Jump to content

Primeiras licitações de aeroportos regionais devem sair neste ano


PP-CJC

Recommended Posts

Tendo como retrospecto a capacidade gerencial da atual administração, duvido que aconteça. Sem falar que estamos em plena crise, com cortes em tudo quanto é lado. Não acredito que este plano algum dia decole de verdade, infelizmente. Não da forma como está projetado, muito menos em 270 aeroportos.

Link to comment
Share on other sites

Eu particularmente creio (e não é uma torcida, tampouco ufanismo), que o plano venha sim a decolar, visto que para que se sustente um crescimento econômico a um longo prazo, os economistas apostam na base de tudo que é o investimento massivo em infraestrutura (estradas, ferrovias, portos, aeroportos, mobilidade urbana), e o governo ja sinalizou que haverá investimento nessas áreas, os cortes serão pontuais. jamais dariam um tiro no pé não investindo em infraestrutura. Enfim.

Link to comment
Share on other sites

Quanta enrolação. Em 2014 tinham até os primeiros aeroportos a serem lançadas as licitações.

E agora "pode ser que" as primeiras licitações saiam em 2015...It's a shame...

 

Isso vai virar promessa de campanha do Lula nas proximas eleições.

Link to comment
Share on other sites

Se o governo nao injetar grana,em março a Infraero nao tem como pagar a folha. A SAC ta com 500 mi em caixa, vcs acham que o governo vai tirar real de onde para injetar na Infraero????

Link to comment
Share on other sites

Se o governo nao injetar grana,em março a Infraero nao tem como pagar a folha. A SAC ta com 500 mi em caixa, vcs acham que o governo vai tirar real de onde para injetar na Infraero????

 

Pela primeira vez na vida vou concordar integralmente com uma declaração sua!

Link to comment
Share on other sites

Com as grandes empreiteiras envolvidas até o talo em atos poucos morais, dificilmente o governo vai conseguir ágios bizarros novamente...

Link to comment
Share on other sites

Eu particularmente creio (e não é uma torcida, tampouco ufanismo), que o plano venha sim a decolar, visto que para que se sustente um crescimento econômico a um longo prazo, os economistas apostam na base de tudo que é o investimento massivo em infraestrutura (estradas, ferrovias, portos, aeroportos, mobilidade urbana), e o governo ja sinalizou que haverá investimento nessas áreas, os cortes serão pontuais. jamais dariam um tiro no pé não investindo em infraestrutura. Enfim.

Infraestrutura é sim o básico para prover crescimento. Mas vejamos o histórico da administração atual... mal conseguiram conceder meia duzia de estradas... em várias oportunidades os leilões foram adiados porque já se sabia que não havia interessados, e em outros simplesmente não apareceu interessados... Os projetos do setor elétrico estão todos atrasados e em descompasso... na área de Portos, nem se fala, nada anda. Em relação a aeroportos, fizeram algumas concessões, porém TODAS as obras da INFRAERO previstas para a COPA 2014 ficaram incompletas....

 

O governo está quebrado, depois de 12 anos de gastança desenfreada sem crescimento. Agora é que não vai decolar o projeto dos aeroportos, infelizmente, porque é necessário muito dinheiro. Basta ver que a MP caducou no ano passado, sem que o governo fizesse muito esforço pela aprovação. Quantas MPs já haviam caducado antes???? Essa caducou e não houve chiadeira nem por parte da Secretaria de Aviação Civil.... Muito estranho não....

Link to comment
Share on other sites

A MP caducou para que fosse votada a questão do ajuste fiscal, mas foi incluída em outro projeto. Mas é isso mesmo, esse projeto não sairá do papel. No máximo a parte dos subsídios, afinal quando o assunto é farra esse governo é especialista. E agora eles tem outras promessas, o ministro dos transportes, apesar de não vincular diretamente a SAC, anunciou que sua prioridade será a concessão de ferrovias, processo que ao invés de gastar dinheiro, arrecada, e muito.

Link to comment
Share on other sites

Enquanto isso as prefeituras e administradoras dos prováveis aeroportos contemplados simplesmente não fazem nenhum tipo de investimento aguardando a tal da grana do plano, quem perde é o passageiro final mais uma vez com essa demora toda.

Link to comment
Share on other sites

Bem eu to falando isso, primeiro porque se o governo PT quer continuar no poder (e certamente ele quer) vai ter de tomar medidas que causem arrojo na economia, é uma questão de sobrevivência, olhem o resultado apertado da ultima eleição. Não quero entrar no mérito politico, mas temos que ter essa ótica pra tentar entender oq eu quis dizer. Esqueçam os mandatos passados, temos a partir de agora uma nova história, a do tudo ou nada. Pra sobreviver vão ter que investir sim, e o Brasil não ta quebrado. Um país que tem mas de 250bi de dolares em reservas cambiais, no caso o 5º do mundo, não pode estar tão quebrado assim. Contas em desacordo não quer dizer necessariamente que tudo ta perdido. Mas enfim, sei q o descredito é grande, mas vamos aguardar algo. Sejamos confiantes.

Link to comment
Share on other sites

Jr Negreiros, sem merito politico se a grana enterrada em financiar avioes para austral, conviasa, bancar obras para cuba e moçambique fosse direcionada para modais de transporte no Brasil... Teriamos uma excelene malha de transportes!

Link to comment
Share on other sites

Jr Negreiros, sem merito politico se a grana enterrada em financiar avioes para austral, conviasa, bancar obras para cuba e moçambique fosse direcionada para modais de transporte no Brasil... Teriamos uma excelene malha de transportes!

 

 

Se o governo nao injetar grana,em março a Infraero nao tem como pagar a folha. A SAC ta com 500 mi em caixa, vcs acham que o governo vai tirar real de onde para injetar na Infraero????

 

Não falta dinheiro. Como vocês devem saber cerca de 40% do faturamento bruto dos aeroportos concedidos vão para o governo e não vão para o bolo do tesouro, mas para o fundo de aviação (que subsidiará esses aeroportos regionais, ampliação, operação, etc.). É bastante dinheiro e não depende se as concessionárias têm lucro ou não, pois o percentual é recai sobre o faturamento, como já mencionei.

 

Não tem nada a ver essa história de que financiar porto de Cuba, aviões da Austral, deixou-se de aplicar dinheiro no Brasil. Isso tudo foi feito via BNDES e será devolvido com juros, é (pasmem) a forma com que os bancos ganham dinheiro. Se tivesse sido aplicado aqui nós não pagaríamos os juros para nós mesmos, logo, não transformaríamos dinheiro em mais dinheiro.

 

Obras aqui não deixam de ser feitas por falta de dinheiro. Todos sabem (ou deviam saber) disso.

Link to comment
Share on other sites

No Pasarán,

 

Quero ver Cuba e Argentina pagarem esses financiamentos, quero só ver... queria muito mesmo saber se a Conviasa e Austral estão em dia com o BNDES... já o porto de cuba, aeroporto de moçambique e afins, sinceramente meu caro eu acho uma tremenda babaquice sair emprestando dinheiro para países apenas por afinidade política, se aqui dentro existe necessidade, experimente depender de financiamento para alavancar um negócio... negócio no seu país, que vai gerar divisas e empregos no seu país.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade