Jump to content

Os truques de empresas aéreas para dar uma ‘ilusão de conforto’


A345_Leadership

Recommended Posts

Por SCOTT MCCARTNEY

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014 00:03 EDT


À medida que o espaço nos aviões fica cada vez mais apertado, as empresas aéreas estão tentando agradar os passageiros com amenidades. Vão conseguir? Mohamed Somji/Getty Images Assignment for The Wall Street Journal

Será que novos desenhos das cabines de avião e amenidades como telas de vídeo maiores e descansos de cabeça com abas de “privacidade” podem criar a ilusão de mais espaço? Este é o truque que as empresas aéreas estão tentando usar com os passageiros da classe econômica.


Na competição por esses passageiros, muitas companhias aéreas estão melhorando os serviços na classe econômica ao mesmo tempo em que reduzem seu espaço e apertam as pessoas ainda mais.


Alguns desses serviços melhorados são cobrados – Wi-Fi e televisão ao vivo sobre oceanos, por exemplo. Além disso, muitas companhias estão adicionando assentos “premium” na classe econômica, com mais espaço para as pernas e outras regalias.


Empresas da região do Golfo Pérsico, famosas por amenidades que oferecem na primeira classe, como suítes e chuveiros, vêm tentando novas estratégias na classe econômica também. A Emirates e a Etihad Airways, em particular, frequentemente não oferecem mais espaço para as pernas do que empresas ocidentais, com alguns assentos com apenas 17 polegadas de largura e 31 ou 32 polegadas de comprimento, incluindo a poltrona.


A Emirates e a Etihad adicionaram um assento por fileira em seus Boings 777, reduzindo uma polegada na largura. Até agora, empresas como a Delta e a United resistiram a isso. Já a American está aumentando o número de assentos por fileira de 9 para 10. A Emirates estava até querendo aumentar para 11 assentos por fileira na classe econômica em seus superjumbos A380. A Airbus convenceu o presidente-executivo da empresa, Tim Clark, e o vice-presidente sênior Terry Daly a desistir da ideia, segundo Daly.


Mas os passageiros da econômica recebem toalhas quentes e sistemas de vídeo que oferecem milhares de opções de filmes, televisão e música. Os aviões da Emirates têm telas de 12,1 polegadas na classe econômica com 1.800 canais de programas. O sistema de entretenimento oferece jogos, e-mail, mensagens de texto e chamadas telefônicas.


A tela toma praticamente toda a parte de trás do assento anterior. A apenas centímetros do nariz do passageiro, ela parece uma Jumbotron.


“Faz uma diferença enorme” para os passageiros ansiosos por mais espaço, diz Daly.


Russel Barham, um universitário americano voou recentemente com a Emirates para Nova Deli. Ele ficou maravilhado com o sistema, principalmente porque sua passagem de ida e volta custou somente US$1.093.


“A econômica é a econômica quando se trata do assento. Mas eles lhe dão toalha quente. E eu nunca tinha experimentado comida de avião como a deles. Não foi um sanduíche barato ou uma salada. Foi uma refeição completa, com opções”. Ele escolheu comida indiana.


A classe econômica está ganhando importância para as companhias aéreas. Algumas empresas premiam seus funcionários que gastam menos que o esperado em viagens de trabalho, algumas vezes até compartilhando as economias através de bônus e créditos para upgrades em viagens futuras.


A American Express AXP 0.00% informou no começo do mês que estava notando um aumento no número de viajantes a trabalho optando por comprar assentos na classe econômica para poder gastar mais em outros aspectos da viagem, como um hotel melhor e excursões.


No começo do ano, a Delta começou a oferecer kits com máscara para dormir e tampões de ouvido para todos os passageiros da classe econômica em voos internacionais longos. Não é o kit chique da marca Tumi que os passageiros da classe de negócios recebem, nem os travesseiros e cobertores que os passageiros recebem na classe econômica premium. Mas é um toque adicional para o fundo do avião que já ajudou a empresa a receber melhores notas de satisfação dos passageiros da econômica.


A Qantas lançou recentemente um cardápio melhorado para a classe econômica em voos para Londres, Los Angeles, Nova York e Dallas, com porções 50% maiores e quatro opções de refeições em vez de duas.


Para alguns passageiros, entretenimento e comida não serão suficientes para compensar os assentos mais estreitos e menos acolchoados, que tornam voos longos extremamente desconfortáveis. Mas para muitos passageiros, as regalias fazem a diferença.


A Etihad está começando a oferecer na classe econômica alguns serviços das classes mais caras. Por exemplo, à noite, os atendentes de bordo fecham as janelas, cobrem os passageiros com cobertores e oferecem chocolate quente ou chá de camomila. Logo, ela passará a oferecer um kit com uma máscara de dormir que é verde de um lado, se o passageiro quiser ser acordado para o café da manhã, e vermelha do outro, se o passageiro desejar dormir o máximo possível.


A companhia aérea baseada em Abu Dhabi também desenhou um novo travesseiro ergométrico para os passageiros da econômica que se separa e se transforma em apoio para o pescoço. O objetivo: fazer com que os passageiros não carreguem seus próprios travesseiros de pescoço e assim maximizar o espaço.


A Etihad desenhou um novo descanso de cabeça para os assentos da econômica que tem uma aba mais dura de um lado que efetivamente funciona como uma separação entre você a pessoa sentada ao seu lado.


“Ele cria um pouco mais de ilusão de espaço e conforto”, diz Dina-Mari Avenant, uma gerente de treinamento da Etihad. Os banheiros também são decorados com cores mais escuras no nível do chão e mais leves no teto, outra vez para dar a impressão de mais espaço.



Link to comment
Share on other sites

É a velha máxima da economia: quem quer pagar menos faz bilhões de pesquisas para ver a cia mais barata...com esta demanda toda as cias

apertam a sardinha para oferecer passagens mais baratas; na contra mão vem: o mais barato e "menos pior".

 

E todos estes truques tem um custo alto também para as cias, tecnologia custa caro.

 

Não existe milagre, alias o bom e barato no minimo a gente desconfia.

Link to comment
Share on other sites

Pude perceber muitos truqes na econômica da AF semana passada; paguei 102 reais a mais pelo assento nas primeiras fileiras: mesmo sendo magro e medindo 1,70m, confesso ter me sentido esprimido!!

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade