Jump to content
Sign in to follow this  
jambock

TWO Flex pede voos regulares de POA para cinco destinos no Estado RS

Recommended Posts

Discordo respeitosamente de alguns aqui. Vejo nessa parceria uma situação em que todos saem ganhando. Os novos voos para cidades do interior, operados por Caravan, são excelentes para a população. Isso movimenta os negócios, o turismo, etc. Sobre o ICMS, vejam o que está acontecendo no Ceará por exemplo, a quantidade de novos voos. Com menor custo para operar, a tendência é que a GOL aumente os voos para o RS. Só não esperem que isso aconteça em uma semana...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que vai mesmo sair essa parceria, ou melhor, será que vai durar?

Houve reservas de slots em POA, mas nunca iniciaram as vendas de passagens e os voos.

 

 

A gente torce para que saia e tenha mais voos pelo estado, mas eu já acho que isso nem sai, pela lerdeza que isso tramita. O anuncio era que o voo iria começar em Março, já estamos em Dezembro e nada de voo. Agora troca o governo, vai que a pauta é trancada na assembleia... são muitos tramites até chegar a conclusão.

 

 

 

 

Discordo respeitosamente de alguns aqui. Vejo nessa parceria uma situação em que todos saem ganhando. Os novos voos para cidades do interior, operados por Caravan, são excelentes para a população. Isso movimenta os negócios, o turismo, etc. Sobre o ICMS, vejam o que está acontecendo no Ceará por exemplo, a quantidade de novos voos. Com menor custo para operar, a tendência é que a GOL aumente os voos para o RS. Só não esperem que isso aconteça em uma semana...

 

Concordo com você que devemos ter mais voos para o interior, fomentar as regiões, para negocios é excelente, mas também depende dos horarios e as possiveis conexoes que terão. E sim, acho que se o incentivo sair eles terão o prazo estipulado para comecar as operacoes e ai veremos como o mercado reage as novas rotas.

 

Por enquanto é aguardar cenas dos proximos capitulos... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

O ideal, smj, nestes voos Interior-POA-Interior seria que esses voos saíssem destas cidades interioranas pela manhã (6h,7h) e voltassem de Porto Alegre à tardinha (18h, 18h30min), permitindo que as pessoas resolvessem os assuntos na Capital, retornando no mesmo dia (economizando diária de hotel). Mas será que os aeroportos correspondentes têm os equipamentos que os habilitem às operações noturnas?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados
Discussão judicial emperra voos da Azul e Gol no Rio Grande do Sul
Operação da Two Flex, que pretendia fazer seis ligações comerciais, não saíram do papel
Uma disputa entre duas empresas aéreas vem retardando o desenvolvimento da aviação regional no Estado. A perspectiva era que desde o ano passado o Rio Grande do Sul já pudesse contar com mais voos para cidades do Interior. A Gol, através de uma parceria com a empresa de táxi aéreo Two Flex, pretendia iniciar seis novas rotas comerciais no Estado. No entanto, essa operação ainda não saiu do papel.
O maior empecilho, no momento, para que a iniciativa siga adiante é uma disputa jurídica envolvendo outra gigante do setor e que concentra os voos no Interior gaúcho: a Azul. Em setembro de 2018, a Secretaria Estadual dos Transportes firmou um termo de acordo com a Gol para viabilizar seis novas rotas de voos comerciais. O documento foi publicado na edição do dia 5 daquele mês do Diário Oficial do Estado e inseria a companhia no Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (que prevê benefícios fiscais e no qual a Azul já havia ingressado).
Quando foi lançado o programa, em 2015, época da adesão da Azul, o ICMS cobrado sobre o querosene de aviação (QAV) era de 17%. Porém, para companhias que operassem em pelo menos quatro cidades gaúchas o imposto cairia para 12%, com cinco municípios seria de 10% e com seis destinos, de 7%. A Gol e a Two Flex também tentaram usufruir dos benefícios do programa. Ocorre que o protocolo com essas empresas foi assinado com o governo do Estado próximo às eleições do ano passado e, em função disso, a Azul entrou com mandado de segurança para impedir a atuação das concorrentes, sob o argumento de ser ilegal a concessão de benefício fiscal em período eleitoral.
O acerto entre governo, Gol e Two Flex previa a ligação de Porto Alegre com Bagé (seis voos semanais) Passo Fundo (cinco), Rio Grande (cinco), Santana do Livramento (quatro), Santa Rosa (quatro) e São Borja (quatro). Seriam utilizadas aeronaves Cessna 208 Caravan, com capacidade para nove passageiros. A Azul, por sua vez, opera atualmente no Estado em Porto Alegre, Pelotas, Santa Maria, Santo Ângelo, Uruguaiana, Caxias do Sul e Passo Fundo (essas duas últimas com voos para Campinas). A companhia também prevê, para este ano, iniciar uma linha até Bagé (cidade que também é interesse da Gol e da Two Flex).
Sobre a briga jurídica entre as empresas aéreas, o coordenador da área tributária do escritório Ramos e Kruel, João Corsetti, vê um embasamento forte no que contesta a Azul. O incentivo não poderia ser concedido dentro do período dos últimos dois quadrimestres anteriores ao final do mandato do governador. O sócio do escritório Ramos e Kruel Evandro Kruel informa que a contenda legal está sendo analisada pelo grupo cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul.
O advogado ressalta que esse debate põe em jogo a aviação regional para alguns municípios gaúchos. Kruel reforça que essa prática é um indutor de atração de investimentos, nos locais em que funciona. O especialista em Direito Público João Escobar entende que o governador Eduardo Leite poderia resolver a questão se ratificar o ato do ex-governador José Ivo Sartori de abranger no Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional as empresas Gol e Two Flex.
Essa medida solucionaria qualquer dúvida jurídica sobre o incentivo dado, pois já não estaria mais em período eleitoral. Em nota, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Logística e Transportes, informa que "está dando continuidade aos trâmites necessários para a implantação dos voos regionais da Gol Linhas Aéreas em parceria com a Two Flex, nos mesmos moldes do projeto desenvolvido pela Azul".
Segundo o comunicado, ainda neste mês, ocorrerá uma reunião com a Secretaria da Fazenda para discutir a revisão do decreto que viabiliza a aquisição de combustíveis a preços competitivos com os demais Estados. "Após esse encontro, teremos novas definições", conclui o texto. Empresa confirma que não mudou os planos para começar a operar no Estado Apesar do imbróglio jurídico, a Two Flex confirma a intenção de começar os voos no Rio Grande do Sul.
O presidente da empresa, Rui Aquino, enfatiza que os planos da companhia quanto ao Estado não mudaram em relação ao ano passado. "Só estamos aguardando a posição do governador (Eduardo Leite)", revela o executivo. De acordo com Aquino, é necessário apenas o governador constituir um novo decreto (quanto ao Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional). Essa posição, reforça o presidente da Two Flex, resolveria qualquer celeuma jurídica e a companhia estaria pronta para operar dentro de um espaço de 30 dia, após a publicação do decreto.
O líder do governo na Assembleia Legislativa e presidente da Frente Parlamentar da Aviação Civil, deputado Frederico Antunes (PP), destaca que, na terça-feira passada, o governo de São Paulo anunciou a diminuição de 25% para 12% do ICMS cobrado sobre o querosene de aviação em voos domésticos naquele estado. "Isso vai acelerar a necessidade dos demais estados, inclusive o Rio Grande do Sul, de fazerem uma revisão do que se tem (em matéria de benefícios) e do que se pode chegar", adverte. O parlamentar argumenta que, se não houver um programa gaúcho atualizado de incentivo à aviação regional, o mais rapidamente possível, o Estado pode perder condições competitivas. Antunes ressalta que a revisão do programa estadual também precisa tornar mais claras as regras a respeito de parcerias como a Two Flex e Gol.
Procurada pela reportagem do Jornal do Comércio, a Azul afirmou que "por conta dos altos custos operacionais nessas bases, as políticas públicas de incentivo à aviação regional são essenciais para que mais pessoas e cidades possam ser beneficiadas pelo transporte aéreo. No entanto, os incentivos fiscais precisam ser proporcionais ao que é ofertado ao passageiro regional e restritos às empresas que, de fato, operam a aviação regional no Estado, de modo a não desequilibrar as finanças públicas". Já a Gol limitou-se a afirmar que, especificamente com a Two Flex, "a empresa reforça que existe um plano de trabalho conjunto de ampliar as operações no Rio Grande do Sul, de maneira a ampliar o desenvolvimento do transporte aéreo de alta qualidade na região. Porém, a companhia esclarece que, neste momento, não há novidades sobre novos destinos regionais".
Fonte: - Jefferson Klein para Jornal do Comércio 11 fev 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já tinha até imaginado essa Two Flex mais pra frente inovando a frota para ATR e aumentando a frequência...

Creio que em breve a Two irá crescer mais, a aviões maiores venham.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

Discussão judicial emperra voos da Azul e Gol no Rio Grande do Sul

 

 

 

Agora que já não entendi mais nada, não haviam os hotrans lá no começo do ano passado e o acordo só foi firmado em setembro?? SE pede hotran e nem se tem acordo ainda?? Sério?? Isso parece mais artimanhas para conseguir redução de imposto do que querer fazer o voo mesmo ou aquela velha incompetência do Estado, vai saber.

 

 

E a Azul, entra com mandato de segurança? Tão com MEDO de concorrência né.

 

 

Creio que em breve a Two irá crescer mais, a aviões maiores venham.

 

Se esses acordos começarem a vingar e tiverem movimento, acho até uma boa eles terem uns aviões maiores, vamos esperar pra ver o que o governador faz nos proximos dias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Creio que em breve a Two irá crescer mais, a aviões maiores venham.

Seria ótimo ter uma nova regional com abrangência nacional, como foi a TRIP.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois dessa novela toda agora parece que vai, pelo menos saiu no hotran varios voos da Two, agora é ver se o voo se realiza..

 

Primeiro voo dia 18/08/19 e o ultimo que aparece no hotran é dia 26/10/19

Segue os hotrans do primeiro dia.

 

18/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5566 C208 9 SBPF 18/08/2019 18/08/2019 18:50 SBPA 18/08/2019 19:45 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA LAURO KURTZ - PASSO FUNDO - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5560 C208 9 SJRG 19/08/2019 19/08/2019 07:00 SBPA 19/08/2019 08:00 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA REGIONAL DE RIO GRANDE - RIO GRANDE - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5562 C208 9 SBPF 19/08/2019 19/08/2019 09:40 SBPA 19/08/2019 10:35 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA LAURO KURTZ - PASSO FUNDO - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5564 C208 9 SSSB 19/08/2019 19/08/2019 15:00 SBPA 19/08/2019 17:00 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA SÃO BORJA - SÃO BORJA - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5566 C208 9 SBPF 19/08/2019 19/08/2019 18:50 SBPA 19/08/2019 19:45 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA LAURO KURTZ - PASSO FUNDO - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5570 C208 9 SBBG 19/08/2019 19/08/2019 06:45 SBPA 19/08/2019 08:00 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA COMANDANTE GUSTAVO KRAEMER - BAGÉ - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5572 C208 9 SSZR 19/08/2019 19/08/2019 10:55 SBPA 19/08/2019 12:25 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA SANTA ROSA - SANTA ROSA - RS - BRASIL SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
19/08/2019 00:00 OWT TWO TÃXI AÉREO LTDA. 5574 C208 9 SURV 19/08/2019 19/08/2019 14:50 SBPA 19/08/2019 16:30 REGULAR DE PASSAGEIROS DOMÉSTICA PTE. GRAL. ÓSCAR D. GESTIDO INTERNATIONAL AIRPORT - RIVERA, RIVERA - URUGUAI SALGADO FILHO - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Continuo achando que a G3 deveria operar o trecho POA-PFB e não a Two.
Poderia triangularizar a rota para PFB como a Rio-Sul fazia: POA-PFB-CGH, saia lotado em ambos os sentidos

Como em agosto a G3 vai operar GRU-PFB, poderia estender o trilho à POA.

Mas, quem sabe a AD, vendo o movimento da concorrente em PFB, volte com seus ATR`s para a rota POA-PFB.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados
Gol confirma voos regionais para seis cidades do RS; veja quais são
Expectativa é iniciar a venda de passagens em breve e voar já em agosto
23970479.jpg?w=1400
Aeronave da Tow Flex que será usada pela Gol para os voos regionaisDivulgação Cristiano Guerra
A Gol Linhas Aéreas dará início, finalmente, aos voos regionais para seis cidades do Rio Grande do Sul. São elas: Santana do Livramento, Bagé, Santa Rosa, Rio Grande, São Borja e Passo Fundo. Os destinos serão ligados com Porto Alegre.
Assessor da presidência da companhia aérea, Alberto Fajerman confirmou a informação para a coluna Acerto de Contas. A oficialização será feita nesta sexta-feira (12) em reunião da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa.
— Nós terceirizamos as aeronaves, arrendando aviões da Two Flex para a operação, mas são voos da Gol. Cada um tem capacidade para nove passageiros.
As tabelas de voo já estão no site da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Aguardando ainda a oficialização do decreto estadual de estímulo fiscal ao setor, Fajerman espera começar em breve a venda de passagens e que os voos comecem já no mês de agosto. A coluna perguntou se ainda há riscos:
— Não, 100% de certeza de que teremos esses voos — respondeu o executivo.
A reunião da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa será em parceria com a Frente Parlamentar da Aviação Civil Regional. Será uma audiência pública em Santana do Livramento. Presidente da frente parlamentar, o deputado Frederico Antunes (PP) diz que o encontro seguirá debatendo a ampliação da aviação regional no Estado, assim como a retomada dos voos regionais para o aeroporto de Rivera. Terá ainda a participação de representantes da Azul Linhas Aéreas.
Fonte: Giane Guerra para Gaúcha ZH 11 jul 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Voo da Gol para Porto Alegre começa em Passo Fundo no dia 29

Publicado em: 13/07/2019
x-plane-2017-11-30-07-32-48-59-1.jpg

Créditos: Divulgação

O mês de agosto promete ser de muitas novidades no Aeroporto Lauro Kortz em Passo Fundo. Nesta semana a empresa Gol confirmou que vai operar seis novos voos regionais ligando o interior com Porto Alegre. As cidades beneficiadas serão: Passo Fundo, Santana do Livramento, Bagé, Rio Grande e Santa Rosa.

A Gol Linhas Aéreas vai contratar a Two Flex para atender Porto Alegre/Passo Fundo, com capacidade para até nove passageiros. A venda de passagens e a operação devem começar em agosto.

Além de oferecer essa opção de voo para Porto Alegre, a partir do dia 29, a Gol também deve iniciar em 11 de agosto a operação de uma rota ligando Passo Fundo a São Paulo/SP via Aeroporto Internacional de Guarulhos. Vai concorrer com a Azul Linhas Aéreas na disputa pelos passageiros. Por conta disso, a prefeitura de Passo Fundo está realizando algumas melhorias no sentido de melhor atender, tanto as empresas, quanto os usuários.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Eduardo Lopes da Silva, estão sendo feitas melhorias no local próximo ao estacionamento das aeronaves.

“A Prefeitura está se colocando ao dispor do Departamento Aeroportuário da Secretaria de Transportes do Estado para que tudo que estiver ao alcance da municipalidade seja feito, no sentido de valorizar a vinda de uma companhia aérea importante para Passo Fundo e que vai oferecer grandes oportunidades que, ligando a Guarulhos, possa ramificar para o restante do país e do mundo”, ressalta o secretário.

No próximo mês também deve ser iniciadas as obras de reforma e ampliação do aeroporto. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Eduardo Lopes da Silva, a entrega dos projetos definitivos estão sendo finalizados pela empresa Traçado, vencedora da licitação, e devem ser encaminhados ao governo do Estado e à Secretaria de Aviação Civil, do Ministério da Infraestrutura, até o final deste mês.

“Provavelmente em agosto seja feita a liberação para os serviços, com montagem do canteiro de obras junto ao aeroporto e colocação dos primeiros tapumes”, revelou Carlos Eduardo.

A reforma e a ampliação do Aeroporto Lauro Kortz está licitada em R$ 43 milhões. Dentro das melhorias estão: novo terminal de passageiros, com esteira, estacionamento, sistema de iluminação por LED na pista, estação meteorológica e nova estação de radiocomunicação. As obras devem durar cerca de 24 meses.

Fonte: www.rduirapuru.com.br

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguma novidade em relação à ampliação de pista, pátio e terminal novo?

[PFB]

 

Inicialmente, a pista não terá sua extensão ampliada, nem sua largura.

Haverá ampliação das cabeceiras, para facilitar as manobras com aeronaves maiores.

Modificação do balizamento noturno com luzes de LED.

Estão negociando um aditivo contratual para ampliar a largura da pista para 45m.

 

Será construído novo terminal de passageiros, com área para estação meteorológica e radiocomunicação.

Após a conclusão do novo terminal, o atual deverá ser desativado e usado apenas como apoio interno da administração aeroportuária.

O local da construção do novo terminal, é ao lado esquerdo do atual, a cerca de 50m, onde existia um hangar.

A empresa vencedora do certame licitatório foi a Traçado, ainda em 2018.

De acordo com o edital, as obras deverão iniciar em agosto de 2019.

E o projeto do novo terminal deverá ser encaminhado até o final deste mês, para os órgãos envolvidos.

 

obs.: é administrado pelo Estado do RS, receberá recursos da União, e pena que este aeroporto não entrará na próxima rodada de concessões do bloco Sul, pois o Estado o administra muito mal..

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados
Início dos voos regionais da Gol ficou para setembro, mas venda de passagens começa antes
Empresas não divulgam preços ainda, mas quem acompanha a negociação tem uma estimativa
Gol usará aeronaves com capacidade para nove pessoas
Ficou para setembro o início dos voos regionais da Gol no Rio Grande do Sul. A confirmação da operação ligando Porto Alegre a seis cidades gaúchas foi noticiada pela coluna Acerto de Contas no último dia 11. São elas: Santana do Livramento, Bagé, Santa Rosa, Rio Grande, São Borja e Passo Fundo.
Segundo o presidente da Frente Parlamentar da Aviação Civil Regional, a companhia áerea marcou o primeiro voo para dois de setembro. O deputado estadual Frederico Antunes diz que, provavelmente, será para São Borja, mas ainda pode haver alteração.

— A ideia é que todos os destinos comecem a ser operados em setembro, uma homenagem ao mês das comemorações da Revolução Farroupilha. Há ainda um acerto sobre Santana do Livramento, que envolve questões internacionais.
A venda das passagens, no entanto, começará antes, ainda em agosto. Mais detalhes devem ser divulgados na próxima semana, quando a presidência da companhia aérea tem reunião com o governo do Estado, informa o deputado.
A Gol vai operar com aeronaves da Two Flex com capacidade para nove pessoas. As empresas não querem ainda falar em valores das passagens. No entanto, quem acompanha a negociação estima preços médios entre R$ 400 e R$ 600, seguindo o mecanismo tradicional de passagens aéreas, que variam conforme a procura. Cada voo terá um custo médio de R$ 3,5 mil.
Fonte: Giane Guerra para https://gauchazh.clicrbs.com.br 20 jul 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados
Gol começa a vender passagens dos voos regionais para seis cidades do RS; veja os preços
Confira ainda as datas de início dos trechos
06/08/2019 - 14h50minAtualizada em 06/08/2019 - 22h12min
Giane Guerra

A Gol deu início à venda de passagens para os voos regionais que lançou no Rio Grande do Sul. A comercialização foi disponibilizada no início da tarde desta terça-feira (6) no site da companhia aérea. A confirmação dos voos foi antecipada pela coluna Acerto de Contas ainda em julho.
Os voos ligam Porto Alegre a seis cidades gaúchas. Os primeiros serão para Bagé e Santa Rosa. Começarão em 20 de setembro. Para Bagé, o preço consultado pela coluna foi de R$ 230,98 para voo direto, com duração de 1h15. É o mesmo valor encontrado para Santa Rosa, com uma viagem de 1h30.
Presidente da Frente Parlamentar da Aviação Civil Regional, deputado estadual Frederico Antunes, passou para a coluna as datas de início dos voos para cada destino. Confira o valor encontrado em simulações feitas no início da tarde desta terça, lembrando que a proposta da Gol é seguir o mecanismo tradicional de venda de passagens, ou seja, o preço sobe quando aumenta a procura e restam menos lugares nos voos:
20 de setembro - Bagé e Santa Rosa - R$ 230,98
10 de novembro - Rio Grande - R$ 230,98
21 de novembro - São Borja - R$ 230,98
16 de dezembro - Santana do Livramento - R$ 510,51
20 de dezembro - Passo Fundo - R$ 526,08
Voo para Livramento usará aeroporto uruguaio e terá taxa internacional
Valor é mais do que o triplo do cobrado para embarque doméstico
Na lista dos seis voos regionais recém-confirmados pela companhia aérea Gol que partirão da Capital para o interior do Rio Grande do Sul, o trecho Porto Alegre-Santana do Livramento terá peculiaridades. Na falta de estrutura aeroportuária adequada na cidade gaúcha da Fronteira Oeste, os aviões com esse destino pousarão do outro lado da fronteira, em Rivera, no Uruguai.
Neste formato, a taxa de embarque também será, ao menos no primeiro momento, equivalente aos demais voos para território estrangeiro. As informações foram confirmadas pelo deputado Frederico Antunes (PP), presidente da Frente Parlamentar da Aviação Civil Regional.
Pela tabela da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a taxa internacional no Aeroporto Salgado Filho (POA) custa atualmente R$ 112,51 – mais de três vezes o preço do embarque doméstico (R$ 31,08).
— Sairá de Porto Alegre e pousará em Rivera, como voo internacional. A nossa solicitação junto à Receita Federal é para que a taxa seja doméstica, mantendo o sistema de fiscalização para voos internacionais — apontou Antunes.
O início da operação do voo está previsto para 16 de dezembro. Como nos outros cinco trechos anunciados (Bagé, Santa Rosa, Rio Grande, São Borja e Passo Fundo), ele será operado em parceria entre a Gol e a TwoFlex, que usa aeronaves Cessna 208 Caravan, com nove assentos para passageiros. A venda de passagens começará em 6 de agosto.
Uma das autorizações técnicas para operação desse trecho ainda não foi liberada pela autoridade aeroportuária do Uruguai. A entrega da autorização é aguardada para os próximos dias.
Fonte: jornal Zero Hora 6 ago 2019

Share this post


Link to post
Share on other sites

Voo da Gol para Porto Alegre começa em Passo Fundo no dia 29

Publicado em: 13/07/2019
x-plane-2017-11-30-07-32-48-59-1.jpg

Este eixo da pista ai acho que falhou, como falavam no aeroclube: " comeu uma fatia do queijo!"

:dente:

Brinks !

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os preços aplicados na rota POA-PFB, não compensam para o passageiro.
Melhor ir de ônibus leito, em 4h de estrada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O caravan é uma boa aeronave pra esse tipo de voo?

Não seria mais interessante buscar um Brasilia ou ATR, para pelo menos baixar o valor do ticket médio?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A intenção não é ter lucro com a operação em si... só ganhar desconto no ICMS na operação no estado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meus prezados

São Borja volta a ter voos regulares para Porto Alegre

Operações vão ocorrer quatro vezes por semana, a cargo da Two Flex em parceria com a Gol

Fred Marcovici

https://www.correiodopovo.com.br/image/policy:1.381873:1574360697/.jpg?f=2x1&$p$f=7d891a5&w=2400&$w=d2ad2f2[/img]

Aeroporto João Manoel receberá obras a partir de recursos federais | Foto: Darlan dos Santos / Divulgação / CP

Um voo inaugural nesta quinta-feira marcou a retomada das operações regulares entre São Borja e Porto Alegre. Serão quatro voos semanais, a cargo da Two Flex em parceria com a Gol Linhas Aéreas. Fazia 50 anos, desde que a Varig parou de operar, que o município da Fronteira-Oeste não tinha o serviço. A solenidade ocorreu no início da tarde, com a presença de políticos e representantes das empresas. 

As operações serão nas segundas, terças, quintas e sextas-feiras, com saída de Porto Alegre às 13h15min e retorno, a partir do aeroporto João Manoel, às 15h30min. A Two Flex colocará à disposição aeronaves Cessna 208 Caravan, com capacidade para nove passageiros. O prefeito Eduardo Bonotto destacou a importância da linha aérea em caráter permanente em São Borja. “É um evento tão relevante, do ponto de vista estratégico, a exemplo da Ponte Internacional e do Centro Unificado de Fronteira ou ainda da chegada da Unipampa e do Instituto Farroupilha”, comparou. Ele salientou a participação da prefeitura, Câmara de Vereadores e entidades do empresariado na concretização da retomada. 

O retorno dos serviços é resultado do Programa de Apoio à Aviação Regional, implementado pelo governo estadual. Uma das iniciativas é a redução da alíquota de ICMS sobre o querosene de aviação para desonerar o custo das passagens. Bonotto lembrou que a prefeitura participou investindo recursos próprios no aeroporto, mas destacou que reformas amplas estão previstas com verbas federais, por meio da Secretaria de Aviação Civil (SAC). São R$ 5,2 milhões assegurados para São Borja, conforme acordos em Brasília. O aeroporto receberá repavimentação e cercamento da pista de pouso e decolagem. 

Fonte: Correio do Povo 21 nov 2019

https://www.studio.fm.br/2019/11/apos-cinquenta-anos-voos-regulares-de-sao-borja-a-porto-alegre-sao-retomados/

 


 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Este negócio de aviação regional sempre foi um problema... é um vai e vem.

Riosul voava de EMB-120 - um voo Rio Grande, Pelotas, Santa Maria, Joinville, etc...acho que muitos nem diários eram. 

Depois veio a TAM com os Caravan.... varias rotas, até Blumenau tinha, tudo cancelado. 

Teve a NHT com os aviões LET 410 e..... FIM.

Depois vem a Azul com os ATRs. Ainda tem rotas aqui, mas outro dia quis fazer um bate e volta para Chapecó e não tinha mais.

No norte, nordeste a mesma novela.

Eu nem conto mais com este tipo de serviço. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ocupações da TWO em POA (passageiros pagos/assentos ofertados)

 

Setembro

POA-BGX: 23/81 (28,4%), 381kg de carga paga

BGX-POA: 37/81 (45,7%),  558kg de carga paga

POA-SRA: 15/54 (27,8%), 294kg de carga paga

SRA-POA: 19/54 (35,2%), 385kg de carga paga

 

Outubro

POA-BGX: 70/198 (35,4%), 721kg de carga paga

BGX-POA: 78/207 (37,7%), 827kg de carga paga

POA-SRA: 23/90 (25,6%), 246kg de carga paga

SRA-POA: 41/90 (45,6%), 278kg de carga paga

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 29/11/2019 at 16:10, PR-AIU said:

Ocupações da TWO em POA (passageiros pagos/assentos ofertados)

 

Setembro

POA-BGX: 23/81 (28,4%), 381kg de carga paga

BGX-POA: 37/81 (45,7%),  558kg de carga paga

POA-SRA: 15/54 (27,8%), 294kg de carga paga

SRA-POA: 19/54 (35,2%), 385kg de carga paga

 

Outubro

POA-BGX: 70/198 (35,4%), 721kg de carga paga

BGX-POA: 78/207 (37,7%), 827kg de carga paga

POA-SRA: 23/90 (25,6%), 246kg de carga paga

SRA-POA: 41/90 (45,6%), 278kg de carga paga

Alguém tem números do Paraná ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 29/11/2019 at 17:10, PR-AIU said:

Ocupações da TWO em POA (passageiros pagos/assentos ofertados)

 

Setembro

POA-BGX: 23/81 (28,4%), 381kg de carga paga

BGX-POA: 37/81 (45,7%),  558kg de carga paga

POA-SRA: 15/54 (27,8%), 294kg de carga paga

SRA-POA: 19/54 (35,2%), 385kg de carga paga

 

Outubro

POA-BGX: 70/198 (35,4%), 721kg de carga paga

BGX-POA: 78/207 (37,7%), 827kg de carga paga

POA-SRA: 23/90 (25,6%), 246kg de carga paga

SRA-POA: 41/90 (45,6%), 278kg de carga paga

Embora não sei que códigos são esses, as ocupações de todos voos estão um fiasco, se o Caravan só tem 9 assentos,30-40 % são média de 3 passageiros por voo, num estado que a Azul opera com 70% de ocupação num Atr de 68 lugares....a Two tá mal

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...