Jump to content

EMBRAER: Carteira de pedidos firmes é recorde


Recommended Posts

Fonte:http://economia.uol.com.br/noticias/valor-online/2015/07/15/carteira-de-pedidos-firmes-da-embraer-e-recorde-no-2-trimestre.htm

 

Carteira de pedidos firmes da Embraer é recorde no 2º trimestre

 

A carteira de pedidos firmes da fabricante de aeronaves Embraer no fim do segundo trimestre chegou ao patamar de US$ 22,9 bilhões, 12,25% maior que o volume de US$ 20,4 bilhões apurado nos três primeiros meses do ano. De acordo com a companhia, trata-se da maior carteira de pedidos da história da empresa.

Entre abril e junho, a fabricante entregou 60 jatos, dos quais 27 foram do segmento comercial e 33 do executivo. No mesmo período do ano passado, foram entregues 58 unidades.

Em aviação comercial, foram 22 unidades do modelo E175, três do E190 e dois do E195 no segundo trimestre deste ano. No semestre, são 47 aeronaves do segmento, sendo 42 do modelo E175, 3 do E190 e 2 do E195.

Em aviação executiva a companhia entregou 6 Phenom 100, 20 unidades do Phenom 300, três do Legacy 500, três do Legacy 650 e um jato Lineage 1000. No semestre, foram entregues 45 jatos executivos.

Segundo a empresa, os US$ 2,6 bilhões em pedidos firmes, pelo atual preço de lista, anunciados durante o Paris International Air Show, foram o destaque do trimestre. O valor inclui sete jatos E190 para a chinesa Colorful Guizhou Airlines, oito E175 para a americana SkyWest Airlines, que serão operadas pela Alaska Airlines, dez E175 para a United Express, além de 15 aviões do modelo E190-E2 e 10 do E195-E2 para a empresa de leasing Aircastle.

Em maio, a Embraer já havia anunciado pedidos da Tianjin Airlines para 22 aeronaves, o que tornou a companhia a primeira aérea chinesa a adquirir os E-Jets E2. No mesmo período, outro contrato havia sido anunciado com a Azul Linhas Aéreas para a venda firme de 30 jatos E195-E2.

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by A345_Leadership, July 16, 2015 - indireta ao Navegador e flammer
Hidden by A345_Leadership, July 16, 2015 - indireta ao Navegador e flammer

Ótima notícia.

 

Com uma média de entregas de cerca de 100 aeronaves-ano (como tem sido nos últimos anos), este backlog garante 5 anos de produção (claro que a conta não é bem essa, mas serve para demonstrar o tamanho da carteira de pedidos).

 

E já são 1.668 Ejet´s vendidos, com 1.137 entregues... Que sucesso esta família está fazendo heim.

 

Pena que segundo alguns serão apenas mais 531 aviões para "montar" e nada mais.

 

Sds,

Ozires

Link to comment
Posted · Hidden by A345_Leadership, July 16, 2015 - indireta
Hidden by A345_Leadership, July 16, 2015 - indireta

A "montadora" tá com a carteira de pedidos bem recheada....

 

Sds,

Ozires

Link to comment

Considerando a média de entregas anual de cerca de 100 aeronaves-ano, podemos dizer (bem grosseiramente), que são 5 anos de produção vendidos!!!!

 

Nada mal.

 

Ozires

Link to comment
Share on other sites

Há que se considerar que 267 dos 531 jatos a serem entregues (50%) são compostos por E175-E2, E190-E2 ou E195-E2. Esses modelos ainda não foram completamente desenvolvidos e não estão certificados. Isso quer dizer que eles ainda vão absorver investimentos.

Link to comment
Share on other sites

Sim Delta Wing, é verdade.

 

Mas como os E2 começam a ser entregues em 2018, podemos considerar que haverá, em termos de entregas, uma transição mais suave do que a experimentada pela Bombardier com o seu CSeries em relação aos CRJ.

 

Por lá, eles estão quase que sem encomendas dos CRJ e tiveram de reduzir muito a produção esperando pela chegada do CSeries (o que gerou uma série de problemas). Não fosse o braço executivo e de transportes (trens) a Bombardier talvez não tivesse sobrevivido.

 

O pior cenário seria um atraso grande no programa E2... coisa de 1 ou dois anos... (com cancelamento de muitas encomendas dos E1, e sem novas encomendas de E1) isso sim seria muito ruim, mas não acredito que ocorra.

 

Sds,

Ozires

Link to comment
Share on other sites

Recentemente li uma reportagem de 2001 onde diziam que a Embraer esperava vender 600 aeronaves da nova família de Ejet´s... a maioria do modelo E170.

 

Ainda bem que as coisas mudaram... e para melhor!!!

 

Sds,

Ozires

Link to comment
Share on other sites

Nobre Ozires,

 

há também algo interessante que muitos (inclusive eu) possam desconhecer, que são as peças em material composite fabricadas pela Embraer para outras indústrias aeroespaciais, como no caso dos flutuadores do helicóptero (seriam para a Sikorsky?, não me lembro).

 

Forte abraço,

Ricardo.

Link to comment
Share on other sites

Pois é, a Embraer fabrica e fornece os sponsons do helicóptero Sikorsky S92.

 

E se não me engano, o trem de pouso também, através da Eleb.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade