Jump to content

Copa Airlines reduzirá vôos em VCP


MarcondesGIG

Recommended Posts

A Copa Airlines comemora 15 anos de operações no Brasil. Ao longo deste período muitos são os motivos de celebração para a companhia. Atualmente, o Brasil é o segundo mercado mais importante da aérea que possui 92 frequências em oito cidades do país.

A companhia pretende continuar sua trajetória de crescimento no mercado brasileiro, mesmo estando diante de um cenário econômico em crise. Para isso a estratégia é reduzir a oferta para não desvalorizar sua tarifa. Pedro Heilbron, Presidente Executivo da Copa Airlines, explica que quando se diminui assentos é possível vender tarifas com preços razoáveis. “Não vamos entrar em guerra de tarifas”, destacou o executivo.

A Copa Airlines reduziu freqüências em seis aeroportos brasileiros. O próximo que terá diminuição de oferta será o Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A companhia começou sua operação em dezembro com sete frequências a partir de junho serão apenas quatro. “Algumas reduções são permanentes outras não. Estamos sendo racionais ao reduzir as rotas, pois a demanda diminuiu. Esperamos melhoras para 2016”, enfatizou Heilbron.

Fonte : mercado & eventos

 

Link to comment
Share on other sites

Pensaram que VCP era uma mina de ouro e agora estão vendo que nao é bem assim. A american airlines já cancelou JFK e agora vem a copa baixando de 7 para 4

Link to comment
Share on other sites

Pensaram que VCP era uma mina de ouro e agora estão vendo que nao é bem assim. A american airlines já cancelou JFK e agora vem a copa baixando de 7 para 4

 

VCP ainda é, mas a soma da crise, terminal mal acabado, GRU logo alí, E as empresas que voam non-stop para os EUA, liquidando suas passagens, nada colabora mesmo.

 

Eu acho que depois de GIG e BSB, VCP tem condições de igualdade pra brigar por demanda internacional com POA, SSA, CNF e REC.

Link to comment
Share on other sites

Foi como escrevi em outro post:

Propaganda é a alma do negócio, as empresas tendem a achar que o passageiro de VCP é só quem sai da capital e RMSP, achando que VCP é mais vazio e com preços menores, esquecem que a RM de Campinas tem 3 milhões de habitantes e a maioria, por falta de propaganda, acham que o aeroporto só tem voos domésticos e internacionais, só cargueiros.

 

COPA, TAP, GOL e todas as outras aéreas que operam em VCP, enxerguem que esse aeroporto pode servir bem o interior de SP e sul de MG, basta fazer propaganda nas rádios, jornais, TVs e grandes multinacionais que estão naquela região que os números melhorarão, basta querer.

 

Um voo VCP-DFW se bem trabalhado na mídia e nas empresas da região: Dell, IBM.. daria certo.

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que depois de GIG e BSB, VCP tem condições de igualdade pra brigar por demanda internacional com POA, SSA, CNF e REC.

A oferta internacional de VCP - em termos de assentos - é ligeramente superior ao de BSB, colocando-a como terceiro maior mercado. Essa posição vai cair com a diminuição da Copa e aumento de frequências em BSB da Tam e Gol.

 

Em termos de frequência, VCP é o quarto, atrás de GRU, GIG e BSB.

 

Foi como escrevi em outro post:

Propaganda é a alma do negócio, as empresas tendem a achar que o passageiro de VCP é só quem sai da capital e RMSP, achando que VCP é mais vazio e com preços menores, esquecem que a RM de Campinas tem 3 milhões de habitantes e a maioria, por falta de propaganda, acham que o aeroporto só tem voos domésticos e internacionais, só cargueiros.

Conversando com pessoas da região, ficaram surpresos quando souberam que a American opera lá.

Link to comment
Share on other sites

Foi como escrevi em outro post:

Propaganda é a alma do negócio, as empresas tendem a achar que o passageiro de VCP é só quem sai da capital e RMSP, achando que VCP é mais vazio e com preços menores, esquecem que a RM de Campinas tem 3 milhões de habitantes e a maioria, por falta de propaganda, acham que o aeroporto só tem voos domésticos e internacionais, só cargueiros.

 

COPA, TAP, GOL e todas as outras aéreas que operam em VCP, enxerguem que esse aeroporto pode servir bem o interior de SP e sul de MG, basta fazer propaganda nas rádios, jornais, TVs e grandes multinacionais que estão naquela região que os números melhorarão, basta querer.

 

Um voo VCP-DFW se bem trabalhado na mídia e nas empresas da região: Dell, IBM.. daria certo.

Realmente falta um marketing por conta dessas companhias, pois o pessoal aqui da região, acha que só a Azul voa para o exterior.

 

Muita gente ainda vai la em GRU pegar voos, pois não sabe que tem a partir daqui

Link to comment
Share on other sites

Se engana pensando que os vôos estavam vazios, antes da crise e da subida rápida do dólar os vôos eram tds cheios, como no geral tds os vôos q a copa opera no Brasil. Infelizmente com essa situação agora tá osso, caiu absurdamente.

Link to comment
Share on other sites

Infelizmente surperestimam VCP esquecendo a proximidade de GRU.

A descentralização da LATAM indo para BSB e HUB no NE vai migrar o fluxo de cnx em SP, sua GRU ou CGH.

Tirando a AD fai ficar complicado por lá.

Link to comment
Share on other sites

 

VCP ainda é, mas a soma da crise, terminal mal acabado, GRU logo alí, E as empresas que voam non-stop para os EUA, liquidando suas passagens, nada colabora mesmo.

 

Eu acho que depois de GIG e BSB, VCP tem condições de igualdade pra brigar por demanda internacional com POA, SSA, CNF e REC.

 

VCP funciona muito bem para a Azul por ser Hub. Apenas por isso.

Link to comment
Share on other sites

VCP estava fazendo propagandas dos voos internacionais em São Paulo, nos relógios de rua, mostrando os destinos servidos sem escalas.

Talvez fosse interessante investir para capturar os pax do interior, e não da capital, que tem ampla demanda a todos os destinos operados em Viracopos.

Link to comment
Share on other sites

VCP estava fazendo propagandas dos voos internacionais em São Paulo, nos relógios de rua, mostrando os destinos servidos sem escalas.

Talvez fosse interessante investir para capturar os pax do interior, e não da capital, que tem ampla demanda a todos os destinos operados em Viracopos.

Ai que eu não entendo, fazem propaganda na cidade de SP e aqui em Campinas nada.

 

Por aqui só temos marketing da Azul, tanto nos jornais como na tv.

Link to comment
Share on other sites

 

VCP ainda é, mas a soma da crise, terminal mal acabado, GRU logo alí, E as empresas que voam non-stop para os EUA, liquidando suas passagens, nada colabora mesmo.

 

Eu acho que depois de GIG e BSB, VCP tem condições de igualdade pra brigar por demanda internacional com POA, SSA, CNF e REC.

Fora os serviços fracos que a Azul oferece no Inter, tenho ouvido reclamações quanto ao serviço.

Ja ouvi até "Prefiro ir até GRU mas ir de TAM, ao menos sei o que compro".

Link to comment
Share on other sites

Já ouvi e conheço muitas pessoas da região de Campinas que vão até GRU apenas pelo fato do free shop ser maior/melhor, etc.

Não só de VCP, mas o que tem de pax que evita chegar em CNF e GIG pelo mesmo motivo.

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by A345_Leadership, June 1, 2015 - duplicado
Hidden by A345_Leadership, June 1, 2015 - duplicado

Já ouvi e conheço muitas pessoas da região de Campinas que vão até GRU apenas pelo fato do free shop ser maior/melhor, etc.

Não só de VCP, mas o que tem de pax que evita chegar em CNF e GIG pelo mesmo motivo.

Link to comment

Não costuma ser propaganda ostensiva a solução para que esse tipo de voo funcione. A CM é uma empresa de ponta, sabe bem onde precisa investir para atingir seu público alvo. Os loads caíram como em outras bases, no fórum principal temos os números e as rotas que conseguiram manter alta ocupação até abril são poucas exceções.

Link to comment
Share on other sites

Não só de VCP, mas o que tem de pax que evita chegar em CNF e GIG pelo mesmo motivo.

Sério????? Eu acho os free shops do GIG muito bons! Não devem nada ao de GRU. Só acho.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade