Jump to content

Ethiopian B767 Diverts and lands with no fuel?


sinico.aeronauta

Recommended Posts

Parece que aconteceu esse incidente hoje, mais informaçoes aqui: https://www.facebook.com/RegionalAirTanzania

 

 

 

Rumor on Facebook : Ran out of fuel !
.................................................. ..

Date: 18-DEC-2013
Time: 13:15
Boeing 767-383ER
Owner/operator: Ethiopian Airlines
Registration: ET-AQW
C/n / msn: 24476/274
Fatalities: Fatalities: 0 / Occupants:
Other fatalities: 0
Airplane damage: Minor
Location: Arusha Airport (ARK/HTAR) - Tanzania
Phase: Landing
Nature: International Non Scheduled Passenger
Departure airport: Addis Ababa-Bole Airport (ADD)
Destination airport: Zanzibar-Kisauni Airport (ZNZ/HTZA)

Narrative:

Ethiopian Airlines flight ET-815 from Addis Ababa-Bole Airport (ADD) to Zanzibar-Kisauni Airport (ZNZ) via Kilimanjaro Airport (JRO) diverted to Arusha Airport (ARK).
Reasons for the diversions are unknown. The airplane turned left at the end of the runway and departed the paved surface. It came to rest in the grass with the main wheels just off the pavement.
Unconfirmed reports say the airplane could not land at Kilimanjaro and was forced to land at Arusha.
Arusha has a single runway, 09/27, 1631 meters long.

 

1508542_778942725454984_2103949977_n.jpg

 

1470222_646838212025761_1639968360_n.jpg

 

1504055_10153632296195182_164991297_n.jp

Link to comment
Share on other sites

Putz!!! Levaram combustível sem considerar alternado viável?? Deve rolar café com rosquinhas pra alguém em Addis Ababa...

 

E pra esse 763 decolar depois dos reparos numa pista de 1631m????

Link to comment
Share on other sites

Realmente um incidente bem "estranho", pois é um voo tranquilo esse, em que geralmente é feito fuel tankering(pelo menos no 737) pois o preço do combustível em ADD sempre é mais barato que no resto da Africa. Esse voo normalmente é feito pelo 737 ou Q-400 e às vezes saí de 767 também, mas é menos usual. O aeroporto de Arusha não é um aeroporto comercial para a ETH não existe voo regular para ele, e o mesmo está a apenas 31 nm do Kilimanjaro (JRO).
Vamos aguardar novas informações, não gosto de palpitar em incidentes/acidentes....boa sorte aos colegas involvidos!!!

Link to comment
Share on other sites

atualizaçao do incidente:

 

 

 

The airline confirmed the aircraft diverted because a Cessna was disabled on the runway of Kilimanjaro, however, did not explain why the aircraft diverted to Arusha (27nm from Kilimanjaro Airport) with too short a runway rather than diverting to Mombasa (Kenya, 154nm from Kilimanjaro) or Nairobi (Kenya, 127nm from Kilimanjaro) featuring suitable runways.

 

http://avherald.com/h?article=46d32419&opt=0

Link to comment
Share on other sites

eu escrevi contemporaneamente uma e-mail para o Simon do avherald.com e ele me respondeu dizendo:

 

 

 

Hello, Daniel,

thanks a lot for your pointer, see our coverage at:

http://avherald.com/h?article=46d32419

What I heard so far from a listener on frequency it appears they were
believing to land in Kilimanjaro, so basically confused the airports. It
needs to be seen however whether this report turns out accurate, but it is a
plausible scenario. I consider it less plausible that they intentionally
diverted to Arusha with Nairobi so close, they may have been short on
protecting their final fuel reserve but I don't think they need to put it
down NOW.

Kind regards
Simon Hradecky
The Aviation Herald
http://avherald.com

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 3 weeks later...

Bom, a decolagem foi mesmo bem legal. Eu queria estar lá na hora para ouvir o barulhão todo.

 

Mas enfim, quanto tempo a aeronave ficou lá? Pelo que notei removeram toda a pintura da Ethiopian. Ficou engraçado o 767 albino.

 

Quanto a decolagem, o procedimento foi bem parecido com a decolagem em CGH: segura os freios até o motor atingir o 100%. Mas pelo audio dá para notar que eles fizeram isso várias vezes. Será que para testar? Haviam será algo nos motores? Porque o som deles está bem estranho para o motor de um 767.

Link to comment
Share on other sites

Bom, a decolagem foi mesmo bem legal. Eu queria estar lá na hora para ouvir o barulhão todo.

 

Mas enfim, quanto tempo a aeronave ficou lá? Pelo que notei removeram toda a pintura da Ethiopian. Ficou engraçado o 767 albino.

 

Quanto a decolagem, o procedimento foi bem parecido com a decolagem em CGH: segura os freios até o motor atingir o 100%. Mas pelo audio dá para notar que eles fizeram isso várias vezes. Será que para testar? Haviam será algo nos motores? Porque o som deles está bem estranho para o motor de um 767.

 

Ficou dois dias por lá.

Link to comment
Share on other sites

Bom, a decolagem foi mesmo bem legal. Eu queria estar lá na hora para ouvir o barulhão todo.

 

Mas enfim, quanto tempo a aeronave ficou lá? Pelo que notei removeram toda a pintura da Ethiopian. Ficou engraçado o 767 albino.

 

Quanto a decolagem, o procedimento foi bem parecido com a decolagem em CGH: segura os freios até o motor atingir o 100%. Mas pelo audio dá para notar que eles fizeram isso várias vezes. Será que para testar? Haviam será algo nos motores? Porque o som deles está bem estranho para o motor de um 767.

 

 

Será que os motores não são PW 4460?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade