Jump to content

Anac flexibiliza a validação de centros de treinamento estrangeiros


Pifpaf

Recommended Posts

A Anac aprovou, no dia no último dia 4 de agosto, uma IS (instrução suplementar) que estabelece os procedimentos para validação de centros de treinamento de aviação civil estrangeiros.

Com a nova regra, todos os centros de treinamento no mundo homologadas pelo FAA (Federal Aviation Administration) ou EASA (European Aviation Safety Agency) serão aceitos pela Anac para renovação ou iniciação de habilitação de tipo.
Os centros certificados pela FAA, sob as regras do 14 CFR Part 142, e os centros certificados pela EASA, sob as regras do Part-ORA, ficarão, portanto, dispensados de apresentar a demonstração de similaridade entre a regulamentação local e a regulamentação brasileira.
Segundo a Anac, essas normas já foram devidamente avaliadas e são consideradas similares à regulamentação brasileira.
A flexibilização ocorre após trabalho desenvolvido pelo SNA em prol dessa medida, que deverá facilitar a vida dos pilotos expatriados e pilotos da aviação executiva, ao proporcionar mais opções para renovação.
Link to comment
Share on other sites

Muito bom, acredito que abre mais possibilidades de locais para iniciais e rechecks. Só não resolve o altíssimo custo de obter uma carteira. Mas quanto menos burocracia, melhor.

Link to comment
Share on other sites

Isso significa que a Anac reconhecerá checks feitos nesses centros de treinamento por checadores FAA e EASA ou terá que ser feito por um checador ANAC?

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade