Jump to content

DHL abrirá terminal próprio no Aeroporto de Viracopos


Cassio.Fernandes

Recommended Posts

A multinacional alemã de logística DHL pretende inaugurar em maio um terminal no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), para auxiliar as operações da companhia no Brasil. O terminal vai permitir a ampliação do volume de operações no País, inclusive com a adoção de aeronaves da própria frota da DHL. Atualmente o transporte de mercadorias com o exterior é realizado por meio de aviões de empresas parceiras.

As informações foram dadas pela alta cúpula da DHL durante entrevista coletiva realizada na capital paulista, com a presença do CEO mundial da companhia, Frank Appel. A DHL já possui terminais nos aeroportos de Guarulhos, na Grande São Paulo, e no Galeão, Rio de Janeiro. A empresa, no entanto, não divulgou o volume de investimentos, apenas informou que a maior parte decorre da contratação de funcionários e emprego de frota aeronáutica própria.

A necessidade de ter um novo terminal em São Paulo decorre da estratégia da empresa realizar o desembaraço alfandegário dos produtos no próprio Estado de destino da carga, ou o mais próximo possível do local da entrega. Desse modo, a DHL acelera o processo logístico, informou o CEO da DHL Express, Joakim Thrane. "O terminal em Viracopos faz parte do plano de expansão da empresa no Brasil e vai cuidar dos volumes que o terminal de Guarulhos não suporta sozinho", disse.

A DHL já tem um galpão logístico no Aeroporto de Campinas. A operação funciona 24 horas por dia. Os terminais paulistas vão servir de suporte para as operações nos Estados vizinhos, mas também para as entregas em todo o País, pois São Paulo atua como porta de entrada de boa parte da carga que chega ao Brasil dos Estados Unidos e da Europa.

Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/dhl-abrir%C3%A1-terminal-pr%C3%B3prio-aeroporto-viracopos-153400259--finance.html

Que venha as aeronaves amarelinhas :D

Link to comment
Share on other sites

De avião próprio, DHL terá nova base em Viracopos


Companhia passa a operar novo gateway no interior paulista a partir de maio, quando também inicia voos regulares próprios


O Aeroporto de Viracopos, em Campinas, foi o local escolhido pela empresa de logística e serviços expressos DHL para o início de uma nova etapa de sua operação no País.


Ontem, o presidente global da companhia alemã, Frank Appel, anunciou para maio a abertura de um terminal exclusivo de movimentação de cargas no interior paulista, instalação que vai permitir a operação da empresa também com aeronaves próprias.


A companhia não divulgou o investimento feito no novo terminal. Appel explicou que o novo gateway da DHL contará com a estrutura alfandegária necessária para tornar mais ágil a entrada e saída das mercadorias operadas pela empresa.


Hoje, a companhia mantém um centro de operações em Campinas com bem menos recursos. “Teremos aviões próprios, um local próprio no aeroporto, prédio e pessoal próprio dentro de um aeroporto que tem tradição e estrutura de carga adequada à demanda”, disse o executivo. Inicialmente, o voo regular de cargas da empresa terá procedência dos Estados Unidos e concentrará a maior parte da demanda da América do Norte, que hoje é compartilhada em aeronaves de terceiros.


A exemplo do já que acontece nos centros de logística da DHL que funcionam nos aeroportos de Guarulhos (SP) e Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio — o novo terminal da companhia em Viracopos funcionará todos os dias da semana, sem interrupção.


“É uma operação de 24 horas com toda uma nova equipe. Os voos partem daqui para to do o País”, explicou Joakim Thrane, CEO da DHL Express do Brasil, braço de entregas rápidas da companhia e responsável pelo desenvolvimento do projeto em Viracopos.


“Para nós sempre vai ser mais interessante operar com os parceiros dentro do País, sobretudo pela questão de escala e horários que eles têm. E é dos aeroportos de São Paulo que saem os voos para quase todo Brasil”, acrescentou.


Em cargas aéreas internacionais, Guarulhos e Viracopos concentram 90% do volume de tudo que entra e sai do País. A previsão de aumento na demanda em função da Copa do Mundo, em junho e julho, deve representar o primeiro grande teste da DHL em sua nova estrutura em Viracopos.


O evento esportivo, aliás, tem aumentado a preocupação d empresa no que diz respeito ao fluxo de entregas dentro do País, já que a malha aérea e a disposição dos slots nos aeroportos será alterada no período da competição.


“Nós já prevemos um período difícil e estamos conversando sobre isso com nossos clientes. Será preciso ter maior flexibilidade e, talvez, prazos um pouco maiores nas entregas”, ponderou Cindy Haring, CEO da área de Global Forwarding no País.




eysmkrcz4uoh0z2c7lo4fsffh.jpg

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade