de algo, garante uma série de vantagens.

Irá ter um avião a sua disposição 100% do tempo, além de que vc saberá exatamente o que foi feito ou não na sua manutenção.

Além de toda uma satisfação que vai para o lado subjetivo.

Agora qd cheguei esse valor foi Tb por causa dos provisionamentos para as revisões mais pesadas

Se não provisionar, aí fica mais leve a gastança.

 

Outra coisa, que Tb observo como curioso, é a baixa liquidez na hora de vender.

Vejo anúncios de vários anos nos sites especializados.

Dependendo do uso dos sócios, uma propriedade compartilhada seria algo interessante Tb

 

A propriedade compartilha é algo bem comum no setor, acho que se seu uso é pouco, vale muito a pena. Porque diluindo os custos fixos, fica algo bem razoável um aviãozinho desse porte.

 

Tem que analizar também qual a missão a ser feita. Dependendo da distância a ser voada, um Corisco é bem mais negócio do que um Tupi ou um 172. Em uma conta de guardanapo, passou de umas 250nm, o Corisco sai mais barato e mais confortável. Tenho um amigo que começou com um 172, fazia rotineiramente uma viagem que dava 8h de voo, fez as contas e passou para um Bonanza, que faz na metade do tempo, com a hora de voo custando o dobro. Resultado, tem o mesmo gasto, com muito mais conforto e mais segurança. Então tudo depende muito de qual vai ser o uso do avião também.

Share this post


Link to post
Share on other sites

×
×
  • Create New...