Jump to content

Chuva causa paralisação e submete passageiros a espera no Aeroporto de Confins


jambock

Recommended Posts

Meus prezados

Chuva causa paralisação e submete passageiros a espera no Aeroporto de Confins

Terminal internacional ficou sem energia e trabalhos foram prejudicados. O apagão causou atrasos e seis voos foram alternados para outros aeroportos

Uma queda no fornecimento de energia provocada por uma forte chuva na noite desta sexta-feira paralisou os serviços no terminal 3 do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O apagão causou atraso em um voo da American Airlines, com destino a Miami, e a decolagem, prevista para as 22h20, atrasou mais de uma hora. Os passageiros ficaram momentaneamente no escuro e foram informados de um possível atraso. Outras seis chegadas foram alternadas para outros aeroportos por causa da chuva.

Uma pancada forte de chuva alagou o estacionamento do aeroporto e complicou a chegada dos passageiros. A água subiu cerca de 10 centímetros na via onde os carros param para que os passageiros possam descer. Às 23h20, eram processados os últimos check-ins para o embarque no voo 0992 para Miami. Funcionários ainda trabalhavam na manutenção do terminal. Segundo alguns trabalhadores do aeroporto, um raio pode ter sido a causa da queda de energia. A informação dos funcionários é de que a descarga elétrica pode ter atingido o sistema do terminal e, para que a manutenção fosse feita, não foi possível ligar o gerador.

Passageiros que estavam na área de embarque internacional do aeroporto reclamaram da falta de luz e disseram que ficaram ´presos´ no local. "O raio x da Polícia Federal não está funcionando, o aeroporto alagou em alguns pontos e não tem sistema de ar-condicionado", disse uma passageira, que preferiu não se identificar. Segundo ela, o embarque estava sendo feito manualmente. "Ninguém da BH Airport deu nenhuma explicação no momento em que ficamos parados, no escuro. Um funcionário que foi ´laçado´, disse que eles estavam tentando fazer tudo da melhor maneira, mas o terminal não tem estrutura para uma queda de energia", completou.

Muitas pessoas usaram as redes sociais para expressar a situação que passavam durante a paralisação. "Aeroporto de Confins fechado devido ao mau tempo e mais uma vez eu estou presa dentro do avião", disse Isabella Araripe.

De acordo com a assessoria de imprensa do BH Airport, que administra o local, o terminal 3 ficou no escuro por aproximadamente três horas e depois a energia foi parcialmente restabelecida e os serviços retomados. O terminal 1 não chegou a ficar sem energia, mas devido ao temporal seis voos foram alternados para aeroportos de outras cidades, mas a situação foi logo normalizada.

Ainda segundo a assessoria de imprensa, o temporal começou por volta das 21h e a queda de energia afetou os sistemas internos do terminal 3, que até às 22h15 não havia sido reestabelecido por completo. Esteiras, Raio X e vários outros equipamentos que ajudam no processamento dos passageiros ficaram sem funcionar. Às 23h, a energia havia sido totalmente restabelecida e os procedimentos voltaram a ser processados normalmente, porém com atraso. Os impactos da chuva ainda são apurados, segundo a BH Airport.

A operação do terminal de passageiros 3 do aeroporto de Confins começou a operar no dia 16 de setembro. O novo espaço foi dedicado exclusivamente às rotas internacionais. O terminal terá capacidade para receber até 4,3 milhões de passageiros por ano numa área de 5,4 mil metros quadrados.

Atualmente, o aeroporto de Confins opera voos regulares para quatro destinos internacionais: Lisboa (TAP), Miami (American Airlines e TAM), Cidade do Panamá (Copa Airlines) e Buenos Aires (Aerolíneas Argentinas). Em novembro, está prevista uma nova operação internacional para Orlando (Azul).

Fonte: Pedro Ferreira e Rodrigo Melo Landercy Hemerson para o jornal ESTADO DE MINAS via CECOMSAER 25 OUT 2015

Link to comment
Share on other sites

O GIG ficava sem luz direto e reto, a RioGaleão resolveu comprando um gerador de ponta. A BH Airport precisa resolver isso também. Todo ano acontece queda de luz em Confins.

Link to comment
Share on other sites

O T3 alagou?!

 

A solucao dos problemas de CNf, pelo visto, ta muito mais longe do que se imagina..

 

Mas o T3 nunca foi solução de nada.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade