Jump to content

TAAG Angola Airlines puts pan-African connectivity on B777-300ER fleet


sinico.aeronauta

Recommended Posts

incentivetravel.co.uk

 

TAAG Angola Airlines has become OnAir’s first Sub-Saharan African customer – line fitting its new B777-300ER fleet with Internet OnAir and Mobile OnAir. The airline will use Thales’ TopConnect to access OnAir’s inflight Wi-Fi and mobile phone services on its new fleet, to be delivered from May 2014.

OnAir offers a consistent, reliable service across Africa and all the routes the airline flies, thanks to the widest-reaching network of regulatory approvals and the largest and most geographically diverse number of roaming agreements of any provider.

With authorizations from over 100 countries and more than 375 roaming agreements, OnAir provides consistent coverage on all the major routes across the world. In addition, OnAir uses Inmarsat’s SwiftBroadband satellite network, the only network to provide worldwide coverage.

“TAAG is an ambitious airline, leading the modernization of air transport in Angola,” said Captain Lourenço Manuel Gomes Neto, Executive Vice President Operations, TAAG Angola Airlines. “OnAir connectivity, in the form of inflight Wi-Fi and GSM, gives our passengers the freedom to stay in touch with the world outside the aircraft, strongly enhancing their experience. The worldwide service reliability is particularly important, given the routes we fly across from and across Africa.”

Passengers flying on TAAG Angola’s B777-300ER will experience the full benefits of OnAir connectivity. The inflight Wi-Fi solution, Internet OnAir, enables passengers to email, update their social media, and browse news sites. Like a Wi-Fi hotspot on the ground, passengers only need to log on and their enter credit card details before they are free to surf the Internet.

Passengers can also use OnAir’s inflight GSM product, Mobile OnAir, to email, text, talk, and use their mobile apps as they please. Charges are included in the user’s monthly phone bill, exactly like using international roaming.

“This new deal with TAAG Angola Airlines shows that cabin connectivity is now a truly global market,” said Ian Dawkins, CEO of OnAir. “We are in the strongest position to make inflight connectivity a truly worldwide phenomenon, given the breadth and depth of our regulatory and roaming agreement networks. On top of SwiftBroadband’s consistency across the world, this means we can offer an uncompromised service to all airlines, wherever they might be.”

Link to comment
Share on other sites

José G., aqui vai um video pra voce(s):

 

 

 

Muito obrigado, sinico.aeronauta.

 

 

O vídeo foi gravado no mesmo dia da foto acima. Brevemente D2-TEI estará voando pelos céus brasileiros.

 

Sabe dizer quantos 77W a TAAG ainda vai receber? Eu lembro, não sei se estou enganado, mas a TAAG fez uma encomenda adicional de 2 T7, este do vídeo e mais um. Mas como eu falei, não tenho certeza.

 

Abração.

Link to comment
Share on other sites

Mais um bônus. Esta foto abaixo, seria a pintura adotada pela TAAG ao receber seu 1º T7, mas logo após a entrega do jato, a cia angolana resolveu mudar para pintura que já conhecemos hoje.

Para quem não sabia, segue a foto.

 

1123941.jpg

Link to comment
Share on other sites

[OFF TOPIC]

 

A Air India também já rejeitou de última hora uma nova imagem corporativa. Foi em 2007, e chegaram a pintar o primeiro 777-200LR da Empresa com as novas cores, que foram trocadas pela pintura atual da empresa

 

2118451.jpg

 

No final dos anos 80 aconteceu a mesma coisa. A Air India adotou uma nova pintura (que eu acho horrível) que foi abortada pouco tempo depois. Uma pequena parcela de jumbos da frota chegou a ostentá-la por alguns anos:

 

0154959.jpg

 

1026828.jpg

Link to comment
Share on other sites

O esquema novo da TAAG seria legal e não deixaria de ter os atributos "patrioticos". Não sei porque abortaram (não lembro se houve alguma justificativa na época). Agora essas da Air India eram terríveis, meu deus.

Link to comment
Share on other sites

[OFF TOPIC]

 

A Air India também já rejeitou de última hora uma nova imagem corporativa. Foi em 2007, e chegaram a pintar o primeiro 777-200LR da Empresa com as novas cores, que foram trocadas pela pintura atual da empresa

 

 

 

No final dos anos 80 aconteceu a mesma coisa. A Air India adotou uma nova pintura (que eu acho horrível) que foi abortada pouco tempo depois. Uma pequena parcela de jumbos da frota chegou a ostentá-la por alguns anos:

 

 

 

 

[OFF TOPIC]

 

A Air India também já rejeitou de última hora uma nova imagem corporativa. Foi em 2007, e chegaram a pintar o primeiro 777-200LR da Empresa com as novas cores, que foram trocadas pela pintura atual da empresa

 

 

No final dos anos 80 aconteceu a mesma coisa. A Air India adotou uma nova pintura (que eu acho horrível) que foi abortada pouco tempo depois. Uma pequena parcela de jumbos da frota chegou a ostentá-la por alguns anos:

 

 

 

 

Obrigado, Nicholas, pela contribuição.

Ainda bem que a Air India não adotou o esquema antigo, era horrível.

Para ser franco, nem da atual eu gosto muito.

Por exemplo,o 787 não fica bonito nas cores da Air India, apesar de ser uma aeronave linda.

 

Abração.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade