Jump to content

Cessna 210 Centurion PP-FFU encontrado com 400kg de Cocaína no CE


EdilsonCarlos

Recommended Posts

Cinco pessoas foram presas e aproximadamente 400 quilos de cocaína foram apreendidos entre a tarde e a noite de ontem em Boa Viagem e em Canindé, a 217Km e 120Km de Fortaleza, respectivamente. Inicialmente, a Polícia apreendeu 30 quilos que haviam sido deixados em um campo por um avião de pequeno porte, no fim da tarde. A


investigação continuou e mais 369 tabletes, pesando cerca de um quilo, foram encontrados dentro do avião, que também foi recolhido pelos policiais militares. Em quatro dias, é o segundo registro de drogas sendo entregues por aviões no Interior.



image-2.jpg


De acordo com o comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), tenente-coronel Assis Azevedo, os policiais procuravam por um suspeito de homicídio quando se depararam com o avião. A situação, conforme relata o comandante, remeteu ao fato ocorrido no último sábado (11), quando uma aeronave caiu na divisa do Ceará com o Piauí, quando também transportava drogas.



“Os policiais estavam em busca de um suspeito de ter cometido um homicídio pela manhã. Durante as buscas, viram o avião pousar, estranharam aquela situação e foram averiguar. Chegando no campo de pouso, a aeronave já finalizava a decolagem”, relatou.Segundo o sargento PM Valmir de Freitas, o avião pousou no campo de pouso de Boa Viagem, situado no Bairro de Fátima, na periferia da cidade, no fim da tarde, por volta das 17h30.



image.jpg


Com o levantar voo do avião, um veículo Fiat Doblò, de cor prata, e placas de Pernambuco, foi avistado pelos policiais deixando o local em alta velocidade. Houve perseguição e, após alguns metros, o veículo foi interceptado. Guiando o carro estava o cearense Antônio Batista Lima Júnior, de 28 anos.



image-1.jpg


Enquanto Antônio era abordado, policiais vasculhavam a área e encontraram a mala dentro de um matagal. O material entorpecente estava embrulhado em fitas adesivas. Cada pacote pesava 1 quilo, totalizando 30 quilos, que podem ser de pasta-base de cocaína.



O tenente-coronel Assis Azevedo revelou que as buscas continuaram e, dois homens, um deles possivelmente o piloto, foram localizados em um restaurante com uma quantidade de combustível, o que chamou a atenção dos policiais militares.



image-3.jpg


Equipes da Força Tática de Apoio (FTA) de Canindé e do Batalhão de Policiamento Comunitário (BPCom- Ronda do Quarteirão) e do Destacamento de Boa Viagem, continuaram as buscas e encontraram a aeronave Centurion II, prefixo PP-FFU, com capacidade para quatro pessoas, em um campo de pouso, localizado a 6Km da sede do município de Canindé.



Mais duas pessoas foram presas no local, portando armas. Dentro do monomotor, os policiais militares acharam mais sete malas contendo 369 tabletes de drogas, possivelmente pasta-base de cocaína.



image-4.jpg


A Polícia acredita que a droga seria oriunda do Paraguai e faça parte do mesmo esquema descoberto no sábado com a queda da aeronave, no Piauí. Outros integrantes do bando estão sendo procurados pela Polícia. “Continuaremos buscando por todos os envolvidos”, disse o tenente-coronel Assis Azevedo.



Queda

No último sábado, uma quadrilha suspeita de tráfico interestadual de entorpecentes foi presa após a queda de um monomotor na localidade de Lajeiro Branco, município de Assunção do Piauí, distante cerca de 24km da divisa com o Ceará.



Na queda do avião, uma pessoa morreu. Próximo ao local do acidente, está a localidade de Palmeira de Cima, onde fica a pista de pouso.


No local, seis homens estariam aguardando a droga vinda pelo transporte aéreo. A cocaína encontrada no avião teria saído do Paraguai e entrado no Brasil por Foz do Iguaçu, no Paraná. Seriam aproximadamente 250 kg de cocaína, dos quais 50 quilos teriam Fortaleza como destino final. Segundo o relato de testemunhas, a aeronave bateu em uma árvore e só dez minutos depois explodiu.



A Polícia solicitou a demolição da pista ao Exército Brasileiro. Dois dos presos são catarinenses, outros dois são cearenses, e um é piauiense.


Fonte: Diário do Nordeste


http://campomaioremfoco.com.br/aviao-carregado-de-droga-apreendido-no-ce-pode-ter-relacao-com-queda-no-pi.html


Link to comment
Share on other sites

Caramba!! C210 tem Range pra tocar tudo isso?
São 1600NM!
Se voar a 160Kts, são 10 horas de vôo, como assim?
Normalmente estes voos saem pela divisa PY-MS.. mais pra cima de Foz, beeem mais!

Link to comment
Share on other sites

Caramba!! C210 tem Range pra tocar tudo isso?

São 1600NM!

Se voar a 160Kts, são 10 horas de vôo, como assim?

Normalmente estes voos saem pela divisa PY-MS.. mais pra cima de Foz, beeem mais!

 

Para a impressa nacional TUDO para por Foz do Iguaçu..

 

sabem de nada inocentes!!!

Link to comment
Share on other sites

MATRÍCULA: PPFFU
Proprietário: CLEBER PAULO DA SILVA
CPF/CGC: 27547267807
Operador: CLEBER PAULO DA SILVA
CPF/CGC: 27547267807
Fabricante: CESSNA AIRCRAFT
Modelo: 210M
Número de Série: 210-61762
Tipo ICAO : C210
Tipo de Habilitação para Pilotos: MNTE
Classe da Aeronave: POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem: 1724 - Kg
Número Máximo de Passageiros: 005
Categoria de Registro: PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA): 15899
Situação no RAB:
Data da Compra/Transferência: 140814
Data de Validade do CA: 26/10/18
Data de Validade da IAM: 121215
Situação de Aeronavegabilidade: Normal
Motivo(s):

 

Consulta realizada em: 15/04/2015 16:10:46
Pergunto, e o dono? Foi preso também? Ou ele alega que emprestou o avião para alguém??
Link to comment
Share on other sites

Caramba!! C210 tem Range pra tocar tudo isso?

São 1600NM!

Se voar a 160Kts, são 10 horas de vôo, como assim?

Normalmente estes voos saem pela divisa PY-MS.. mais pra cima de Foz, beeem mais!

Essa turma faz REVO. Bombona a bordo.

Link to comment
Share on other sites

Pois é véio, mais um Centurion lindão no comércio de farinha .....

Mas e os radares dos Cindactas e Sivans da vida ?.....voos rasantes eles não detectam...

Sou partidário do Sr, Juiz do caso mandar a leilão logo estes perdimentos ...

Link to comment
Share on other sites

O dono é o próprio piloto, que foi preso.

 

Dai o cara tem um avião e ta na M e ai começa a fazer essas viagens... só tem dois caminhos, cadeia ou caixão nesse mundo das drogas...

 

E agora, se faz o que com o avião? Leilão daqui uns anos?

Link to comment
Share on other sites

Disse ele em uma entrevista, que o avião foi fretado, e no destino (que seria Boa Viagem\CE), o pasageiro desceu com uma mala e voltou correndo pro avião dizendo que era o local errado. Ele disse que não desconfiou pois o homem parecia mudar-se de domicilio, por isso as malas. Enfim, uma pena ver uma aeronave dessas terminar nesse estado.
Sim, depois que o processo criminal terminar, a aeronave vai a leilão.

Link to comment
Share on other sites

11073539_10206514730778003_8344443960980

Cessna 206 Centurion II. Excelente aeronave. Por que não cedê-la sob comodato para alguma força policial militar nacional?

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados

Polícia encontrou mapas com rotas de tráfico internacional em avião
Por conta da suspeita de que a droga viesse da Bolívia e do Paraguai, a Polícia Federal é que vai investigar o caso

drogas%20ceara.jpg

A Polícia Federal (PF) irá investigar o caso do avião monomotor que transportava cerca de 400Kg de pasta-base de cocaína, apreendido na noite da última terça-feira, em Canindé. O voo teria partido do Mato Grosso.

A transferência do procedimento para a PF se deu porque existe a suspeita que a rota de tráfico fosse internacional.
Segundo a Polícia foram encontrados mapas dentro do monomotor Cessna-210, modelo Centurion 2, prefixo PP-FFU, com rotas traçadas partindo da Bolívia e do Paraguai até o Ceará e o Piauí.

A PM, responsável pela apreensão, declarou que a principal suspeita é que a droga seja da mesma organização criminosa que tentou pousar um monomotor em uma pista clandestina, na divisa do Ceará e do Piauí, no último sábado.
"Eles traziam uma encomenda grande de drogas e perderam quase tudo, quando a primeira aeronave tentou pousar e explodiu. Acreditamos que eles tivessem repondo este carregamento nesta outra aeronave", declarou o comandante da Área Integrada de segurança (AIS) 13, tenente-coronel PM Assis Azevedo, que comandou a operação.
A reportagem esteve no local onde o avião foi interceptado. A área, conhecida como "Campo de aviação", seria utilizada para pousos de aeronaves desde o fim da década de 50, conforme moradores.

Localizada a cerca de 2Km da BR-020, a pista tem extensão de 1,2Km e possui saída também para a região de Aratuba. O local fica a aproximadamente 4 Km do posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Presos
O piloto da aeronave, Cléber Paulo da Silva e o taxista Antônio Cícero Cruz Silva presos na operação, foram transferidos de Canindé para a sede da Superintendência da PF, em Fortaleza, na manhã de ontem, onde prestaram esclarecimentos sobre os fatos a um delegado plantonista.
O taxista foi preso porque teria dado fuga a uma pessoa que também estava a bordo do avião, junto com Cléber Silva.
"Ele deu informações desencontradas. Tentou dificultar o trabalho da Polícia, mesmo sabendo que o homem que ele transportou estava sendo procurado. Disse que tinha levado o suspeito para outra cidade, quando na verdade trouxe para Fortaleza. Esta pessoa seria o responsável pela droga e o dono de uma arma achada dentro do avião", disse o oficial.
De acordo com a Polícia, o piloto foi encontrado em um restaurante em posse de vários galões de gasolina. Ele contou que a rota dos entorpecentes dentro do Ceará era traçada para que fosse feito um pouso em Boa Viagem e outro em Crateús, no entanto o avião teria ficado sem combustível e ele foi até Canindé comprar gasolina. Cléber Silva disse ainda, que desviou a rota porque não são todos os tipos de gasolina que servem como combustível para a aeronave usada por ele.
"Quando ele desceu para comprar a gasolina pagou a duas pessoas para vigiar o avião. Este foi o momento que encontramos tudo. Os dois homens que estavam nas proximidades foram logicamente detidos", afirmou o coronel Azevedo.
Os dois homens que vigiavam o avião são agricultores. Eles foram encaminhados à Delegacia Regional de Canindé, mas acabaram sendo liberados, depois de prestarem esclarecimentos.
Cléber Silva é autorizado a ser piloto privado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), desde maio de 2009. A licença vale até 2018. Ele podia decolar com uma carga de no máximo 1724Kg e cinco passageiros. Silva mora em Cuiabá, no Mato Grosso, e é proprietário da empresa Zarro Aviation Pilot Shop, que vende acessórios e produtos para aviação.
O suspeito é casado com uma controladora de voo da Força Aérea Brasileira (FAB). Silva disse à Polícia que foi forçado a fazer a viagem, porque os supostos criminosos o coagiram, mostrando uma foto em que a esposa dele aparecia sendo sequestrada.

A PM negou a versão dele.
Boa Viagem
Antes de Canindé, o avião tinha pousado em Boa Viagem, onde deixou 30Kg de cocaína. O suspeito de ter recebido a droga foi abordado e preso. Antônio Batista Lima Júnior, conduzia um Fiat, modelo Doblò, com placas de Ipojuca, no Estado de Pernambuco, e foi detido quando o avião decolava.
"A Polícia estava à procura de um latrocida na área e desconfiou do pouso do avião. Eles foram checar e viram quando a aeronave decolou e um homem se aproximou. Eles abordaram o suspeito e encontraram a mala com 30Kg de cocaína".
Conforme o delegado Inácio Torres, de Boa Viagem, o suspeito responde por tráfico de drogas e tem passagens pela Polícia no Mato Grosso. "Estamos investigando a participação dele na quadrilha", afirmou.
Voos são monitorados, diz FAB
O controle de tráfego aéreo sobre o Estado do Ceará é realizado pelo Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta III), organização subordinada ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) da FAB. A sede do Cindacta III está localizado na cidade de Recife, em Pernambuco. O órgão faz o controle dos voos no Nordeste do País e em uma extensa área do Oceano Atlântico, conforme a FAB.
Praticamente todos os voos vindos da América do Sul, com esse destino, cruzam o espaço aéreo sob a tutela do órgão. É no Estado vizinho ao Ceará, onde é feita a visualização do espaço aéreo sobrejacente ao Estado em função de radares na região.
De acordo com o comandante do Cindacta III, coronel aviador Paulo Eduardo Albuquerque de Magella, o espaço aéreo no Ceará é monitorado através de radares e por meio de estações de telecomunicações espalhadas na região.
Conforme o oficial, os radares de monitoramento funcionam de duas maneiras: o radar primário identifica alvos em um sistema que lança um pulso e por reflexão identifica que existe alguma aeronave naquela posição. Já o radar secundário, recebe informações de um equipamento chamado transponder que além de sinalizar a existência de uma aeronave em determinada posição, fornece informações sobre o plano de voo declarado (ver infográfico).
No "Campo de Aviação", de Canindé, populares afirmaram que é comum o sobe-desce de aeronaves. "Às vezes, a gente acorda de madrugada com o barulho do motorzinho. Às vezes, no fim da tarde, a gente vê um aviãozinho passando aqui por cima. Uma vez, uns curiosos correram pra ver descer, e o piloto assustou e desistiu de pousar", disse um morador da região.
Conforme a aeronáutica, não existe uma tecnologia capaz de inibir ou bloquear o sistema de transmissão de informações dos radares em aeronaves civis. Sobre os voos comerciais, serviços de aerotáxi e voos particulares comumente utilizados, a (FAB) informou que para a realização dos voos, os responsáveis devem apresentar uma rota pretendida. A partir deste plano de rota e através do monitoramento, a aeronave é acompanhada pelos órgãos de controle de forma a observar o cumprimento da rota e mantê-la a uma distância segura das demais aeronaves.
Curiosos
No local onde estava o avião interceptado pela Polícia, muitos moradores chegavam para ver de perto a aeronave. Um dos curiosos acabou encontrando um fragmento de papel, em que constavam escritos três números de celular e a mensagem "Boa Viagem (entregue). Canindé. Crateús".
Fonte: Márcia Feitosa /Levi de Freitas/Sara Sousa para Diário do Nordeste via CECOMSAER 17 ABR 2015

 

Link to comment
Share on other sites

  • 1 year later...

Cessna 206 Centurion II. Excelente aeronave. Por que não cedê-la sob comodato para alguma força policial militar nacional?

Parece que eu estava adivinhando...

Avião será usado a partir de junho pelo CIOPAer/CE

A aeronave monomotor Cessna-210, modelo Centurion II, prefixo PP-FFU, apreendida há um ano pela Polícia, estará à disposição da população a partir do próximo mês de junho. A previsão é da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que herdou o avião.

De acordo com o relações públicas da Ciopaer, tenente-coronel Marcus Costa, há ainda questões burocráticas que, se resolvidas com agilidade, poderão antecipar a utilização do avião.

“Já foi finalizada a licitação de combustível, o contrato está feito, assinado e publicado. O de manutenção está na fase final, faltam apenas dois passos, assinar e publicar no Diário Oficial do Estado (DOE). Faltam ainda o seguro obrigatório, que foi solicitado e o contrato está para assinatura e publicação. Estima-se que os passos levem mais duas semanas, e a aeronave possa então entrar em manutenção em maio. E, no início de junho, esteja pronta para operar”, disse. Conforme relatou o oficial, a Agência Nacional de Aviação (Anac) já realizou a transferência da aeronave particular para o Poder Público.

Apreensão

Em 14 de abril do ano passado, a Polícia Militar realizou a apreensão de aproximadamente 400 quilos de cocaína em Boa Viagem e em Canindé, distantes 217Km e 120Km, respectivamente, de Fortaleza.

Naquela ocasião, foram presas três pessoas. Segundo os autos, “os acusados Cléber Paulo da Silva e Jefferson Domingos Franco, presos em flagrante, importaram e transportaram, de forma planejada e em conjunto, 405,5 kg de droga da Bolívia para o Ceará, a bordo de aeronave adquirida com recursos oriundos de um contexto carregado de indícios de ilicitude, portando arma de uso permitido sem autorização do órgão competente. Ao passo que, Antônio Batista Lima Júnior, também preso em flagrante, recebeu e guardou 30 kg de crack no mato deixados na pista de avião de Boa Viagem pelos acusados anteriores”.

Policiais militares de Boa Viagem procuravam por um suspeito de homicídio quando se depararam com o avião deixando o campo de pouso em Boa Viagem e Antônio Batista, que guiava um Fiat Doblô, recolhendo a droga deixada lá.O veículo precisa passar por manutenção, já que está parado há bastante tempo. A licitação para isso já foi realizada e está em fase final de entrega de documentação para a oficina vencedora poder trabalhar.

Foi dada continuidade às buscas e os outros dois homens foram localizados. Cléber, que era o piloto da aeronave, havia pousado o veículo em Canindé e pegou um táxi para comprar gasolina aditivada, pois o monomotor estava de tanque vazio.

Dentro do avião, os policiais encontraram mapas indicando uma rota internacional do tráfico de drogas. O material partiria da Bolívia e do Paraguai, chegando até o Ceará e o Piauí.

O caso foi em seguida transferido para a Polícia Federal, em Fortaleza, que instaurou o inquérito policial e enviou à Justiça.

Cléber era piloto autorizado pela Anac desde o ano de 2009, com licença válida até 2018. Ele é proprietário de uma empresa de acessórios para aviação.

Sem julgamento

Já se passou um ano da prisão em flagrante do trio e, até o fechamento desta edição, não havia sido marcada a data para julgamento dos réus.

Conforme o advogado Karlus André Holanda Martins, que representou a defesa de dois dos réus, eles permanecem presos.

A Justiça Federal informou à reportagem que “acontecerá uma audiência ainda, marcada juntamente com o Ministério Público, para iniciar o julgamento”.

Durante este período, o réu Antônio Batista entrou com dois pedidos de relaxamento de prisão. O juízo da 23º Vara Federal negou em ambas as vezes a solicitação, mantendo-o preso.

Fonte: Diário do Nordeste via site Piloto Policial 22 ABR 2016

Link to comment
Share on other sites

Link to comment
Share on other sites

 

MATRÍCULA: PPFFU
Proprietário: CLEBER PAULO DA SILVA
CPF/CGC: 27547267807
Operador: CLEBER PAULO DA SILVA
CPF/CGC: 27547267807
Fabricante: CESSNA AIRCRAFT
Modelo: 210M
Número de Série: 210-61762
Tipo ICAO : C210
Tipo de Habilitação para Pilotos: MNTE
Classe da Aeronave: POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem: 1724 - Kg
Número Máximo de Passageiros: 005
Categoria de Registro: PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA): 15899
Situação no RAB:
Data da Compra/Transferência: 140814
Data de Validade do CA: 26/10/18
Data de Validade da IAM: 121215
Situação de Aeronavegabilidade: Normal
Motivo(s):

 

Consulta realizada em: 15/04/2015 16:10:46
Pergunto, e o dono? Foi preso também? Ou ele alega que emprestou o avião para alguém??

 

 

Deve ser... a exemplo do Helicóptero do Senador que NINGUÉM foi preso.

Link to comment
Share on other sites

Cheguei recentemente do Chile por Foz do Iguaçu e tivemos revista completa do avião pela PF. Uma curiosidade é que pousamos em Resistência pra abastecer e lá sofremos revista por 7 pessoas e um cão farejador, eu nunca havia sofrido tantas revistas como nesta viagem...

Link to comment
Share on other sites

MATRÍCULA: PPFFU

Proprietário:
CLEBER PAULO DA SILVA
CPF/CGC:
27547267807
Operador:
SECRETARIA DA SEG.PUB.E DEFESA SOCIAL
CPF/CGC:
01869566000117
Fabricante:
CESSNA AIRCRAFT
Modelo:
210M
Número de Série:
210-61762
Tipo ICAO :
C210
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
1724 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
005
bgPontilhado.gif
Categoria de Registro:
PUBLICA ADMINISTRACAO DIRETA ESTADUAL
Número dos Certificados (CM - CA):
15899
Situação no RAB:
DIREITO DE USO PROVISORIO
Data da Compra/Transferência:
140814
bgPontilhado.gif
Data de Validade do CA:
26/10/18
Data de Validade da IAM:
121215
Situação de Aeronavegabilidade:
CERTIFICADO DE AERONAVEGABILIDADE (CA) SUSPENSO
Motivo(s):

 
  • IAM vencida

 

Consulta realizada em: 25/04/2016 19:57:28
Link to comment
Share on other sites

Pois é véio, mais um Centurion lindão no comércio de farinha .....

Mas e os radares dos Cindactas e Sivans da vida ?.....voos rasantes eles não detectam...

Sou partidário do Sr, Juiz do caso mandar a leilão logo estes perdimentos ...

 

Cobertura Radar abaixo de 10.000 pés é praticamente inexistente (acima de 9000 metros já não é sempre que os radares primários funcionam), só se der muito azar (ou sorte da sociedade) de ser um área monitorada por radares móveis ou R99!

 

Gosto muito deste link com a explicação do Decea:

 

http://www.terra.com.br/noticias/comunicado_fab_cobertura.pdf

 

Imagino que seja pena de perdimento para a União com posterior possível leilão ou uso próprio

 

São dois momentos, no curso do inquérito e da Ação Penal, seu uso pode ser destinado a instituições de combate ao tráfico ou uso de entorpecentes ou a própria policia judiciária (civil ou federal) responsável pela guarda das aeronaves, segundo a Lei 11.343:

 

Art. 61. Não havendo prejuízo para a produção da prova dos fatos e comprovado o interesse público ou social, ressalvado o disposto no art. 62 desta Lei, mediante autorização do juízo competente, ouvido o Ministério Público e cientificada a Senad, os bens apreendidos poderão ser utilizados pelos órgãos ou pelas entidades que atuam na prevenção do uso indevido, na atenção e reinserção social de usuários e dependentes de drogas e na repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas, exclusivamente no interesse dessas atividades.

Parágrafo único. Recaindo a autorização sobre veículos, embarcações ou aeronaves, o juiz ordenará à autoridade de trânsito ou ao equivalente órgão de registro e controle a expedição de certificado provisório de registro e licenciamento, em favor da instituição à qual tenha deferido o uso, ficando esta livre do pagamento de multas, encargos e tributos anteriores, até o trânsito em julgado da decisão que decretar o seu perdimento em favor da União.

Art. 62. Os veículos, embarcações, aeronaves e quaisquer outros meios de transporte, os maquinários, utensílios, instrumentos e objetos de qualquer natureza, utilizados para a prática dos crimes definidos nesta Lei, após a sua regular apreensão, ficarão sob custódia da autoridade de polícia judiciária, excetuadas as armas, que serão recolhidas na forma de legislação específica.

§ 1o Comprovado o interesse público na utilização de qualquer dos bens mencionados neste artigo, a autoridade de polícia judiciária poderá deles fazer uso, sob sua responsabilidade e com o objetivo de sua conservação, mediante autorização judicial, ouvido o Ministério Público.

 

Já após a Sentença, quando do trânsito em julgado, ocorre o perdimento em favor da união, quando ou os bens serão leiloados ou definitivamente incorporados ao patrimônio de entidade de combate ou prevenção ao tráfico e uso de entorpecentesÇ

 

Art. 63. Ao proferir a sentença de mérito, o juiz decidirá sobre o perdimento do produto, bem ou valor apreendido, seqüestrado ou declarado indisponível.

§ 1o Os valores apreendidos em decorrência dos crimes tipificados nesta Lei e que não forem objeto de tutela cautelar, após decretado o seu perdimento em favor da União, serão revertidos diretamente ao Funad.

§ 2o Compete à Senad a alienação dos bens apreendidos e não leiloados em caráter cautelar, cujo perdimento já tenha sido decretado em favor da União.

§ 3o A Senad poderá firmar convênios de cooperação, a fim de dar imediato cumprimento ao estabelecido no § 2o deste artigo.

§ 4o Transitada em julgado a sentença condenatória, o juiz do processo, de ofício ou a requerimento do Ministério Público, remeterá à Senad relação dos bens, direitos e valores declarados perdidos em favor da União, indicando, quanto aos bens, o local em que se encontram e a entidade ou o órgão em cujo poder estejam, para os fins de sua destinação nos termos da legislação vigente.

Art. 64. A União, por intermédio da Senad, poderá firmar convênio com os Estados, com o Distrito Federal e com organismos orientados para a prevenção do uso indevido de drogas, a atenção e a reinserção social de usuários ou dependentes e a atuação na repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas, com vistas na liberação de equipamentos e de recursos por ela arrecadados, para a implantação e execução de programas relacionados à questão das drogas.

Link to comment
Share on other sites

  • 6 months later...
Avião “do tráfico” se transforma em meio para salvar vidas

 

Aeronave é utilizada no transporte de órgãos desde outubro deste ano
Postado em 24/11/2016 | 10:37
Avi%C3%A3o%20Transporte%20de%20%C3%93rg%Foto: divulgação

Uma aeronave, antes utilizada para transportar drogas em rotas do tráfico internacional, passa agora a servir centenas de pessoas que precisam de transplante de órgãos no Ceará. A primeira missão do avião, com o objetivo de salvar, vidas foi realizada em outubro deste ano, em um voo entre as cidades de Mossoró (RN) e Fortaleza (CE). O órgão transportado foi um fígado, doado para realização de um transplante no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), referência em transplantes de órgãos no Estado.

Rota da vida

O novo uso para a aeronave foi possível graças a uma decisão da Justiça Federal, que em dezembro de 2015, concedeu ao Governo do Ceará a posse provisória do avião monomotor. A aeronave Cessna Aircraft, modelo 210M Centurion II, foi apreendida em uma operação da Polícia Militar, em abril de 2015, quando desembarcou no município de Canindé, em uma pista de pouso clandestina, carregado com 375,5 kg de cocaína.

Em dezembro de 2015, a 23ª Vara da Justiça Federal, em Quixadá, autorizou o uso da aeronave para o Estado, que ficaria responsável pela manutenção.

“Sentimos a necessidade de utilizar essa aeronave pelo Estado, por isso, conversamos com colegas da Polícia Federal e recorremos à Justiça Federal, que se sensibilizou com o nosso pedido e cedeu a aeronave’’, disse o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, Delci Teixeira.

Versatilidade

A Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) é responsável por operar todos os meios aéreos do Estado. A Ciopaer possui uma frota de seis helicópteros, realizando missões de atividades policiais, bombeirísticas, resgates, transporte aeromédico, em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/CE) e, agora, com o novo avião, realiza ainda o transporte de órgãos, em parceria com a Central de Transplantes do Ceará, da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa). Essas atividades são executadas por policiais militares, policiais civis e bombeiros militares, além de integrantes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e do Samu.

Os transplantes realizados no Estado são fruto da parceria com a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), por meio da Central de Transplantes do Ceará. Mas a função social da aeronave vai além. Além da SSPDS e da Sesa, a aeronave será compartilhada para realizar ações da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e da Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), por meio da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). A aeronave fará o monitoramento ambiental (sobrevoando áreas de incêndios, coletando informações de vegetação e monitorando áreas de proteção ambiental) e o monitoramento de recursos hídricos (verificando volume de açudes e coibindo desvios de água em todo o Estado).

Transplantes no Ceará

Avi%C3%A3o%20Transporte%20de%20%C3%93rg%Foto: divulgação

O Brasil conta hoje com o maior sistema público de transplantes do mundo, com cerca de 95% dos procedimentos e cirurgias realizados com recursos públicos. Ao todo, o Ceará possui 62 hospitais que notificam potenciais doadores nas redes pública, privada e filantrópica, cadastrados no Ministério da Saúde. Em novembro deste ano, o Ceará comemora um novo recorde de transplantes na história do Estado. Ao todo, foram realizados 1.618 procedimentos. O número de intervenções cirúrgicas de órgãos e tecidos, como córnea, coração, pulmão e medula óssea, também já é o maior em toda a história. São milhares de pessoas que ganharam uma nova chance de viver através desse ato de solidariedade.

A Central de Transplantes do Estado do Ceará faz parte da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), sendo responsável pela regulação e pela fiscalização de todos os transplantes e doações que acontecem dentro do Estado. Ela funciona 24 horas, com uma equipe de médicos, enfermeiros e agentes administrativos que recebem todas as notificações de possíveis doadores. Uma vez que esses possíveis doadores se tornam doadores efetivos, os dados são inseridos na base de dados da Central, onde é feita a distribuição de acordo com a lista de receptores que estão aptos para receber o órgão.

fonte: http://cnews.com.br/cnews/noticias/105928/aviao_%22do_trafico%22_se_transforma_em_meio_para_salvar_vidas

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade