Jump to content

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

pedrominiaturas

[1:400] Phoenix - sugestão de modelos

Recommended Posts

Também dei uma olhada nas revendas e ebay e não vi nada de ruim no molde, acho que vale o lançamento. De todo modo, assino embaixo no A320 da Avianca.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cargueiro tem uma rejeição grande por aqui.

É uma pena, teríamos modelos interessantes (Vaspex B722, B732, VarigLog B727-100/-200, MD 11, ITA Cargo B727).

 

Talvez o MD 11F da VarigLog teria uma saída melhor que os outros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É uma pena, teríamos modelos interessantes (Vaspex B722, B732, VarigLog B727-100/-200, MD 11, ITA Cargo B727).

 

Talvez o MD 11F da VarigLog teria uma saída melhor que os outros.

Na verdade Varig eu acho que não seria problema. Vaspex já não consigo dizer. A questão é que muitos clientes me perguntam quando só tem o cargueiro disponível: tem passageiro? Só compram se o pax estiver esgotado. Se for Tam, desistem da compra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que depende muito de qual cargueiro seja... VarigLog deve sair bem como qualquer outro VARIG. O Absa, acho que sairia bem também, pois opera há anos nos EUA, e é uma pintura bonita e que chama atenção. Na minha opinião, o erro foi lançar aquele TAM Cargo no lugar do Absa. Tanto em 1:400 quanto em 1:200...

 

Outras que provavelmente venderiam bem, seriam o 727 da ITA, e o DC-10 da MTA, mas principalmente o 727, por sair do "lugar comum".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que depende muito de qual cargueiro seja... VarigLog deve sair bem como qualquer outro VARIG. O Absa, acho que sairia bem também, pois opera há anos nos EUA, e é uma pintura bonita e que chama atenção. Na minha opinião, o erro foi lançar aquele TAM Cargo no lugar do Absa. Tanto em 1:400 quanto em 1:200...

 

Outras que provavelmente venderiam bem, seriam o 727 da ITA, e o DC-10 da MTA, mas principalmente o 727, por sair do "lugar comum".

Não adianta pensar se há mercado nos EUA. Se tiver é muito menor do que aqui... tem que ver se vende no Brasil - se não vender, esquece. MTA não vejo nexo a não ser que saia pela Aeroclassics. Os lançamentos da Varig na Phoenix como 757, 767 e 777 não esgotaram tão fácil - então Varig não é unanimidade sempre.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que reparo é que os modelos Varig com pintura pré-1996 são mais cobiçados, o restante (Landor, Billboard e Varigol) são mais comuns de achar.

 

Tenho a impressão que o Tam Cargo não teve muito sucesso.

 

ITA, MTA e cargueiras nacionais quase improvável por serem conhecidas só aqui e ainda limitadíssimo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo aqui no Brasil, acredito que um Absa teria muito mais mercado que o TAM Cargo.

 

Imaginei que alguém fosse falar desses modelos... Realmente, não se esgotaram na pre-order e tudo mais, mas não são a regra. Na própria Phoenix temos casos de sold out, como o MD-11, o 737 da Copa 2006, o 744...

 

A tiragem de cada modelo também é algo a se observar... são sempre "pacotes" de 100 unidades, ou isso é variável?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo aqui no Brasil, acredito que um Absa teria muito mais mercado que o TAM Cargo.

 

Imaginei que alguém fosse falar desses modelos... Realmente, não se esgotaram na pre-order e tudo mais, mas não são a regra. Na própria Phoenix temos casos de sold out, como o MD-11, o 737 da Copa 2006, o 744...

 

A tiragem de cada modelo também é algo a se observar... são sempre "pacotes" de 100 unidades, ou isso é variável?

 

Tiragens:

 

Phoenix: mínimo 500 peças

Aeroclassics: mínimo de 100 peças

JC Wings: mínimo de 300 peças, podendo dividir em 2 cores

Gemini Jets: mínimo de 1000 peças

Inflight200: mínimo de 120 peças (mas varia conforme o molde)

Share this post


Link to post
Share on other sites

A tiragem que mais compensa é a da JC Wings, 150 pra cada pintura e também a variedade de modelos que eles tem, entre clássicos e atuais. Da pra fazer Fokker 100 TAM 1993 (PT-MRA) e 2002(PT-MRB), ATR 72-600 Azul (PR-AQM com o "u" azul claro) e Azul/TRIP (PT-TKK), Fokker 50 TAM (PT-MLF) e Rio-Sul(PT-SLO) e entre outros vários modelos... Mas tem que analisar se compensa ou não...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A tiragem que mais compensa é a da JC Wings, 150 pra cada pintura e também a variedade de modelos que eles tem, entre clássicos e atuais. Da pra fazer Fokker 100 TAM 1993 (PT-MRA) e 2002(PT-MRB), ATR 72-600 Azul (PR-AQM com o "u" azul claro) e Azul/TRIP (PT-TKK), Fokker 50 TAM (PT-MLF) e Rio-Sul(PT-SLO) e entre outros vários modelos... Mas tem que analisar se compensa ou não...

 

Concordo com o Jonathan. A Azul é a mais indicada. Todos os modelos lançados da Azul estão sumindo do mapa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Tiragens:

 

Phoenix: mínimo 500 peças

Aeroclassics: mínimo de 100 peças

JC Wings: mínimo de 300 peças, podendo dividir em 2 cores

Gemini Jets: mínimo de 1000 peças

Inflight200: mínimo de 120 peças (mas varia conforme o molde)

 

Só esqueci de explicar como funciona os releases.

 

Phoenix não faz um produto exclusivo para um só varejista, o máximo que o varejista pode comprar são 300 unidades. Se eu garantir 100 unidades no lançamento, eles lançam qualquer modelo que eu pedir. E logicamente se eu for ajudando eles a terminar com o estoque também. O máximo que já comprei deles foram 110 unidades de um modelo só e logo pedirei mais dele, porque tem vendido muito.

 

A JC é engraçada. Na metade de 2014 eu perguntei qual era o planejamento de modelos brasileiros que eles iriam fazer. Eles disseram que não tinham nenhum em vista. Logo em seguida, foram meses e meses com diversos lançamentos nacionais, principalmente em 1/200. O mesmo aconteceu esse ano, fiz a pergunta, disseram: nada planejado. Aí lançam o Embraer 1:400. Não aceitam muitas sugestões de mim, querem que eu banque a produção de itens específicos quando eu peço algo.

 

Aeroclassics começou a fabricar para uma nova marca: Velocity. Como o dono é excêntrico demais, não sei como funciona bem a marca. Mas é limitado ao ponto de você se ferrar se a miniatura quebrar.

 

Gemini Jets - usam a JC como fabricante. com raras exceções de modelos que são feitos pela Phoenix e algumas pela Witty, quase tudo é JC.

 

IF200 aceita pedidos de lançamentos bastante mas temos que lembrar que são modelos caríssimos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Tiragens:

 

Phoenix: mínimo 500 peças

Aeroclassics: mínimo de 100 peças

JC Wings: mínimo de 300 peças, podendo dividir em 2 cores

Gemini Jets: mínimo de 1000 peças

Inflight200: mínimo de 120 peças (mas varia conforme o molde)

 

 

 

Gemini = 1000 peças por modelo lançado??? Tem mercado pra isso??? Os caras tao malucos... ou então é a que mais vende...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém tem interesse nos Fokkers?

TAM( as duas liverys) e AVB.

Precisa no mínimo de 100 peças para se tornar viável.

Sem contar os -50, mas esse acho dificil.

 

Olha, opinião minha TAM nas cores de entrega do PT-MRA em 1990 e nas cores finais (com qualquer prefixo) penso que seriam interessante, junto com a AA foram os maiores operadores de F100 do planeta, já da AVB acho que poderia ser, pois basta uma bandeira diferente e vira Avianca Colombia.

 

Sugestões (não sei se existem):

 

-DC-10 MTA

-DC-10 Varig Log "tsunami"

-DC-10 Varig "World Cup 94"

-757 OceanAir

-757 Varig Log

-E195 Azul/Trip (o prateado de pintura híbrida)

-ATR 72-600 Azul e Passaredo

 

Opinião MINHA apenas tá... DC10 da MTA, dúvido que tivesse mercado... já pela beleza da pintura 72-600 da PASSAREDO sem dúvida... não é Brasileiro mas estou doido pelo 757 da IcelandAir "Aurora" e claro sou viuva eterna de 737-200 e 737-300 da VASP nas cores pós-86

 

Reforço a lista de colecionadores carentes pelos modelos da Avianca Brasil. Os A320 com e sem winglets e nas pinturas nova e antiga iam ficar show!!

 

Rapaz, o A319 e A320 nas cores antigas da Avianca Brasil são realmente bonitos! Nota-se pelo misto do mundo de colecionadores, que pega bem lançamentos de pinturas antes de 2000... é nítido isso ou então coisas que são moda atualmente... então sinto falta da Aeroclassic se jogar num Caravelle da Panair ou até o DC8... e pelo modo exótico da pintura, um F27 nas cores da TABA (na verdade era FH227) com as ocas e até o PT-LAF seria show.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gemini = 1000 peças por modelo lançado??? Tem mercado pra isso??? Os caras tao malucos... ou então é a que mais vende...

 

Tá explicado então o porquê de lançarem quase que exclusivamente modelos pro mercado americano...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Olha, opinião minha TAM nas cores de entrega do PT-MRA em 1990 e nas cores finais (com qualquer prefixo) penso que seriam interessante, junto com a AA foram os maiores operadores de F100 do planeta, já da AVB acho que poderia ser, pois basta uma bandeira diferente e vira Avianca Colombia.

O logo do pássaro da O6 e AV tinha nuances diferentes.

 

 

 

já pela beleza da pintura 72-600 da PASSAREDO sem dúvida... não é Brasileiro mas estou doido pelo 757 da IcelandAir "Aurora" e claro sou viuva eterna de 737-200 e 737-300 da VASP nas cores pós-86

 

Concordo em número, gênero e grau. O Aurora é um "must have". Passaredo seria lindo demais, já os da VP ainda acho que sai pela Aeroclassics, afinal acabaram de lançar os da Cruzeiro, será que tem muitos estrangeiros comprando estas miniaturas??

 

 

 

então sinto falta da Aeroclassic se jogar num Caravelle da Panair ou até o DC8...

 

Aí é pornografia...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tá explicado então o porquê de lançarem quase que exclusivamente modelos pro mercado americano...

Já foi pior. Antes lançavam 2500 unidades.

 

Eu achei que vocês soubessem disso - a produção da Gemini nunca foi segredo.

 

Como eles tem contrato com várias aéreas para loja oficial, eles se dão bem com vários lançamentos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já foi pior. Antes lançavam 2500 unidades.

 

Eu achei que vocês soubessem disso - a produção da Gemini nunca foi segredo.

 

Como eles tem contrato com várias aéreas para loja oficial, eles se dão bem com vários lançamentos.

 

Eu não sabia. E se eles fazem para as empresas ali que eles ganham o $. Certo eles.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Phoenix tem o molde do 737-400, eu consideraria na lista como prioridade o 734 da Transbrasil.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu não sabia. E se eles fazem para as empresas ali que eles ganham o $. Certo eles.

 

Falando em Gemini, alguém aqui viu a treta que tá rolando com o cara da Velocity? O site já até saiu do ar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A sardinha foi cair logo no aquário do Tubarão e a coisa enrolou mesmo. Eu acho uma babaquice isso que aconteceu com a Velocity.... Os caras estavam vindo com uma proposta bem interessante pro mercado de diecasts! Quem sai perdendo com certeza serão os colecionadores

Share this post


Link to post
Share on other sites

A sardinha foi cair logo no aquário do Tubarão e a coisa enrolou mesmo. Eu acho uma babaquice isso que aconteceu com a Velocity.... Os caras estavam vindo com uma proposta bem interessante pro mercado de diecasts! Quem sai perdendo com certeza serão os colecionadores

 

É complicado. Eu vejo a Velocity como mais do mesmo. O cara foi atrás de um molde e o único que aceitou ele foi a Aeroclassics. Phoenix, GJ e nem JC fazem negócio com ele. Todo mundo sabe minha opinião sobre Aeroclassics. Agora sobre a treta, a acusação é séria, disseram que o dono da Velocity roubava o estoque da GJ e vendia no eBay.

 

Mas acho que dificilmente eles voltam pro mercado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Falando em Gemini, alguém aqui viu a treta que tá rolando com o cara da Velocity? O site já até saiu do ar...

O que aconteceu? Vi que eles lançaram o A320 da jetBlue.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece também que ele lançou sem permissão, modelos de empresas que possuem contratos com a GJ, como a Air Canada. A minha opinião é que quanto mais opções de diecasts melhor pra nós. Ainda mais pro mercado brasileiro que costuma ser lembrando ocasionalmente. Sobre essas denúncias que foram feitas, eles que se resolvam e se entendam.

Acompanhei o lançamento da marca Velocity nas contas das redes sociais criadas por ele, e me pareceu um trabalho de extremamente bem feito. As caixas eram estilizadas e muito bonitas. Particularmente gosto dos moldes da aeroclassics. Esse molde do A320 com sharklets ficou bem legal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

×
×
  • Create New...