Jump to content

[TÓPICOS UNIDOS] Acidente em SBBI


hestevaolima

Recommended Posts

Postado pelo Lebrão no face:


PT-DLA Cessna 177 Cardinal. Decolou agora pouco da 36 Bacacheri e até onde viram não ganhava altura. Caiu a 2 quadras do aeroporto na Rua Nicarágua. Até o momento o momento 2 mortos e um ferido grave. Patrulha 06 tá no local com apoio..

Link to comment
Share on other sites

Avião cai em cima casa em bairro de Curitiba, dizem bombeiros Acidente aconteceu por volta das 13h30 deste sábado (30), no Bacacheri.

Informação inicial dos bombeiros é de que duas pessoas morreram.

 

foto_12.jpg

 

Avião cai em cima casa em bairro de Curitiba, dizem bombeiros (Foto: Thais Kaniak / G1 )

Um avião monomotor modelo Cassna 177 prefixo PT-DLA caiu em cima de uma casa na Rua Nicarágua, em Curitiba, nas proximidades do Aeroporto do Bacacheri por volta das 13h30 deste sábado (1º), segundo o Corpo de Bombeiros. A aeronave tinha acabado de decolar do aeroporto e seguia para o Londrina, no norte do estado, segundo A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Após a queda, o avião explodiu. A informação inicial é de que pelo menos quatro pessoas estavam a bordo e que duas morreram.

fonte: http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2014/08/aviao-cai-em-cima-casa-em-bairro-de-curitiba-dizem-bombeiros.html

Link to comment
Share on other sites

Ouvi que decolou 36, pitch aumentando e aumentando até estolar.

 

Talvez desespero por ter tido uma pane ou até mesmo a dificuldade da aeronave de subir?? Já aconteceu comigo dentro de C150, o negócio e baixar o nariz desviar de prédios e retornar para pouso!

Link to comment
Share on other sites

Segue o meu relato:

 

##### você estar lá tirando foto de um avião que ainda não estava na sua coleção, comentando sobre a pintura bonita. Ele inicia táxi para a pista, você dá as costas pra ir embora e espera que ele apenas decole, siga sua rota e chegue ao seu destino. Eis que soa a sirene do batalhão de bombeiros, acreditamos ser apenas um teste, como na maioria das vezes, mas ao voltar o olhar pra pista uma coluna de fumaça preta se ergue no sentido da cabeceira. Uma sensação estranha te toma conta, você começa a assimilar as coisas.

Aquele avião que estava parado ali a sua frente instantes antes não chegará ao seu destino. Aqueles quatro ocupantes felizes, tirando fotos com o celular, com um céu de brigadeiro pela frente, infelizmente, encontraram o chão antes da hora. Começa um corre corre, Infraero ligando pra bombeiros, PMs e PRFs começam a correr rumo aos seus respectivos helicópteros, o pessoal do aeroporto corre ao local, pra tentar ajudar, pra tentar fazer alguma coisa por seus companheiros de aviação. Uma comoção toma conta de quem tem aviação "no sangue".

Nunca havia presenciado algo do tipo, é realmente uma cena triste, não é a ordem natural das coisas. Você escuta pessoas culpando o avião/tripulantes. Você escuta: tá na hora de tirar esse aeroporto daqui. Mas você ou o aeroporto chegaram antes no bairro? Você deveria ter mais medo de morrer atropelado saindo de casa do que com a queda de um avião.

Mas eu sou da parte dos que tem aviação no sangue... Rezar pelos 2 falecidos e pelos outros 2 que foram encaminhados ao hospital em estado grave.

 

10582945_794101703981310_810716519827363

 

10560330_794101690647978_136736739557681

 

10557529_794101713981309_357842136004012

Link to comment
Share on other sites

Segue o meu relato:

 

##### você estar lá tirando foto de um avião que ainda não estava na sua coleção, comentando sobre a pintura bonita. Ele inicia táxi para a pista, você dá as costas pra ir embora e espera que ele apenas decole, siga sua rota e chegue ao seu destino. Eis que soa a sirene do batalhão de bombeiros, acreditamos ser apenas um teste, como na maioria das vezes, mas ao voltar o olhar pra pista uma coluna de fumaça preta se ergue no sentido da cabeceira. Uma sensação estranha te toma conta, você começa a assimilar as coisas.

Aquele avião que estava parado ali a sua frente instantes antes não chegará ao seu destino. Aqueles quatro ocupantes felizes, tirando fotos com o celular, com um céu de brigadeiro pela frente, infelizmente, encontraram o chão antes da hora. Começa um corre corre, Infraero ligando pra bombeiros, PMs e PRFs começam a correr rumo aos seus respectivos helicópteros, o pessoal do aeroporto corre ao local, pra tentar ajudar, pra tentar fazer alguma coisa por seus companheiros de aviação. Uma comoção toma conta de quem tem aviação "no sangue".

Nunca havia presenciado algo do tipo, é realmente uma cena triste, não é a ordem natural das coisas. Você escuta pessoas culpando o avião/tripulantes. Você escuta: tá na hora de tirar esse aeroporto daqui. Mas você ou o aeroporto chegaram antes no bairro? Você deveria ter mais medo de morrer atropelado saindo de casa do que com a queda de um avião.

Mas eu sou da parte dos que tem aviação no sangue... Rezar pelos 2 falecidos e pelos outros 2 que foram encaminhados ao hospital em estado grave.

 

 

 

 

 

 

 

 

Que que isso Lucas, que Deus te dê forças também para superar essa terrível lembrança de hoje!

Link to comment
Share on other sites

Bom pessoal eu tava dentro da cabine do King, motores acionados aguardando copia.

Abaixei pra ligar o noise reduction do fone e falar com os paxs, quando voltei a atenção pra cabine, virei pro co-piloto e perguntei: "Tamo liberados, pegou cópia?" E ele disse: "Não! A TWR disse que o aeródromo tá impraticável por aeronave acidentada!" Eu descrente chamei a TWR e ela me confirmou: "Acabou de cair ali na Nicarágua..." Eu: "Ok, retorno a fonia em uma hora."

Ali acabou a concentração.. Avisei os paxs, liguei pro tratorista do hangar, que naquele momento tratorava um Lear45, ele me atendeu e contei o fato, ele me olhando na cabine nao entendia nada.. Triste...cortei e desembarcamos...

Passado isso, decolaram 2 helicópteros para assistência.. Eu diria que da queda até o pouso dos helis em apoio no local, não deu 8 minutos..! Muito rápido..

Passado +- uma hora após o ocorrido liberaram o aeródromo e pude decolar, dessa vez pela cabeceira 18, ao alinhar na 18, pude bater uma foto, da visão que este C177 teve na decolagem.. Triste..

Que DEUS conforte as famílias envolvidas.

 

Abracos

Link to comment
Share on other sites

Segue o meu relato:

 

##### você estar lá tirando foto de um avião que ainda não estava na sua coleção, comentando sobre a pintura bonita. Ele inicia táxi para a pista, você dá as costas pra ir embora e espera que ele apenas decole, siga sua rota e chegue ao seu destino. Eis que soa a sirene do batalhão de bombeiros, acreditamos ser apenas um teste, como na maioria das vezes, mas ao voltar o olhar pra pista uma coluna de fumaça preta se ergue no sentido da cabeceira. Uma sensação estranha te toma conta, você começa a assimilar as coisas.

Aquele avião que estava parado ali a sua frente instantes antes não chegará ao seu destino. Aqueles quatro ocupantes felizes, tirando fotos com o celular, com um céu de brigadeiro pela frente, infelizmente, encontraram o chão antes da hora. Começa um corre corre, Infraero ligando pra bombeiros, PMs e PRFs começam a correr rumo aos seus respectivos helicópteros, o pessoal do aeroporto corre ao local, pra tentar ajudar, pra tentar fazer alguma coisa por seus companheiros de aviação. Uma comoção toma conta de quem tem aviação "no sangue".

Nunca havia presenciado algo do tipo, é realmente uma cena triste, não é a ordem natural das coisas. Você escuta pessoas culpando o avião/tripulantes. Você escuta: tá na hora de tirar esse aeroporto daqui. Mas você ou o aeroporto chegaram antes no bairro? Você deveria ter mais medo de morrer atropelado saindo de casa do que com a queda de um avião.

Mas eu sou da parte dos que tem aviação no sangue... Rezar pelos 2 falecidos e pelos outros 2 que foram encaminhados ao hospital em estado grave.

 

10582945_794101703981310_810716519827363

 

10560330_794101690647978_136736739557681

 

10557529_794101713981309_357842136004012

 

Impressionante.. Que DEUS conforte familiares dos aviadores em questão e que eles vão ao céu em paz. Muito triste mais um acidente em 2014

Link to comment
Share on other sites

Segue o meu relato:

 

##### você estar lá tirando foto de um avião que ainda não estava na sua coleção, comentando sobre a pintura bonita. Ele inicia táxi para a pista, você dá as costas pra ir embora e espera que ele apenas decole, siga sua rota e chegue ao seu destino. Eis que soa a sirene do batalhão de bombeiros, acreditamos ser apenas um teste, como na maioria das vezes, mas ao voltar o olhar pra pista uma coluna de fumaça preta se ergue no sentido da cabeceira. Uma sensação estranha te toma conta, você começa a assimilar as coisas.

Aquele avião que estava parado ali a sua frente instantes antes não chegará ao seu destino. Aqueles quatro ocupantes felizes, tirando fotos com o celular, com um céu de brigadeiro pela frente, infelizmente, encontraram o chão antes da hora. Começa um corre corre, Infraero ligando pra bombeiros, PMs e PRFs começam a correr rumo aos seus respectivos helicópteros, o pessoal do aeroporto corre ao local, pra tentar ajudar, pra tentar fazer alguma coisa por seus companheiros de aviação. Uma comoção toma conta de quem tem aviação "no sangue".

Nunca havia presenciado algo do tipo, é realmente uma cena triste, não é a ordem natural das coisas. Você escuta pessoas culpando o avião/tripulantes. Você escuta: tá na hora de tirar esse aeroporto daqui. Mas você ou o aeroporto chegaram antes no bairro? Você deveria ter mais medo de morrer atropelado saindo de casa do que com a queda de um avião.

Mas eu sou da parte dos que tem aviação no sangue... Rezar pelos 2 falecidos e pelos outros 2 que foram encaminhados ao hospital em estado grave.

 

10582945_794101703981310_810716519827363

 

10560330_794101690647978_136736739557681

 

10557529_794101713981309_357842136004012

 

 

Gabardo, você chegou a ver a corrida de decolagem do DLA? Pergunto isso pois já tive problema duas vezes no sbbi de pedir gasolina e eles mandarem o caminhão errado.

Me lembrou muito um acidente ocorrido com um Cirrus, em Jacarepaguá, que caiu exatamente após a cabeceira sobre um galpão e o motivo foi exatamente este, abastecimento com combustível errado.

 

 

 

Abraços

Link to comment
Share on other sites

31/08/2014 10h51 - Atualizado em 31/08/2014 11h57

Vítimas que morreram em acidente de avião começam a ser veladas no PR

Aeronave modelo Cessna 177 caiu em Curitiba na tarde de sábado (30).

Outros dois ocupantes estão internados em estado grave na capital.

Do G1 PR

 

Os corpos das duas vítimas do acidente com avião modelo Cessna 177, que caiu em Curitiba durante a tarde de sábado (30), serão velados e sepultados neste domingo (31) em duas cidades do norte do Paraná. Cleber Luciano Gomes, que era o piloto do avião, começou a ser velado às 6h em Cambé. O sepultamento está marcado para as 17h em Rolândia, também no norte. Silvio Roberto Romanelli, sobrinho do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PMDB), e que estava na posição de copiloto da aeronave, será velado após as 11h em Londrina. O sepultamento será na mesma cidade e também está marcado para as 17h. Outros dois ocupantes da aeronave estão internados em estado grave nos hospitais Evangélico e do Trabalhador, na capital paranaense.

 

O monomotor caiu no bairro Bacacheri. O avião era de Londrina, no norte do Paraná. O avião decolou no Aeroporto do Bacacheri e caiu logo em seguida sobre uma casa. Após a queda, o avião explodiu. O dono do avião disse ao G1 que a aeronave já havia realizado duas viagens no mesmo dia e que tinha passado por manutenção há pouco mais de 20 dias.

 

Matéria completa: http://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2014/08/vitimas-que-morreram-em-acidente-de-aviao-sao-veladas-no-norte-do-pr.html

Link to comment
Share on other sites

 

 

Gabardo, você chegou a ver a corrida de decolagem do DLA? Pergunto isso pois já tive problema duas vezes no sbbi de pedir gasolina e eles mandarem o caminhão errado.

Me lembrou muito um acidente ocorrido com um Cirrus, em Jacarepaguá, que caiu exatamente após a cabeceira sobre um galpão e o motivo foi exatamente este, abastecimento com combustível errado.

 

 

 

Abraços

Não vi Darkwing Duck! Um piloto no ponto de espera da 36 disse ter visto ele não ganhar altura, um amigo de um amigo que também é do meio disse ter assistido a decolagem e o motor parou...

Link to comment
Share on other sites

Foi divulgada a morte de mais um dos passageiros.

 

Morre terceiro passageiro do avião que caiu no Bacacheri

Mounir Saleh Brahim, de 48 anos, estava na UTI do Hospital Evangélico e sofreu uma parada cardíaca

31/08/2014 | 21:30 | LUCIANE HORCEL

Morreu no início da noite deste domingo, Mounir Saleh Brahim, de 48 anos, que estava no avião que caiu no bairro Bacacheri, em Curitiba, na tarde deste sábado (30).

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Brahim estava em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e neste domingo sofreu uma parada cardíaca, sem chance de reanimação.

Link to comment
Share on other sites

Link da reportagem com o vídeo: http://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2014/09/imagens-mostram-conversa-de-tripulantes-de-aviao-antes-da-queda.html

01/09/2014 15h45 - Atualizado em 01/09/2014 18h01

Últimas imagens mostram conversa de tripulantes de avião antes da queda

Vídeo foi feito por empresário que pegou carona com piloto de monomotor.

Aeronave caiu em Curitiba após decolar no Aeroporto do Bacacheri.

3601160.jpg

Do G1 PR, com informações da RPC TV Maringá

Um vídeo feito por um passageiro do avião que caiu em Curitiba no sábado (30) mostra o piloto Cléber Luciano Gomes e o empresário Silvio Roberto Romanelli horas antes do acidente conversando dentro do aeronave. O registro foi feito pelo empresário Reginaldo Frez, de Maringá, no norte do estado, enquanto a aeronave espera a autorização para decolar e durante a viagem de Maringá para Curitiba - onde Frez e o vendedor Eládio Silvestre participariam de um Campeonato Paranaense de Sinuca. Este era o segundo voo realizado pela aeronave no sábado, após ir deLondrina para Maringá pela manhã. Cléber Luciano Gomes e Silvio Roberto Romanelli. morreram horas depois no terceiro voo feito pela aeronave, que saiu de Curitiba para Londrina. O avião caiu logo após decolar do Aeroporto do Bacacheri.

Os trechos mostram Romanelli e os passageiros brincando sobre o espaço do avião e também sobre a idade da aeronave. “Agora vocês veem como é andar nesse avião”, fala Silvio Romanelli para os dois passageiros que estão no banco de trás do monomotor. “É bem espaçoso”, acrescenta o empresário. Em seguida um dos passageiros pergunta para o piloto Gomes sobre a idade do avião. “Que ano é esse avião aqui? É de setenta e alguma coisa”, diz o piloto.

O empresário Reginaldo Frez, contou ainda que durante o voo os quatros brincaram sobre um possível problema no avião. “Eu perguntei para o Cleber ‘E se acontecer alguma coisa?’, ele me disse que o avião poderia plainar e logo depois aterrissar em qualquer lugar. Quando chegamos próximo a Curitiba ele [piloto] disse que somente naquele lugar não poderia aterrissar”, diz o empresário.

Entenda o acidente

O monomotor modelo Cessna 177 caiu no bairro Bacacheri, em Curitiba, por volta das 13h30 do sábado. A aeronave que era de Londrina, no norte do Paraná, levava quatro ocupantes – três morreram. O avião decolou no Aeroporto do Bacacheri e atingiu uma casa logo em seguida. Segundo o dono da aeronave, Marcelo Montezuma, o avião tinha feito duas viagens antes de cair na capital paranaense. Pela manhã, a aeronave viajou de Londrina para Maringá e, em seguida, de Maringá foi para Curitiba.

O avião não tinha caixa preta e o Centro de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) vai analisar o motor e algumas peças da aeronave. Os peritos da aeronáutica trabalham com as hipóteses de o motor ter tido algum problema ou de falha humana.

 

O vendedor Eládio Silvestre, que também pegou carona com o piloto Cleber Gomes de Maringá para Curitiba, disse que a viagem foi tranquila e, em nenhum momento, a aeronave apresentou qualquer problema. “Nós confiávamos no Cléber, ele era um piloto experiente. Só deu um pouquinho de medo na descida porque não tínhamos experiência com avião pequeno. Viajamos até Curitiba e não sentimos nenhum balanço”, lembra Silvestre.

Tanto Silvestre quanto Frez ficaram sabendo do acidente por um dos participantes do Campeonato Paranaense de Sinuca que morava há uma quadra do local onde o avião caiu.

Link da reportagem com o vídeo: http://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2014/09/imagens-mostram-conversa-de-tripulantes-de-aviao-antes-da-queda.html

 

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados:

Queda de avião no PR: Aeronáutica investiga despreparo de copiloto

Além dele, piloto e passageiro morreram no acidente que aconteceu no último sábado (30).

A Aeronáutica quer saber quem pilotava o avião que caiu e matou três pessoas em Curitiba, Paraná, no último sábado (30).

De acordo com a FAB (Força Áerea Brasileira), o copiloto Sílvio Romanelli, que morreu no acidente, ainda fazia aulas teóricas e não poderia estar no comando da aeronave.

A transcrição das conversas dos pilotos com a torre de controle do aeroporto poderão indicar quem conduzia o Cessna.

A hipótese de falha mecânica ainda não foi descartada. Além do copiloto, o piloto e um passageiro morreram no acidente.

Uma quarta vítima permanece internada em estado grave.

O acidente

A aeronave de pequeno porte caiu por volta das 13h30 de sábado (30) pouco depois da decolagem. O piloto teria tentado retornar ao aeroporto, mas não conseguiu evitar o acidente. O avião caiu a 100 metros da cabeceira da pista do aeroporto Bacacheri, na rua Alvaro Botelho, esquina com a rua Nicaragua, no Bacacheri, bairro residencial de Curitiba.

Segundo testemunhas, primeiro a aeronave bateu no telhado de uma casa. Em seguida, se chocou em um carro que estava estacionado e parou no quintal de outra residência. A aeronave seguida para Londrina, no interior do Paraná. O avião era um modelo Cesna 177 e ficou completamente destruído.

Fonte: Portal R7 via CECOMSAER 3 set 2014

Link to comment
Share on other sites

  • 2 years later...

Saiu o RF.

Não consegui postar o link aqui, pois o mesmo encontra-se em formato .PDF no site do Cenipa.

Quem quiser dar uma lida, só efetuar a busca por DLA no campo "pesquisa geral" em http://www.cenipa.aer.mil.br/cenipa/paginas/relatorios/relatorios-finais

Infelizmente mais um que poderia ter sido evitado.

Abçs.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade