Jump to content

Azul inicia disputa por passageiros entre Brasil e EUA


FlávioBHZ

Recommended Posts

Azul inicia disputa por passageiros entre Brasil e EUA pdf_button.png printButton.png emailButton.png

Qui, 11 de Setembro de 2014 09:38

http://www.contatoradar.com.br/noticias/aviacao-comercial/8444-azul-inicia-disputa-por-passageiros-entre-brasil-e-eua

 

A Azul iniciou a disputa pela preferência dos passageiros que viajam aos EUA com a colocação à venda de passagens nas rotas Viracopos (Campinas) - Fort Lauderdale e Viracopos - Orlando.

 

As operações têm início programado para o dia 1 de dezembro com destino a Fort Lauderdale e 15 de dezembro rumo a Orlando, com o trecho ida e volta disponível a partir de R$ 1500 na classe econômica para ambas as cidades, enquanto as passagens na classe executiva, batizada Business Light, são oferecidas a partir de R$ 2000 para Fort Lauderdale e R$ 2600 para Orlando.

 

O viajante pode ainda adquirir as passagens através de pontos no programa de fidelidade Tudo Azul, a partir de 60 ou 80 mil pontos dependendo do destino.

 

As operações da empresa para os EUA terão partidas diárias e serão realizadas em aeronaves Airbus A330.

Link to comment
Share on other sites

Fiz uma cotação e a executiva não está esse preço que estão falando.

 

 

Idaqui, 04/dez/2014
  • VOO AD 8704

    BUSINESS LIGHT

    São Paulo

    (VCP)23:27

    Fort Lauderdale

    (FLL)05:00

Voltaqui, 11/dez/2014
  • VOO AD 8705

    BUSINESS LIGHT

    Fort Lauderdale

    (FLL)19:00

    São Paulo

    (VCP)06:20

Passageiros AdultoR$ 4.131,76

TaxasR$ 226,58

TotalR$ 4.358,3

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Pacote para os EUA vira alvo da Azul

Empresa aérea vai brigar pela venda de pacotes para Miami e Orlando

 

Vivian Ito

 

 

Gerente da operadora de turismo da Azul, Debora Kondo / Foto: Divulgação/Azul

SÃO PAULO - O aumento da renda tem elevado a demanda de brasileiros interessados em viagens internacionais. Por isso, o braço de turismo da companhia aérea Azul vai brigar pela venda de pacotes para Miami e Orlando. A previsão é que os trajetos iniciem em dezembro.

 

Para conseguir atrair os novos clientes, a Azul Viagens investe inicialmente em preços introdutórios, com valores promocionais de lançamento, logo garante ofertar passagens com um valor abaixo da média do mercado.

 

"A estratégia está na venda de assentos ociosos e na oferta de produtos como hotéis, passeios e alimentação", disse a gerente da operadora de turismo da Azul Viagens, Debora Kondo. Segundo ela, na seleção de hospedagem, apenas hotéis com mais de duas estrelas participam do pacote.

 

Valores

 

Os pacotes para Fort Lauderdale - a 30 Km de Miami - custam a partir R$ 2,4 mil ou 96 mil pontos do Programa de pontos TudoAzul. Já para Orlando, os pacotes são a partir de R$ 3,9 mil e 156 mil pontos.

 

Ainda segundo a operadora de turismo, o foco de cada passeio é diferente. Os pacotes para Miami já incluem os passeios aos centros comerciais da região - um dos maiores do mundo - e os de Orlando já incluem os ingressos para os parques temáticos da Disney.

 

De acordo com a companhia, a venda de passagens para esses destinos já atingiu 80% da ocupação nos voos que iniciarão em dezembro. "Em nosso estudo de mercado percebemos que Orlando é o número um entre os destinos mais desejados pelos brasileiros", afirma.

 

Novos investimentos

 

Com uma malha de 103 cidades atendidas, das 106 que, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), atualmente recebem voos regulares, a Azul também a analisa oportunidades com a conectividade no agronegócio e nas obras de infraestrutura para crescer.

Link to comment
Share on other sites

Um roubo! Ainda mais para sair de VCP em uma executiva da idade da pedra!

 

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

 

 

Metade do preço da concorrência! Fora que é alta temporada.

Link to comment
Share on other sites

 

 

Metade do preço da concorrência! Fora que é alta temporada.

Contando que a cia não tinha uma alma até 15 dias atras este preço mais que justifica para tentar encher o avião.

 

Agora pagar 70% do preço não tem sentido! A JJ tem ofertas de várias capitais por US 1899, logo prefiro ir com escala em CNF de executiva decente saindo de CGH a pagar por esta indecência de C.

 

 

 

 

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Contando que a cia não tinha uma alma até 15 dias atras este preço mais que justifica para tentar encher o avião.

 

 

 

?

 

 

Agora pagar 70% do preço não tem sentido! A JJ tem ofertas de várias capitais por US 1899, logo prefiro ir com escala em CNF de executiva decente saindo de CGH a pagar por esta indecência de C.

 

 

 

 

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

 

 

É e sempre foi uma questão de gosto/comodidade.

 

No meu caso fica muito mais fácil conectar em VCP e usar essa indecência (como vc mesmo diz) de executiva do que ir até SAO ou qualquer outra cidade. E tem outra. A poltrona pode não ser lá essas coisas, mas aposto meus 2 cents que o serviço será muito melhor que o da JJ (o que hoje não é nada difícil).

Link to comment
Share on other sites

 

?

 

 

 

 

É e sempre foi uma questão de gosto/comodidade.

 

No meu caso fica muito mais fácil conectar em VCP e usar essa indecência (como vc mesmo diz) de executiva do que ir até SAO ou qualquer outra cidade. E tem outra. A poltrona pode não ser lá essas coisas, mas aposto meus 2 cents que o serviço será muito melhor que o da JJ (o que hoje não é nada difícil).

Me refiro a nenhum vôo, logo avião vazio. Precisam encher de qualquer coisa que ajude a pagar o combustível, e assim aumentar a receita/vôo.

 

Como falo por quem voa usando GRU, confesso que foi frustrante o preço de lançamento deles, visto que o transfer até VCP é absurdo de SP, a diferença vai caindo rápido e melhor como disse, sair de CGH e voar FULL FLAT via BH por exemplo.

 

Cada um vai ter de fazer sua ponderação dependendo que onde sai, de SP fica meio complicado.

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Me refiro a nenhum vôo, logo avião vazio. Precisam encher de qualquer coisa que ajude a pagar o combustível, e assim aumentar a receita/vôo.

 

Como falo por quem voa usando GRU, confesso que foi frustrante o preço de lançamento deles, visto que o transfer até VCP é absurdo de SP, a diferença vai caindo rápido e melhor como disse, sair de CGH e voar FULL FLAT via BH por exemplo.

 

Cada um vai ter de fazer sua ponderação dependendo que onde sai, de SP fica meio complicado.

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Existe ônibus azul grátis gru/VCP? Ou congonhas?

Ótima opção pra VCP e viajar de la

Link to comment
Share on other sites

Existe ônibus azul grátis gru/VCP? Ou congonhas?

Ótima opção pra VCP e viajar de la

 

O Serviço existe saindo dos dois aeroportos paga VCP. Não entendi a do colega que elege este transfer para VCP tendo em vista justamente o ônibus azul.

Link to comment
Share on other sites

Desculpem minha opinião, como moro em Campinas, indecência é o deslocamento de Campinas a Guarulhos, seguramente dura no mínimo três horas, será altamente saudável esta competição pela demanda dos interioranos do estado.

Link to comment
Share on other sites

Pessoal que acha ruim ir pra VCP, ou que o serviço será goiabinha com batatinha e suco de caju, pode escolher as várias outras opções que tem saindo de GRU, GIG, CNF, BSB, etc.

 

Só lembrem que existe vida além dessas cidades, e que grande parte do PIB do nosso país está justamente nesse território que todas as outras se esqueceram e que a única conexão é via VCP!

Link to comment
Share on other sites

Desculpem minha opinião, como moro em Campinas, indecência é o deslocamento de Campinas a Guarulhos, seguramente dura no mínimo três horas, será altamente saudável esta competição pela demanda dos interioranos do estado.

Bem colocado, não se compara alhos com bugalhos.

 

Estamos discutindo pax C, e neste caso duvido que ele vai ter a paciência de esperar o transfer de ônibus para fazer economia.

 

Este pax que usualmente usa pagar quase R$ 7000 a passagem nas atuais, busca uma economia que justifique deslocar até. VCP.

 

Como coloquei, passagem a quase 5mil em VCP em avião com poltronas mais antigas que da minha avó, duvido que vai competir por este pax.

 

Já dito, hoje podemos comprar uma CNF-MIA nos 767 novíssimos full falta da JJ por quase o mesmo preço da AD! Com o detalhe de sair de CGH e fugir do caos do trânsito para chegar a GRU.

 

Não discutimos aqui se A RMSP tem ou não mais ou menos pax que outro lugar, apenas que para nós não é atrativa a postura da AD.

 

Abs,

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Lembrando que a Executiva da Azul - aliás o interior do avião todo - é paliativo, trocarão tudo ano que vem. Querem aproveitar o boom da alta temporada.

 

É estratégia deles. A Tam iria fazer o mesmo com os A310-300 enquanto não chegasse os A330, mas preferiu oferecer um produto novo que um paliativo. A própria Azul fez isso com os ATR 72-200 e -600.

 

Todos nós procuramos o conforto e o preço que justifique-o. No caso da Azul a tarifa baixa será o ponto positivo para aquele que entrar e falar "nossa, que poltrona antiga, mas pelo preço que paguei, está bom." É claro que também não querer cobrar o preço de uma Singapore Business voando

Gulf Air de 1999. E nestes casos de operações paliativas o mais importante não é só o conforto, mas o avião não ter pane. Essa série de vôos domésticos que a Azul está fazendo é justamente para verificar isso.

 

E depois de tudo, nada como uma boa propaganda anunciando novos interiores.

Link to comment
Share on other sites

Bem colocado, não se compara alhos com bugalhos.

 

Estamos discutindo pax C, e neste caso duvido que ele vai ter a paciência de esperar o transfer de ônibus para fazer economia.

 

Este pax que usualmente usa pagar quase R$ 7000 a passagem nas atuais, busca uma economia que justifique deslocar até. VCP.

 

Como coloquei, passagem a quase 5mil em VCP em avião com poltronas mais antigas que da minha avó, duvido que vai competir por este pax.

 

Já dito, hoje podemos comprar uma CNF-MIA nos 767 novíssimos full falta da JJ por quase o mesmo preço da AD! Com o detalhe de sair de CGH e fugir do caos do trânsito para chegar a GRU.

 

Não discutimos aqui se A RMSP tem ou não mais ou menos pax que outro lugar, apenas que para nós não é atrativa a postura da AD.

 

Abs,

 

 

Enviado do meu iPad usando Tapatalk

 

 

Mas não é só a RMSP que tem passageiros que usam a C ou a F

Link to comment
Share on other sites

?

 

 

 

 

 

É e sempre foi uma questão de gosto/comodidade.

 

No meu caso fica muito mais fácil conectar em VCP e usar essa indecência (como vc mesmo diz) de executiva do que ir até SAO ou qualquer outra cidade. E tem outra. A poltrona pode não ser lá essas coisas, mas aposto meus 2 cents que o serviço será muito melhor que o da JJ (o que hoje não é nada difícil).

Acredito que essa promoção toda que a Azul está fazendo é justamente porque o vôo não tem atraído tanto e estão baixando o preço,certamente daqui um ano,com o vôo consolidado,poltronas novas ,eles aumentarão os preços ,em especial para quem faz conexão,pois assim conseguem roubar pax da Tam e AA,que tem o diferencial de terem muitos voos sem escalas ou conexões para os EUA , pois elas voam com equipamentos melhores e produtos melhores em voos diretos(isso já incluindo todo retrofit dos B777 que a Tam iniciou em setembro e os novos B767, bem como o novo serviço de bordo da Tam que será implantado em novembro e que será muito superior ao atual.....e a AA tb vem reformando seus B767, não são tão bons como os da Tam,mas estão bem melhores que esses surrados A330AD)

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade