Jump to content
Sign in to follow this  
dudutbrito

Embraer KC-390

Recommended Posts

Meus prezados
Parceria entre Brasil e Portugal na área da defesa possibilitou escolha portuguesa pela compra de aviões da Embraer

No início de julho, o governo português de transporte aéreo multimissão, modelo KC390, da brasileira Embraer como parte do processo de modernização das capacidades da Força Aérea Portuguesa.
As aeronaves serão utilizadas como apoio às operações das Forças Armadas de Portugal e servirão também para aumentar a prontidão em missões de interesse público. As entregas estão programadas para começar em 2023.
De acordo com fonte do governo brasileiro, a opção de Portugal pelas aeronaves brasileiras acontece num momento importante em que o país europeu procura modernizar a sua capacidade de operação.
“Portugal está a estudar aumentar a sua frota de defesa há algum tempo. As conversações com a Embraer avançaram durante o governo Bolsonaro e foi possível fechar um acordo Embraer apresenta capacidades técnicas únicas no mercado atual e, após parceria entre Brasil e Portugal, a escolha por essas aeronaves foi um caminho natural. A Força Aérea Portuguesa revelou ter grandes expectativas em relação ao aparelho”, comentou essa mesma fonte, que armou que a iniciativa lusitana tem também um viés estratégico.
“A Embraer mantém instalações em Portugal e isso ajudou e muito na tomada de decisão por parte dos portugueses”, nalizou essa fonte que preferiu não se identicar. Para a Embraer, a venda dessas aeronaves para Portugal fortalece o comércio entre os dois países.
“A parceria industrial entre Portugal e a Embraer contribui para o desenvolvimento da engenharia e da representando mais de 300 milhões de euros em exportações por ano e milhares de empregos altamente qualificado”, defendeu Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.
Ele resalta ainda que “Portugal é o maior parceiro internacional do Programa KC-390 e a sua participação no desenvolvimento e na produção da aeronave é reconhecida como tendo tido um impacto econômico positivo na geração de empregos, novos investimentos, aumento de exportações e avanços tecnológicos”.
Recentemente, o governo português garantiu que a aeronave “cumpre os requisitos da Força Aérea Portuguesa”.
Investimento
Informações do governo de Portugal dão conta de como forma de “substituir os C-130 Hércules”, num investimento na ordem dos € 827 milhões, já previstos na Lei de Programação Militar (LPM) aprovada há algumas semanas. Conforme apurado, o “contrato inclui a aquisição de um simulador de voo e a manutenção das aeronaves com motores a jato – que vão operar a partir da base aérea do Montijo – nos primeiros 12 anos de vida”.
Modernidade e agilidade
De acordo com especialistas da área de defesa no Brasil, o KC-390 estabelece “novos padrões de eciência e produtividade na sua categoria, apresentando ao mesmo tempo o menor custo do ciclo de vida do mercado”.
Além disso, completam os para realizar “diversas missões militares e civis, incluindo apoio humanitário, evacuação médica, busca e salvamento e combate a incêndios orestais”, bem como apresenta “capacidades superiores de transporte e lançamento de carga e tropas, e reabastecimento em voo”.
Na opinião de Schneider, a compra dessas aeronaves por parte do governo de Portugal “é um passo muito relevante para consolidar a aeronave no mercado”.
“O KC-390 de Portugal atenderá a novos requisitos de interoperabilidade nas áreas de navegação segura, transmissão de dados e voz que permitirão ao KC-390 integrar operações conjuntas em alianças multinacionais nas quais Portugal está integrado. Estes requisitos, Aérea Portuguesa, permitirão ao KC-390 atender às necessidades de muitas outras nações em todo o mundo”, completou Schneider.
Certificação
O KC-390 recebeu o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil em 2018 e está já em plena produção em série. A entrada em serviço da aeronave está prevista para o terceiro trimestre de 2019 com a Força Aérea Brasileira (FAB), com mais entregas esperadas no decorrer do ano.
A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e é a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, Ásia e Europa, incluindo uma unidade em Évora.
Fonte: site e-Global Notícias em Português (PT) via Anderson Gabino site DefesaTV 29 jul 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

KC390, o game changer da Embraer - 12 anos do Programa, em imagens da Embraer e do Jornalista Roberto Valadares Caiafa (Edição)

 Durante o Paris Air Show 2019, o KC390 alcançou a sua maturidade enquanto programa, na esteira dos 50 anos da Embraer. Ao visitar a aeronave, e registrar a avançada aviônica Pro Line Fusion da Collins Aerospace instalada no cockpit do avião, ou o posto multimissão do 3º tripulante, contávamos uma parte da história de um avião que começou em 2007, com o lançamento do programa, passou por mudanças em 2009 quando foi confirmado na LAAD, evoluindo com muito trabalho até o roll out em outubro de 2014 do protótipo 01, que realizou seu primeiro voo em fevereiro de 2016.

Nos últimos três anos, o projeto realizou uma intensa e exigente campanha de ensaios que qualificaram o KC390 para transportar cargas militares e logísticas, paletizadas ou aerotransportadas / lançadas por paraquedas; lançamento de tropas paraquedistas ou transporte de infantaria e seu armamento individual; atuar como posto de gasolina voador reabastecendo caças da Força Aérea Brasileira nas missões de longo alcance e assim mantendo-os no ar por horas.

 O KC390 faz isso e muito mais. O avião é capaz de ressuprir unidades militares da Força Aérea em todo o território brasileiro, apoiar missões de paz no exterior, conduzir missões secretas de forças especiais, apoiar unidades do Exército e da Marinha do Brasil dentro e fora do território nacional, e prover a logística de combate estratégica a partir de Anápolis para qualquer ponto do continente.

 Essas são algumas das missões do KC390, um jato militar de transporte/reabastecimento em voo multimissão sofisticado, capaz e econômico, que chegou para transformar a forma de combater e operar da Aviação de Transporte da Força Aérea Brasileira!

Quando vi as portas do hangar em Gavião Peixoto abrirem-se e o KC390 sair, majestoso, junto com o frenesi do público convidado, tive uma certeza, esse avião marcaria uma nova época no seu nicho de mercado, algo conhecido como “game changer”.

O voo inaugural desse moderno bimotor de transporte tático-estratégico na faixa de até 23 toneladas significava não só uma nova fase da Aviação de Transporte da Força Aérea Brasileira, mas uma nova era no mercado de transporte militar pelo ar em todo o mundo. Maior avião já projetado e fabricado na América do Sul, o KC390 chegou a ALA 2 em Anápolis, no dia quatro de setembro de 2019, para inaugurar uma carreira operacional que promete quebrar diversos paradigmas cumprindo diversos tipos de missões com facilidade na mudança de configurações como há muito o mercado desejava, e com propulsão a jato.

Mais rápido com alta disponibilidade e manutenção de alta tecnologia que reduz custos, o KC390 alia completa suíte defensiva passiva/ativa de sensores e sistemas a capacidade de operar em pistas semi-preparadas em ambientes exigentes, incluindo operações na Antarctica.

 

 

 

 

Edited by jambock
eliminação de anúncio inicial

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posso estar falando besteira, mas com a nova safra de motores turbofan como o CFM LEAP (do A320neo e 737 Max), que são mais econômicos, mesmo que o KC-390 foi recém certificado, não seria possível considerar uma futura atualização de motores. Ou o IAE V2500 foi escolhido devido a sua extrema confiabilidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 11/13/2019 at 5:15 PM, Eduardo Mello said:

Posso estar falando besteira, mas com a nova safra de motores turbofan como o CFM LEAP (do A320neo e 737 Max), que são mais econômicos, mesmo que o KC-390 foi recém certificado, não seria possível considerar uma futura atualização de motores. Ou o IAE V2500 foi escolhido devido a sua extrema confiabilidade.

Realmente, o critério "economia" é da mais alta relevância. Se até o venerável B-52 está motivando estudos para substituir seus antiquados motores, por que o KC-390 não poderá estar sofrendo uma substituição dos IAE V2500 pelos CFM LEAP em um futuro próximo? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

Complementando o post do Ozires:

Embraer lança o C-390 Millennium, um avião de transporte militar multimissão

A Embraer anunciou hoje no Dubai Air Show o nome e a designação de sua aeronave de transporte multimissão, o Embraer C-390 Millennium. A nova designação reflete maior flexibilidade e valor para os operadores que procuram uma aeronave para realizar missões de transporte aéreo e mobilidade aérea, entre outros.

Em 2009, a Força Aérea Brasileira (FAB) contratou a Embraer para projetar, desenvolver e fabricar a aeronave em substituição à sua frota de C-130. As entregas para a FAB começaram em setembro passado.

O C-390 Millennium é um jato de transporte tático projetado para estabelecer novos padrões em sua categoria, apresentando o menor custo de ciclo de vida no mercado. Algumas das principais características da aeronave são: maior mobilidade, design robusto, maior flexibilidade, tecnologia de ponta comprovada e fácil manutenção.

Além disso, o C-390 Millennium pode executar uma variedade de missões, como transporte de carga e tropas, lançamento aéreo de cargas e paraquedistas, busca e salvamento, combate aéreo a incêndios, evacuação médica e missões humanitárias. A designação KC-390 será mantida para os clientes que optaram pela capacidade de reabastecimento aéreo.

“Com o C-390 Millennium, poderemos oferecer a solução adequada para nossos clientes, de acordo com suas necessidades específicas”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O C-390 é uma aeronave altamente capaz. Sua combinação incomparável de velocidade, carga útil e rápida reconfiguração para operações multimissão são os pilares de sua produtividade notável”.

Voando mais rápido e agregando mais valor, o Millennium é a plataforma ideal para os principais cenários de utilização de uma aeronave de transporte aéreo. Um número minimizado de inspeções e uma filosofia de manutenção sob demanda, combinados com sistemas e componentes altamente confiáveis, reduzem o tempo da aeronave no solo e os custos totais da operação, contribuindo para níveis de disponibilidade excelentes e baixo custo do ciclo 

Fonte: Aeroflap via CECOMSAER 18 nov 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

deixa ver se eu entendi: o KC-390 vira C-390 (nome do projeto) com o KC-390 virando "sub-versão" com reabastecimento em voo ?

Além da FAB, alguém pediu ele com essa função ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 hours ago, Nos-767 said:

deixa ver se eu entendi: o KC-390 vira C-390 (nome do projeto) com o KC-390 virando "sub-versão" com reabastecimento em voo ?

Além da FAB, alguém pediu ele com essa função ?

Entendeste bem: "A designação KC-390 será mantida para os clientes que optaram pela capacidade de reabastecimento aéreo"

    

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

C-390 Millennium.

 

Edited by jambock
Correção da palavra millennium

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

 Embraer C390 Millennium recebe o Laureate Awards na categoria “Best New Product” (Aviation Week Network)

Roberto Caiafa 

O Embraer C390 Millennium recebeu o Laureate Awards na categoria “Best New Product”, por ser a maior e mais sofisticada aeronave de defesa já produzida pela Embraer. O prêmio reconhece conquistas extraordinárias no cenário global aeroespacial.

A Aviation Week Network anunciou os vencedores do seu 63º Prêmio Laureate, honrando conquistas extraordinárias na arena aeroespacial global.

Os vencedores do Laureate Awards 2020 serão homenageados em 12 de março de 2020 no National Building Museum em Washington, DC, onde um Grand Laureate em cada uma das quatro categorias será nomeado dentre os vencedores.

“Esses vencedores, selecionados pelos editores da Aviation Week Network que revisaram dezenas de indicações, incorporam o espírito de exploração, inovação e visão que inspirará outras pessoas a se esforçarem por um amplo progresso na aviação, aeroespacial e defesa”, disse o Editor-chefe de Aviation Week & Space Technology, Joseph C. Anselmo. “Estamos ansiosos para honrá-los e anunciar os vencedores do Grand Laureate em março.”

As categorias de prêmios são Aviação Executiva, Aviação Comercial, Defesa e Espaço.
Além disso, a Semana da Aviação concederá o Prêmio Philip J. Klass de Realização ao Longo da Vida.

Quatro cadetes novatos das academias militares dos EUA serão reconhecidos como Líderes do Amanhã, homenageando jovens homens e mulheres que escolheram carreiras nas forças armadas.

Além do Prêmio Laureate, a Semana da Aviação reconhecerá os “20 Anos 20” em parceria com o Instituto Americano de Aeronáutica e Astronáutica (AIAA).

Este programa reconhece as realizações e a motivação de 20 estudantes de ciências, tecnologia, engenharia e matemática na faixa dos 20 anos e atualmente matriculados em um programa de mestrado ou bacharelado.

A Embraer venceu na categoria Melhor Novo Produto – Embraer C-390 Millennium – O primeiro avião-tanque / transporte C-390 Millennium, o maior e mais sofisticado avião já desenvolvido pela Embraer, foi entregue à Força Aérea Brasileira em 2019.

Fonte: Tecnologia e Defesa via CECOMSAER 20 nov 201'9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Embraer anuncia joint venture com Boeing para promover C-390 Millennium

Meus prezados
A Embraer anunciou nesta segunda-feira, 18, durante o Dubai Air Show, que sua aeronave de transporte multimissão se chamará Embraer C-390 Millennium.

Em 2009, a Força Aérea Brasileira (FAB) contratou a Embraer para projetar, desenvolver e fabricar a aeronave, em substituição à sua frota de C-130. As entregas para a FAB tiveram início em setembro.
Segundo a Embraer, o C-390 Millennium é um jato de transporte tático projetado para "estabelecer novos padrões em sua categoria", apresentando "o menor custo de ciclo de vida" no mercado.


A Embraer informou ainda a formação de uma joint venture com a Boeing para promover e desenvolver novos mercados para o C-390 Millennium. A joint venture, chamada Boeing Embraer - Defense, só começará a operar quando receber todas as aprovações regulatórias, disse a empresa.

Fonte: Estadão via CECOMSAER 19 nov 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

KC-390 completa testes de reabastecimento em voo

spacer.png

O cargueiro Embraer KC-390 da FAB completou os testes de reabastecimento em voo, segundo o site Airway.

Os testes com transferência de combustível diurnos e noturnos para jatos F-5 e A-1 foram realizados no último trimestre por equipes das bases aéreas de Canoas (ALA 3) e Santa Maria (ALA 4) no Rio Grande do Sul.

O KC-390, versão reabastecedora do recém batizado C-390 Millennium, pode reabastecer aeronaves através de duas sondas montadas sob as asas, fornecendo até 1.500 litros de combustível por minuto, capacidade que pode completar os tanques internos do F-5 e do A-1 em menos de dois minutos.

Usando três tanques extras, o KC-390 pode levar até 35 toneladas de combustível e é capaz de realizar o reabastecimento aéreo entre velocidades de 220km/h e 560 km/h, em altitudes de 610 a 9.750 metros.

A FAB informou que planeja fazer os testes de reabastecimento em voo de helicópteros H-36 Caracal no próximo ano.

O KC-390 também reabastecerá em voo os futuros caças F-39 Gripen.

spacer.png

Fonte: blog Poder Aéreo 25 nov 2019

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

KC-390 Millennium realiza ensaio inédito de lançamento de chaff e flare

spacer.png

A Ala 3, em Canoas (RS), foi o local de um ensaio inédito da aeronave multimissão KC-390 Millennium. Os três lançamentos de chaff e flare, o primeiro parcial e os dois últimos com carga completa, foram realizados no final de outubro em dois voos com imagens registradas a partir da rampa do C-105 Amazonas.

“O objetivo do ensaio foi realizar todas as manobras nos limites do ‘envelope’ da aeronave para garantir que, em termos de segurança, o avião possa empregar todos os chaffs e flares da melhor maneira possível”, explica o Tenente Engenheiro Rafael Macedo Trindade, do Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV), um dos militares que acompanha os ensaios do KC-390 Millennium pela Força Aérea Brasileira (FAB).

O C-105 e o KC-390 Millennium foram nivelados a cerca de 10.000 pés de altitude e a uma distância de 25 milhas – aproximadamente 40 quilômetros – da costa gaúcha, permitindo a captação das imagens. Além disso, o próprio KC-390 Millennium foi equipado com câmeras que registraram o ensaio para análise. E, ainda, outra aeronave – um Phenom – foi utilizada para que houvesse captação de imagens da lateral do avião. 

Segundo o Gerente Operacional do Projeto KC-390 Millennium no Comando de Preparo (COMPREP), Major Aviador Reinaldo Alves da Silva, os dispositivos irradiadores de infravermelho chamados de chaff e flare são contramedidas defensivas essenciais a uma aeronave militar. “O KC-390 é uma aeronave multimissão e, em algum momento, podemos ter que entrar em território inimigo. Então, esse sistema autônomo de defesa é utilizado para despistar armamentos, radares e outras aeronaves”, ressalta o Major.

O primeiro KC-390 Millennium foi entregue à FAB em setembro de 2019 e está sediado na Ala 2, em Anápolis (GO). Ao todo, 28 aeronaves vão compor o acervo da Força Aérea. Após cada certificação, as tripulações passam a operar as diversas funcionalidades do avião até atingir a capacidade final de operação (Final Operational Capability – FOC), que estará disponível em todos os KC-390 Millennium da FAB.

Fonte: Defesanet via CECOMSAER 30 nov 2019

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

FAB recebe o segundo Embraer KC-390 Millennium

spacer.png

A Força Aérea Brasileira recebeu nesta sexta-feira (13/12) a segunda unidade da aeronave multimissão KC-390 Millennium.

O avião de matrícula FAB 2854 pousou às 12h20 na Ala 2, Organização Militar da FAB sediada em Anápolis (GO), e foi recebida pelo Comandante do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT), Tenente-Coronel Aviador Luiz Fernando Rezende Ferraz, acompanhado de militares do 1º GTT e do Grupo Logístico de Anápolis (GLOG 2).

“Hoje, recebemos a segunda aeronave KC-390, FAB 2854. Com duas aeronaves, seremos capazes de agilizar a formação dos nossos pilotos e dos nossos mantenedores na operação do novo vetor. Cabe destacar o incremento da capacidade logística que teremos na Força Aérea com a ativação e operação das aeronaves KC-390 Millennium recebidas”, disse o Tenente-Coronel Ferraz.

A aeronave decolou da sede da EMBRAER em Gavião Peixoto (SP) e transportou, além da tripulação da empresa, militares do 1ºGTT que participaram do recebimento do KC-390.

Recebimento da primeira unidade

A primeira aeronave multimissão KC-390 Millennium foi recebida pela FAB em 04 de setembro. A solenidade foi presidida pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, e também teve a presença do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, além de Ministros de Estado, Oficiais-Generais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, autoridades civis e militares, e executivos da Embraer.

A entrega da aeronave FAB 2853 aconteceu com o tradicional batismo. “Incorpora-se, hoje, à FAB o maior avião militar produzido no Brasil, o KC-390. Ele representa um marco na excelência de processos da FAB e, certamente, impulsionará a Base Industrial de Defesa no Brasil”, disse à época o Comandante da Aeronáutica. O Presidente da República destacou a importância da materialização do projeto brasileiro. É uma aeronave que chegou para somar ao país e colaborar no cumprimento da missão da Força Aérea”, declarou.

spacer.png

KC-390 Millenium

Maior avião militar desenvolvido e fabricado no Hemisfério Sul, o KC-390 Millennium tem capacidade de realizar missões de transporte aéreo logístico, reabastecimento em voo (REVO), evacuação aeromédica, busca e salvamento, ajuda humanitária e combate a incêndio, dentre outras. 

O KC-390 foi desenvolvido para atender os requisitos operacionais da FAB, provendo mobilidade estratégica às Forças de Defesa do Brasil.

Fonte: Pedro Viana para AEROFLAP via CECOMSAER 14 dez 2019

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...