Jump to content

The great airspace race: Can Turkish Airlines continue to soar?


Recommended Posts

http://edition.cnn.com/2014/06/20/world/meast/turkish-airlines-ceo-mme/

 

130514181030-turkish-airlines-story-top.
A Turkish Airlines aircraft parked at the Ataturk Airport in Istanbul.

 

(CNN) -- Turkish Airlines has gone from strength to strength in recent years, adding new routes across Europe and Asia as well as expanding into Africa.

A new multi-billion dollar hub airport in the works in Istanbul means this impressive growth story will soon be given yet another boost.

But with many ambitious competitors also expanding across the Gulf and the Middle East, can the Turkish aviation vision continue to soar?

John Defterios spoke to the airline's CEO, Temel Kotil, to find out. Below is an edited version of their conversation.

John Defterios (JD): Why do you think there is so much growth coming out of Turkey?

Temel Kotil (TK): The airline business is so big and economies are growing in East Asia, Africa and Europe which is feeding us so we are going to grow.

This is very simple.

JD: When do you get to the point when the market is too saturated as there are also many expanding hubs across the Middle East and particularly in the Gulf states?

TK: That's the beauty of the airline business. There are about 3.1 billion travelers and by 2030 that will be between seven or eight billion, so there are more coming.

We are growing at 18%. Our friends in the Gulf are growing at about 10% to 15%.

What is happening is that passengers are floating (between carriers). So you have the option to go from City X in Europe to City Y in Asia to go via Istanbul, via Dubai, via Abu Dhabi and so on.

Who will become the winner will be the airline who loves the passengers. We love the passengers. We are the best airline in Europe for the last two years. Hopefully we will continue that but who knows? We will work hard.

It's a big business and it's a big market. If we are good we can become the winner. (Having a) good brand, quality, prices, network, size; this matters.

JD: You're building major infrastructure in Istanbul with a third airport that has a $35 billion price tag. Some say this is grandiosity and that you don't really need an airport of that size. How do you counter these critics?

TK: No, we need it. From Istanbul we have to cover the whole of Europe. We have more than 100 destinations coming as a European carrier.

We (also) cover the whole of the Middle East, Africa, northern Africa, Central Africa all through Central Asia. This means Turkish Airlines becomes a nice feeder from Istanbul.

By 2023, depending upon ourselves will be... 120 million (passengers every year). Because of this... you can make a big investment in the airport.

(We can) combine these bigger airports with the passenger capabilities of the Turkish Airlines. History will change. The Asian carriers who are feeding the other hubs (just now) they will appear in Istanbul.

Today they want to fly to Istanbul but because of capacity concerns they are not coming. Turkey is a growing country.

The cost issue is not a problem because of the volume from Turkish Airlines is already put on the table already.

Link to comment
Share on other sites

A única vantagem que levam e a proximidade geográfica da Europa quente resto, aeroporto, lounge, e avião não chegam aos pés das cias do Golfo.

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

A única vantagem que levam e a proximidade geográfica da Europa quente resto, aeroporto, lounge, e avião não chegam aos pés das cias do Golfo.

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

 

Vc visitou o lounge da TK em IST???Acho que não, né?

Link to comment
Share on other sites

Acho que a Lufhansa ainda se arrependerá de ter desistido da fusão com a Turkish,embora não sabemos o motivo que levou as cias a desistirem do processo de criar um gigante europeu

Link to comment
Share on other sites

O lounge de IST perto do DXB é penico! O de AUH também outra maravilha, não vi o novo de DOH mas pelos comentários é outra maravilha.

O serviço da TK não achei nada demais e a oferta de cnx também não chega aos pés da do golfo.

Tem muito chão e concorrência para ela se estabelecer e entrar neste jogo.

O hype de conhecer a Turquia já está acabando e quando deixar de ser novidade vão ter de ter competência.

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

O lounge de IST perto do DXB é penico! O de AUH também outra maravilha, não vi o novo de DOH mas pelos comentários é outra maravilha.

O serviço da TK não achei nada demais e a oferta de cnx também não chega aos pés da do golfo.

Tem muito chão e concorrência para ela se estabelecer e entrar neste jogo.

O hype de conhecer a Turquia já está acabando e quando deixar de ser novidade vão ter de ter competência.

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Mas qual seria o "hype" de conhecer o deserto árabe , o que faz as cias do Golfo serem tops são seus Hubs de conexões,algo que a Turkish tb está buscando fazer,tem a seu favor estar mais próxima da Ásia da Europa que as do Golfo,de resto ela está sim longe em termos de serviço , até mesmo de sua ex parceira Lh
Link to comment
Share on other sites

Só acho que a TK é otimista demais. Não vejo o problema nela e sim no país e no modelo estrutural. Ela tem base em 2 aeroportos e com a construção do terceiro - salvo se desativarem os demais ou algum deles - ela terá custos fixos desnecessários.

 

Acho que a Lufhansa ainda se arrependerá de ter desistido da fusão com a Turkish,embora não sabemos o motivo que levou as cias a desistirem do processo de criar um gigante europeu

A Turkish queria ter papel muito ativo na fusão, não mero coadjuvante.

 

Duas empresas estão estreitando os laços com a TK, Singapore e ANA, essa última cogita operar Tokyo-Istambul.

 

Para as asiáticas, a TK é a melhor alternativa para competir com as ME3.

Link to comment
Share on other sites

Mas qual seria o "hype" de conhecer o deserto árabe , o que faz as cias do Golfo serem tops são seus Hubs de conexões,algo que a Turkish tb está buscando fazer,tem a seu favor estar mais próxima da Ásia da Europa que as do Golfo,de resto ela está sim longe em termos de serviço , até mesmo de sua ex parceira Lh

Lá houve um boom de turismo nos últimos anos que aumentou o tráfego internacional para o pais.

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

A TK é a cia com maior número de destinos internacionais no mundo e a grande vantagem dela em relação às ME3 é que ela alcança todo o continente Europeu com narrow-bodies, diferente das do Golfo que precisam de wide-bodies para alguns destinos.

 

A Turquia é uma das grandes potências emergentes do mundo com mais de 80mi de habitantes e um Mercado consumidor extretamente relevante, além de ser um país com muito a se visitar.

 

Cada vez conheço mais Brasileiros que utilizam IST para alcançar varios destinos na Europa, Oriente Médio, ex-Repúblicas Soviéticas e o Extremo Oriente. O sucesso é tão grande que a partir de julho, a TK traz em definitivo seus 777-300ER com 28C 63Y+ 246Y.

Link to comment
Share on other sites

Já voei com eles e gostei,achei o espaco da aeronave e os serviços excelentes, acima de qualquer empresa europeia e um pouco abaixo das do oriente médio.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade