Jump to content

Avião com 10 a bordo cai em Punta del Este, no Uruguai


Diego Oliveira

Recommended Posts

No avião viajavam piloto, copiloto e oito passageiros.

Bimotor caiu pouco depois de decolar e se incendiou.

 

 

Um avião com 10 a bordo, que partiu do Aeroporto de Punta del Este, no departamento de Maldonado, no Uruguai, com destino a Argentina, caiu pouco depois de decolar, informou na noite desta quinta-feira (19) a Força Aérea Uruguaia.

Um bombeiro informou à agência de notícias France Presse (AFP) que ao menos três pessoas morreram. A Efe noticiou que seis mortos foram encontrados dentro do pequeno avião. Não há, porém, informações oficiais sobre vítimas.

O tenente da Força Aérea Ñancay Graña, que participa das tarefas de resgate, disse ao jornal "El Observador" que o fogo tomou conta de até 80% do avião e que é muito provável que tripulantes e passageiros morreram. “Aparentemente não há sobreviventes”, afirmou

No avião viajavam piloto, copiloto e oito passageiros. Seriam oito homens e duas mulheres, sendo nove de nacionalidade argentina e uma portuguesa.

Segundo a imprensa local, a aeronave é um turbohélice “Beechcraft C 90”.

A prefeitura de Maldonado informou que a queda ocorreu por volta de 20h45. O bimotor caiu na Lagoa del Sauce, situada à frente do aeroporto, numa área de apenas um metro de profundidade.

A fuselagem não foi totalmente destruída, mas foi quase que totalmente atingida por um incêndio.

Equipes de resgate formadas por bombeiros, socorristas, policiais, militares e unidades do Comitê de Emergência estão no local, mas a iluminação deficiente, o difícil acesso aos destroços e o risco de explosões devido ao combustível espalhado pelo local prejudicam o trabalho do grupo.

Testemunhas disseram que o avião se incendiou logo após decolar. O El Observador noticiou que o aparelho pegou fogo após cair. Não há, no entanto, informações oficiais sobre as causas e circunstâncias da queda da aeronave.

Segundo o “Diário El Pais”, os socorristas interromperam o trabalho de resgate e o recomeçarão na manhã desta sexta (20).

A empresa proprietária da aeronave é a argentina Aviajet S/A e os passageiros são integrantes da La Rural, outra empresa argentina que participa da construção do Centro de Convenções de Punta del Este.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/03/aviao-com-10-bordo-cai-em-punta-del-este-no-uruguai.html

Link to comment
Share on other sites

O exemplar que caiu tem por número de série LJ-454 (http://aviation-safety.net/wikibase/wiki.php?id=174688). Consultando o TCDS dos King Air no site do FAA (não achei nada no site da Administración Nacional de Aviación Civil argentina), consta que os números de série entre LJ-318 e LJ-501 correspondem ao modelo B90 (página 19: http://www.airweb.faa.gov/Regulatory_and_Guidance_Library/rgMakeModel.nsf/0/28226170e8c10d3286257cac0070376e/$FILE/3A20_Rev_75.pdf). Na mesma página, é dito que o número de ocupantes máximo certificado é de 10, contando com a tripulação. Se a ANAC argentina não tiver feito nenhuma modificação quanto a esse ponto, não houve violação por carregar 10 pessoas no avião que caiu.

Link to comment
Share on other sites

C90 e homologado pra um Max de 13 pessoa. Não há limite estrutural de ZFW, somente há limite de peso Max de decolAgem.

Uma pena, RIP.

 

O C90A, o C90GT e o C90GTi são homologados para 13 assentos. O B90 (modelo que caiu) e o C90 o são para 10.

 

Não atentei à formatação e uns caracteres a mais aglutinaram-se à página do TCDS. Agora vai o link correto: http://www.airweb.faa.gov/Regulatory_and_Guidance_Library/rgMakeModel.nsf/0/28226170e8c10d3286257cac0070376e/$FILE/3A20_Rev_75.pdf .

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados

Era o 1º dia de trabalho dele com aquele avião', diz irmão de piloto de aeronave que caiu no Uruguai
alx__resgate_do_aviao_argentino_que_caiu
Marcelo Pivida ressaltou, no entanto, que o irmão Luis tinha muita experiência com o modelo da aeronave. Dez pessoas morreram
O irmão de um dos pilotos do avião que caiu perto de Punta del Este, no Uruguai, disse que hoje foi "o primeiro dia de trabalho" de Luis Pivida com a aeronave. Marcelo Pivida destacou, no entanto, que o irmão tinha experiência com esse tipo de avião, um modelo Beechcraft King. O acidente ocorreu na noite de quinta-feira, pouco depois da decolagem do aeroporto de Punta del Este com destino a Buenos Aires. As dez pessoas a bordo morreram.
"Estamos chorando com a minha mãe a morte de meu irmão. Meu irmão era um piloto muito bom, sempre voou com o King. Foi o primeiro dia de trabalho dele com esse avião, o que não quer dizer que ele não tinha experiência com esse tipo de aeronave", disse, em entrevista ao canal argentino Todo Noticias.
Marcelo contou que o irmão, de 59 anos de idade, voava desde os 20 ou 25 anos. "Era um grande piloto, viveu grande parte de sua vida voando".
As primeiras hipóteses apontadas para o acidente que deixou dez mortos na noite desta quinta-feira apontam para a possibilidade de uma falha no motor e para baixa altitude. Integrantes da Junta de Investigação de Acidentes de Aviação Civil (Jiaac) da Argentina trabalham junto com a equipe de resgate e os peritos no local do acidente.
Segundo dados da Jiaac, a aeronave havia sofrido um acidente em novembro 2013, quando realizou uma aterrissagem sem o trem de pouso. O documento afirma que os danos observados na aeronave foram graves. No entanto, segundo o jornal argentino Clarín, a Administração Nacional da Aviação Civil afirmou que o veículo "podia realizar voos internacionais e tinha todos os papéis em ordem".
A Força Aérea Uruguaia divulgou a identidade das vítimas: uma portuguesa e nove argentinos, incluindo o piloto e o copiloto. Os passageiros faziam parte da equipe de gestão do futuro centro de convenções de Punta del Este que haviam participado de reuniões sobre o projeto.
Autoridades uruguaias e argentinas trabalham na assistência aos familiares. "O que está sendo realizado agora pelo consulado (argentino), com a colaboração do comitê de emergências, é a vinda dos parentes da Argentina. Está sendo programado um voo para até dois familiares por vítima", afirmou à agência EFE um representante do departamento de Maldonado, onde fica o aeroporto. Os serviços municipais também preparam uma equipe de atendimento psicológico às famílias.
Fonte: VEJA 20/03/2015 às 19:53 - Atualizado em 20/03/2015 às 20:05

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade