Jump to content

Hindustan Aeronautics Ltd. novo competidor da EMBRAER no mercado de jatos regionais


jambock

Recommended Posts

Meus prezados
EMBRAER ganha um competidor da área militar para disputar com ela uma fatia do mercado de jatos da Aviação Regional
HALCIVILboaegrande.jpg
Concepção artística do novo jato da HAL para a Aviação Regional

 

É uma surpresa.
Apesar de sobrecarregada com sofisticados projetos, como o do caça LCA Tejas – que enfrenta dificuldades para se afirmar como opção no disputadíssimo mercado de jatos de combate –, a Hindustan Aeronautics Ltd.(HAL), principal fabricante de aeronaves militares da Índia, emitiu, mês passado, para diferentes círculos da indústria aeroespacial mundial, um request of information (RFI) destinado a selecionar um parceiro para o seu projeto de se lançar no mercado de jatos civis regionais – onde a liderança, hoje, pertence à empresa brasileira EMBRAER.
A informação foi publicada na edição desta quinta-feira (07.04) do jornal The Hindu, da cidade de Chennai, diário no idioma inglês que é o mais lido no sul da Índia.
A HAL pensa disputar a fatia de mercado dos aviões bimotores de 50 a 80 lugares. De acordo com o jornal, a “HAL divisa uma estratégica aliança com o fabricante primário de um avião de perfomance comprovada, dotado de moderna tecnologia, que poderia entrar em serviço rapidamente por meio de baixo investimento e baixo custo operacional”.
HALCIVILpequena-1.jpg
Condições – Segundo a notícia, a nova companhia poderia “produzir e montar aeronaves na Índia para clientes indianos e estrangeiros. O parceiro estrangeiro deverá, entretanto, se comprometer a (1) investir na parceria, (2) assegurar a transferência de tecnologia, (3) ajudar a instalar a infraestrutura necessária à produção dos novos aviões, e (4) formalizar a concessão de uma licença para a produção dos aviões que deverá ser emitida em nome do Gerente Geral Adjunto do setor de contratos da HAL.
A HAL trabalha com a perspectiva de que seu novo jato regional de passageiros poderá ser customizado para diferentes desempenhos: transporte VIP, cargueiro para tropas, cargueiro civil, evacuação aeromédica e até reconhecimento militar.
HALCIVILmenoraindamasv%C3%A1lida-1.jpg
O texto do jornal não informa, contudo, qual é o mercado que a HAL enxerga para o seu novo produto, dentro e fora do país.
Alguns anos atrás, a HAL e os Laboratórios Aeroespaciais Nacionais de Bengaluru (2.141 km ao sul de Déli, a capital) estudaram o projeto de uma aeronave de passageiros um pouco maior – para 70/90 assentos –, mas igualmente para a Aviação Regional.
O governo federal indiano chegou a reservar uma verba entre 72,4 milhões e 126,7 milhões de dólares para iniciar o projeto, mas essa proposta não prosperou.
Por volta de 2006, a HAL também analisou com parceiros russos o projeto de fabricação de um avião de transporte multiuso que seria usado pelos dois países – mas também esse programa foi abandonado.
Fonte: Roberto Lopes para site Plano Brasil 7 ABR 2016

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade