Jump to content

[FRANCÊS] Tam interessada no A380?


A345_Leadership

Recommended Posts

Na Air&Cosmos desta semana há uma nota em que a Tam mostrou novamente interesse pelo A380, agora que a fusão com LAN está consolidada. Apesar da revista falar sem muitos detalhes, diz que o acordo pode ser intermediado pela Doric Lease.

 

 


La compagnie brésilienne TAM, devenue LATAM à la suíte de sa fusion avec la chilienne LAN, a toujours été l’une des cibes d’Airbus comme cliente potentielle de l’A380. Il est vrai que le transporteur a réelement manifeste de l’interest, tout en repoussant à chaque fois sa décision. Désormais que la fusion avec LAN Chile est bien consolidée, le dossier A380 revient sur la table, d’autant que le transporteur a la solution du leasing, via Doric Lease Corp.

Link to comment
Share on other sites

Bom, pode até acontecer se o preço e as vantagens forem boas para ela. Eu penso que hoje ela (LATAM) não precise desse tipo de avião, pois, acho muito melhor oferecer mais voos com aviões não tão grandes.

Link to comment
Share on other sites

Só acredito em um Gru Mia para essa demanda toda. Imagina um a388 só com C Y+ e Y ? Já que este é o modelo adotando pela JJ LA

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que fica mais barato fazer um noturno com A380 pros EUA do que mandar um T7 de noite e outro 767 na parte da tarde, mesmo que sejam poucos na frota, não sei se o valor do leasing pode justificar tal troca.

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que fica mais barato fazer um noturno com A380 pros EUA do que mandar um T7 de noite e outro 767 na parte da tarde, mesmo que sejam poucos na frota, não sei se o valor do leasing pode justificar tal troca.

2 wides fazendo duas idas-e-voltas pra Flórida com mais 2 fazendo uma ida-e-volta pra Europa é uma rotação que a TAM adora.

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que fica mais barato fazer um noturno com A380 pros EUA do que mandar um T7 de noite e outro 767 na parte da tarde, mesmo que sejam poucos na frota, não sei se o valor do leasing pode justificar tal troca.

 

Em termos de leasing creio que sim - os 77W são aviões bem caros...

 

A questão é alcançar os cerca de 80% de ocupação pra ganhar dinheiro...

 

Além disso, vejam que a TAM está agora reforçando o hub de BSB...será que no futuro não poderá reforçar também o GIG? Ou talvez outro hub no Nordeste?

 

Tudo bem que GRU não tem sequer previsão pra uma nova pista que permita operações simultâneas, então aumento de slots em horário nobre vai ser difícil, mas a TAM também pode "trocar" alguns vôos domésticos por novos internacionais não?

 

Acho que pensando no grupo LATAM como um todo, é muito melhor eles terem mais aviões menores (permitindo mais frequencias, voos de novas bases) do que ter uma sub-frota pequena de A380...

 

Estão falando que os A350-900 terão aproximadamente 340 assentos, e no futuro poderão ter os A350-1000 com, sei lá, uns 370 assentos (sem falar em 777-9X que poderia passar de 400), então eu só enxergo o A380 na LATAM em um futuro distante, depois de 2020, 2025...

 

MAS, eles é que sabem, hehe...

Link to comment
Share on other sites

Se tem uma empresa que não tem foco em ter um unico hub, essa empresa é a LAN.

 

Se ela é multi-hub, com certeza o A380 não é produto para a TAM

 

Miami ? Pra conhecimento de alguns, daqui ha pouco decola um 77W da AA com 40 lugares vagos na J , 6 na Primeira e uns 20% da economica, e isso após alguns... upgrades. Foi-se o tempo que Miami era essa tida "mina de ouro" e mercado com elasticidade sem limite. O cliente de Miami, vira cliente de outros mercados (geralmente é o primeiro que as pessoas vão) e já dá pra se dizer que não temos mais tantos clientes novos.

E as tarifas estão em geral 20% menores que em 2014.

 

Duvido muito que a TAM tenha foco nos A380, mas ela até teria mercado pelo ineditismo, talvez para JFK e algum mercado Europeu.

Link to comment
Share on other sites

Definitivamente não pode ser nada de concreto, a Latam já tera um problema à frente com esses 27 A350 com 330 assentos, muito grande para a grande parte dos mercados que opera, mas sim, aplicável à Gru, mas como a Tam está recebendo investimentos por parte do grupo com a criação de novos voos fora do eixo Gru, fica ainda mais difícil imaginar os A380 em alguma rota sequer

 

Na pratica, Gru com A350, Gig, Bsb e demais rotas fora de Sampa com o B767, that's it

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade