Jump to content

Greve de técnicos da LAN e TAM pode prejudicar a Copa


leelatim

Recommended Posts

Greve de técnicos da LAN e TAM pode prejudicar a Copa

 

AFP 3 horas atrás

Técnicos de manutenção das companhias aéreas LAN e TAM ameaçam realizar uma greve de 48 horas em sete países da região, o que poderia causar atrasos e afetar voos poucos dias antes do início da Copa do Mundo no Brasil.

 

A greve, cuja data de início está sendo mantida em sigilo, será realizada antes do dia 15 deste mês, e seria respeitada pelos trabalhadores no Brasil, Paraguai, Chile, Argentina, Peru, Equador e Colômbia, disse à AFP Juan Carlos Talavera, do sindicato LATAM-Peru, que representa os trabalhadores das companhias aéreas LAN e TAM.

 

"Nos próximos dias nos aeroportos vamos informar os passageiros sobre esta medida para que tomem precauções", disse Talavera .

 

"Se não houver uma manutenção técnica das aeronaves elas não poderão deixar os aeroportos", advertiu.

 

LAN e TAM são as duas companhias aéreas que concentram a maior parte dos voos para o Brasil a partir dos países da região.

 

O Aeroporto Internacional de Lima serve como um dos principais centros de distribuição de voos na América do Sul.

 

"Tomamos essa medida depois da quebra do acordo de reconciliação entre os sindicatos e a empresa", explicou Talavera, que indicou que os técnicos de manutenção vão exigir "uma reestruturação do seu salário após 10 anos sem ajustes, e uma reordenação de horas de trabalho à noite, já que os funcionários trabalham 12 horas, afetando sua saúde".

 

Talavera assegurou que não há disposição da empresa para cumprir a equidade básica de os funcionários dos sete países receberem um salário igual por trabalho igual.

 

No Peru, um mecânico recebe metade do salário pela mesma função de que um no Chile, segundo o representante.

Link to comment
Share on other sites

Ainda bem que Deus não é comunista, se não todos seriam iguais... clones basicamente.

Link to comment
Share on other sites

Ainda bem que Deus não é comunista, se não todos seriam iguais... clones basicamente.

 

Para definir valor de troca, um marxista mais rigoroso falaria, no caso, em trabalho socialmente necessário. Em outros termos, na quantidade de horas em média necessária para a produção de tal mercadoria ou serviço. Sendo o salário um valor de troca (onde o outro objeto da troca é a realização do trabalho pelo funcionário), não é absurda a alegação do sindicalista chileno, e muito menos as reivindicações dos peruanos, ainda mais em um setor tão globalizado feito a aviação.

 

Tomando por base médias nacionais, o PIB per capita (em paridade de poder de compra) de um peruano equivale a 60% da de um chileno (usando as fontes do artigo da Wikipédia a respeito: FMI, Banco Mundial e CIA). Já a razão entre suas produtividades (em USD anual agregado por trabalhador) atinge 67%, de acordo com a consultoria Conference Board. Portanto, se o salário de um funcionário LATAM peruano for realmente metade do de um chileno, ele perderia tanto em relação às médias nacionais quanto à razão das produtividades. Conclusão? Justa, a greve. E nobre gesto dos funcionários de outros países de cruzar os braços em solidariedade.

Link to comment
Share on other sites

 

Para definir valor de troca, um marxista mais rigoroso falaria, no caso, em trabalho socialmente necessário. Em outros termos, na quantidade de horas em média necessária para a produção de tal mercadoria ou serviço. Sendo o salário um valor de troca (onde o outro objeto da troca é a realização do trabalho pelo funcionário), não é absurda a alegação do sindicalista chileno, e muito menos as reivindicações dos peruanos, ainda mais em um setor tão globalizado feito a aviação.

 

Tomando por base médias nacionais, o PIB per capita (em paridade de poder de compra) de um peruano equivale a 60% da de um chileno (usando as fontes do artigo da Wikipédia a respeito: FMI, Banco Mundial e CIA). Já a razão entre suas produtividades (em USD anual agregado por trabalhador) atinge 67%, de acordo com a consultoria Conference Board. Portanto, se o salário de um funcionário LATAM peruano for realmente metade do de um chileno, ele perderia tanto em relação às médias nacionais quanto à razão das produtividades. Conclusão? Justa, a greve. E nobre gesto dos funcionários de outros países de cruzar os braços em solidariedade.

 

Teoricamente sim, mas como está a pentetração em boms empregos em cada pais ? qual a oferta em cada pais destes ? tomar oPIB como mesuramento não me parece a melhor via.

Link to comment
Share on other sites

Greve é extorsão institucionalizada. Sou a favor da liberdade do trabalhador de procurar o emprego que lhe parecer adequado, respeitado o aviso prévio.

Link to comment
Share on other sites

Greve é extorsão institucionalizada. Sou a favor da liberdade do trabalhador de procurar o emprego que lhe parecer adequado, respeitado o aviso prévio.

Nem todos lugar tem uma legislação tão ampla e complicada como a nossa, que cede muitos direitos aos trabalhadores.

 

Sent from my SM-P601 using Tapatalk 4

Link to comment
Share on other sites

lindo lindo...

É metroviário,

É rodoviário

É polícia

E o que mais falta.

 

A lona do circo Brasilis tá começando a pegar fogo...

 

Sent from my SM-P601 using Tapatalk 4

Link to comment
Share on other sites


(Reuters) - Maintenance workers for LATAM Airlines LAN.SN have threatened to delay or cancel flights throughout South America in support of a strike by Peruvian colleagues in the days ahead of the World Cup.

LATAM workers in countries where the airline operates were handing out flyers to passengers to warn them of disruptions, Dario Castillo, president of the union of maintenance workers for LAN Chile, told Reuters on Wednesday.

"We are going to support our Peruvian colleagues with flight delays and cancellations and that applies to the whole LATAM network," Castillo said.

The World Cup kicks off on June 12, with Brazil expecting one of the biggest influxes of tourists it has ever seen.

LATAM Airlines was formed in a merger of Chile's LAN and Brazil's TAM in 2012. LATAM, the region's biggest airline, has operations in Argentina, Brazil, Chile, Colombia, Ecuador, Paraguay and Peru.

Aircraft maintenance workers from LAN Peru have threatened strike action over demands for better pay, after negotiations with the airline broke down last week.

A union leader in Lima, Freddy Nakashima, said around 250 to 300 technicians would go on strike in Peru, which he said would paralyse the country's network.

No date has been decided yet, but the aim would be to hold a strike when it would affect the World Cup in order to apply pressure, Nakashima, said, adding that the strike would go ahead even if approval from the Labor Ministry was not received.

Union members posted photos on Facebook on Wednesday showing them handing out leaflets at Buenos Aires' Ezeiza airport. The union said in an open letter that there would be delays "in upcoming days" but did not give specifics.

LATAM Airlines declined to comment.

http://uk.reuters.com/article/2014/06/04/uk-latam-airlines-strike-idUKKBN0EF1T020140604

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade