Jump to content

Piper Sêneca caiu em Coxim MS, pax e piloto morrem


jambock

Recommended Posts

Meus prezados
Uma aeronave de pequeno porte caiu neste domingo (28), por volta do meio-dia, em Coxim, na região Norte de Mato Grosso do Sul. A construtora Lomy, de Araçatuba, confirmou a morte do empresário Luís Fernando de Arruda Ramos, de 47 anos, e do piloto Fabio Pinho.
O avião bimotor Sêneca caiu na fazenda Siriema, a 25 quilômetros da área urbana do município, e ficou destruído.
Para a TV TEM, afiliada da Globo em Rio Preto e Araçatuba, a assessoria de imprensa da construtora confirmou que o empresário estava no trajeto entre a Fazenda Arruda Ramos, em Porto Esperidião (MT), e Araçatuba. Ele estava na propriedade rural desde 20 de maio.
Luís Fernando de Arruda Ramos foi candidato a prefeito de Araçatuba no ano passado, pelo PTB.
Além da fazenda em Mato Grosso, Luis é dono de sítios em Lavina (SP) e de uma fazenda em Camapuã.
A aeronave, prefixo PT-WPD, estava com o certificado de aeronavegabilidade da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em dia, com validade até 20 de julho de 2017.
Fonte: Paulo Fernandes, G1 MSf 28 MAI 2017

Proprietário:
LUIS FERNANDO DE ARRUDA RAMOS E OUTRO
Operador:
LUIS FERNANDO DE ARRUDA RAMOS E OUTRO
Fabricante:
PIPER AIRCRAFT
Modelo:
PA-34-220T
Número de Série:
3449015
Tipo ICAO :
PA34
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MLTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 2 MOTORES CONVENCIONAIS
Peso Máximo de Decolagem:
2155 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
Tipo de voo autorizado:
IFR Noturno

Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
14920
Situação no RAB:
Data da Compra/Transferência:
06/05/15

Data de Validade do CA:
20/07/17
Data de Validade da IAM:
30/03/18
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal

Link to comment
Share on other sites

  • 1 year later...

Meus prezados
Cenipa diz que pane em sistema de combustível provocou queda de avião com morte de empresário
Acidente em maio de 2017 matou empresário e candidato a prefeitura de Araçatuba (SP). Piloto também morreu.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) concluiu a investigação sobre a queda do avião que matou o empresário de Araçatuba (SP) Luís Fernando de Arruda Ramos. O acidente foi em maio de 2017, em Coxim (MS), e também matou o piloto Fábio Pinho.
Segundo o relatório do Cenipa, houve um mau funcionamento no sistema de injeção de combustível no motor direito do bimotor.
Ainda segundo o relatório, é possível que tenha havido dificuldade do piloto em compreender a pane apresentada pela aeronave, prejudicando sua capacidade de reação para evitar o acidente.
De acordo com o Cenipa, é possível que uma regulagem inadequada do sistema de injeção de combustível tenha sido a causa da pane. Porém, os registros de manutenção foram destruídos pelo fogo impedindo verificar se a qualidade dos trabalhos de manutenção influenciaram na queda.
A investigação realizada pela Aeronáutica não aponta culpados e tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.
Acidente
O bimotor Piper Aircraft caiu em uma fazenda, a 25 quilômetros da área urbana de Coxim (MS), e ficou destruído.
A aeronave se chocou contra árvores e pegou fogo depois de bater no solo. Quando equipes do Corpo de Bombeiros chegaram ao local, encontraram o avião em chamas.
Luís Fernando foi candidato a prefeito de Araçatuba pelo PTB nas eleições municipais de 2016 e ficou em segundo lugar, com 37.787 votos (38,69%). O empresário era casado e tinha dois filhos. O piloto também deixou mulher e dois filhos.
Fonte: Márcio Zeni, Tv Tem via G1 – site CECOMSAER 7 mai 2019

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade