Jump to content

Cumbica abandonara ‘Conceito Europeu’ e instalará assento em novo terminal.


PP-CJC

Recommended Posts

Boa noite amigos Forenses.

 

Cumbica abandonara ‘Conceito Europeu’ e instalará assento em novo terminal.

 

Fonte – portal UOL – São Paulo – Ricardo Gallo – 14/05/2014 04h00

 

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1454032-cumbica-abandonara-conceito-europeu-e-instalara-assentos-em-novo-terminal.shtml

 

Abraços

 

PP-CJC

Link to comment
Share on other sites

Lembro que quando entrei no aeroporto Dulles em DC me estranhou mt a ausência de bancos e pessoas circulando antes da área de segurança. Na verdade, a maioria dos brasileiros só se dirige ao embarque já em cima da hora (isso é uma percepção minha). Famílias no aeroporto eh algo comum, afinal o brasileiro médio voa poucas vezes, o q faz daquilo um "evento". Tem que se achar um meio termo aí.

 

 

Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Cumbica abandonara ‘Conceito Europeu’ e instalará assento em novo terminal.
Fonte – portal UOL – São Paulo – Ricardo Gallo – 14/05/2014 04h00
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1454032-cumbica-abandonara-conceito-europeu-e-instalara-assentos-em-novo-terminal.shtml

Depois de reclamações dos passageiros, o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), instalará assentos nas áreas públicas do terminal 3, que começou a funcionar no domingo.

Os assentos serão destinados a deficientes, gestantes e idosos –não a todos os passageiros, segundo a concessionária GRU Airport, que administra o aeroporto.

O número de assentos ainda não está definido. Segundo o aeroporto, a instalação acontecerá até o final da semana.
Diferentemente dos terminais 1, 2 e 4, o recém-aberto terminal 3 não tem nenhum assento nas áreas públicas de embarque e desembarque, inspirado em conceito de aeroportos europeus.

A ideia é que o terminal tenha grandes espaços livres para facilitar o acesso de passageiros à área restrita, onde há centenas de assentos.
Mas a proposta esbarrou em uma característica dos passageiros brasileiros, que levam familiares para se despedir ou para os recepcionar.

Adriano Vizoni/Folhapress
141347.jpeg
Saguão do terminal 3 de Cumbica, que não tem assentos

Na manhã do domingo, por exemplo, um grupo de 30 pessoas de Taubaté foi ao terminal esperar a matriarca da família que vinha do exterior. Uma das pessoas reclamou da falta de bancos.

Sem assentos no terminal 3, houve quem se sentasse no chão nos primeiros dias ou encostasse nos guarda-corpos de vidro, nos saguões de embarque e de desembarque.

O ministro Moreira Franco (Aviação Civil) visitou ontem o terminal 3. Segundo ele, com a operação da nova ala, Cumbica "será um dos melhores aeroportos do Brasil".

Três empresas aéreas operam no local, todas internacionais. Até a Copa do Mundo, serão oito. A maioria se mudará depois do torneio.

AEROPORTOS

Ontem, a presidente Dilma Rousseff (PT) disse, em entrevista, que os "estádios e aeroportos" da Copa estão "encaminhados".

"Acho que a Copa do Mundo no Brasil tem todas as condições para ser um sucesso", disse a presidente, em entrevista em Jati (CE), onde visitou obras de transposição do rio São Francisco.

Colaboraram ANDRÉ UZÊDA, enviado especial a Jataí(CE) PATRÍCIA BRITTO, de São Paulo

 

por políticas de "copyright" que datam 1999 e internet rápida era com modem 56,600 kbps que eu vejo o estadão usando minha conta do google.

Link to comment
Share on other sites

Essa história de "padrão europeu" não tem nada a ver. Nunca vi nenhum aeroporto aqui na Europa sem bancos na aérea pública. Posso estar enganado, mas a impressão que tive ao ler isso no fim de semana foi que eles queriam forçar as pessoas a cruzarem a área de segurança mais rápido e assim passar mais tempo nas lojas!

Link to comment
Share on other sites

Essa história de "padrão europeu" não tem nada a ver. Nunca vi nenhum aeroporto aqui na Europa sem bancos na aérea pública. Posso estar enganado, mas a impressão que tive ao ler isso no fim de semana foi que eles queriam forçar as pessoas a cruzarem a área de segurança mais rápido e assim passar mais tempo nas lojas!

 

Claríssimo que esse é o ponto, até porque as "atrações" estou por baixo da lona do circo (brincadeirinha....).

Link to comment
Share on other sites

Mas o correto é fazer com que as pessoas se dirijam à area de embarque o mais rápido possível. A área pública é somente para fazer o check-in e desembarque. O correto é o passageiro ficar aguardando na área de embarque mesmo.

Link to comment
Share on other sites

Mas o correto é fazer com que as pessoas se dirijam à area de embarque o mais rápido possível. A área pública é somente para fazer o check-in e desembarque. O correto é o passageiro ficar aguardando na área de embarque mesmo.

Ai vamos supor no meu caso, minha casa esta aproximadamente 01:30 de GRU e como preciso atravessar a marginal, prefiro sair daqui com 04:00 de antecedência, sendo 01:00 antes do check in, 01:30 da distância de deslocamento e mais uma gordurinha de 01:30 para compensar o trânsito tão comum nas vias de acesso, porém justamente neste dia não encontro trânsito algum e chego muito cedo no aeroporto, sendo levado pelo meu pai (que é aposentado e também gosta muito de aviação, sempre me faz o favor de me deixar nos aeroportos). Pelo seu ponto de vista eu já deveria fazer o check in e aguardar na sala de embarque, porém prefiro ficar no saguão conversando com meu pai do que simplesmente ficar isolado dentro de uma sala de embarque. ..

 

Abs!

Link to comment
Share on other sites

Ai vamos supor no meu caso, minha casa esta aproximadamente 01:30 de GRU e como preciso atravessar a marginal, prefiro sair daqui com 04:00 de antecedência, sendo 01:00 antes do check in, 01:30 da distância de deslocamento e mais uma gordurinha de 01:30 para compensar o trânsito tão comum nas vias de acesso, porém justamente neste dia não encontro trânsito algum e chego muito cedo no aeroporto, sendo levado pelo meu pai (que é aposentado e também gosta muito de aviação, sempre me faz o favor de me deixar nos aeroportos). Pelo seu ponto de vista eu já deveria fazer o check in e aguardar na sala de embarque, porém prefiro ficar no saguão conversando com meu pai do que simplesmente ficar isolado dentro de uma sala de embarque. ..

 

Abs!

 

Isso sem contar as empresas internacionais que, as vezes, abrem o check in apenas 3h antes do voo. E o que acontece com o cidadao que digamos veio de conexao num voo que chegou bem antes? Vai sentar nos calcanhares? :lol: :lol:

Link to comment
Share on other sites

Ai vamos supor no meu caso, minha casa esta aproximadamente 01:30 de GRU e como preciso atravessar a marginal, prefiro sair daqui com 04:00 de antecedência, sendo 01:00 antes do check in, 01:30 da distância de deslocamento e mais uma gordurinha de 01:30 para compensar o trânsito tão comum nas vias de acesso, porém justamente neste dia não encontro trânsito algum e chego muito cedo no aeroporto, sendo levado pelo meu pai (que é aposentado e também gosta muito de aviação, sempre me faz o favor de me deixar nos aeroportos). Pelo seu ponto de vista eu já deveria fazer o check in e aguardar na sala de embarque, porém prefiro ficar no saguão conversando com meu pai do que simplesmente ficar isolado dentro de uma sala de embarque. ..

 

Abs!

 

O correto é ir para a área de embarque. Lá que passageiro deve aguardar. As demais áreas do aeroporto são somente de trânsito.

 

Além disso, esse caso seria uma exceção e uma empresa não pode fazer seu planejamento com base nisso. Em 90% dos casos as pessoas chegam com 1 ou 2h de antecedência do voo no máximo.

 

 

Isso sem contar as empresas internacionais que, as vezes, abrem o check in apenas 3h antes do voo. E o que acontece com o cidadao que digamos veio de conexao num voo que chegou bem antes? Vai sentar nos calcanhares? :lol: :lol:

 

 

Passageiros em conexão ficam na própria área de embarque, não há motivos para sair dali, só se o sujeito gostar muito de passar por raio-x, PF e afins.

Link to comment
Share on other sites

Nao, se um pax faz por ex: CNF-GRU-DXB e chega 5-6h antes do trecho internacional em GRU(por n fatores, inclusive financeiros), a EK só vai abrir o check in 3-4h antes do voo de qualquer forma, esse pax vai ficar 1-2h em pe do lado de fora esperando?

 

 

Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Em aeroportos americanos onde já estive não há virtualmente nada antes da área de embarque... passada o check de segurança e ingressando na área de embarque, aí há literalmente tudo!!!

 

A coisa é bem essa, por lá aeroporto é lugar para quem vai embarcar ou desembarcar... e para estas pessoas tem tudo... na área de embarque / desembarque.

 

Eu prefiro o modelo onde existem opções de compra, alimentação e etc para quem vai acompanhar os passageiros, ou esperar alguém que esteja chegando.... e podes crer que estas lojas e lanchonetes são as que mais vendem.

 

Então nesse caso é necessário sim ter os tais bancos.

 

Ozires

Link to comment
Share on other sites

Nao, se um pax faz por ex: CNF-GRU-DXB e chega 5-6h antes do trecho internacional em GRU(por n fatores, inclusive financeiros), a EK só vai abrir o check in 3-4h antes do voo de qualquer forma, esse pax vai ficar 1-2h em pe do lado de fora esperando?

 

Pois é, acho que com a Turkish, AC é a mesma coisa (ficam naquela área de check-in compartilhada)

 

Da última vez com AC (TAM até GRU), desembarquei, e tive que tomar chá de cadeira lá até o check-in abrir

Link to comment
Share on other sites

Essa história de "padrão europeu" não tem nada a ver. Nunca vi nenhum aeroporto aqui na Europa sem bancos na aérea pública. Posso estar enganado, mas a impressão que tive ao ler isso no fim de semana foi que eles queriam forçar as pessoas a cruzarem a área de segurança mais rápido e assim passar mais tempo nas lojas!

Há 2 anos estive em Barajas (Madrid): não no terminal novo, no antigo na área das Low Cost e não tinha um único banco sequer! Antes de embalar uma das malas, sentei no chão (beeem limpo), como outras centenas de pessoas e fiz o transbordo de coisas de uma mala para outra. Fez muita falta um conjunto de 3 bancos. Mas era muita gente no chão.

Já na área das grandes européias, dentro do espaço Schengen, tinha bancos, porém muito poucos e todos super ocupados.

Só consegui sentar em um restaurante, mas ai a vista compensou tudo...

 

Faz falta banco sim!

 

Dúvida: mesmo sendo de concessão à iniciativa privada, creio que ele deva entrar nas leis municipais, estaduais federais, certo? Ou há exceções?

E tem alguma lei que fala para ter bancos em espaço público?

Link to comment
Share on other sites

 

Passageiros em conexão ficam na própria área de embarque, não há motivos para sair dali, só se o sujeito gostar muito de passar por raio-x, PF e afins.

Ok... na próxima vez que eu chegar de um voo internacional, vou ficar na área de embarque internacional e quero que o avião do meu voo doméstico pare num finger da área internacional. Não vou nem passar pelo passport control e alfândega.

Link to comment
Share on other sites

A área de checkin das LCs em Barajas:

 

8150787764_a6f217ff7d_o.jpg

 

Na área de checkin das grandes europeias (poucos bancos, mais atrás):

 

8150763217_4d9421df11_o.jpg

 

Ah, e no embarque em Munique (perto dos vidros tinham mais bancos, bastante, no checkin eu não estive):

 

8099937131_ba00df01d8_o.jpg

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade