Jump to content

Passageiro agride comissário e atrasa voo no DF


MarceloF

Recommended Posts



Uma confusão envolvendo um passageiro e um comissário atrasou em cerca de uma hora e meia a decolagem de um voo com destino a Manaus (AM) do Aeroporto Internacional de Brasília, na última segunda-feira. Segundo o leitor Raphael Chagas, que estava a bordo da aeronave, um homem desferiu um soco contra um funcionário da TAM Linhas Aéreas.

Siga o vc repórter no Twitter

O voo JJ 3283 saiu de Salvador por volta das 17h30 e, após o pouso na capital federal, por volta das 20h30, alguns passageiros permaneceram no avião para continuar a viagem até Manaus (voo JJ 3542). “Pelo que entendi, o passageiro, ao entrar na aeronave, se dirigiu à sua poltrona, no fundo. Assim que as portas foram fecharam, o mesmo pediu para o comissário acomodá-lo na parte da frente do avião. O comissário atendeu ao pedido”, contou Raphael.

O leitor afirmou que, ao mudar de poltrona, o homem esqueceu-se de levar consigo a bagagem de mão. No momento do desembarque, o passageiro teria se irritado por ter de esperar que todos os demais saíssem do avião para que ele a recuperasse, iniciando uma discussão.

Raphael estava entre os passageiros que permaneceram na aeronave e disse que o local já estava vazio quando a agressão, que ele apenas ouviu, aconteceu. “Ele esperou, buscou a mala e saiu do avião com a tripulação, que seria trocada. Quando passou da porta, agrediu o comissário”, disse. “No português bem claro: o passageiro deu um soco no olho do comissário”, explicou.

Em um áudio gravado pelo leitor, antes da decolagem do voo JJ 3542, o piloto diz: “foi necessário que uma das comissárias do nosso voo desembarcasse para prestar esclarecimentos aos órgãos competentes do aeroporto e, dessa forma, nós fizemos a substituição da mesma e estamos aguardando somente a chegada de mais um tripulante para iniciar a nossa viagem”. O comandante menciona um “problema de passageiro indisciplinado na etapa anterior”, mas não cita a agressão.

Procurada pelo Terra, a TAM informou que o voo JJ3283 teve “uma ocorrência no desembarque envolvendo um passageiro indisciplinado”, recusando-se a confirmar ou negar que houve agressão. Segundo a companhia aérea, o piloto seguiu as normas vigentes e solicitou apoio da Polícia Federal do aeroporto, para onde o passageiro foi encaminhado.

“Por esse motivo, a aeronave, que seguiria com o voo JJ3542 (Brasília - Manaus), com decolagem prevista para as 21h10, partiu às 22h49 e pousou normalmente às 1h31 (horário de Brasília) na capital amazonense”, disse a TAM em nota.

A empresa afirmou ter prestado a assistência necessária aos passageiros e garantiu seguir “os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais”.


Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/vc-reporter-passageiro-agride-comissario-e-atrasa-voo-no-df,d31732c51390b410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

Link to comment
Share on other sites

Agora virou zona de vez. E, pelo o que eu conheco da vermelha, o Cms vai ser advertido e o pax vai ganhar um pedido de desculpas e um voucher.

Nao entendi. Eu perdi alguma coisa? Porque o Cms seria advertido? Por ter acomodado um pax a frente?

Link to comment
Share on other sites

Impossivel um funcionario ser advertido por levar uma porrada, se isso acontecer, ele entra com uma ação contra a TAM e fica milionário.

Uma CMS da gol entrou com uma simples ação contra o Agnaldo timoteo (acho que é assim o nome dele) e levou mais de 50 mil.

Link to comment
Share on other sites

Pelo relato, de Salvador a Brasília, pode ter sido o João de Santo Cristo... a conferir.

:coolface:

 

Já vi porrada no check-in do aeroporto, troca de insultos entre cms e passageiros, mas passageiro mudar de lugar, esquecer a bagagem e se encher de razão, olha...

 

Põe um machão desses na blacklist que vira um cordeirinho rápido

Link to comment
Share on other sites

Ué..... Até agora não apareceu ninguém para dizer que o PAX está certo? Pq abrir porta de emergência já está sendo considerado correto. Será que agredir tripulante tb não é?

 

Falando serio, agora, fico cada dia mais triste com notícias assim. A que ponto chegamos?

Link to comment
Share on other sites

Ué..... Até agora não apareceu ninguém para dizer que o PAX está certo? Pq abrir porta de emergência já está sendo considerado correto. Será que agredir tripulante tb não é?

 

Falando serio, agora, fico cada dia mais triste com notícias assim. A que ponto chegamos?

 

Qual a relação entre os dois fatos ? explique melhor que eu não entendi mesmo.

Link to comment
Share on other sites

Normalmente casos assim são lesão corporal leve,

Não deve ficar mais de 30 dias de recuperação para trabalhar ou ocasionar um ano permanente.

 

Considerando a agressão verdadeira, espero que a companhia de todo o apoio psicológico e jurídico ao seu empregado.

As pessoas deixam de levar "pra frente" por causa de falta de apoio.

Gostaria de ver o sindicato acompanhar o desfecho da situação também.

Link to comment
Share on other sites

Porque sao proibidas por lei nesse pais atrasado

 

Cobre da empresa que faça a representação com pedido de restrição de direito.

Quando era juiz leigo ( Bacharel em direto auxiliar de juiz togado) do Jecrim na Barra já vi muito pitboy ser proibido de frequentar boate.

 

Leis existem, tem que saber fazer.

Link to comment
Share on other sites

 

Cobre da empresa que faça a representação com pedido de restrição de direito.

Quando era juiz leigo ( Bacharel em direto auxiliar de juiz togado) do Jecrim na Barra já vi muito pitboy ser proibido de frequentar boate.

 

Leis existem, tem que saber fazer.

Matcerda

 

Boate é um local privado, aviaçao é considerado um servico publico...

Link to comment
Share on other sites

Não existe essa distinção na Lei , entre local público ou privado para interdição de direito ( art. 47, IV CP).

Como ficaria uma briga em estádio público como o Maracanã ou Engenhão? Só pune em São Januário?

Inclusive alguns tipos de crimes podem gerar a própria pena de interdição direitos públicos, como prestar concurso público.

 

No caso específico da aviação havendo um substituto, viajar de ônibus ou de carro, não vejo uma desproporcionalidade numa pena assim.

Porém por uma lesão ( art. 129), leve, como um soco, não seria o caso.

Link to comment
Share on other sites

Isso é lesão corporal grave, tem que ficar uns bons meses na jaula pra aprender, um troglodita destes não serve nem pra andar num pau de arara.

Por essas e outras que cada vez mais sou favorável à adoção da black list.

 

Sent from my SM-P601 using Tapatalk 4

Link to comment
Share on other sites

Não existe essa distinção na Lei , entre local público ou privado para interdição de direito ( art. 47, IV CP).

Como ficaria uma briga em estádio público como o Maracanã ou Engenhão? Só pune em São Januário?

Inclusive alguns tipos de crimes podem gerar a própria pena de interdição direitos públicos, como prestar concurso público.

 

No caso específico da aviação havendo um substituto, viajar de ônibus ou de carro, não vejo uma desproporcionalidade numa pena assim.

Porém por uma lesão ( art. 129), leve, como um soco, não seria o caso.

A questao nao seria de local e sim servico de transporte.publico

 

Nao sou advogado e muito menos entendo de dinheiro, mas quando trabalhei no administrativo da empresa aerea o que mais tentavamos era colocar PAX em um black list e isso era proibido

Link to comment
Share on other sites

Não existe essa distinção na Lei , entre local público ou privado para interdição de direito ( art. 47, IV CP).

Como ficaria uma briga em estádio público como o Maracanã ou Engenhão? Só pune em São Januário?

Inclusive alguns tipos de crimes podem gerar a própria pena de interdição direitos públicos, como prestar concurso público.

 

No caso específico da aviação havendo um substituto, viajar de ônibus ou de carro, não vejo uma desproporcionalidade numa pena assim.

Porém por uma lesão ( art. 129), leve, como um soco, não seria o caso.

 

Estão fazendo confusão.

 

É ilegal, por enquanto.

 

Uma coisa é colocar alguém que não pode se aproximar de um local, outra é listar o nome desta visivelmente para todas as cias; é

o mesmo que a associação comercial faz: " sujar o nome "

 

Talvez mais viável seria as cias entrarem em acordo com a associação comercial e ver se ha algum modo do serviço aéreo

ser incluido na lista de nomes sujos.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade