Jump to content

Rio ampliará oferta de voos em 45% na Copa


Dilson Rig

Recommended Posts

Malha aérea nacional terá reforço de 16 mil decolagens

 

RIO - A cidade do Rio de Janeiro terá um incremento de 45% nos voos durante a Copa do Mundo de 2014. Serão, no total, 8.656 decolagens entre os dias 11 de junho e 14 de julho nos aeroportos Santos Dumont e Galeão. A nova malha aérea, aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), será anunciada oficialmente hoje pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que reúne TAM, Gol, Azul e Avianca. Nas 12 cidades que receberão os jogos, serão 16 mil novos voos no período, totalizando 67.779 movimentos, crescimento de 31% na comparação com a malha original.

Durante esse período, a Abear estima que serão transportados 7,2 milhões de passageiros. No cálculo, a organização considera deslocamentos até 36 horas antes e depois de cada partida. O número total de voos ainda pode ser maior. De acordo com Adalberto Febeliano, consultor técnico da Abear, voos extras deverão ser alocados durante o mundial, para atender a cidades que sediarão jogos mais concorridos:

— Não sabemos ainda quem chegará às oitavas de final. Então, dependendo dos times que disputarão os jogos, certamente teremos que colocar mais voos.

 

O reforço na malha está em vigor desde janeiro, mas até agora os destinos de cada voo não tinham sido divulgados. Como os bilhetes dos voos adicionais já vêm sendo comercializados desde janeiro, o detalhamento da malha não levará necessariamente a uma queda de preço. A dica de Febeliano, porém, é que o torcedor não deixe para comprar a passagem em cima da hora.

— A tendência é que as passagens subam com a proximidade do mundial.

O maior número de voos para o Rio vai representar uma alta de 11% na oferta de assentos, para 881.602, durante a Copa. Brasília é a cidade que terá o maior aumento no número de decolagens (64,1%), e São Paulo, com aumento de 31,6% dos voos, será o destino com maior oferta de poltronas: 2,8 milhões. Essas três cidades concentram a oferta de voos, segundo Febeliano, porque servirão de conexões com outros municípios.

As cidades do Nordeste, como Fortaleza e Natal, também ganharão muitos voos (61% e 48%, respectivamente), pois o fluxo de turistas para as duas capitais tende a ser intenso mesmo nos dias em que não haverá jogos.

 

http://oglobo.globo.com/economia/rio-ampliara-oferta-de-voos-em-45-na-copa-11854313

 

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade