Jump to content

Um em cada tres Chilenos escolhe o Brasil para curtir o verão


LipeGIG

Recommended Posts

Um em cada três chilenos escolhe o Brasil para curtir o verão Um em cada três chilenos que comprou passagem pelo site de viagens Despegar.com para curtir o verão este ano escolheu o Brasil como destino. Esse volume representa um aumento de 180% em relação a 2015, tendo como destinos preferidos Rio de Janeiro, Salvador, Florianópolis, Natal, Recife e Maceió. A informação foi registrada pelo jornal chileno La Tercera

Na avaliação do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz, o crescimento é resultado de esforço de promoção com campanha publicitária e ações promovidas junto ao trade para atrair ainda mais turistas dos países vizinhos. Ele ressalta a importância de o setor aproveitar o momento e criar oportunidades para que os estrangeiros visitem e invistam no Brasil.

“Nesse momento, quando a alta do dólar favorece viagens de brasileiros e estrangeiros pelo País, continuaremos investindo em comunicação para atrair turistas dos países sul-americanos. O Chile é o terceiro que mais envia visitantes ao Brasil e, por isso, o investimento nesse visitante deve ser constante”, afirma Lummertz.

De acordo com a publicação, uma passagem de ida do Chile ao Brasil chegou a custar US$ 464 em 2015, e atualmente está em torno de US$ 389, com uma queda de 16%. Além da vantagem do preço, os chilenos não precisam de visto para entrar no País.

Dois representantes de agências de turismo chilenas destacaram que Balneário Camboriú (SC) e Búzios (RJ) estão entre os destinos mais procurados em 2016. A empresa Viagem Falabella, uma das maiores agências do mercado, informou que a demanda por viagens para destinos diversificados no Brasil é 30% maior do que no verão passado.

Maior frequência - Para atender a essa demanda elevada, a companhia aérea chilena Sky Airline aumentou o número de voos para Florianópolis (SC), durante o verão. Ainda de acordo com a matéria do diário La Tercera, a LAN também aumentou em 14% suas frequências, em relação ao período anterior.


180% de aumento sem uma ação organizada dos governos !

 

Ridicula nossa promoção turistica.

Link to comment
Share on other sites

Eu não consideraria o Despegar/Decolar como fonte primária, pois a tendência é os clientes mais sensíveis aos preços montarem suas viagens (enquanto que o alta renda prefere a agência pela comodidade), mas a fonte serve de parâmetro para mostrar como o mercado Brasil-Chile cresceu muito nos últimos 10 anos. Antes era 4 diários GIG-GRU-SCL (2 LAN, 1 Varig e 1 Tam), hoje deve ter uns 10 somente para GRU.

 

Dos destinos preferidos, só o RJ tem ligação direta. No passado a LAN operou sazonal SCL-SSA. Fora que há os inúmeros charteres SCL-FLN.

 

Aproveitando disso, abre oportunidade para a LATAM oferecer SCL-BSB e de lá conexões para o Nordeste Brasileiro (ou será que já oferece isso via GIG e GRU?). Até a Gol pode ser beneficiada deste fluxo, por que não investir em GRU-POA-SCL, a partir de POA ela pode oferecer NVT, FLN e GIG?

Link to comment
Share on other sites

Até a Gol pode ser beneficiada deste fluxo, por que não investir em GRU-POA-SCL, a partir de POA ela pode oferecer NVT, FLN e GIG?

 

Para NVT e FLN é melhor atender mesmo de GRU (que está operando 3x por dia aos sábados e domingos).

SCL-GIG a GOL está fazendo direto 3x na semana (seg/qua/sex), com boas opções de conexões para o Nordeste.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade