Jump to content

Fábrica de aviões em Feira de Santana já produziu trezentas aeronaves e pretende ampliar o negócio


teiacontabil

Recommended Posts

Fábrica de aviões em Feira de Santana já produziu trezentas aeronaves e pretende ampliar o negócio

Em treze anos de atuação no mercado da aviação, a Paradise ganhou reconhecimento mundial

19/01/2015 09:32
766-2.jpg
Foto: Sacada

A Paradise Indústria Aeronáutica foi fundada no ano de 2001, na ilha de Itaparica, por Noé de Oliveira, empresário apaixonado por aviação. Em 2008, a fábrica foi transferida para Feira de Santana. Visionário, ele sempre teve o sonho de construir uma aeronave segura, com boa velocidade, autonomia e capacidade de carga.

“Após participar de uma feira de aviação nos Estados Unidos, adquiri conhecimento, tive demonstrações práticas de montagem, desmontagens e parte mecânica. Comprei livros, pesquisei e então decidi que iria fabricar aviões”, relata o empresário.

A Paradise está instalada próxima ao Aeroporto de Feira de Santana e dispõe de uma área de 62 mil metros quadrados. Sessenta funcionários trabalham no local, atuando na fabricação dos chassis até à pintura. Desde a sua inauguração, a fábrica de aviões já produziu cerca de trezentas aeronaves, sendo algumas exportadas. O preço dos aviões varia de 100 a 200 mil dólares. “Recebemos por mês cerca de quatro a oito encomendas de aeronaves, mas só conseguimos entregar três por mês, por conta da carência de mão de obra quali¬ficada. Nosso objetivo é ampliar esse número, já que vislumbramos uma possibilidade de expansão das exportações e aumento de produtividade”, destaca o gerente de produção, Diego Souza.

Segundo o proprietário da fábrica, a escolha para instalação da empresa em Feira de Santana se deu por conta da localização do município. “Temos aqui uma localização geográ¬fica estratégica que liga o Nordeste ao Sul do país. Dessa forma, conseguimos amenizar os problemas de logística, uma das principais dificuldades para se produzir aeronaves”.

O primeiro modelo de avião fabricado na Paradise foi o P1, sendo utilizado como aeronave para escolas, pro¬fissionais liberais e na aviação geral. Em seguida, surgiu o P4, uma aeronave experimental para quatro passageiros, com motorização mais potente, sendo utilizada principalmente por fazendeiros, construtores que precisam de uma aeronave segura, com operação em qualquer tipo de pista. O terceiro modelo criado foi o Paradise P2-S, que oferece mais velocidade, motorização diferenciada e excelente desempenho de voo. Todas as aeronaves são construídas com estrutura em aço molibdênio e revestidas com chapa de alumínio aeronáutico.

Em treze anos de atuação no mercado da aviação, a Paradise ganhou reconhecimento mundial com a certificação pela Federal Aviation Administration (FAA), que enquadrou a aeronave P1 na categoria Light Sport Aircraft (LSA), o que permitiu que ela fosse vendida nos EUA para escolas de pilotagem, profissionais liberais e amantes da aviação em geral. Com a versão adaptada para deficiente físico, a fábrica também entrou no mercado de aeronaves especiais, contribuindo para a redução das barreiras existentes para portadores deficiência. “Oferecemos aos nossos clientes aeronaves projetadas com arrojo, conforto e segurança. A Paradise é um produto nacional, produzido na Bahia, com repercussão internacional, e traz aos brasileiros o orgulho de nascerem e fazerem parte de um país que foi o criador da aviação”, comemora Noé de Oliveira.

Matéria publicada na versão impressa da revista Sacada.

 

Fonte: http://www.revistasacada.com.br/noticias/407/fabrica-de-avioes-em-feira-de-santana-ja-produziu-trezentas-aeronaves-e-pretende-ampliar-o-negocio.html

Link to comment
Share on other sites

Precisava o governo apostar no desenvolvimento da instrução básica e praticar N isenções, para que uma Paradise da vida pudesse desenvolver uma aeronave de instrução barata, com estrutura arrojada e embarcada com AVIÔNICOS que atendam a demanda da aviação comercial.

Já deu essa palhaçada de aluno sair das escolinhas sem saber configurar um GPS que seja e nunca ter feito um procedimento baseado nesta tecnologia. Sem falar dos princípios do gerenciamento da automação. Saem os alunos da escola, pegam um avião próximo que seja de um TAA, ligam o PA e esquecem das cartas e afins. PA da pane e ele não vai saber se virar lá em cima.

Link to comment
Share on other sites

Só não entendi essa de "localização estratégica para amenizar problemas de logística". Por acaso existem fábricas de componentes aeronáuticos no Nordeste?

 

Se estivesse localizada na região de Belo Horizonte ou São Carlos, estaria mais perto dos fornecedores e não teria os problemas de falta de mão-de-obra qualificada.

Link to comment
Share on other sites

Só não entendi essa de "localização estratégica para amenizar problemas de logística". Por acaso existem fábricas de componentes aeronáuticos no Nordeste?

 

Se estivesse localizada na região de Belo Horizonte ou São Carlos, estaria mais perto dos fornecedores e não teria os problemas de falta de mão-de-obra qualificada.

 

Creio que ele está comparando com Itaparica. Feira consegue ter uma logística de abastecimento bem diferente da de uma ilha, onde a fábrica era instalada.

Link to comment
Share on other sites

Essa empresa abriu uma fabrica em Campina Grande. Quais os planos real da empresa????

 

 

Sousa, que eu saiba não é mais a Paradise mas sim a Stratus.

 

Não sei se o projeto foi à frente, mas a Paradise assinou em 2013 um protocolo de intenções com o Governo da Paraíba e a Prefeitura de Campina para instalação de uma filial lá.

 

Sobre a Paradise em FEC, creio que ela enfrentará alguns problemas agora. Os galpões da fábrica foram construídos muito perto da pista do aeroporto, por causa da possibilidade de uso da mesma, mas se não estou enganado a área da empresa foi incluída no decreto de desapropriação para ampliação do sítio aeroportuário. A provável mudança deste acesso ao aeroporto foi um dos aspectos discutidos na audiência pública da concessão do Aeroporto de Feira de Santana em 2012.´

 

Esta foto mostra bem os galpões:

AEROPORTO%2BVISTA%2BPANORAMICA.jpg

http://porsimas.blogspot.com/2012/03/tunel-do-tempo-fevereiro-em-feira-vii.html

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade