Jump to content

Crise e falta de passageiros leva RIOgaleão a fechar Terminal 1 do aeroporto Tom Jobim


Leonardo de Paula

Recommended Posts

Crise e falta de passageiros leva RIOgaleão a fechar Terminal 1 do aeroporto Tom Jobim

 

image006-2.jpg

Área de embarque do Terminal de Passageiros 2, no Aeroporto Internacional do Galeão

Ao contrário da tendência mundial, de ampliação dos terminais de passageiros dos principais aeroportos do mundo, o aeroporto internacional Tom Jobim está reduzindo seu espaço operacional e, a partir do próximo mês desativará o Terminal 1. A decisão da RIOgaleão, que não consegue mais administrar suas dívidas com o Governo, e busca parceiros para o consórcio, levará o aeroporto a ter seu espaço reduzido em 90 mil metros quadrados.

No terminal 1 continuarão a funcionar apenas as pontes de embarques e desembarques para aeronaves, centro de operações,emissão de Passaportes. Os passageiros serão os mais prejudicados pois terão que passar obrigatoriamente pelo check-in das 24 companhias que operam no Galeão, no Terminal 2, além de ter que contar com apenas um único terminal de serviços.

Apesar das promessas feitas pela RIOgaleão de que a mudança não irá afetar as operações e os passageiros, existe uma preocupação com contratempos resultado de atrasos de voos, cancelamentos e o fato de se concentrar apenas em apenas um único terminal um volume próximo de 17 milhões de passageiros por ano que utilizam o principal aeroporto do Rio de Janeiro.

A mudança preocupa porque acontece às vésperas das festas de final de ano e da temporada de verão, já antecipando dias de caos para quem tiver voos programados nos dias de maior movimento. A Anac garante que existe a obrigatoriedade da RIOgaleão de garantir aos passageiros um sistema operacional eficiente e que se houver situações de desconforto e caos adotará as medidas cabíveis na legislação. Boa parte das lojas do Terminal 1 já fechou suas portas.

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/crise-e-falta-de-passageiros-leva-riogaleao-a-fechar-terminal-1-do-aeroporto-tom-jobim/

Link to comment
Share on other sites

No terminal 1 continuarão a funcionar apenas as pontes de embarques e desembarques para aeronaves, centro de operações,emissão de Passaportes. Os passageiros serão os mais prejudicados pois terão que passar obrigatoriamente pelo check-in das 24 companhias que operam no Galeão, no Terminal 2, além de ter que contar com apenas um único terminal de serviços.

 

Não entendi direito essa parte. Quer dizer que vôos ainda vão chegar e sair do T1, mas depois de check-in, raio-x e despacho/retomada de bagagem no T2? Como vão fazer isso?

Link to comment
Share on other sites

Não entendi direito essa parte. Quer dizer que vôos ainda vão chegar e sair do T1, mas depois de check-in, raio-x e despacho/retomada de bagagem no T2? Como vão fazer isso?

 

Tem (ou terá) uma ligação interna entre os dois terminais. Na real o T1 virou um mero pier.

Link to comment
Share on other sites

A coisa está feia para os aeroportos. Fico a me perguntar como se dará a concessão destes aeroportos que estão em vias de licitação, como o de Salvador.

 

Já vai ajudar bastante se os interessados fizerem lances coerentes com a demanda e com a projeção. Fora as críticas ao modelo, os lances de alguns aeroportos foram muito superiores a outorga mínima. O governo também vai alterar os gatilhos, eliminando a exigência de investimentos por prazo e passando a ser apenas por movimento.

Link to comment
Share on other sites

Não entendi qual é o espanto geral.. isso já não estava planejado a mais de um ano?

Ter o corpo do T2 como terminal central e o T1 virar um Pier Norte.

Link to comment
Share on other sites

Nenhuma novidade que a megalomania do projeto nao iria pra frente.

Coitado de CNF que esta com seu novo terminal quase pronto, haja aviao para colocar em tanta ponte! Melhor combinarem de fechar PLU para dar uma "força".

O pier do T3 de GRU eu duvido que saia em 2018, vao querer renegociar e empurrar de barriga.

A justica deveria ser bem dura e cobrar os contratos como pactuados. Neste país só paga o pato a cidadao comum e de bem, empreiteira, operadora, estas nunca quebram!

Link to comment
Share on other sites

Posted · Hidden by C010T3, October 27, 2016 - Repetido
Hidden by C010T3, October 27, 2016 - Repetido

Nenhuma novidade que a megalomania do projeto nao iria pra frente.

Coitado de CNF que esta com seu novo terminal quase pronto, haja aviao para colocar em tanta ponte! Melhor combinarem de fechar PLU para dar uma "força".

O pier do T3 de GRU eu duvido que saia em 2018, vao querer renegociar e empurrar de barriga.

A justica deveria ser bem dura e cobrar os contratos como pactuados. Neste país só paga o pato a cidadao comum e de bem, empreiteira, operadora, estas nunca quebram!

Link to comment

A recente alteração na precificação dos combustíveis afeta também o QAV?

Bem, com um suspiro na economia que estamos observando, mais a queda do dólar ultimamente, será que não haverá um reflexo no desempenho da aviação brasielira?

Link to comment
Share on other sites

Na boa... o T2 virou um 'maze'... ou zigue-zague... após passar pelo checkin começa a maratona ... passou a inspeçao da policia, vire e desça as escadas, ande mais um pouco... seu portão de embarque é do 40 pra cima? Ande meu filho mas ande muito... 20-30 minutos apenas. Add 10-15 se der algum gargalo ruim na policia. Eu pensava que apenas Guarulhos era complicado após unificação dos terminais. Se o voo partir/acoplar no T1 vai add mais 20-30 minutos. Em tempos de GRU-CGH ou inverso na casa dos 35-35 minutos... porre mesmo quem curte um aeródromo

Link to comment
Share on other sites

O edital obrigava a adição de 26 novas pontes de embarque, por isso a construção do Pier Sul.

A megalomania foi na outorga.

Se havia megalomania aí, um bom valuation refletiria essa no lance, jogando o valor do lance da outorga para baixo.

 

Não foi o que vimos! O consórcio não só comprou as perspectivas de demanda do governo, ele as extrapolou...

Link to comment
Share on other sites

Na boa... o T2 virou um 'maze'... ou zigue-zague... após passar pelo checkin começa a maratona ... passou a inspeçao da policia, vire e desça as escadas, ande mais um pouco... seu portão de embarque é do 40 pra cima? Ande meu filho mas ande muito... 20-30 minutos apenas. Add 10-15 se der algum gargalo ruim na policia. Eu pensava que apenas Guarulhos era complicado após unificação dos terminais. Se o voo partir/acoplar no T1 vai add mais 20-30 minutos. Em tempos de GRU-CGH ou inverso na casa dos 35-35 minutos... porre mesmo quem curte um aeródromo

 

Verdade, obrigar o pax a descer a escada, passar pelas lojas e depois subir de novo é muito ordinário. Imagina que raiva você em cima da hora, o seu portão é em frente aos Raio-X, mas a bonita da Rio Galeão quer que você vá fazer a volta lá no fim do terminal só pra passar pelo comércio, muito mal planejado isso.

Link to comment
Share on other sites

Se havia megalomania aí, um bom valuation refletiria essa no lance, jogando o valor do lance da outorga para baixo.

 

Não foi o que vimos! O consórcio não só comprou as perspectivas de demanda do governo, ele as extrapolou...

 

Eu queria analisar essas planilhas de valuation ... tenho certeza que erraram nas contas ... seja por premissa ruim ou por racional errado ... lembrando que o valuation era em cima do tempo da concessão, ou seja, todo o valor está no período explícito de projeção e não tem perpetuidade para salgar valor. Erraram feio mesmo.

 

btw, alguém sabe quais foram os bancos ou consultorias que assessoram os compradores ?

Link to comment
Share on other sites

 

Eu queria analisar essas planilhas de valuation ... tenho certeza que erraram nas contas ... seja por premissa ruim ou por racional errado ... lembrando que o valuation era em cima do tempo da concessão, ou seja, todo o valor está no período explícito de projeção e não tem perpetuidade para salgar valor. Erraram feio mesmo.

 

btw, alguém sabe quais foram os bancos ou consultorias que assessoram os compradores ?

Erraram nada gente.. foi a lava-jato que "estragou tudo". "há mais coisas entre o céu e a Terra que podem compreender nossa vã filosofia" ou seria "entre a União, o BNDES e as empreiteiras"?

Link to comment
Share on other sites

Terraço ?? O Palheta Air Café fecha mês que vem, assim como o enorme restaurante Demoiselle. Isso já era mais do que o esperado. Vão concentrar e espremer tudo no Terminal 2. Eu vejo o movimento no final da tarde e início de noite e o trânsito está um inferno para se acessar o terminal.

 

É triste terem largado o Terminal 1. Ele merece uma bela de um retrofitada.

Link to comment
Share on other sites

Eu não entendi direito... Vão fechar mesmo? Deixar sem uso? Ou vão fechar pra reforma? Não dei muito crédito pra essa notícia. Vai ficar somente a área de embarque aberto com acesso através do T2... É isso?

Link to comment
Share on other sites

 

Eu queria analisar essas planilhas de valuation ... tenho certeza que erraram nas contas ... seja por premissa ruim ou por racional errado ... lembrando que o valuation era em cima do tempo da concessão, ou seja, todo o valor está no período explícito de projeção e não tem perpetuidade para salgar valor. Erraram feio mesmo.

 

btw, alguém sabe quais foram os bancos ou consultorias que assessoram os compradores ?

Eu nunca vou acreditar que de fato ocorreu algum tipo de valuation sério e bem feito. Tudo não passou de "lavagem de favor" embutido em empréstimos do BNDES. Ai qualquer projeção é o limite pq quem imprime dinheiro disse que vai te dar dinheiro.

 

Numa olhada básica no sitio de GRU você sabia que aquilo nunca valeu nem jamais valeria R$ 16,2 bi por 20 anos.

Eles tiveram que construir um terminal em tempo recorde, sem nenhum tipo de ligação expressa (trem ou metro) com a cidade, precisando reformar os terminais antigos e sua infraestrutura, e ainda ter de lidar com um esqueleto de um elefante branco que é o T1 (antigo t4), é um inferno logístico para obras emergenciais e para adequação do sistema anterior aos padrões estipulados na outorga.

 

Só ver que nenhuma previsão da GRU para inauguração de retrofit no T2 tem sido cumprido. Não tem uma empresa sequer feliz com as obras, com a falha nos prazos (quando dão prazos), ou mesmo com a falta de transparência em contratos de quarterização.

O T1 para não ficar as traças, virou "local de treinamento" da GRU. A AD e passaredo não tem movimento algum para fazer aquele terminal ser movimentado (ou mesmo justificar a sua existência). Mas o T1 hoje é tão ruim que não precisa de muito para fazer o desembarque ser um inferno. O fluxo interno foi mal projetado, subdimensionado e estrangula o trafego ao redor do terminal.

 

Isso pq nem comecei a falar da CPTM que "quase" chega no T1, e a GRU já falou que só vai botar onibus para fazer Transfer de lá para o T1-T2-T3. Ou seja, não atende ninguém. Mais um elefante branco pela metade em GRU.

 

Não precisa ir muito para ver que a precificação de VCP ou de BSB também foram completamente erradas por motivos de corrupção plena. Vai lá, veja os consórcios vencedores vs lava jato. Ah se investigarem essas concessões...

Link to comment
Share on other sites

Concordo com os demais, este papo furado de exigencia de edital e outros mimimis sao tipicos de incompetentes.

A desculpa da lava jato nem se fala....

Logo vao culpar o bolsa familia por ter afundado as concessões.

Reitero que o governo deve ser duro e se necessario retomar os aeroportos descontando dos investimentos os passivos e multas

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade