Jump to content

Malaysia Airlines está em "falência técnica" e demitirá 6.000


Recommended Posts

AFP 01/06/2015 08h04


Kuala Lumpur, 1 Jun 2015 (AFP) - A Malaysia Airlines está "tecnicamente em falência", afirmou o novo presidente da companhia aérea, que anunciou o corte de 6.000 postos de trabalho na empresa, afetada por duas tragédias no ano passado.


"Tecnicamente, estamos falidos e a queda dos resultados começou muito antes dos trágicos acontecimentos de 2014", disse o alemão Christoph Mueller.


A Malaysia Airlines enviou nesta segunda-feira uma carta de demissão aos quase 20.000 funcionários e 14.000 ofereceu um novo contrato, o que significa a demissão de 6.000.


Mueller já havia utilizado o método extremo na irlandesa Aer Lingus e na belga Sabena, o que lhe rendeu o apelido de "The Terminator" (referência ao filme Exterminador do Futuro) por seus cortes.


A empresa malaia espera que Mueller, de 52 anos, "reinvente" a companhia a partir de setembro, com uma nova imagem para a marca, que permita deixar para trás o estigma do ano de 2014.


Em março do ano passado, o voo MH370 desapareceu com 239 pessoas a bordo e nenhum vestígio do avião foi encontrado. Quatro meses depois, o voo MH17 explodiu, supostamente atingido por um míssil quando sobrevoava a Ucrânia. As 298 pessoas que estavam a bordo morreram na tragédia.


As duas catástrofes foram o estopim para que a empresa, que, segundo analistas, tinha uma administração ruim, entrasse no vermelho.


Um fundo de investimento público a resgatou no ano passado, com novas regras de gestão.


Mueller afirmou que espera conter a "hemorragia" em 2015 e estabilizar a empresa em 2016, antes de retomar o crescimento no ano seguinte.


O executivo anunciou em um e-mail enviado aos funcionários nesta segunda-feira que é necessária uma grande mudança de rumo porque a companhia não pode permitir-se ter custos 20% superiores aos da concorrência.


Além das demissões, Mueller deve suprimir rotas de longa distância pouco rentáveis, mas o executivo afirmou que os planos não serão divulgados agora para não dar pistas aos concorrentes.



Link to comment
Share on other sites

For some time now aviation specialists from across the industry have been observing the overwhelming increase in pilot demand from Asia, particularly China. It is an industry-wide concensus that the emerging pilot markets in the China promise almost ideal job opportunities for skilful flight crew members. This conviction impels local markets elsewhere to find ways of filling in the cracks in their HR segment. Promo campaigns as well as separate job ads from China-based airlines advertise really tempting opportunities. For instance, B737 captains are offered 3-year renewable contracts, with $15,000 – 17,000 monthly salaries, a total of $42,000 annual bonuses, as well as additional safety bonuses, transport and accommodation allowances, etc. Furthermore, in many cases a pilot is given the freedom to choose the most desirable roster. For example, working 11 months and having a month’s holiday leave for a higher salary, or working several weeks and enjoying several weeks off afterwards, but with a 15-35% lower pay.At the moment, Chinese aviation market is so hungry for new pilots that it eagerly recruits captains and first officers from all over the World and especially from other Asian countries, such as Malaysia, Indonesia, Singapore, Hong Kong SAR and South Korea. Earning are sky-high and competition for the prospective employees is low. The pilot difficit is projected to reach as many as 15,000 from 2012 until 2015. At the same time, the local flght schools are only able to output not more then 500 pilots per year. The situation is an ideal recipe for highly paid and highly respected aviation employment career for all the regional and international specialists.

Earning $20,000 USD per month.

Este e o forecast da China, porem vai complicar para quem deseja aplicar , e um numero muito grande para o mercado absorver num curto espaço de tempo.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade