Jump to content

Passarela provisória de Congonhas completa um ano


Leirbag

Recommended Posts

Passarela provisória de Congonhas completa um ano

Estrutura substituiu passarela que estrava deteriorada e oferecia riscos.

Para cruzar avenida, pedestre enfrenta 46 degraus.

 

A estrutura metálica foi liberada para os pedestres no dia 8 de outubro de 2015, quando técnicos da Secretaria de Coordenação das Subprefeitura apontaram que a passarela Comandante Rolim Amaro oferecia riscos aos pedestres.

 

A estimativa era a de que ela operasse por seis meses até a construção de uma nova passarela definitiva, contudo, não há sinais de ficará pronta em breve.

 

O local é muito acessado pelos pedestres que pretendem cruzar a avenida ou chegar ao aeroporto. Para chegar ao seu destino, o pedestre enfrenta 46 degraus, muitas vezes com bagagens, e realiza a travessia por uma plataforma temporária que já apresenta sinais de deterioração e necessidade de manutenção.

 

A Prefeitura de São Paulo informou que a Associação Amigos da Passarela, que reúne manifestantes e empresários, manifestou interesse em fazer a reforma, mas não informou se a negociação avançou.

 

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/10/passarela-provisoria-do-aeroporto-de-congonhas-completa-um-ano.html?

 

Link to comment
Share on other sites

So alguém fazer uma matéria com algum cadeirante se arrastando pelas escadas da passarela que ai sim os responsáveis se mexem. Precisa meter o dedo na ferida pra dar resultado.

Quem está responsável pela obra / reforma a prefeitura ?

Link to comment
Share on other sites

Daqui a pouco ainda vão tombar como patrimônio cultural ou monumento (á incompetência administrativa)!

Link to comment
Share on other sites

Para mim foi o melhor prefeito, mas essa passarela continua sendo um descaso só! Deveriam fazer uma passagem subterrânea.

 

Nobre Dinâmica de Operações, deixa eu dar um pitaco na sua sugestão.

 

Se eu tivesse ganho R$ 0,10 por cada travessia que eu fiz naquela passarela, desde os anos 1980, hoje eu não seria o pobretão que sou.

 

Naquela época, a coisa era tranquila, não existia problema de assalto, roubo, o que perdurou até por volta de 1995, e então...

 

Ficou, diferentemente de inseguro, perigoso, sim, perigoso, e quando eu não mais passei por lá, isso ainda em 2007, eram frequentes os relatos de abordagem de marginal sobre tripulantes e passageiros. Infelizmente, a ‘belle époque’ de Congonhas ficou no tempo, muito atrás mesmo.

 

Citei tudo isso para dizer que, se “os função” tão assaltando de dia, de tarde e de noite, no alto, onde todos podem ver, o que pensar de uma passagem subterrânea, não é mesmo? Além de abrigo para moradores de rua, que é uma tristeza, verdadeiramente, pois eles não têm culpa, mas junto deles, vem a bandidagem para fazer de lá distribuição de drogas, banheiro, é, acredite, na base da passarela, veja, passarela, o cheiro de mijo era insuportável, pois os ‘porcos’, que me desculpe o bicho Porco, mijavam até nas escadarias.

 

Mas, poderíamos dizer que haveria vigilância, guarda municipal, e então eu diria: sabiam que os irmãos Cravinhos estão soltos? Sabiam que o Guilherme de Pádua está solto? Sabiam que a Sra. Suzane von Richthofen também está em vias de? Sabiam que o Goleiro Bruno logo, logo estará nas ruas? Se não estamos seguros em casa, o que dirá em uma passarela subterrânea.

 

O Brasil é um pais aonde o crime compensa, e evitar ao máximo, não é a regra, é lei de sobrevivência.

 

Abraços,

 

Navegador

Link to comment
Share on other sites

Passagem subterrânea haverá de qualquer forma com o metro.
o que poderiam era construir uma nova passarela lá na altura de onde ficava o SERAC para poder distribuir melhor o fluxo de pessoas em 3 pontos diferentes.

Link to comment
Share on other sites

Eu pensei que a passagem poderia entrar ali perto da ANAC/Ibis e sair dentro do primeiro andar do aeroporto, onde fica aquela área de serviço da Infraero (acesso perto dos caixas eletrônicos).

 

Dileto Navegador, tem toda razão. Em termos de segurança, poderia ficar elas por elas. Mas com uma passagem subterrânea é possível colocar lojas com vendas de cafés/salgados, quiosque de chopp (hehe), totens de check-in das aéreas, outdoors, etc. Ou seja, pode-se explorar comercialmente a passagem e com o dinheiro bancar a segurança (pessoas e câmeras, por exemplo). No fim falta vontade de fazer (aí sejamos francos, todos os prefeitos de SP ignoraram o problema).

 

Além disso, em termos de acessibilidade e conforto, aquela passarela é horrível. Chuva, vento, etc...

 

Abraços!

 

Passagem subterrânea haverá de qualquer forma com o metro.
o que poderiam era construir uma nova passarela lá na altura de onde ficava o SERAC para poder distribuir melhor o fluxo de pessoas em 3 pontos diferentes.

Link to comment
Share on other sites

Eu pensei que a passagem poderia entrar ali perto da ANAC/Ibis e sair dentro do primeiro andar do aeroporto, onde fica aquela área de serviço da Infraero (acesso perto dos caixas eletrônicos).

 

Dileto Navegador, tem toda razão. Em termos de segurança, poderia ficar elas por elas. Mas com uma passagem subterrânea é possível colocar lojas com vendas de cafés/salgados, quiosque de chopp (hehe), totens de check-in das aéreas, outdoors, etc. Ou seja, pode-se explorar comercialmente a passagem e com o dinheiro bancar a segurança (pessoas e câmeras, por exemplo). No fim falta vontade de fazer (aí sejamos francos, todos os prefeitos de SP ignoraram o problema).

 

Além disso, em termos de acessibilidade e conforto, aquela passarela é horrível. Chuva, vento, etc...

 

Abraços!

 

 

 

Nobre Dinâmica de Operações, é verdade, não pensei por esse lado. Na realidade, minha concepção de passarela subterrânea é ainda aquela que existe no final da Av. Paulista, para quem quer atravessar a Av. Rebouças, aquela sim, um verdadeiro antro de ‘vagaba’... não sei como está agora.

 

Tornar a via subterrânea em um “mini Shopping”, é uma ótima ideia, mesmo porque a arquitetura da região é bem outra. Valeu!!

 

Prá finalizar, passarela que tem de se subir uma escada com malas, não me parece algo inteligente. Quando das minhas ‘atravessadas’ na passarela de Congonhas, quantas malas de comissária e passageiras eu carreguei. É, tinha uma intençãozinha a mais, rendeu algumas vezes, mas ajudei muitas senhoras também, e põe muitas senhoras nisso. Uma situação muito infame a de uma passarela com escadas, e íngremes como as de Congonhas.

 

Abçs,

 

Navegador

Link to comment
Share on other sites

Passagem subterrânea haverá de qualquer forma com o metro.

o que poderiam era construir uma nova passarela lá na altura de onde ficava o SERAC para poder distribuir melhor o fluxo de pessoas em 3 pontos diferentes.

 

O projeto da linha 18 ouro é igual ao da linha 15, ou seja será suspenso, então acho que vai ser passarela também, como as feitas nas estações Oratório e Vila Prudente.

Link to comment
Share on other sites

O projeto da linha 18 ouro é igual ao da linha 15, ou seja será suspenso, então acho que vai ser passarela também, como as feitas nas estações Oratório e Vila Prudente.

achar não adianta. tem que ver o projeto para ter certeza que é subterrâneo.

A area já esta isolada para as escavações.

https://www.facebook.com/AeroportoDeCongonhas/photos/?tab=album&album_id=386031694844988

 

 

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade