Jump to content

Funcionários da Latam ameaçam greve durante a Copa por reajuste salarial.


Dilson Rig

Recommended Posts

Tá virando piada.....

 

 

Trabalhadores pedem correção salarial de 8% e aumento de 10% no vale-refeição; TAM nega risco oficial de paralisação

Os funcionários da empresas aéreas LAN e TAM no Brasil, que formam o grupo Latam, amaeçam entrar em greve durante a Copa, caso as negociações para reajuste salarial não tenham prosseguimento. É o que afirma Sergio Dias, presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac/CUT).

"O sindicato patronal interrompeu as negociações e as propostas não evoluíram. Planejamos uma greve durante a Copa caso essa situação não seja resolvida", afirma Dias.

A categoria pede um reajuste salarial de 8% e um aumento de 10% no vale-refeição.

Segundo o sindicalista, os trabalhadores temem que as "mesmas práticas irregulares" vistas no Peru, Colômbia e Argentina ocorram também no Brasil. "Os peruanos, por exemplo, recebem metade do salário dos chilenos", reforça Dias.

Nesta segunda (12), os trabalhadores estão reunidos em um seminário no Rio de Janeiro para discutir o problema da classe trabalhadora. O encontro se estenderá até esta terça-feitra (13), segundo o presidente da Fentac. Procurada, a TAM informa que não há ameaça oficial de greve neste momento.

http://economia.ig.com.br/2014-05-12/funcionarios-da-latam-ameacam-greve-durante-a-copa-por-reajuste-salarial.html

 

Link to comment
Share on other sites

Funcionários da Latam ameaçam greve durante a Copa por reajuste salarial

Por Patrícia Basilio - iG São Paulo | 12/05/2014 21:39 - Atualizada às 12/05/2014 21:45

Texto

6 pessoas lendo

0

Comentários

 

 

Trabalhadores pedem correção salarial de 8% e aumento de 10% no vale-refeição; TAM nega risco oficial de paralisação

 

Os funcionários da empresas aéreas LAN e TAM no Brasil, que formam o grupo Latam, amaeçam entrar em greve durante a Copa, caso as negociações para reajuste salarial não tenham prosseguimento. É o que afirma Sergio Dias, presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac/CUT).

 

 

 

"O sindicato patronal interrompeu as negociações e as propostas não evoluíram. Planejamos uma greve durante a Copa caso essa situação não seja resolvida", afirma Dias.

 

 

Getty Images

A TAM informa que não há ameaça oficial de greve neste momento

A categoria pede um reajuste salarial de 8% e um aumento de 10% no vale-refeição.

 

Segundo o sindicalista, os trabalhadores temem que as "mesmas práticas irregulares" vistas no Peru, Colômbia e Argentina ocorram também no Brasil. "Os peruanos, por exemplo, recebem metade do salário dos chilenos", reforça Dias.

 

Nesta segunda (12), os trabalhadores estão reunidos em um seminário no Rio de Janeiro para discutir o problema da classe trabalhadora. O encontro se estenderá até esta terça-feitra (13), segundo o presidente da Fentac.

 

Procurada, a TAM informa que não há ameaça oficial de greve neste momento.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade