Jump to content

Florianópolis pode ganhar voos diretos da Tap e Copa


PP-CJC

Recommended Posts

será que FLN suportaria um FLN-LIS de A332?

Prezado LPS Hobby

Creio que não. Além de diminuir os pax em POA. para o voo POA-LIS

Link to comment
Share on other sites

FLN tem um mercado mediano, mas de renda alta. Aposta que muitos vão mais para GRU do que para POA rumo à Europa e EUA (GRU), pela comodidade de conexões da primeira.

 

2x semanais para LIS e uns 3-4x semanais para PTY é um bom começo.

 

Agora, pista não posso dizer se comporta...

Link to comment
Share on other sites

FLN tem um mercado mediano, mas de renda alta. Aposta que muitos vão mais para GRU do que para POA rumo à Europa e EUA (GRU), pela comodidade de conexões da primeira.

 

2x semanais para LIS e uns 3-4x semanais para PTY é um bom começo.

 

Agora, pista não posso dizer se comporta...

Com certeza, sem falar que em gru não tem backtrack.

 

Mas o mercado de FLN ao meu ver é mais de gente indo pra cidade do que partindo dela.

Link to comment
Share on other sites

eu fico imaginando um FLN-Nordeste 3x por semana, de A321-NeoLR, poderia ser REC, Salvador ou outra capital, será que dara certo?

Qual seria a vantagem? Pq se for pra fazer conexão já há GRU, GIG e até POA, inclusive com demanda própria de/para FLN muitíssimo maior.

Link to comment
Share on other sites

Essa é a questão, marc5d, não há qualquer vantagem pra TAP abrir mais uma base no Brasil!!

 

O inteligente pra eles seria diversifcar as bases que tem, colocando uma ou outra direto pro Porto uma vez por semana!

 

Pra que ela vai queimar POA-LIS com FLN e tendo GIG e GRU diários?? Não faz sentido...

 

SSA-OPO e BSB-OPO uma vez por semana seria o inteligente da TAP, aproveitando a alta capilaridade de BSB, a média de SSA e a parceira com a Avianca Brasil, por exemplo!

 

Ainda desejo ver um LIS-LIM-BOG-LIS, que seria um grande baque na LATAM, o que acham?

Link to comment
Share on other sites

SSA-OPO e BSB-OPO uma vez por semana seria o inteligente da TAP, aproveitando a alta capilaridade de BSB, a média de SSA e a parceira com a Avianca Brasil, por exemplo!

Creio que seria mais fácil um REC-OPO do que SSA-OPO, já que a TAP tem uma parceria muito maior com a Azul do que com a Avianca.
Link to comment
Share on other sites

FLN já poderia ter voo da TP se tivesse terminal, a pista tem 20m a mais que POA.

 

A TP tem péssima reputação, e mesmo assim é a que carrega mais pax do Brasil pra Europa. Imagina a partir de 2020, com a frota WB e parte das tripulações renovadas. Se Antonoaldo conseguir implantar um atendimento próximo ao da AD, ninguém segura.

Link to comment
Share on other sites

Qual seria a vantagem? Pq se for pra fazer conexão já há GRU, GIG e até POA, inclusive com demanda própria de/para FLN muitíssimo maior.

 

a vantagem seria ir no mesmo avião, com um tempo de parada pequeno nessa escala, a meu ver seria mais ra´pido do que pegar um avião em FLN, descer em outro aeroporto e pegar outro avião, ou não?

Link to comment
Share on other sites

Como morador de Floripa e viajante frequente diria muito poucas pessoas faz conexão internacional em poa. Eu mesmo voo TAP com certa frequência mas sempre fazendo fln-gru-lis. O motivo é simples, não há voo fln poa, acho que atualmente só a azul ainda mantém. Já fiz FLN-EZE-ATL mas poa nem eu nem meus conhecidos que viajam bastante fazem. Quando a gol tinha poa-fln ainda se fazia eze-poa-fln, agora nem isso, senão for voo direto a Floripa, acabamos indo até gru.

Obs.: mantenho residência em Floripa e são Paulo.

Link to comment
Share on other sites

eu fico imaginando um FLN-Nordeste 3x por semana, de A321-NeoLR, poderia ser REC, Salvador ou outra capital, será que dara certo?

 

eu postei incompleto, o vôo seria FLN-Nordste-LIS, 3x semana de A321NeoLR, poderia ser FLN-REC-LIS ou FLN-SSA-LIS ou mesmo FLN-FOR-LIS, pegaria o tráfego de Florianopolis onde o pessoal não precisaria trocar de avião mais o tráfego do NE

Link to comment
Share on other sites

 

eu postei incompleto, o vôo seria FLN-Nordste-LIS, 3x semana de A321NeoLR, poderia ser FLN-REC-LIS ou FLN-SSA-LIS ou mesmo FLN-FOR-LIS, pegaria o tráfego de Florianopolis onde o pessoal não precisaria trocar de avião mais o tráfego do NE

TAG sem direto a tráfego?

 

Não creio!

Link to comment
Share on other sites

TAG sem direto a tráfego?

 

Não creio!

 

Imagino que ele estivesse se referindo a um possível vôo da Azul (ou outra) fazendo FLN-Nordeste-Lisboa com A321LR. Assim você teria direito de tráfego no trecho doméstico, e possivelmente os passageiros de FLN que seguissem pra Lisboa nem precisariam desembarcar da aeronave...

 

Se aceitariam bem viajar de narrowbody até a Europa é que eu não sei...bem ou mal seriam umas 10h dentro do avião...

Link to comment
Share on other sites

 

a qual tag voce se refere? Não poderia pegar passageiros no NE ? tem algo que impede isso?

 

É que o tópico é sobre vôos da TAP e Copa, e a TAP não poderia embarcar passageiros para o trecho doméstico FLN-Nordeste e vice-versa...

 

Imagino que você estava falando de um vôo da Azul ou outra companhia brasileira certo?

Link to comment
Share on other sites

 

É que o tópico é sobre vôos da TAP e Copa, e a TAP não poderia embarcar passageiros para o trecho doméstico FLN-Nordeste e vice-versa...

 

Imagino que você estava falando de um vôo da Azul ou outra companhia brasileira certo?

 

poderia ser da Azul ou mesmo da TAP, pegando passageiros de Floripa e também da cidade do Nordeste que queiram ir pra Lisboa

Link to comment
Share on other sites

 

poderia ser da Azul ou mesmo da TAP, pegando passageiros de Floripa e também da cidade do Nordeste que queiram ir pra Lisboa

Mas é exatamente pra isso que existem os voos de conexão, pra juntar passageiros de mais de uma cidade em um só voo.

 

TAP não pode realizar voo doméstico com direito à venda de passagens, não é permitida cabotagem no Brasil.

 

E as companhias brasileiras não podem usar perna de voo doméstica com numeração internacional.

Link to comment
Share on other sites

Mas é exatamente pra isso que existem os voos de conexão, pra juntar passageiros de mais de uma cidade em um só voo.

 

TAP não pode realizar voo doméstico com direito à venda de passagens, não é permitida cabotagem no Brasil.

 

E as companhias brasileiras não podem usar perna de voo doméstica com numeração internacional.

 

A TAP não transportaria passageiros domesticos de FLN para o NE, pegaria passageiros em FLN, pegaria mais passageiros no NE e seguiria pra LIS, assim pegaria tanto o tráfego de Floripa quanto da capital do Nordeste escolhida, e como disse antes, a vanyagem pros passageiros de Floripa seria não ter que pegar outro avião aqui no Brasil e persder tempo com isso, já iriam sempre no mesmo avião de FLN pra LISm apenas com uma parade sem descer do avião no Nordeste

Link to comment
Share on other sites

 

A TAP não transportaria passageiros domesticos de FLN para o NE, pegaria passageiros em FLN, pegaria mais passageiros no NE e seguiria pra LIS, assim pegaria tanto o tráfego de Floripa quanto da capital do Nordeste escolhida, e como disse antes, a vanyagem pros passageiros de Floripa seria não ter que pegar outro avião aqui no Brasil e persder tempo com isso, já iriam sempre no mesmo avião de FLN pra LISm apenas com uma parade sem descer do avião no Nordeste

Não vale a pena, tanto para o pax quanto para a empresa.

 

Para o pax, ele voa preferencialmente pelo preço. A TP teria que queimar muito $$ para atrair o passageiro a fazer escala em uma cidade do NE e LIS, se for outro destino na Europa, sendo que tem GRU a 1 hora de voo. Comodidade de não trocar avião? Passageiro já está acostumado e até gosta porque é a chance de esticar as pernas e fazer algo.

 

Para a empresa significa contratar pessoas na base nova, mesmo que seja terceirizada, ambas significam despesa. Além disso é queimar dois ciclos, que poderiam ser usados para um voo mais lucrativo. Por último, conexões, um bom acordo pode ser mais vantajoso que operar com aeronave própria.

Link to comment
Share on other sites

Não sei se a Copa tiraria proveito de FLN... tenho uma visão bem limitada da capacidade da Copa de trazer turistas. Pra mim , a Copa é forte na origem do mercado (pensando e deixando claro que estamos aqui falando da origem Floripa), e no VFR como destino (o mercado que foca as pessoas que viajam para Floripa para visitar amigos e parentes, ou que o fazem em outras pontas da malha Copa Airlines). O Componente Business é fraco pelos motivos que já sabemos.

 

Floripa vale muito para o Sul do continente, mas não tem predicados que a transformem em caso de sucesso para o Norte (na verdade tem a distância como um problema frente a tanta concorrência no Caribe, por exemplo).

 

Mas... temos carga (pescado), que poderia ser trazido de Itajai e Navegantes para mercados ao Norte.

Todavia.. será que teremos passageiros o ano todo ?

 

Para a Europa... não sei... o problema de Santa Catarina é ter uma economia puverizada demais e acabam se conectando mais a São Paulo que Florianopolis. SC talvez tenha um PDEW que bata fácil em 300 ou 400 passageiros para a Europa (PDEW = Passageiros Diarios Cada Direção na tradução do ingles) mas FLN talvez seja 100 desses 300 a 400.

 

E conforme citei no caso da Copa... Floripa não é uma atração tão forte com Europeus. Talvez o primeiro passo seja conjugar mais FLN com outros mercados usuais (tal como Foz do Iguaçu e Manaus fizeram)

Link to comment
Share on other sites

deixo aqui 2 rotas hipotéticas que sempre imagino num A321LR, me digam o que os senhores acham, se seriam viavéis ou não:

 

1- FLN/GYN/MIA/MCO

 

2-VIX/NAT/MIA/MCO

 

ambas 3x por semana, a idéia seria levar passageiros dessas cidades, que não tem voôs diretos pros EUA, postem o que os senhores acham.

Link to comment
Share on other sites

deixo aqui 2 rotas hipotéticas que sempre imagino num A321LR, me digam o que os senhores acham, se seriam viavéis ou não:

 

1- FLN/GYN/MIA/MCO

 

2-VIX/NAT/MIA/MCO

 

ambas 3x por semana, a idéia seria levar passageiros dessas cidades, que não tem voôs diretos pros EUA, postem o que os senhores acham.

 

Esqueçam voos internacionais com tag-on sem direito de tráfego local. Não vai rolar, muito difícil de rentabilizar.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade