Jump to content

Etihad endurece postura em acordo para investir na Alitalia


leelatim

Recommended Posts

Etihad endurece postura em acordo para investir na Alitalia, dizem fontes

 

quinta-feira, 17 de abril de 2014 10:19 BRT Imprimir [-] Texto [+]

ROMA, 17 Abr (Reuters) - A Etihad Airways endureceu sua postura em relação às condições para investir na combalida companhia aérea italiana Alitalia , mas as conversas continuam, disseram fontes nesta quinta-feira.

 

"A posição do grupo árabe endureceu, alguns problemas ficaram muito mais ressaltados do que antes", disse uma fonte próxima ao assunto.

 

Uma fonte do governo, porém, disse que os desenrolares podem ser superados. "O governo está contando com uma solução", disse a fonte.

 

O jornal italiano Il Messaggero divulgou nesta quinta-feira que um acordo entre as duas companhias aéreas estava descartado já que as condições não teriam sido atendidas.

 

Um porta-voz da Etihad não quis comentar. A Alitalia também não quis dar comentários.

 

"Isso faz parte das negociações ... de modo algum significa que o acordo acabou. Eles só colocaram condições duras ao acordo", disse uma fonte baseada nos Emirados Árabes.

 

A Etihad disse anteriormente que investiria na companhia aérea italiana apenas se ela se encaixasse em sua rede e se a Alitalia tivesse um plano crível para voltar ao lucro.

 

A Etihad, sediada em Abu Dhabi, tem analisado a contabilidade da Alitalia para um possível investimento desde o começo do ano.

 

Mas a expectativa de grandes cortes de pessoal e uma dívida de pelo menos 800 milhões de euros (1,1 bilhão de dólares) da Alitalia têm sido grandes obstáculos nas conversas.

 

(Por Valentina Consiglio, Paola Arosio e Praveen Menon)

Link to comment
Share on other sites

O mesmo país que nega quinta-liberdade para a EK espera que uma empresa de lá salve a AZ, que coisa não?! :rolleyes:

 

Mas a Etihad está fazendo certo. Sem um plano de negócios a empresa pode representar para a Etihad o que a Sabena representou para o SAirGroup. Aliás muitos comparam a estratégia da Etihad com o da Swissair.

 

E analisando bem, a dívida da AZA é pequena em relação ao faturamento (33%). A DL tinha em 2002 dívida que era 80% das vendas, a JAL em 2010 era 130%, enquanto que a Varig em 2006 era próxima de 200%. O problema é o fluxo de caixa.

Link to comment
Share on other sites

Uma salvação para as empresas que fizeram sua imagem sem degradar o mercado com táticas promíscuas, sería o governo de cada bandeira impedir a quinta-liberdade.

Veremos para onde vão as empresas do Oriente Médio.

 

Att,

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade