Jump to content

Helicóptero com o governador do ES cai


Márcio Santos

Recommended Posts

Um helicóptero da Polícia Militar com o governador do Espírito Santo caiu, na tarde desta sexta-feira (10), dentro dos limites de Domingos Martins, região Serrana do Espírito Santo. Ele não se machucou, segundo a assessoria de imprensa do governo.

45549a28-b368-4b0c-9d10-71da82e8a1a3.jpg

A assessoria disse que, ao pousar, a aeronave bateu na trave de um campo de futebol e caiu. O G1 ainda não tem informações se houve erro humano ou falha mecânica.

Paulo Hartung seguia para Domingos Martins, onde participaria à noite de um festival de cinema.

O governador está na casa de campo dele, que fica em Arecê, distrito de Domingos Martins. O G1 questionou o estado de saúde de Hartung e se ele passou por algum exame depois do acidente, mas a assessoria disse que ainda não vai se manifestar sobre este ponto.

Quatro militares também estavam a bordo e todos passam bem, segundo a 6ª Companhia Independente, responsável pelo policiamento da região.

O acidente aconteceu na fazenda do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), órgão vinculado ao governo do estado.

O helicóptero que caiu é o Harpia 5, usado pelo Núcleo de Operações e Transportes Aéreos (Notaer).

e7dedfa4-c8c9-45b3-8f2a-1412149001ef.jpg

 

Fonte: G1

Link to comment
Share on other sites

Leeeeenha.... sorte q ninguém se machucou. Só não vi nenhuma trave no meio do campo.

 

A trave móvel está atrás da aeronave na foto. A piloto não viu pois a trave estava sem pintura e o sol pode ter atrapalhado tbm.

Mas a PM já admite que ouve falha no procedimento, o que a investigação irá esclarecer.

Link to comment
Share on other sites

eu li uma noticia onde diziam que já era esperado o pouso naquele campo para o governador se deslocar para o centro da cidade...
se ele já era esperado, com certeza já havia gente no local, e mesmo assim deixaram a trave móvel no meio do campo?!?

Link to comment
Share on other sites

Meus prezados

Pilotos de helicóptero que transportava Paulo Hartung têm habilitação suspensa
Aeronave se acidentou na última sexta, em Domingos Martins. Segundo o major Quintino, procedimento é padrão e não significa que eles tenham tido culpa

Os pilotos do helicóptero da Polícia Militar que se acidentou em Domingos Martins, na região serrana do Estado, na última sexta-feira (10), enquanto transportava o governador Paulo Hartung e a primeira-dama, Cristina Gomes, tiveram a habilitação para pilotar aeronaves suspensas por tempo indeterminado.

De acordo com o chefe da Seção de Segurança Operacional da Secretaria da Casa Militar, do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer), major Paolo Quintino de Lima, o procedimento é padrão e não significa que os pilotos tenham tido culpa no acidente. O helicóptero era pilotado pela capitã Maria Elizabeth Bergamin e tinha como copiloto o capitão Vargas.

O major explicou que os dois precisarão passar por uma avaliação médica e, caso sejam aprovados em toda a bateria de exames, realizarão um treinamento para voo. Somente depois disso eles poderão retornar à escala padrão de trabalho. Segundo Quintino, ainda não há previsão de quando os dois militares estarão aptos a voltar a pilotar aeronaves.

Acidente

O helicóptero da PM que transportava o governador e a primeira-dama decolou da Residência Oficial da Praia da Costa, em Vila Velha, às 16h18 de sexta-feira, com dois pilotos e dois passageiros, em direção à Fazenda do Estado, que pertence ao Incaper, no limite dos municípios Venda Nova do Imigrante e Domingos Martins, na região Serrana do Espírito Santo.

Ao se aproximar para pouso e realizar manobra no campo, às 16h45, a aeronave se desgovernou, um dos rotores colidiu com o solo e ela tombou, ocasionando a destruição da aeronave. Apesar do susto, ninguém ficou ferido com gravidade.

O major Quintino disse que um dos fatores que pode ter contribuído para o acidente foi a presença de uma trave de cor acinzentada no meio do campo. As investigações sobre o que o causou o incidente estão sendo conduzidas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), da área do Espírito Santo, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

Fonte: R7 via CECOMSAER 13 ago 2018

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade