Jump to content

São Bernardo aguarda há quatro anos decisão da Saab sobre fábrica de caças


jambock

Recommended Posts

Meus prezados

São Bernardo aguarda há quatro anos decisão da Saab sobre fábrica de caças na cidade

Nesta semana, a Prefeitura de São Bernardo retomou o diálogo com representantes do grupo sueco Saab a respeito do projeto voltado à produção de componentes para 36 aviões militares Gripen em território são-bernardense. O diretor da empresa, Bengt Janér, esteve no gabinete do prefeito Orlando Morando, nesta terça-feira (11/07).

De acordo com nota encaminhada pela administração municipal, nesta quarta (12), a expectativa é que a definição do local para instalação da planta aconteça entre o segundo semestre deste ano e o primeiro semestre de 2018. Atualmente, uma equipe da Saab prospecta áreas com potencial para abrigar a unidade.

Ainda em 2013, o então prefeito Luiz Marinho afirmou, à época, em entrevista ao site Valor Econômico, que a operação da fábrica da Saab na cidade começaria em 2015. Ao longo de 2014, executivos da empresa ratificaram a notícia e confirmaram o investimento inicial de 150 milhões de dólares em uma fábrica são-bernardense.

No início de 2015, o portal G1 noticiou que o Ministério Público Federal chegou a abrir um procedimento preparatório para investigar possíveis irregularidades na compra dos caças. Em novembro de 2016, em resposta a um e-mail encaminhado pelo SãoBernardo.INFO, a assessoria de imprensa da Saab colocou o município apenas entre um dos possíveis locais que abrigaria a fábrica.

Fonte: SÃOBERNARDO.INFO via CECOMSAER 13 JUL 2017

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados

Paço e Saab reiniciam processo de aproximação

A Prefeitura de São Bernardo e a Saab efetivaram nesta semana reaproximação para tratar da possível instalação de fábrica no município, com reunião entre o prefeito Orlando Morando (PSDB) e o diretor Bengt Janér.

Apesar de não confirmar que vai instalar uma planta em São Bernardo, a intenção da empresa sueca é iniciar produção de suprimentos dos aviões-caça Gripen NG, que substituirão a frota de 36 aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) entre os anos de 2019 e 2024.

“Reafirmei o interesse do município em receber a fábrica da Saab. O diretor me relatou que a cidade é vanguarda para isso, pela sua boa mão de obra e pelo parque universitário. Por isso deixo abertas as portas da Prefeitura para auxiliar a empresa”, disse Morando.

Na visão do tucano, um pacote de incentivos fiscais, a ser lançado em 2018, pode contribuir favoravelmente às intenções da empresa sueca. “A própria Saab poderá ser beneficiada neste projeto, que prevê inclusive a redução do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano)”, ponderou o prefeito.

De acordo com o Paço, a Saab tem realizado vistoria em áreas do município que poderiam receber as instalações da fábrica. Um local que teria sido analisado, mas descartado, foi o da antiga fábrica da Rolls Royce, próxima à Via Anchieta.

Procurada pelo Diário, a Saab confirmou o encontro. “A reunião foi bastante proveitosa, pois pudemos explicar ao prefeito Orlando Morando que os detalhes da fábrica de suprimentos do programa Gripen estão sendo finalizados e serão anunciados no devido tempo”, informou por meio de nota.

Conforme a empresa, mais de 50 engenheiros brasileiros estão sendo treinados nas instalações da matriz, na Suécia, e mais de 100 profissionais já voltaram para o Brasil e estão trabalhando no desenvolvimento da aeronave. Até 2024, segundo a companhia, mais de 350 brasileiros participarão de cursos e treinamento na Europa.

O projeto, estimado em US$ 5,4 bilhões, faz parte de um acordo bilateral entre a Saab e o governo brasileiro para a compra de caças. O contrato também é contemplado por acordo de cooperação industrial, que inclui transferências de tecnologia à indústria brasileira pelos próximos dez anos.

Fonte: Humberto Domiciano para DIÁRIO DO GRANDE ABC (SP) via CECOMSAER 15 JUL 2017

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Meus prezados

Fábrica da Saab é alvo de Orlando em Brasília
O projeto para fabricar suprimentos dos aviões-caça Gripen NG em São Bernardo, da empresa sueca Saab, foi alvo nesta terça-feira (25/07) do prefeito Orlando Morando. Em agenda oficial em Brasília, o chefe do Executivo se reuniu com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e com o secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Flávio Augusto Corrêa Basilio, além de representantes das Forças Armadas, para abordar sobre toda a situação em torno do projeto.
Segundo o prefeito, o ministro da Defesa se prontificou a apurar os detalhamentos do contrato entre a União e a Saab, no que compete à compra dos aviões-caça e pautar uma reunião sobre os futuros desdobramentos.
O projeto faz parte de um acordo entre a Saab e o governo brasileiro para a venda de caças, em um negócio estimado em US$ 5,4 bilhões. A definição do local deve acontecer no final deste ano ou início de 2018.
Os aviões-caça Gripen NG substituirão a frota de 36 aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) entre os anos de 2019 e 2024. A possibilidade da chegada de uma fábrica para São Bernardo para a confecção de componentes dos aviões vem sendo discutida desde o governo Luiz marinho (PT).
Fonte: REPORTER DIÁRIO (SP) via CECOMSAER 26 JUL 2017

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade