Jump to content

Embraer vendeu nove jatos comerciais no terceiro trimestre de 2016


jambock

Recommended Posts

Meus prezados

Embraer vendeu nove jatos comerciais no terceiro trimestre de 2016

Encomendas firmes somaram quase US$ 500 milhões. Fabricante entregou 29 aeronaves no mesmo período, 38% de alta

A Embraer registrou a venda de nove jatos comerciais por quatro clientes diferentes entre julho e setembro deste ano. A United Airlines encomendou um E-175 e a Japan Airlines, um E190. A chinesa Colorful Ghizhou fechou negócio com dois E190 que serão entregues no ano que vem. A maior novidade da lista, no entanto, é a companhia indonésia Kalstar que assinou contrato para cinco unidades do E190-E2, de nova geração. O negócio foi anunciado na Feira de Farnborough, em julho.

No último trimestre, a fabricante entregou 29 jatos, oito a mais que no mesmo período de 2015. Foram 24 jatos E175 (11 para a Skywest, seis para a United, seis para a American e um para a KLM), quatro E190 (dois para a Colorful Ghizou, um para a JAL e um para a JAG, especializada em leasing) além de um E190 para a chinesa Hainan Airlines.

Apesar das vendas, o volume de negócios da Embraer no setor caiu: o total de encomendas firmes atualmente é de US$ 21,4 bilhões, uma redução de cerca de US$ 500 milhões em relação ao primeiro trimestre deste ano. São 479 aeronaves vendidas, sendo três E170, 130 E175, 59 E190, 15 E195, 100 E175-E2, 90 E195-E2 e 82 E190-E2.

Fonte: portal AIRWAY via CECOMSAER 18 OUT 2016

Link to comment
Share on other sites

Nossa que raro, vendeu mais E-175E2 que E-195E2, imaginava que a maior versão tivesse mais saída, como um todo, a nova família ainda vendeu muito pouco apenas 172 unidades.....e falam mal do C-Series que não vende tb

Link to comment
Share on other sites

Nossa que raro, vendeu mais E-175E2 que E-195E2, imaginava que a maior versão tivesse mais saída, como um todo, a nova família ainda vendeu muito pouco apenas 172 unidades.....e falam mal do C-Series que não vende tb

 

No segundo trimestre eram na verdade 267 unidades da E2 vendidas, o backlog constava 500 aeronaves das duas gerações nesse ritmo é ao menos 5 anos de produção garantida. E quanto ao C-Series, se não fossem as vendas desse ano para a Air Canada e Delta, não teriam sequer as vendas do E2, isso que o C Series iniciou as vendas em 2009 e o E2 em 2013.

 

Resumindo: Apesar o ritmo lento das vendas, elas ainda tem acontecido.

 

http://www.embraer.com/Documents/noticias/Release%20US%202Q16_FINAL.pdf

Link to comment
Share on other sites

O 175 com a nova ponta de asa foi uma jogada de mestre da EMBRAER para cobrir a lacuna entre os EJets atuais e os E2.

 

Nos últimos meses a empresa tem entregue um monte desses.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade